SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 61
JOJJ
INTRODUÇÃO
Aexecução de trabalhos
em altura expõe os
trabalhadores a riscos
elevados, particularmente
quedas, frequentemente com
consequências graves para os
sinistrados e que
representam uma
percentagem elevada de
acidentes de trabalho.
ATIVIDADE 1
QUAIS SINALIZAÇÕES PERTENCE AO
TRABALHO EM ALTURA?
ATIVIDADE 2
APONTE OS ERROS CONTIDO NA FOTO
O QUE HÁ DE ERRADO
????
O QUE ACHA
DISSO?
CASO DE
ESTUDO
RESOLUTIVO
A EQUIPE DE MANOEL FOI CONTRATADO PARA FAZER A PRESTAÇÃO DE
SERVIÇOS PARA OBRA CIVIL COMO; PINTURAS E ROQUETES NA PAREDES.
VOCÊ TEVE UM EMPREVISTO E NÃO PODERÁ ACOMPANHAR A EQUIPE ,LOGO A
EQUIPE FOI PRIMEIRO PARA EXECUTAR O TRABALHO.
QUANDO VOCÊ CHEGOU AVALIOU UM CENÁRIO DIFERENTE DO PROPOSTO.
AGORA COMO SEGURANÇA DO TRABALHO QUAL PROVIDÊNCIA TOMARIA?
Este treinamento aborda conteúdos e
práticas relativos a operações e procedimentos
para reconhecimento, analise e prevenção de
risco associado ao trabalho em altura, bem
como inspeção e utilização de equipamentos
de proteção individual (EPI´s) e equipamentos
deproteçãocoletiva(EPC´s).
O Treinamento é pré-requiso para
iniciar atividades que exijam o trabalho em
alturaemqualquerárea.
DEFINI-SE TRABALHO EM ALTURAAQUELES QUE SÃO
EXECUTADOS AALTURAS SUPERIORES A 2 (DOIS) METROS
(ANDAIMES, PLATAFORMAS, ESCADAS, ETC.) ASSIM COMO
AQUELES QUE SÃO REALIZADOS EM PROFUNDIDADE (POÇOS,
ESCAVAÇÕES,ETC.).
LEGISLAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
NORMA REGULAMENTADORA Nº1
DISPOSIÇÕES GERAIS:
É obrigação do empregador de mostrar os
riscos existentes nas atividades dos funcionários e
treinar sobre as medidas preventivas que devem
aplicar para prevenir acidentes no desempenho do
trabalho. Devem divulgar obrigações e proibições
que os empregados devam cumprir e dar
conhecimento aos empregados de que serão
passíveis de punição, pelo descumprimento das
normas de segurança e saúde expedidas.
EQUIPAMENTO
DE PROTEÇÃO
INDIVIDUAL
Toda empresa é obrigada a fornecer aos empregados,
gratuitamente, EPI adequado ao risco e em perfeito
estado de conservação e funcionamento.
Só poderá ser comercializado e utilizado, se possuir o
Certificado de Aprovação - CA, expedido pelo MTE, nº
que consta no próprio equipamento.
EPI é todo dispositivo de uso individual, para proteger a
saúde e a integridade física do trabalhador.
EPI
&
EPC
CRIE O SEU CENÁRIO
 Elabore uma cena ou uma
situação onde você como
segurança do trabalho vai
conduzir os seus funcionários
para utilizar os EPIs de segurança
da melhor forma possivel?
NR-35 – Trabalho em Altura:
Esta Norma estabelece os requisitos
mínimos e as medidas de proteção
para o trabalho em altura, envolvendo
o planejamento, a organização e a
execução, de forma a garantir a
segurança e a saúde dos
trabalhadores envolvidos direta ou
indiretamente com esta atividade.
LEGISLAÇÃO DE SEGURANÇA E
SAÚDE DO TRABALHO
Todo trabalho em altura deverá ser planejado, organizado e
executado por trabalhador capacitado e autorizado
PLANEJAMENTO DO TRABALHO
PLANEJAMENTO DO TRABALHO
 Procedimentosparaatividadesrotineiras
 Procedimentosparaatividadesnãorotineiras
seguintes
No planejamento do trabalho devem ser adotadas
as medidas:
PLANEJAMENTO DO TRABALHO
• Medidaspara evitar o trabalho em altura, sempre que existir
meio alternativo deexecução;
•Medidas que eliminem o risco de queda dos trabalhadores,
na
 impossibilidadedeexecução dotrabalho deoutra forma;
•Medidas que minimizem as conseqüências da queda, quando o risco de
 quedanãopuder ser eliminado.
ANÁLISE DE RISCO
Todo trabalho em altura deve ser
precedido deAnálise de Risco.
ANÁLISE DE RISCO
AAnálise de Risco deve, além dos riscos inerentes ao trabalho em
altura, considerar:
O local em que os serviços serão executados e seu entorno;
O isolamento e a sinalização no entorno da área de trabalho;
Aautorização dos envolvidos;
O estabelecimento dos pontos de ancoragem;
As condições meteorológicas adversas;
ANÁLISE DE RISCO
Aseleção, inspeção, forma de utilização e limitação de uso
dos equipamentos de proteção coletiva e individual,
atendendo às normas técnicas vigentes, às orientações dos
fabricantes e aos princípios da redução do impacto e dos
fatores de queda;
O risco de queda de materiais e ferramentas;
Os trabalhos simultâneos que apresentem riscos
específicos;
ANÁLISE DE RISCO
O atendimento a requisitos de segurança e saúde contidos nas
demais normas regulamentadoras;
Os riscos adicionais;
As condições impeditivas;
As situações de emergência e o planejamento do resgate e
primeiros socorros, de forma a reduzir o tempo da suspensão inerte
do trabalhador;
Anecessidade de sistema de comunicação.
ANÁLISE DE RISCO
PRINCIPAIS RISCOS NO TRABALHO EM ALTURA
•Queda em altura
•Queda de objetos
•Choque com objetos no trajeto subida / decida
•Choques elétricos
PRINCIP
AISÁREASCOMGRANDERISCODEQUEDA
coberturas - rampas silos / reservatórios - plataformas móveis - coletivo / individual
- torres / chaminés - galerias / tanques - pontes-rolantes / sacadas
PRINCIP
AISÁREASCOMGRANDERISCODEQUEDA
horizontal + vertical
caminhões / vagões
- indústria petroquímica
 Faça uma analise de
risco dessa imagem
PRINCIP
AISCAUSASDASQUEDAS
PERDADEEQUILÍBRIO DOTRABALHADORÀBEIRADO
ESPAÇO, SEMPROTEÇÃO(ESCORREGÃO, PASSOEMFALSO
ETC.)
 Faltadeproteção(EquipamentodeProteção Individual–EPI
e/ouEquipamentodeProteçãocoletiva–EPC).
PRINCIP
AISCAUSASDASQUEDAS
•Falhadeumainstalaçãooudeumdispositivo deproteção(Quebrade
suporteourupturadecabodeaço)
MétodoimprópriodeT
rabalho
PRINCIP
AISCAUSASDASQUEDAS
•Contatoacidentalcomcondutoroumassasobtensãoelétrica
•Trabalhadornãoaptoaotrabalhoemaltura(problemasdesaúde e/ou
faltadetreinamento).
PERMISSÃO DE TRABALHO
A PT – Permissão de Trabalho, é um documento
destinado à liberação de trabalhos que envolvam
riscos para os executantes e para a empresa. Este
documento é uma ferramenta de prevenção, que visa
identificar e avaliar previamente os riscos dos
trabalhos a serem executados com potencial risco de
provocar danos as pessoas e/ou a propriedade.
PERMISSÃO DE TRABALHO
Apermissão de Trabalho em altura deve:
a) Ser emitida em três vias, respectivamente
b) Disponível no local de trabalho;
c) Entregue ao responsável pela autorização da
permissão;
d) Arquivada;
PERMISSÃO DE TRABALHO
d) Conter os requisitos mínimos a serem atendidos para a
execução dos trabalhos e as disposições e medidas
estabelecidas naAnálise de Risco;
e) Conter a relação de todos os envolvidos e suas autorizações;
f) Ser assinada pelo responsável pela autorização da
permissão;
g) Ter validade limitada à duração da atividade, restrita ao
turno de trabalho, podendo ser revalidada pelo responsável
pela autorização nas situações em que não ocorra mudanças
nas condições estabelecidas ou na equipe de trabalho;
h) Encerrada após o término da atividade e organizada de
forma a permitir sua rastreabilidade.
MEDIDAS DE CONTROLE
Exame médico;
Condições físicas;
Condições técnicas;
Condições ambientais;
Alimentação;
MEDIDASDEPROTEÇÃOEPREVENÇÃODEQUEDASEMAL
TURA
ASO
Eletrocardiograma
Eletroencefalograma
Glicose
Hemograma completo
Acuidade Visual
EXAMESMÉDICOSNECESSÁRIOSPARAOTRABALHOEM
ALTURA:
MEDIDASDEPROTEÇÃOEPREVENÇÃODEQUEDASEMAL
TURA
A prevenção de quedas deve considerar os seguintes
fatores:
•Reduçãodotempodeexposição
•Impediraqueda
•Limitaraqueda
•ProteçãoIndividual
SISTEMASDEPROTEÇÃOCOLETIVAP
ARAPREVENÇÃO
DEQUEDAS
É obrigatória a instalação de
proteção coletiva onde houver risco de
queda de trabalhadores ou de
projeção demateriais.
SISTEMAS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
PARA PREVENÇÃO DE QUEDAS
Um sistema contra queda de altura é composto por:
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
Usar sempre o equipamento de proteção individual
adequado é uma medida eficaz de proteção
EPI – todo dispositivo de uso individual,
destinado a proteger a saúde e integridade
física do trabalhador.
EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO
INDIVIDUAL - EPI
Toda empresa é obrigada a fornecer aos
empregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco
e em perfeito estado de conservação e
funcionamento.
EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO
INDIVIDUAL - EPI
OBRIGATORIEDADE:
O uso de E
P
Ié obrigatório nas seguintes
circunstâncias:
Sempre que as medidas de proteção coletiva forem
tecnicamente inviáveis ou não oferecerem
completa proteção contra os riscos de acidentes do
trabalho e/ou de doenças profissionais e do
trabalho;
⦿ Enquanto as medidas de proteção coletiva
estiveremsendo implantadas;
⦿ Para atender as situações de emergência.
EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO
INDIVIDUAL - EPI
LEGISLAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO
TRABALHO
OBRIGA-SE O
EMPREGADOR,
QUANTO AO EPI, A:
a) adquirir o tipo adequado à
atividade do empregado;
b)treinar o trabalhador sobre o
seu uso adequado e tornar
seu uso obrigatório;
c) substituí-lo quando
danificado ou extraviado,
higienizá-lo e fazer sua
manutenção;
LEGISLAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO
TRABALHO
Obriga-se o empregado, quanto ao
EPI, a:
usá-lo p/ o fim a que se destina
e responsabilizar-se por sua
guarda e conservação;
b) comunicar o empregador
alterações que torne seu uso
impróprio.
E
P
IPARA PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS COM
DIFERENÇA DE NÍVEL
Os E
P
I
´
sdevem ser escolhidos adequados aos
riscos pré identificados, levando em
consideração os seguintes aspectos:
Tempo de exposição ao risco;
Frequência;
Gravidade;
Condições do local de trabalho e seu entorno;
⯈Tiposde Danos possíveis ao trabalhador;
⯈ Estrutura Física do Trabalhador (
T
amanho 1e 2)
SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA
Toda área de trabalho, deve ser isolada com a
utilização de: placas, cavaletes, cones, correntes,
etc.
RESPONSABILIDADES
RESPONSABILIDADE DO EMPREGADOR EM
RELAÇÃO AO TRABALHO EMALTURA
Cabe aos trabalhadores:
a) Colaborar com o empregador na implementação das disposições contidas na
norma em vigor;
b) Interromper imediatamente o trabalho, informando ao superior hierárquico,
em caso de qualquer situação ou condição de risco não prevista, cuja
eliminação ou neutralização imediata não seja possível;
c) Zelar pela sua segurança e saúde e a de outras pessoas que possam ser
afetadas por suas ações ou omissões no trabalho.
RESPONSABILIDADES
QUEM REALIZATRABALHO EMALTURA
Deve conhecer e respeitar os riscos e normas de segurança
relativas ao seu trabalho.
Deve utilizar todas as técnicas corretas na execução de suas
atividades.
Verificar diariamente a existência de EPI´s e se os mesmos
encontram-se em bom estado.
É cuidadoso, prudente e verifica o estado dos equipamentos.
O responsável junto com o trabalhador pela atividade, deve
fazer uma minuciosa analise das condições dos trabalhos que
serão realizados, tomando as medidas necessárias para que
ocorram com total segurança para eles e para com terceiros.
Segurança no Trabalho em Altura
Segurança no Trabalho em Altura

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Segurança no Trabalho em Altura

NR 35 Trabalho em Altura
NR 35 Trabalho em AlturaNR 35 Trabalho em Altura
NR 35 Trabalho em AlturaHelitonCosta2
 
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.ppt
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.pptCURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.ppt
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.pptAurimarCAETANOFRANCO
 
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.pptNR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.pptDevanir Miranda
 
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.pptNR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.pptJosielCarmo2
 
Trabalho em altura FI ENGENHARIA
Trabalho em altura FI ENGENHARIATrabalho em altura FI ENGENHARIA
Trabalho em altura FI ENGENHARIARenan Biscaglia
 
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.pptTreinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.pptEmersonluizNeves1
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...Bruno Borges
 
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptx
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptxRECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptx
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptxLucianaFernandes219481
 
Apresentação Trabalho em Altura NR 35.pptx
Apresentação Trabalho em Altura NR 35.pptxApresentação Trabalho em Altura NR 35.pptx
Apresentação Trabalho em Altura NR 35.pptxcaroCosta13
 
Treinamento-NR-35.pptx
Treinamento-NR-35.pptxTreinamento-NR-35.pptx
Treinamento-NR-35.pptxaureliofaria41
 
Treinamento de NR 35.pptx
Treinamento de NR 35.pptxTreinamento de NR 35.pptx
Treinamento de NR 35.pptxrobertoprestes2
 
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.pptTREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.pptMrcioBueno11
 
Treinamento NR 35 - Trabalho em Altura (2).pptx
Treinamento NR 35 - Trabalho em Altura (2).pptxTreinamento NR 35 - Trabalho em Altura (2).pptx
Treinamento NR 35 - Trabalho em Altura (2).pptxcristianjordan82
 
Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura   nr 35Trabalho em altura   nr 35
Trabalho em altura nr 35Joaogc
 

Semelhante a Segurança no Trabalho em Altura (20)

CURSO NR 35.pptx
CURSO NR 35.pptxCURSO NR 35.pptx
CURSO NR 35.pptx
 
NR 35 Trabalho em Altura
NR 35 Trabalho em AlturaNR 35 Trabalho em Altura
NR 35 Trabalho em Altura
 
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.ppt
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.pptCURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.ppt
CURSO TRABALHO EM ALTURA - NR35.ppt
 
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.pptNR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
 
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.pptNR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra  Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
NR 35 Trabalho em Altura 2017 ...palestra Grupo Mega Segurança do trabalho.ppt
 
Trabalho em altura FI ENGENHARIA
Trabalho em altura FI ENGENHARIATrabalho em altura FI ENGENHARIA
Trabalho em altura FI ENGENHARIA
 
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.pptTreinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
 
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
cursodetrabalhoemaltura-nr35-portariasitn313de23demarode2012-120919062729-php...
 
trabalho em altura.ppt
trabalho em altura.ppttrabalho em altura.ppt
trabalho em altura.ppt
 
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptx
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptxRECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptx
RECICLAGEM NR 35-TRABALHO EM ALTURA..pptx
 
Curso trabalho em altura nr35
Curso trabalho em altura   nr35Curso trabalho em altura   nr35
Curso trabalho em altura nr35
 
Apresentação Trabalho em Altura NR 35.pptx
Apresentação Trabalho em Altura NR 35.pptxApresentação Trabalho em Altura NR 35.pptx
Apresentação Trabalho em Altura NR 35.pptx
 
ORDEM DE SERVIÇO TST
ORDEM DE SERVIÇO TST ORDEM DE SERVIÇO TST
ORDEM DE SERVIÇO TST
 
Treinamento-NR-35.pptx
Treinamento-NR-35.pptxTreinamento-NR-35.pptx
Treinamento-NR-35.pptx
 
NR35 - TRABALHO EM ALTURA.pptx
NR35 - TRABALHO EM ALTURA.pptxNR35 - TRABALHO EM ALTURA.pptx
NR35 - TRABALHO EM ALTURA.pptx
 
NR-35
NR-35NR-35
NR-35
 
Treinamento de NR 35.pptx
Treinamento de NR 35.pptxTreinamento de NR 35.pptx
Treinamento de NR 35.pptx
 
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.pptTREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR-35 formação e reciclagem Aryzta.ppt
 
Treinamento NR 35 - Trabalho em Altura (2).pptx
Treinamento NR 35 - Trabalho em Altura (2).pptxTreinamento NR 35 - Trabalho em Altura (2).pptx
Treinamento NR 35 - Trabalho em Altura (2).pptx
 
Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura   nr 35Trabalho em altura   nr 35
Trabalho em altura nr 35
 

Mais de MENTORAMONIZEALMEIDA (20)

Trabalho SENAI ALEX.pptx
Trabalho SENAI ALEX.pptxTrabalho SENAI ALEX.pptx
Trabalho SENAI ALEX.pptx
 
sistema preditiva.pptx
sistema preditiva.pptxsistema preditiva.pptx
sistema preditiva.pptx
 
TRABALHO REDES SOCIAIS
TRABALHO  REDES SOCIAIS TRABALHO  REDES SOCIAIS
TRABALHO REDES SOCIAIS
 
COVID TRABALHO
COVID TRABALHOCOVID TRABALHO
COVID TRABALHO
 
almoxarifado.pptx
almoxarifado.pptxalmoxarifado.pptx
almoxarifado.pptx
 
Sistema de Rastreamento.pptx
Sistema de Rastreamento.pptxSistema de Rastreamento.pptx
Sistema de Rastreamento.pptx
 
Avaliando Desempenho.pptx
Avaliando Desempenho.pptxAvaliando Desempenho.pptx
Avaliando Desempenho.pptx
 
aula de kanban simples.pptx
aula de kanban simples.pptxaula de kanban simples.pptx
aula de kanban simples.pptx
 
AULA DE LOGISTICA DE EXPEDIÇÃO.pptx
AULA DE LOGISTICA DE EXPEDIÇÃO.pptxAULA DE LOGISTICA DE EXPEDIÇÃO.pptx
AULA DE LOGISTICA DE EXPEDIÇÃO.pptx
 
composição do território nacional.pptx
composição do território nacional.pptxcomposição do território nacional.pptx
composição do território nacional.pptx
 
AULA DE OBRIGAÇÃO TRABALHISTA.pptx
AULA DE OBRIGAÇÃO TRABALHISTA.pptxAULA DE OBRIGAÇÃO TRABALHISTA.pptx
AULA DE OBRIGAÇÃO TRABALHISTA.pptx
 
TRABALHO
TRABALHOTRABALHO
TRABALHO
 
trabalho de bebidas.
trabalho de bebidas.trabalho de bebidas.
trabalho de bebidas.
 
trabalho de vendas
trabalho de vendastrabalho de vendas
trabalho de vendas
 
TRABALHO
TRABALHOTRABALHO
TRABALHO
 
AULA DE MINDSET SEDUC.pptx
AULA DE MINDSET SEDUC.pptxAULA DE MINDSET SEDUC.pptx
AULA DE MINDSET SEDUC.pptx
 
Recursos da tecnologia.pptx
Recursos da tecnologia.pptxRecursos da tecnologia.pptx
Recursos da tecnologia.pptx
 
AULA DE PDCA.pptx
AULA DE PDCA.pptxAULA DE PDCA.pptx
AULA DE PDCA.pptx
 
Fundamentos da Gestão Organizacional.pptx
Fundamentos da Gestão Organizacional.pptxFundamentos da Gestão Organizacional.pptx
Fundamentos da Gestão Organizacional.pptx
 
AULA DE FLUXO DE VALOR DE PRODUÇÃO.pptx
AULA DE FLUXO DE VALOR DE PRODUÇÃO.pptxAULA DE FLUXO DE VALOR DE PRODUÇÃO.pptx
AULA DE FLUXO DE VALOR DE PRODUÇÃO.pptx
 

Segurança no Trabalho em Altura

  • 2. INTRODUÇÃO Aexecução de trabalhos em altura expõe os trabalhadores a riscos elevados, particularmente quedas, frequentemente com consequências graves para os sinistrados e que representam uma percentagem elevada de acidentes de trabalho.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. ATIVIDADE 1 QUAIS SINALIZAÇÕES PERTENCE AO TRABALHO EM ALTURA?
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. ATIVIDADE 2 APONTE OS ERROS CONTIDO NA FOTO
  • 12. O QUE HÁ DE ERRADO ????
  • 13.
  • 14.
  • 16.
  • 17.
  • 19. A EQUIPE DE MANOEL FOI CONTRATADO PARA FAZER A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA OBRA CIVIL COMO; PINTURAS E ROQUETES NA PAREDES. VOCÊ TEVE UM EMPREVISTO E NÃO PODERÁ ACOMPANHAR A EQUIPE ,LOGO A EQUIPE FOI PRIMEIRO PARA EXECUTAR O TRABALHO. QUANDO VOCÊ CHEGOU AVALIOU UM CENÁRIO DIFERENTE DO PROPOSTO. AGORA COMO SEGURANÇA DO TRABALHO QUAL PROVIDÊNCIA TOMARIA?
  • 20. Este treinamento aborda conteúdos e práticas relativos a operações e procedimentos para reconhecimento, analise e prevenção de risco associado ao trabalho em altura, bem como inspeção e utilização de equipamentos de proteção individual (EPI´s) e equipamentos deproteçãocoletiva(EPC´s). O Treinamento é pré-requiso para iniciar atividades que exijam o trabalho em alturaemqualquerárea.
  • 21. DEFINI-SE TRABALHO EM ALTURAAQUELES QUE SÃO EXECUTADOS AALTURAS SUPERIORES A 2 (DOIS) METROS (ANDAIMES, PLATAFORMAS, ESCADAS, ETC.) ASSIM COMO AQUELES QUE SÃO REALIZADOS EM PROFUNDIDADE (POÇOS, ESCAVAÇÕES,ETC.).
  • 22. LEGISLAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO NORMA REGULAMENTADORA Nº1 DISPOSIÇÕES GERAIS: É obrigação do empregador de mostrar os riscos existentes nas atividades dos funcionários e treinar sobre as medidas preventivas que devem aplicar para prevenir acidentes no desempenho do trabalho. Devem divulgar obrigações e proibições que os empregados devam cumprir e dar conhecimento aos empregados de que serão passíveis de punição, pelo descumprimento das normas de segurança e saúde expedidas.
  • 23. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Toda empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento. Só poderá ser comercializado e utilizado, se possuir o Certificado de Aprovação - CA, expedido pelo MTE, nº que consta no próprio equipamento. EPI é todo dispositivo de uso individual, para proteger a saúde e a integridade física do trabalhador.
  • 24.
  • 26. CRIE O SEU CENÁRIO  Elabore uma cena ou uma situação onde você como segurança do trabalho vai conduzir os seus funcionários para utilizar os EPIs de segurança da melhor forma possivel?
  • 27. NR-35 – Trabalho em Altura: Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com esta atividade. LEGISLAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO
  • 28. Todo trabalho em altura deverá ser planejado, organizado e executado por trabalhador capacitado e autorizado PLANEJAMENTO DO TRABALHO
  • 29. PLANEJAMENTO DO TRABALHO  Procedimentosparaatividadesrotineiras  Procedimentosparaatividadesnãorotineiras
  • 30. seguintes No planejamento do trabalho devem ser adotadas as medidas: PLANEJAMENTO DO TRABALHO • Medidaspara evitar o trabalho em altura, sempre que existir meio alternativo deexecução; •Medidas que eliminem o risco de queda dos trabalhadores, na  impossibilidadedeexecução dotrabalho deoutra forma; •Medidas que minimizem as conseqüências da queda, quando o risco de  quedanãopuder ser eliminado.
  • 31. ANÁLISE DE RISCO Todo trabalho em altura deve ser precedido deAnálise de Risco.
  • 32. ANÁLISE DE RISCO AAnálise de Risco deve, além dos riscos inerentes ao trabalho em altura, considerar: O local em que os serviços serão executados e seu entorno; O isolamento e a sinalização no entorno da área de trabalho; Aautorização dos envolvidos; O estabelecimento dos pontos de ancoragem; As condições meteorológicas adversas;
  • 33. ANÁLISE DE RISCO Aseleção, inspeção, forma de utilização e limitação de uso dos equipamentos de proteção coletiva e individual, atendendo às normas técnicas vigentes, às orientações dos fabricantes e aos princípios da redução do impacto e dos fatores de queda; O risco de queda de materiais e ferramentas; Os trabalhos simultâneos que apresentem riscos específicos;
  • 34. ANÁLISE DE RISCO O atendimento a requisitos de segurança e saúde contidos nas demais normas regulamentadoras; Os riscos adicionais; As condições impeditivas; As situações de emergência e o planejamento do resgate e primeiros socorros, de forma a reduzir o tempo da suspensão inerte do trabalhador; Anecessidade de sistema de comunicação.
  • 35. ANÁLISE DE RISCO PRINCIPAIS RISCOS NO TRABALHO EM ALTURA •Queda em altura •Queda de objetos •Choque com objetos no trajeto subida / decida •Choques elétricos
  • 36. PRINCIP AISÁREASCOMGRANDERISCODEQUEDA coberturas - rampas silos / reservatórios - plataformas móveis - coletivo / individual - torres / chaminés - galerias / tanques - pontes-rolantes / sacadas
  • 38.  Faça uma analise de risco dessa imagem
  • 39. PRINCIP AISCAUSASDASQUEDAS PERDADEEQUILÍBRIO DOTRABALHADORÀBEIRADO ESPAÇO, SEMPROTEÇÃO(ESCORREGÃO, PASSOEMFALSO ETC.)  Faltadeproteção(EquipamentodeProteção Individual–EPI e/ouEquipamentodeProteçãocoletiva–EPC).
  • 42. PERMISSÃO DE TRABALHO A PT – Permissão de Trabalho, é um documento destinado à liberação de trabalhos que envolvam riscos para os executantes e para a empresa. Este documento é uma ferramenta de prevenção, que visa identificar e avaliar previamente os riscos dos trabalhos a serem executados com potencial risco de provocar danos as pessoas e/ou a propriedade.
  • 43. PERMISSÃO DE TRABALHO Apermissão de Trabalho em altura deve: a) Ser emitida em três vias, respectivamente b) Disponível no local de trabalho; c) Entregue ao responsável pela autorização da permissão; d) Arquivada;
  • 44. PERMISSÃO DE TRABALHO d) Conter os requisitos mínimos a serem atendidos para a execução dos trabalhos e as disposições e medidas estabelecidas naAnálise de Risco; e) Conter a relação de todos os envolvidos e suas autorizações; f) Ser assinada pelo responsável pela autorização da permissão; g) Ter validade limitada à duração da atividade, restrita ao turno de trabalho, podendo ser revalidada pelo responsável pela autorização nas situações em que não ocorra mudanças nas condições estabelecidas ou na equipe de trabalho; h) Encerrada após o término da atividade e organizada de forma a permitir sua rastreabilidade.
  • 45. MEDIDAS DE CONTROLE Exame médico; Condições físicas; Condições técnicas; Condições ambientais; Alimentação;
  • 47. MEDIDASDEPROTEÇÃOEPREVENÇÃODEQUEDASEMAL TURA A prevenção de quedas deve considerar os seguintes fatores: •Reduçãodotempodeexposição •Impediraqueda •Limitaraqueda •ProteçãoIndividual
  • 48. SISTEMASDEPROTEÇÃOCOLETIVAP ARAPREVENÇÃO DEQUEDAS É obrigatória a instalação de proteção coletiva onde houver risco de queda de trabalhadores ou de projeção demateriais.
  • 49. SISTEMAS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PARA PREVENÇÃO DE QUEDAS Um sistema contra queda de altura é composto por:
  • 50. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Usar sempre o equipamento de proteção individual adequado é uma medida eficaz de proteção
  • 51. EPI – todo dispositivo de uso individual, destinado a proteger a saúde e integridade física do trabalhador. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI
  • 52. Toda empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI
  • 53. OBRIGATORIEDADE: O uso de E P Ié obrigatório nas seguintes circunstâncias: Sempre que as medidas de proteção coletiva forem tecnicamente inviáveis ou não oferecerem completa proteção contra os riscos de acidentes do trabalho e/ou de doenças profissionais e do trabalho; ⦿ Enquanto as medidas de proteção coletiva estiveremsendo implantadas; ⦿ Para atender as situações de emergência. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI
  • 54. LEGISLAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO OBRIGA-SE O EMPREGADOR, QUANTO AO EPI, A: a) adquirir o tipo adequado à atividade do empregado; b)treinar o trabalhador sobre o seu uso adequado e tornar seu uso obrigatório; c) substituí-lo quando danificado ou extraviado, higienizá-lo e fazer sua manutenção;
  • 55. LEGISLAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO Obriga-se o empregado, quanto ao EPI, a: usá-lo p/ o fim a que se destina e responsabilizar-se por sua guarda e conservação; b) comunicar o empregador alterações que torne seu uso impróprio.
  • 56. E P IPARA PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS COM DIFERENÇA DE NÍVEL Os E P I ´ sdevem ser escolhidos adequados aos riscos pré identificados, levando em consideração os seguintes aspectos: Tempo de exposição ao risco; Frequência; Gravidade; Condições do local de trabalho e seu entorno; ⯈Tiposde Danos possíveis ao trabalhador; ⯈ Estrutura Física do Trabalhador ( T amanho 1e 2)
  • 57. SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA Toda área de trabalho, deve ser isolada com a utilização de: placas, cavaletes, cones, correntes, etc.
  • 58. RESPONSABILIDADES RESPONSABILIDADE DO EMPREGADOR EM RELAÇÃO AO TRABALHO EMALTURA Cabe aos trabalhadores: a) Colaborar com o empregador na implementação das disposições contidas na norma em vigor; b) Interromper imediatamente o trabalho, informando ao superior hierárquico, em caso de qualquer situação ou condição de risco não prevista, cuja eliminação ou neutralização imediata não seja possível; c) Zelar pela sua segurança e saúde e a de outras pessoas que possam ser afetadas por suas ações ou omissões no trabalho.
  • 59. RESPONSABILIDADES QUEM REALIZATRABALHO EMALTURA Deve conhecer e respeitar os riscos e normas de segurança relativas ao seu trabalho. Deve utilizar todas as técnicas corretas na execução de suas atividades. Verificar diariamente a existência de EPI´s e se os mesmos encontram-se em bom estado. É cuidadoso, prudente e verifica o estado dos equipamentos. O responsável junto com o trabalhador pela atividade, deve fazer uma minuciosa analise das condições dos trabalhos que serão realizados, tomando as medidas necessárias para que ocorram com total segurança para eles e para com terceiros.