Apresentação 2 t10

274 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
274
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação 2 t10

  1. 1. 08.13-10Resultados 2T10
  2. 2. DisclaimerEsta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem aatual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua administração a respeito de seu plano de negócios. Afirmaçõesprospectivas incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicamresultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como "acreditar", "prever", "esperar","contemplar", "provavelmente resultará" ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante.Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversosfatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos,expectativas, estimativas e intenções expressos nesta apresentação.Em nenhuma hipótese a Companhia ou suas subsidiárias, seus conselheiros, diretores, representantes ou empregadosserão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ounegócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danosconseqüentes, indiretos ou semelhantes.A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmaçõesprospectivas ou análise das diferenças entre as afirmações prospectivas e os resultados reais.Esta apresentação e seu teor constituem informação de propriedade da Companhia, não podendo ser reproduzidos oudivulgados no todo ou em parte sem a sua prévia anuência por escrito. 2
  3. 3. Conteúdo Destaques MPX & Eventos Subsequentes Empreendimentos em Construção Desempenho Econômico Financeiro Gás Natural 3
  4. 4. Destaques MPX 2T10 MPX anuncia a presença de hidrocarbonetos no poço OGX-16 na bacia do Parnaíba, cuja perfuração foi iniciada em julho; Emitida a Licença Prévia para o Complexo de Geração MPX Parnaíba, com capacidade de até 1,8 GW; Empreendimentos em construção (1440 MW) em linha com o cronograma, dentro dos prazos contratuais; Criação da nova Diretoria de Recursos Naturais; Licenciamento da mina e do porto na Colômbia progridem de acordo com o plano traçado
  5. 5. Empreendimentos em Construção Energia Pecém Cronograma de obra dos empreendimentos 100% de acordo com o esperado 80% 73% 60% Capacidade Início da Instalada Início do PPA Operação 40% (MW) Comercial 20%Energia Pecém * 720 JAN12 3T11/ 4T11 MPX Pecém II 365 JAN13 2T12 0% Jan/08 Apr/08 Jul/08 Oct/08 Jan/09 Apr/09 Jul/09 Oct/09 Jan/10 Apr/10 Jul/10 Oct/10 Jan/11 Apr/11 Jul/11 Oct/11 Jan/12 MPX Itaqui 360 JAN12 4T11 MPX Itaqui MPX Pecém II 100% 100% 80% 80% 71% 59% 60% 60% 40% 40% 20% 20% 0% 0% Nov/08 Feb/09 May/09 Aug/09 Nov/09 Feb/10 May/10 Aug/10 Nov/10 Feb/11 May/11 Aug/11 Nov/11 Feb/12 May/12 Aug/12 Nov/12 Apr/08 Apr/09 Apr/10 Apr/11 Jul/08 Jul/09 Jul/10 Jul/11 Jan/08 Oct/08 Jan/09 Oct/09 Jan/10 Oct/10 Jan/11 Oct/11 Jan/12 Planejamento "mais cedo" Planejamento "mais tarde" Progresso Realizado OBS: Junho de 2010 5
  6. 6. Empreendimentos em Construção MPX Itaqui (360 MW) Energia Pecém & MPX Pecém II (1080 MW) 6
  7. 7. Empreendimentos em Construção Curva de Desembolso de Capex 2007 - 2012 UTE Capex (R$ bilhão)120,0% R$ 4,2 bi 2% Energia Pecém* 1,30100,0% 11% 80,0% MPX Pecém II 1,28 60,0% 52% 100% MPX Itaqui 1,62 40,0% 20% 20,0% Total 4,20 1% 15% 0,0% * Considerando a participação de 50% da MPX em 2007A 2008A 2009A 2010E 2011E 2012E Total Energia Pecém Dívida Bruta: R$ 1,8 bilhões LP: R$ 1,5 bilhão CP: R$ 0,3 bilhão (Em 30 Junho de 2010) 7
  8. 8. Desempenho Econômico Financeiro No 2T10, a empresa registrou um resultado negativo de R$ 53,6 milhões, principalmente devido a um resultado financeiro negativo de R$ 27.0 million.Principais Contas Controladora ConsolidadoR$ milhões 2T10 2T09 % Var 2T10 2T09 % VarReceita Operacional Líquida - - - 22.6 13.0 74.6%Custos Operacionais - - - (16.5) (7.7) 114.7%Despesas Operacionais (24.1) (22.4) 7.4% (47.2) (44.3) 6.5% G&A (23.6) (22.3) 5.6% (42.8) (42.8) -0.2% Depreciação e Amortização (0.1) (0.1) 14.1% (1.8) (1.5) 22.1% Aluguel UTE Porto do Açu (0.4) - - (2.6) - -Resultado Financeiro Líquido 23.0 (16.8) -237.0% (27.0) (51.3) -47.3%Equivalência Patrimonial (64.6) (37.8) 70.7% (4.1) 0.0 -Outras Receitas/ (Despesas) 7.0 0.1 NA (12.9) (0.5) NAImpostos Correntes/ Diferidos 5.0 (4.2) - 31.8 9.6 230.0%Participações Minoritárias - - - (0.3) 0.0 -Resultado do Período (53.6) (81.2) -34.0% (53.6) (81.2) -34.0% 8
  9. 9. Bacia do Parnaíba: Alto Potencial de GásA MPX anunciou a presença de hidrocarbonetos no poço OGX-16 na bacia do Parnaíba, ondeforam realizados teste de formação com altas pressões e identificou-se presença de gás Primeiros 10 metros da seção devoniana (à 1.654 m) com expressivos indícios de gás; Contratação de novas Sísmicas 3D e 2D - mapeamento de 20 novos prospectos; 5 dos novos prospectos situados no trend desta descoberta; Perfuração do poço OGX-16 deve continuar até a profundidade total de 3.450 m Baixo custo exploratório - Blocos Onshore Baixo custo logístico para suprimento das térmicas integradas 9
  10. 10. Projeto do Parnaíba: Integração Gás & EnergiaA MPX irá desenvolver usinas a gás natural que, somadas, podem chegar a 1.863 MW,estratégicamente localizadas no bloco PN-T-68 a 50 km de uma subestação de 500 kW e a 30km do ponto de captação de água. Estrutura Acionária Licenciamento OGX LP concedida 1/3 2/3 PETRA OGX Maranhão MPX Parnaíba 70% 30% 30% 70% Rio 30 Km Blocos UTE Exploratórios Subestação 50 Km Site MPX 10
  11. 11. MPX – Closing Remarks Execução dos projetos contratados em linha com planejamento inicial, com níveis originais de retorno preservados; Materialização do complexo do Parnaíba (LP + presença de gás comprovada); Projeto MPX Sul totalmente estruturado (LP + EPC + estrutura de financiamento) e pronto para venda de energia; Licenciamento e estudos de engenharia da primeira etapa da MPX Colombia em linha com o planejado (porto + 2 minas à céu aberto).

×