Web Marketing - Análise Comparativa dos Web sites de Universidades Portuguesas

1.727 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.727
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Web Marketing - Análise Comparativa dos Web sites de Universidades Portuguesas

  1. 1. Universidade da Beira Interior Marketing UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR DEPARTAMENTO DE GESTÃO E ECONOMIA Comércio Electrónico e Web Marketing Docente Responsável: Prof. Paulo Duarte Relatório Análise Comparativa dos Sites das Universidades Trabalho elaborado por: Andreia Gameiro | Nº20361 Luísa Pires | Nº20449 29 de Abril de 2009Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 1
  2. 2. Universidade da Beira Interior MarketingÍndiceÍndice.................................................................................................................................2Introdução..........................................................................................................................3Resumo..............................................................................................................................4Descrição do Trabalho.......................................................................................................9Resultados........................................................................................................................13.........................................................................................................................................20Resultados das Universidades Privadas...........................................................................21Discussão.........................................................................................................................29No principio deste estudo, não tínhamos á partida nenhuma ideia relativa às diferençasque pudessem surgir nesta analise de dados.Neste momento como podemos observarnas tabelas e gráficos acima das características analisadas, aquelas que apresentam umamaior coerência de resultados referem-se á velocidade com que a pagina carrega, áexistência de contactos para troca de impressões, na fiabilidade das fontes deinformação, nos conteúdos bem identificados e quanto á abertura em diferentesbrowsers...........................................................................................................................29Quanto ao uso de gráficos/sons/vídeos, foi das características que menos se verificou,sendo aquela que para nós teria uma importância significativa capaz de influenciar aatractividade por parte dos alunos. Os serviços online são praticamente inexistentesdisponibilizando principalmente apenas download de formulários e declarações. ........29Conclusão........................................................................................................................30Bibliografia......................................................................................................................31 Sites utilizados para fazer a análise.............................................................................31Anexos.............................................................................................................................32 Universidades Públicas................................................................................................32 Universidades Privadas................................................................................................44Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 2
  3. 3. Universidade da Beira Interior MarketingIntroduçãoNo âmbito, da licenciatura, na disciplina de Comércio Electrónico e Web Marketing foi-nos proposto a elaboração de um relatório, que consiste na análise comparativa dos sitesdas universidades públicas e privadas do território nacional.É amplamente reconhecido que a Internet é hoje um importante pilar para a promoçãodas instituições. Através desta forma podem dar-se a conhecer e promover-se,destacando as suas características e funcionalidades. Daí a importância de fazer umaanálise para ver como as universidades portuguesas se promovem e qual a importânciaque dão ao seu site na forma como o criam.Neste trabalho analisaremos alguns pontos, que achamos importantes estarem presentesnos sites, e também a forma como as universidades trabalham os seus sites. Ou sejavamos fazer uma análise individualizada de cada site para posteriormente comparar etirar conclusões.O objectivo geral, deste trabalho, é compreender o modo com as universidadesorganização os seus sites, o conteúdo destes e os pontos que consideram maisimportantes, de salientar nos sites, estudando as estratégias e analisando os casoconcreto das universidades portuguesas.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 3
  4. 4. Universidade da Beira Interior MarketingResumoO Web design pode ser visto como uma extensão da prática do design, onde o foco é acriação de Web sites e documentos disponíveis no ambiente da internet.A impressão com que o utilizador fica duma visita a um site é crucial.Num site é importante dar a informação necessária, de um modo simples e rápido,maximizando o seu potencial, com um design atractivo e uma navegação rápida.Tão importante quanto disponibilizar conteúdos com qualidade, é fundamental manter ainformação actualizada e “fresca”.Posto o que foi referido anteriormente podemos dizer que os critérios de sucesso de umWeb design são: a qualidade do conteúdo, o aspecto visual, a qualidade da propostade valor (OVP), a facilidade de uso, o tempo que demora a carregar e a frequênciade actualização.No que diz respeito ao planeamento dos sites deve ter-se em conta os seguintesaspectos: definir os objectivos, analisar o público-alvo, analisar a concorrência,avaliar as competências e recursos e estabelecer um mapa do site.Quanto ao definir os objectivos deverá ter-se em conta questões como: • Porquê criar o site? • Qual a sua razão de ser? • Que se pretende atingir com o site? • Qual o impacto desejado sobre os visitantes? • Que restrições e orientações devem ser seguidas no seu desenho? • Qual o conteúdo a incluir? • A quem se dirige? • Qual deverá ser a sua estrutura?Para desta forma ter uma ideia daquilo que se vai fazer e como se deve fazer.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 4
  5. 5. Universidade da Beira Interior MarketingNo que se refere a análise do público-alvo, deve ter-se em conta qual o perfil dessepúblico (idade, idioma e cultura, habilitações, tipo e local de acesso à internet,familiaridade com as tecnologias, qual a dimensão do público-alvo) e também o que vãoprocurara no site (informação, serviços, comunidade/relacionamentos, negócios).No que diz respeito aos diferentes públicos-alvo há diferentes públicos, de acordo comas necessidades de cada um.A análise da concorrência deve contemplar uma análise a sites com conteúdos domesmo tipo ou dirigido ao mesmo público-alvo e ainda uma análise às forças efraquezas.Quanto às competências e recursos é necessário saber quais os conhecimentos técnicosque são pretendidos, se existem esses conhecimentos e quais as ferramentas e recursosestão disponíveis (tempo, software, hardware).Para o mapa do site deve proceder-se ao desenho do mapa, com todas as páginas e links.O site deverá ter uma boa organização do seu conteúdo (layout) para que seja fácilnavegar nele e ter um bom acesso a tudo. Assim como a estética é um pontofundamental para a boa aparência. Estética = Imagens + Cor + Estilo + Layout + Tipos de letraÉ também importante não escrever muito, porque quanto mais escrita tem um site maioré o número de pessoas que o abandonam.No desenho visual é importante ter em conta alguns princípios do design (atracção,harmonia, equilíbrio, simplicidade, ritmo, contraste, foco, textura).Quanto à atracção os elementos parecidos devem ficar próximos, para serem criadosconjuntos de atracção visual.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 5
  6. 6. Universidade da Beira Interior Marketing Sem organização OrganizadosQuanto à harmonia tem de existir uma coerência visual (a criação de formas limita-se àcomposição da estrutura, cada forma deve estar ligada a um esquema global, a formavaria em grau e importância de acordo com o destaque que se quer dar a uma formaparticular). HarmoniaA relação proporcional na harmonia é a de duas partes iguais. Para criar uma harmoniasimétrica, deve-se dispor os elementos ímpares de maneira centralizada e os pares emconjuntos de dois. Elementos ímpares Elementos paresO equilíbrio está entre duas forças, ou entre dois elementos, ocorre quando ambos secompensam mutuamente, é obtido mais com treino do que com cálculos matemáticos.A simplicidade gera clareza, organização mais harmoniosa e unificada e permite umaboa assimilação e de fácil compreensão.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 6
  7. 7. Universidade da Beira Interior MarketingAs manchas vermelhas e laranja, representadas na imagem de cima, são os pontos demaior foco e que têm maior atenção, quando um utilizador acede a um site.Elementos de desenhoQuanto à composição, esta deverá ter espaços em branco, pois são bons para realçar ocontraste, deve evitar-se o excesso de informação e ajustar o site de forma a ajudar osutilizadores a encontrar a informação fácil e rapidamente.No que respeita à cor deve seleccionar-se combinações de cores agradáveis ao olhar.Os tipos de letra devem ser correntes e convém usar-se o mesmo tipo de letra de formaconsistente em todo o site.O movimento deve ser usado com moderação e deve seu utilizado apenas para realçar oconteúdo.As imagens tornam o site mais atractivo, mas devem ter um tamanho pequeno.As animações flash proporcionam vantagens interessantes e permitem potenciar ainteractividade, mas dificultam a leitura de conteúdo pelos robots dos motores de buscae é necessário software especial para a sua criação.Os contadores são cruciais para avaliação das visitas ao site e podem ser programadosde raiz e ainda há inúmeras soluções gratuitas e pagas na internet.Os sons proporcionam outra dimensão ao site, apelam a um sentido extra, mas emcontra partida pode ser irritante e aumentar o tempo necessário para carregar o site.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 7
  8. 8. Universidade da Beira Interior MarketingProcesso de enviar os ficheiros para o servidor (publicação do site) é último passo nacriação do site, tem de se verificar o site online para se assegurar que aparece de modocomo deveria aparecer ou se esperava que aparecesse e deve testar-se em váriosbrowsers.Em conclusão o site tem de ser bem planeado, fácil de compreender e navegar eagradável à vista.Sempre que possível deve minimizar-se o número de cliques necessários ànavegação no site e tem convém colocar a informação mais apelativa e recente napágina inicial.Os utilizadores de internet querem um fácil acesso à informação e de formarápida.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 8
  9. 9. Universidade da Beira Interior MarketingDescrição do TrabalhoEste relatório consiste numa análise comparativa dos sites das universidades.A amostra utilizada foi todas as universidades portuguesas públicas e privadas.O estudo compreenderá 14 universidades públicas e 8 universidades privadas.Universidades Públicas • Universidade Aberta • Universidade dos Açores • Universidade do Algarve • Universidade de Aveiro • Universidade da Beira Interior • Universidade de Coimbra • Universidade de Évora • Universidade de Lisboa • Universidade da Madeira • Universidade do Minho • Universidade Nova de Lisboa • Universidade do Porto • Universidade Técnica de Lisboa • Universidade de Trás-os-Montes e Alto DouroUniversidades Privadas • Universidade Atlântica • Universidade Autónoma de Lisboa Luís de Camões • Universidade Fernando Pessoa • Universidade Internacional • Universidade Lusíada • Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias • Universidade Portucalense Infante D. HenriqueComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 9
  10. 10. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade CatólicaO levantamento da informação foi feito no dia 27 de Abril de 2009.Foi feita uma tabela com diferentes pontos, para ser feita a avaliação análise ecomparativa.Os pontos presentes são os seguintes:Velocidade- A página carrega suficientemente depressa de modo a não provocar grandescompassos de espera.Primeira impressão – aparência geral- A página é atractiva e motivará os alunos para posterior exploração.- A página tem um design suficientemente claro para ser eficientemente manipuladapelos alunos.- Todos os conteúdos estão bem identificados.Facilidade de navegação (acessibilidade e navegabilidade)- A página principal corre em diferentes browsers.- Os alunos serão capazes de navegar (de página para página, hiperligação parahiperligação, item para item) com facilidade, sem se perderem ou ficarem confusos.- Todas as hiperligações possuem legendas claras e servem facilmente a finalidade.- Motor de busca.Uso de gráficos/sons/vídeos- Os gráficos/sons/vídeos encontram-se claramente legendados e identificados.- Os gráficos/sons/vídeos servem uma finalidade clara e apropriada aos alunos.- Os gráficos/sons/vídeos ajudarão os alunos a atingir os objectivos subjacentes àutilização da página.Conteúdo/Informação- Descrição do organismo (missão; estrutura; serviços).- Esta (s) página (s) oferece (m) bastante informação relacionada com a temática do site.- A informação encontra-se devidamente legendada e organizada e será facilmentecompreendida pelos alunos.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 10
  11. 11. Universidade da Beira Interior Marketing- Versão em outras línguas sempre que se justifique.- As fontes de informação são fiáveis.Serviços on-line- Declarações / formulários on-line para download.- Preenchimento e entrega on-line.- Sugestões e reclamações on-line.- Pagamentos on-line.Actualização dos conteúdos- Informação sobre o organismo (organigrama, lei orgânica).- Eventos programados ou em curso.- Relatório de actividades e plano de actividades.- Site indica claramente a data de publicação, bem como quando os conteúdos foramactualizados.Actualidade- A página foi recentemente revista.Disponibilidade para contactos- Existência de um contacto ou de um endereço para posterior troca de impressões.Aspecto gráfico:- Cores utilizadas (fundo e as principais).- O layout, (duas/três ou uma coluna, com cabeçalho, rodapé, com ou sem imagens).- Nº de imagens/vídeos na página inicial.- Localização do menu (horizontal ou vertical, colocação à direita ou esquerda, com ousem submenus).- Localização dos contactos na 1ª página.Outros aspectos- Existência de um destaque para as novidades.- Existência de uma agenda.- Indicação da conformidade com directivas W3C.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 11
  12. 12. Universidade da Beira Interior Marketing- Possibilidade de fazer sugestões/reclamações on-line.- Disponibilização de newsletter.- Existência de um fórum/chat online.- Existência de um mapa do site.Depois da análise de todos os pontos, relativamente a todas as universidades e opreenchimento da respectiva tabela, faremos uma análise em spss para tirar asconclusões.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 12
  13. 13. Universidade da Beira Interior MarketingResultadosVer tabelas 1 e 2, anexadas no fim do trabalho. Estas tabelas apresentam o estudo decada critério, feito página a página. Este estudo consiste em atribuir sim ou não deacordo com o que se aplica a cada site das universidades, quer públicas, quer privadas.Relativamente ao uso se sons, gráficos ou vídeos, colocamos não se aplica, no caso de osite não conter nenhum destes itens na página inicial.No que diz respeito aos aspectos gráficos foi feita uma análise descritiva, dizendo comoera o aspecto de cada página e o que continha, a nível de forma de construção, que setraduz no aspecto gráfico que cada utilizador vê.A seguir vamos apresentar as tabelas e respectivos gráficos, das contagens feitas.Nos resultados das universidades públicas a primeira tabela diz respeito à contagem dossins e nãos por critério, a segunda tabela refere a contagem dos sins e não dos critérios,mas por universidade, as restantes tabelas dizem respeito à análise do aspecto gráfico.Resultados das Universidades Públicas Sim NãoA página carrega suficientemente depressa de modo a não provocar grandescompassos de espera. 14 0A página é atractiva e motivará os alunos para posterior exploração 5 9A página tem um design suficientemente claro para ser eficientemente manipuladapelos alunos 8 6Todos os conteúdos estão bem identificados 11 3A página principal corre em diferentes browsers 14 0Os alunos serão capazes de navegar (de página para página, hiperligação parahiperligação, item para item) com facilidade, sem se perderem ou ficarem confusos. 7 7Todas as hiperligações possuem legendas claras e servem facilmente a finalidade. 13 1Motor de busca 10 4Os gráficos/sons/vídeos encontram-se claramente legendados e identificados. 0 14Os gráficos/sons/vídeos servem uma finalidade clara e apropriada aos alunos. 0 14Os gráficos/sons/vídeos ajudarão os alunos a atingir os objectivos subjacentes àutilização da página. 0 14Descrição do organismo (missão; estrutura; serviços) 7 7Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 13
  14. 14. Universidade da Beira Interior Marketing 9 5Esta (s) página (s) oferece (m) bastante informação relacionada com a temática do site.A informação encontra-se devidamente legendada e organizada e será facilmentecompreendida pelos alunos. 12 2Versão em outras línguas sempre que se justifique 11 3As fontes de informação são fiáveis. 14 0Declarações / formulários on-line para download 0 14Preenchimento e entrega on-line 0 14Sugestões e reclamações on-line 0 14Pagamentos on-line 0 14Informação sobre o organismo (organigrama, lei orgânica) 4 10Eventos programados ou em curso 6 8Relatório de actividades e plano de actividades 8 6Site indica claramente a data de publicação, bem como quando os conteúdos foramactualizados 3 11A página foi recentemente revista 1 13Existência de um contacto ou de um endereço para posterior troca de impressões. 14 0Existência de um destaque para as novidades 12 2Existência de uma agenda 6 8Indicação da conformidade com directivas W3C 5 9Possibilidade de fazer sugestões/reclamações on-line 0 14Disponibilização de newsletter 2 12Existência de um forum/chat online 0 14Existência de um mapa do site. 13 1 Tabela 1: Tabela das frequências por ponto de comparaçãoComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 14
  15. 15. Universidade da Beira Interior Marketing Gráfico 1: Frequência de aplicação ou não por critério Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 15
  16. 16. Universidade da Beira Interior Marketing Número Número de de critérios critérios não aplicáveis aplicáveisUniversidade Aberta 20 13Universidade dos Açores 8 25Universidade do Algarve 16 14Universidade de Aveiro 15 18Universidade da Beira Interior 16 17Universidade de Coimbra 11 22Universidade de Évora 13 20Universidade de Lisboa 16 14Universidade da Madeira 18 15Universidade do Minho 11 22Universidade Nova de Lisboa 18 15Universidade do Porto 13 20Universidade Técnica de Lisboa 20 13Universidade de Trás-os- 14 16Montes e Alto Douro Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 16
  17. 17. Universidade da Beira Interior MarketingGráfico 2:Critérios que se aplicam e não aplicam, por universidadeTabela 2: Tabela dos números de critérios que se aplicam e não aplicam a cada universidade Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 17
  18. 18. Universidade da Beira Interior Marketing Número de imagens Universidade Aberta 8 Universidade dos Açores 1 Universidade do Algarve 13 Universidade de Aveiro 3 Universidade da Beira Interior 1 Universidade de Coimbra 1 Universidade de Évora 1 Universidade de Lisboa 0 Universidade da Madeira 4 Universidade do Minho 9 Universidade Nova de Lisboa 2 Universidade do Porto 2 Universidade Técnica de Lisboa 1 Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro 2 Tabela 3: Número de imagens em cada PáginaComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 18
  19. 19. Universidade da Beira Interior Marketing Gráfico 3: Representação gráfica da tabela 3 Cores das Páginas Branco Azul Verde Cinzento Vermelho Amarelo Preto Fundo 9 2 3 Secundárias 2 5 1 1 1 2 Tabela 4: Cores de fundo e secundárias predominantes nas páginasComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 19
  20. 20. Universidade da Beira Interior Marketing Gráfico 4: Representação gráfica da tabela 4 Localização do Menu Horizontal 8 Vertical 5 Centro 1 Tabela 5: Localização do menu nas páginasComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 20
  21. 21. Universidade da Beira Interior Marketing Gráfico 5: Representação gráfica da tabela 5 Layout 1 coluna 1 2 colunas 3 3 colunas 10 Tabela 6: Número de colunas do layout das páginas Gráfico 6: Representação gráfica da tabela 6Resultados das Universidades PrivadasComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 21
  22. 22. Universidade da Beira Interior Marketing Sim Não 8 0A página carrega suficientemente depressa de modo a não provocar grandes compassos de espera.A página é atractiva e motivará os alunos para posterior exploração 6 2A página tem um design suficientemente claro para ser eficientemente manipulada pelos alunos 7 1Todos os conteúdos estão bem identificados 8 0A página principal corre em diferentes browsers e em diferentes versões 8 0Os alunos serão capazes de navegar (de página para página, hiperligação para hiperligação, itempara item) com facilidade, sem se perderem ou ficarem confusos. 8 0Todas as hiperligações possuem legendas claras e servem facilmente a finalidade. 8 0Motor de busca 4 4Os gráficos/sons/vídeos encontram-se claramente legendados e identificados. 2 6Os gráficos/sons/vídeos servem uma finalidade clara e apropriada aos alunos. 2 6Os gráficos/sons/vídeos ajudarão os alunos a atingir os objectivos subjacentes à utilização da página. 2 6Descrição do organismo (missão; estrutura; serviços) 6 2Esta (s) página (s) oferece (m) bastante informação relacionada com a temática do site. 8 0A informação encontra-se devidamente legendada e organizada e será facilmente compreendida 6 2pelos alunos.Versão em outras línguas sempre que se justifique 6 2As fontes de informação são fiáveis. 8 0Declarações / formulários on-line para download 5 3Preenchimento e entrega on-line 4 4Sugestões e reclamações on-line 1 7Pagamentos on-line 0 8Informação sobre o organismo (organigrama, lei orgânica) 4 4Eventos programados ou em curso 7 1Relatório de actividades e plano de actividades 2 6Site indica claramente a data de publicação, bem como quando os conteúdos foram actualizados 7 1 0 8A página foi recentemente revista 8 0Existência de um contacto ou de um endereço para posterior troca de impressões.Existência de um destaque para as novidades 7 1Existência de uma agenda 4 4Indicação da conformidade com directivas W3C 5 3Possibilidade de fazer sugestões/reclamações on-line 1 7Disponibilização de newsletter 3 5Existência de um fórum/chat online 8 0Existência de um mapa do site. 4 4 Tabela 7: Tabela das frequências por ponto de comparação das Universidades Privadas Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 22
  23. 23. Universidade da Beira Interior Marketing Gráfico 7: Frequência de aplicação ou não por critério das Universidades Privadas Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 23
  24. 24. Universidade da Beira Interior Marketing Número de Número de critérios critérios aplicáveis não aplicáveisUniversidade Atlântica 15 17Universidade Autónoma de Lisboa Luís de Camões 25 7Universidade Internacional 18 14Universidade Lusíada 19 13Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias 20 12Universidade Portucalense Infante D. Henrique 20 12Universidade Católica 18 14Tabela 8: Tabela dos números de critérios que se aplicam e não aplicam a cada universidadeprivada.Gráfico 8:Critérios que se aplicam e não aplicam, por universidade privada.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 24
  25. 25. Universidade da Beira Interior Marketing Número de imagensUniversidade Atlanta 3Universidade Autonoma de Lisboa Luis de Camões 10Universidade Fernando Pessoa 4Universidade Internacional 6Universidade Lusíada 7Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias 2Universidade Portucalense Infante D. Henrique 7Universidade Católica 3 Tabela 9: Número de imagens em cada Página de Universidades Privadas Gráfico 9: Representação gráfica da tabela 9Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 25
  26. 26. Universidade da Beira Interior Marketing Cores utilizadas Azul Branco Cinzento Verde Fundo 3 4 0 1 Secundaria 4 2 1 1Tabela 10: Cores de fundo e secundárias predominantes nas páginas de Universidades Privadas. Gráfico 10: Representação gráfica da tabela 10 Localização do Menu Horizontal 6 Vertical 3 Tabela 11: Localização do menu nas páginasComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 26
  27. 27. Universidade da Beira Interior Marketing Gráfico 11: Representação gráfica da tabela 11Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 27
  28. 28. Universidade da Beira Interior Marketing Layout 1 coluna 0 2 coluna 2 3 colunas 5 4 colunas 1 Cabeçalho 7 Rodapé 6Tabela 12: Número de colunas do layout das páginas como a existência de cabeçalho e rodapénas páginas das universidades privadas. Gráfico 12: Representação gráfica da tabela 12Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 28
  29. 29. Universidade da Beira Interior MarketingDiscussãoNo principio deste estudo, não tínhamos á partida nenhuma ideia relativa às diferençasque pudessem surgir nesta analise de dados.Neste momento como podemos observarnas tabelas e gráficos acima das características analisadas, aquelas que apresentam umamaior coerência de resultados referem-se á velocidade com que a pagina carrega, áexistência de contactos para troca de impressões, na fiabilidade das fontes deinformação, nos conteúdos bem identificados e quanto á abertura em diferentesbrowsers.Quanto ao uso de gráficos/sons/vídeos, foi das características que menos se verificou,sendo aquela que para nós teria uma importância significativa capaz de influenciar aatractividade por parte dos alunos. Os serviços online são praticamente inexistentesdisponibilizando principalmente apenas download de formulários e declarações.As cores mais utilizadas são o branco o azul e o cinzento, o layout escolhidomaioritariamente corresponde a 3 colunas com cabeçalho e rodapé sendo que o menu selocaliza em cima e na horizontal, com submenus.Podemos dizer que não existe uma diferencia significativa entre as frequências dos doistipos de Universidades, apontando apenas o facto de as universidades privadasinvestirem mais na apresentação gráfica.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 29
  30. 30. Universidade da Beira Interior MarketingConclusãoEm conclusão podemos dizer que, partindo do princípio que todas as universidades têmos objectivos semelhantes, de dar a conhecer a instituição, todos os serviços e conteúdosimportantes tanto para alunos, como para visitantes ou até mesmo futuros alunos, cadauniversidade tem uma maneira própria de se dar a conhecer e se publicitar.Cada uma dá importância a determinados aspectos, algumas são até bastante apelativase organizadas e em contrapartida outras têm um site nada apelativo e até por vezesdesorganizado. Por isto se pode ver que nem todas dão a mesma importância à suapromoção online.Com este trabalho foi-nos permitido ter-mos uma maior aproximação com o tema Webdesign, pois com a análise feita, através de pontos, importantes de constar num site,definidos previamente, verificamos as lacunas que podem existir, neste caso concretonos sites das universidades.Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 30
  31. 31. Universidade da Beira Interior MarketingBibliografia • http://www.daydream.pt/web-design/ • http://www.designarte.pt/main.php?id=112Sites utilizados para fazer a análise • http://www.ualg.pt/ • http://www.uac.pt/intro.php • http://www.uma.pt/portal/modulos/noticia/index.php? NV_MOD=MODNOTICIA&NV_EAGR=EAGR_NOTICIABROWSER&TPE SQ=PESQ_NOTICIA_DESTAQUES • http://www.utad.pt/pt/index.asp • http://www.ubi.pt/ • http://www.ua.pt/ • http://www.uevora.pt/ • http://www.uminho.pt/ • http://www.uc.pt/ • http://sigarra.up.pt/up/web_page.inicial • http://www.univ-ab.pt/ • http://www.utl.pt/ • http://www.unl.pt/ • http://www.ul.pt/portal/page?_pageid=173,1&_dad=portal&_schema=PORTAL • http://www.uatla.pt/ • http://www.universidade-autonoma.pt/index_ual.html • http://www.ufp.pt/ • http://www.uinternacional.pt/ • http://www.ulusiada.pt/ • http://www.grupolusofona.pt/portal/page? _pageid=135,1&_dad=portal&_schema=PORTAL • http://www.uportu.pt/site-scripts/Comércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 31
  32. 32. Universidade da Beira Interior Marketing • http://www.ucp.pt/site/custom/template/ucptplportalhome.asp? sspageid=1&lang=1Anexos(Print Scrn das Páginas das Universidade, feito em 21-4-2009)Universidades Públicas • Universidade AbertaComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 32
  33. 33. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade dos AçoresComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 33
  34. 34. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade do AlgarveComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 34
  35. 35. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade de AveiroComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 35
  36. 36. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade da Beira InteriorComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 36
  37. 37. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade de CoimbraComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 37
  38. 38. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade de Évora • Universidade de LisboaComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 38
  39. 39. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade da MadeiraComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 39
  40. 40. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade do MinhoComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 40
  41. 41. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade Nova de Lisboa • Universidade do PortoComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 41
  42. 42. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade Técnica de LisboaComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 42
  43. 43. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade de Trás-os-Montes e Alto DouroComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 43
  44. 44. Universidade da Beira Interior MarketingUniversidades Privadas • Universidade AtlânticaComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 44
  45. 45. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade Autónoma de Lisboa Luís de CamõesComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 45
  46. 46. Universidade da Beira Interior MarketingComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 46
  47. 47. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade Fernando PessoaComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 47
  48. 48. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade InternacionalComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 48
  49. 49. Universidade da Beira Interior MarketingComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 49
  50. 50. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade LusíadaComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 50
  51. 51. Universidade da Beira Interior MarketingComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 51
  52. 52. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade Lusófona de Humanidades e TecnologiasComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 52
  53. 53. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade Portucalense Infante D. HenriqueComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 53
  54. 54. Universidade da Beira Interior Marketing • Universidade CatólicaComércio Electrónico e Web Marketing | Análise Comparativa dos Sites das Universidades 54

×