Engenharia do Software I<br />Manuel Menezes de Sequeira<br />DCTI, ISCTE-IUL<br />Manuel.Sequeira@iscte.pt, D6.02<br />As...
Na aula anterior<br />Introdução ao Scrum<br />2009/2010<br />2<br />Engenharia do Software I<br />
Gestão de projectos<br />2009/2010<br />3<br />Engenharia do Software I<br />
Sumário<br />Gestão de projectos<br />Actividades de gestão<br />Planeamento de projectos<br />Calendarização de projectos...
Objectivos<br />Explicar tarefas principais executadas por gestores de projecto<br />Apresentar gestão de projectos e desc...
Gestão de projectos de software<br />Preocupa-se com actividades garantindo<br />Entrega atempada do software (de acordo c...
Particularidades da gestão de projectos de software<br />Produto<br />Intangível<br />Unicamente flexível<br />Menos recon...
Actividades da gestão de projectos<br />Elaboração de propostas<br />Planeamento e calendarização<br />Custeio<br />Monito...
Aspectos genéricos da gestão de projectos<br />Actividades não específicas da gestão de software<br />Muitas técnicas de g...
Pessoal<br />Pode acontecer<br />Não se consegue as pessoas ideais<br />Orçamento impossibilita pessoal bem pago<br />Orga...
Planeamento de projectos<br />Provavelmente actividade mais morosa da gestão de projectos<br />Actividade contínua<br />Da...
Tipos de plano de projecto<br />2009/2010<br />12<br />Engenharia do Software I<br />
Processo de planeamento de projectos<br />Estabelecer restrições do projecto<br />Aferir parâmetros do projecto<br />Defin...
Plano (principal) do projecto<br />Estabelece<br />Recursos disponíveis<br />Divisão do trabalho<br />Calendário do trabal...
Estrutura do plano do projecto <br />Introdução<br />Organização<br />Análise de risco<br />Requisitos de recursos de hard...
Organização de actividades<br />De modo a produzir resultados tangíveis para gestão poder aferir progresso<br />Marcos oco...
Marcos do processo de eliciação de requisitos<br />Estudo de viabilidade<br />Actividades<br />Análise de requisitos<br />...
Calendarização do projecto<br />Dividir projecto em tarefas com duração e recursos estimados<br />Organizar tarefas em par...
Processo de calendarização de projectos<br />Requisitos do software<br />Identificar actividades<br />Identificar dependên...
Problemas de calendarização<br />Difícil estimar dificuldade de problemas e custo de desenvolvimento<br />Produtividade nã...
Gráficos de barras e redes de actividades<br />Notações gráficas ilustrando calendário do projecto<br />Mostram divisão em...
Duração e dependências<br />2009/2010<br />22<br />Engenharia do Software I<br />
Rede de actividades<br />2009/2010<br />23<br />Engenharia do Software I<br />20<br />A7<br />15<br />2003-07-14<br />A3<b...
Linha do tempo de actividades<br />2009/2010<br />24<br />Engenharia do Software I<br />2003-07-04<br />07-11<br />07-18<b...
Afectação de pessoal<br />2009/2010<br />25<br />Engenharia do Software I<br />2003-07-04<br />07-11<br />07-18<br />07-25...
Gestão do risco<br />Identificação de riscos e elaboração de planos para minimizar impacte em projecto<br />Risco é probab...
Riscos de software<br />2009/2010<br />27<br />Engenharia do Software I<br />
Riscos de software<br />2009/2010<br />28<br />Engenharia do Software I<br />
Processo de gestão de risco<br />2009/2010<br />29<br />Engenharia do Software I<br />
Processo de gestão de risco<br />Identificação de risco<br />Análise de risco<br />Lista de riscos potenciais<br />Planeam...
Identificação de risco<br />Riscos<br />Tecnológicos<br />De pessoal<br />Organizacionais<br />De ferramentas<br />De requ...
Riscos e tipos de riscos<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />32<br />
Análise de risco<br />Aferir probabilidade e impacte de riscos<br />Probabilidade<br />Muito baixa<br />Baixa<br />Moderad...
Análise de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />34<br />
Análise de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />35<br />
Estratégias de planeamento de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />36<br />
Estratégias de planeamento de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />37<br />
Estratégias de planeamento de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />38<br />
Monitorização de risco<br />Aferir regularmente<br />Probabilidade dos riscos identificados<br />Impacte dos riscos identi...
Indicadores de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />40<br />
A reter<br />Sucesso do projecto implica boa gestão<br />Software intangível gera problemas de gestão<br />Gestores com di...
A reter<br />Marcos são estados previsíveis nos quais relatórios formais de progresso são entregues à gestão<br />Calendar...
A ler<br />IanSommerville, Software Engineering, 8.ª edição, Addison-Wesley, 2006<br />Capítulo 5<br />2009/2010<br />Enge...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Eng.ª do Software - 6. Gestão de projectos

2.993 visualizações

Publicada em

Gestão de projectos. Unidade de Engenharia do Software I para o curso de METI no ISCTE-IUL no 2.º semestre do ano lectivo de 2009/2010.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.993
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
266
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eng.ª do Software - 6. Gestão de projectos

  1. 1. Engenharia do Software I<br />Manuel Menezes de Sequeira<br />DCTI, ISCTE-IUL<br />Manuel.Sequeira@iscte.pt, D6.02<br />As apresentações desta série baseiam-se nas apresentações disponibilizadas por IanSommerville, tendo sido alteradas e adaptadas primeiro por  Anders Lyhne Christensen e finalmente por Manuel Menezes de Sequeira.<br />
  2. 2. Na aula anterior<br />Introdução ao Scrum<br />2009/2010<br />2<br />Engenharia do Software I<br />
  3. 3. Gestão de projectos<br />2009/2010<br />3<br />Engenharia do Software I<br />
  4. 4. Sumário<br />Gestão de projectos<br />Actividades de gestão<br />Planeamento de projectos<br />Calendarização de projectos<br />Gestão do risco<br />2009/2010<br />4<br />Engenharia do Software I<br />
  5. 5. Objectivos<br />Explicar tarefas principais executadas por gestores de projecto<br />Apresentar gestão de projectos e descrever suas características distintivas<br />Discutir planeamento de projectos e processo de planeamento<br />Mostrar como gestão de projectos usa representações gráficas da calendarização<br />Discutir noção de risco e o processo de gestão de risco<br />2009/2010<br />5<br />Engenharia do Software I<br />
  6. 6. Gestão de projectos de software<br />Preocupa-se com actividades garantindo<br />Entrega atempada do software (de acordo com calendarização)<br />Respeito dos requisitos das organizações que desenvolvem e adquirem o software<br />Necessária porque desenvolvimento sujeito a restrições orçamentais e de calendário definidas por organização que o desenvolve<br />2009/2010<br />6<br />Engenharia do Software I<br />
  7. 7. Particularidades da gestão de projectos de software<br />Produto<br />Intangível<br />Unicamente flexível<br />Menos reconhecida que outras engenharias<br />Processo não normalizado<br />Muitos projectos únicos<br />2009/2010<br />7<br />Engenharia do Software I<br />
  8. 8. Actividades da gestão de projectos<br />Elaboração de propostas<br />Planeamento e calendarização<br />Custeio<br />Monitorização e revisão<br />Selecção e avaliação de pessoal<br />Elaboração de relatórios e apresentações<br />2009/2010<br />8<br />Engenharia do Software I<br />
  9. 9. Aspectos genéricos da gestão de projectos<br />Actividades não específicas da gestão de software<br />Muitas técnicas de gestão de projectos de engenharia aplicam-se também à gestão de projectos de software<br />Sistemas de engenharia tecnicamente complexos tendem a ter mesmos problemas que sistemas de software<br />2009/2010<br />9<br />Engenharia do Software I<br />
  10. 10. Pessoal<br />Pode acontecer<br />Não se consegue as pessoas ideais<br />Orçamento impossibilita pessoal bem pago<br />Organização deseja desenvolver competências de pessoal usando um projecto<br />Gestores têm de lidar com estes limites, especialmente quando escasseia pessoal com treino adequado<br />2009/2010<br />10<br />Engenharia do Software I<br />
  11. 11. Planeamento de projectos<br />Provavelmente actividade mais morosa da gestão de projectos<br />Actividade contínua<br />Da concepção inicial à entrega do sistema<br />Planos revistos regularmente quando surge nova informação<br />Vários tipos de plano suportam plano principal do projecto de software (focado em calendarização e orçamentação)<br />2009/2010<br />11<br />Engenharia do Software I<br />
  12. 12. Tipos de plano de projecto<br />2009/2010<br />12<br />Engenharia do Software I<br />
  13. 13. Processo de planeamento de projectos<br />Estabelecer restrições do projecto<br />Aferir parâmetros do projecto<br />Definir marcos e entregáveis do projecto<br />Enquanto o projecto não terminar ou for cancelado<br />Desenhar calendário do projectos<br />Iniciar actividades de acordo com o calendário<br />Esperar (algum tempo)<br />Analisar progresso do projecto<br />Rever estimativas de parâmetros do projecto<br />Actualizar calendário do projecto<br />Renegociar restrições e entregáveis do projecto<br />Se surgirem problemas<br />Iniciar análise técnica e possível revisão<br />2009/2010<br />13<br />Engenharia do Software I<br />
  14. 14. Plano (principal) do projecto<br />Estabelece<br />Recursos disponíveis<br />Divisão do trabalho<br />Calendário do trabalho<br />2009/2010<br />14<br />Engenharia do Software I<br />
  15. 15. Estrutura do plano do projecto <br />Introdução<br />Organização<br />Análise de risco<br />Requisitos de recursos de hardware e software<br />Divisão do trabalho<br />Calendário<br />Mecanismos de monitorização e reporte<br />2009/2010<br />15<br />Engenharia do Software I<br />
  16. 16. Organização de actividades<br />De modo a produzir resultados tangíveis para gestão poder aferir progresso<br />Marcos ocorrem no final de actividades<br />Entregáveis são resultados fornecidos aos clientes<br />Processo em cascata facilita definição de marcos de progresso<br />2009/2010<br />16<br />Engenharia do Software I<br />
  17. 17. Marcos do processo de eliciação de requisitos<br />Estudo de viabilidade<br />Actividades<br />Análise de requisitos<br />Desenvolvimento de protótipo<br />Relatório de viabilidade<br />Estudo de desenho<br />Requisitos do utilizador<br />Especificação de requisitos<br />Relatório de avaliação<br />Desenho arquitectural<br />Marcos (e entregáveis)<br />Requisitos do sistema<br />2009/2010<br />17<br />Engenharia do Software I<br />
  18. 18. Calendarização do projecto<br />Dividir projecto em tarefas com duração e recursos estimados<br />Organizar tarefas em paralelo optimizando ocupação do pessoal<br />Minimizar dependência entre tarefas evitando que tarefas esperem por outras<br />Assenta na intuição e experiência de gestores de projecto<br />2009/2010<br />18<br />Engenharia do Software I<br />
  19. 19. Processo de calendarização de projectos<br />Requisitos do software<br />Identificar actividades<br />Identificar dependências<br />Estimar recursos<br />Afectar pessoal<br />Criar gráficos<br />Gráficos de actividades e de barras<br />2009/2010<br />19<br />Engenharia do Software I<br />
  20. 20. Problemas de calendarização<br />Difícil estimar dificuldade de problemas e custo de desenvolvimento<br />Produtividade não proporcional a número de pessoas envolvidas em tarefa<br />Mais pessoas em projecto atrasado pode atrasá-lo mais (custos de comunicação)<br />Inesperado acontece: prever contingências<br />2009/2010<br />20<br />Engenharia do Software I<br />
  21. 21. Gráficos de barras e redes de actividades<br />Notações gráficas ilustrando calendário do projecto<br />Mostram divisão em tarefas<br />Não definir tarefas demasiado pequenas<br />De uma a duas semanas<br />Gráficos de actividades mostram dependências e caminho crítico<br />Gráficos de barras mostram calendário ao longo do tempo<br />2009/2010<br />21<br />Engenharia do Software I<br />
  22. 22. Duração e dependências<br />2009/2010<br />22<br />Engenharia do Software I<br />
  23. 23. Rede de actividades<br />2009/2010<br />23<br />Engenharia do Software I<br />20<br />A7<br />15<br />2003-07-14<br />A3<br />M1<br />15<br />7<br />8<br />2003-08-04<br />2003-08-25<br />A9<br />A11<br />M4<br />M6<br />2003-09-05<br />5<br />A1<br />M8<br />10<br />2003-07-25<br />A6<br />M3<br />A12<br />15<br />2003-07-04<br />Início<br />10<br />15<br />A2<br />2003-07-25<br />2003-08-11<br />Fim<br />A5<br />M2<br />M7<br />A10<br />10<br />25<br />2003-07-18<br />A4<br />A8<br />M5<br />
  24. 24. Linha do tempo de actividades<br />2009/2010<br />24<br />Engenharia do Software I<br />2003-07-04<br />07-11<br />07-18<br />07-25<br />08-01<br />08-08<br />08-15<br />08-22<br />08-29<br />09-05<br />09-12<br />09-19<br />início<br />A4<br />A1<br />A2<br />M1<br />A7<br />A3<br />M5<br />A8<br />M3<br />M2<br />A6<br />A5<br />M4<br />A9<br />M7<br />A10<br />M6<br />A11<br />M8<br />A12<br />fim<br />
  25. 25. Afectação de pessoal<br />2009/2010<br />25<br />Engenharia do Software I<br />2003-07-04<br />07-11<br />07-18<br />07-25<br />08-01<br />08-08<br />08-15<br />08-22<br />08-29<br />09-05<br />09-12<br />09-19<br />João<br />A4<br />A8<br />A11<br />A12<br />Joana<br />A1<br />A3<br />Ana<br />A2<br />A6<br />A10<br />Jorge<br />A7<br />Maria<br />A5<br />
  26. 26. Gestão do risco<br />Identificação de riscos e elaboração de planos para minimizar impacte em projecto<br />Risco é probabilidade de ocorrer circunstância adversa<br />De projecto: afecta calendário e recursos<br />De produto: afecta qualidade ou desempenho do software em desenvolvimento<br />Do negócio: afecta organização desenvolvendo ou adquirindo o software<br />2009/2010<br />26<br />Engenharia do Software I<br />
  27. 27. Riscos de software<br />2009/2010<br />27<br />Engenharia do Software I<br />
  28. 28. Riscos de software<br />2009/2010<br />28<br />Engenharia do Software I<br />
  29. 29. Processo de gestão de risco<br />2009/2010<br />29<br />Engenharia do Software I<br />
  30. 30. Processo de gestão de risco<br />Identificação de risco<br />Análise de risco<br />Lista de riscos potenciais<br />Planeamento de risco<br />Lista de riscos prioritizada<br />Monitorização de risco<br />Planos de prevenção de riscos e de contingência<br />Aferição de riscos<br />2009/2010<br />30<br />Engenharia do Software I<br />
  31. 31. Identificação de risco<br />Riscos<br />Tecnológicos<br />De pessoal<br />Organizacionais<br />De ferramentas<br />De requisitos<br />De estimativa<br />2009/2010<br />31<br />Engenharia do Software I<br />
  32. 32. Riscos e tipos de riscos<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />32<br />
  33. 33. Análise de risco<br />Aferir probabilidade e impacte de riscos<br />Probabilidade<br />Muito baixa<br />Baixa<br />Moderada<br />Alta<br />Muito alta<br />Impacte<br />Insignificante<br />Tolerável<br />Sério<br />Catastrófico<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />33<br />
  34. 34. Análise de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />34<br />
  35. 35. Análise de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />35<br />
  36. 36. Estratégias de planeamento de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />36<br />
  37. 37. Estratégias de planeamento de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />37<br />
  38. 38. Estratégias de planeamento de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />38<br />
  39. 39. Monitorização de risco<br />Aferir regularmente<br />Probabilidade dos riscos identificados<br />Impacte dos riscos identificados<br />Discutir cada um dos riscos durante reuniões de gestão sobre progresso do projecto<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />39<br />
  40. 40. Indicadores de risco<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />40<br />
  41. 41. A reter<br />Sucesso do projecto implica boa gestão<br />Software intangível gera problemas de gestão<br />Gestores com diferentes papéis; actividades mais significativas<br />Planeamento<br />Estimação<br />Calendarização<br />Planeamento e estimação iterativos e durante todo o projecto<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />41<br />
  42. 42. A reter<br />Marcos são estados previsíveis nos quais relatórios formais de progresso são entregues à gestão<br />Calendarização envolve preparar gráficos mostrando actividades, suas durações e dependências, e afectação de recursos<br />Gestão do risco<br />Identifica riscos que podem afectar projecto<br />Planeia para garantir que riscos não se tornam ameaças sérias<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />42<br />
  43. 43. A ler<br />IanSommerville, Software Engineering, 8.ª edição, Addison-Wesley, 2006<br />Capítulo 5<br />2009/2010<br />Engenharia do Software I<br />43<br />

×