Dengue Cuidado!

1.531 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.531
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dengue Cuidado!

  1. 1. • Ele sempre esteve por perto. Ou melhor: ela! E o negócio dela é sugar sangue de gente para garantir que seus filhotinhos vão nascer bem fortes. Que horror, será uma vampira? É pior: ela transmite uma doença grave, e não é um monstro inventado pela nossa imaginação.
  2. 2. • Se você está pensando no bicho transmissor da dengue, acertou na mosca! Ou melhor, na "mosquita"! Como você já deve saber, a dengue voltou a ser uma epidemia no Brasil em 2002. Uma epidemia que poderia ter sido evitada, se o povo e o governo tivessem cuidado o ano todo.
  3. 3. • Aqui você vai saber tudo sobre a doença e como fazer para manter o Aedes Aegypt bem longe de você. Mas antes de começar, guarde isso na sua cachola: a dengue não é "febre de verão" e veio para ficar! Por isso, os cuidados que cada um deve ter devem existir o ano inteirinho. E sempre.
  4. 4. Tudo começou com uma mosquita "dengosa", que veio de longe...
  5. 5. • A dengue é uma doença infecciosa transmitida pela fêmea do mosquito Aedes aegypti. A danada vive somente 30 dias, mas é o tempo suficiente para infectar um monte de gente. E é um mundaréu de doentes mesmo: a dengue já é a principal doença transmitida por mosquito no mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde, pode haver até 100 milhões de casos, em dezenas de países.
  6. 6. • Escuro com manchas brancas, o Aedes aegypti é mais antigo que o homem, e veio provavelmente do Egito (por isso é "aegypti". Que nominho mais estranho, né?). Da África, ele veio parar nas praias brasileiras no século 19, junto com a água dos potes que abasteciam os navios negreiros.
  7. 7. Água? Isso mesmo: a água parada é o"berçário" das larvas do monstrinho, pois éonde a mamãe Aedes coloca seus ovos. Semágua, as larvas não se desenvolvem, nemgeram mosquitos. .
  8. 8. • Os ovos do Aedes podem sobreviver até um ano sem água. Por isso, mesmo quando os potes dos navios chegavam secos, foi só enchê-los com água novamente para o mosquito nascer, livre, leve e solto. E o danado gostou tanto do ambiente daqui, que se espalhou pelo país. Não é à toa que o Brasil teve grandes epidemias de febre amarela no começo do século 20. Ué, febre amarela? Pois é: o Aedes transmite também essa grave doença, que possui vacina (para nossa sorte), o que não é o caso da dengue.
  9. 9. • Mas por que será que a dona Aedes sai por aí, picando a gente?
  10. 10. • A fêmea do Aedes pica o ser humano porque o nosso sangue tem uma substância, a ferro-globulina, que serve para "amadurecer" seus ovos. Sem isso, eles nascem inférteis. E sabe quantos ovos a "dona Aedes" coloca no mundo? Cerca de 300! Destes, 120 viram mosquitinhos, e cerca de 60 são as temíveis fêmeas. O ovo leva 3 dias para virar larva, e mais 9 dias para sair voando como mosquito. No começo, ele se alimenta da seiva das plantas. Depois, parte para o ataque!
  11. 11. Geralmente, os mosquitos aumentam muito no verão, pois o Aedes gosta declima quente e úmido. Ele ataca principalmente quando a temperatura está entre24º e 26º graus. Se estiver muito quente, ou muito frio, ele some do mapa. Masé aí que mora o perigo! Como podem sobreviver até um ano sem água, os ovosque o Aedes espalhou por aí ficam quietinhos, só esperando o clima ideal paravirarem larvas. Por isso, não adianta nada tomar cuidado só no verão. A genteprecisa ficar de olho no mosquito o ano inteiro!
  12. 12. • Mas... o que é dengue, afinal? Por que a gente tem tanto medo dela?
  13. 13. AFINAL, O QUE É DENGUE?• A dengue é uma doença causada por um vírus com 4 variedades. Por isso ainda não existe uma vacina definitiva, pois não adianta imunizar uma pessoa contra um tipo de vírus, já que ela ficaria indefesa contra os outros.• Não tem gente que toma vacina contra o vírus da gripe e fica gripado? Pois é, os vírus são muito difíceis de serem combatidos, pois são capazes de mudar sua estrutura para se defender do ataque das vacinas.• O Brasil já registrou os quatro tipos de vírus, principalmente o tipo 1 e 2. No verão de 2002, apareceu o tipo 3.
  14. 14. • E isso é muito ruim, pois a dengue fica pior a cada contaminação. Uma pessoa que já foi infectada por um tipo de vírus tem mais facilidade de ser infectada de novo. E esta segunda infecção pode ser bem pior que a primeira, pois aumentam as chances de se contrair a forma mais grave da doença, a dengue hemorrágica, que pode matar.
  15. 15. • Quando o vírus da dengue entra em nosso sangue, ele funde sua membrana com a das células dos tecidos que envolvem os nossos vasos sanguíneos. Quando ele começa a se multiplicar, acontece uma inflamação nesses vasos, o que faz o sangue circular mais lentamente, causando pressão baixa. Isso também prejudica a oxigenação dos órgãos. E a dengue é mesmo danada: além de atacar o nosso sistema circulatório, também provoca uma inflamação no fígado.• O vírus também afeta a produção das plaquetas no sangue. Cada pessoa tem, em média, 200 mil plaquetas. Quando você se corta e sai sangue, são elas que ajudam a tapar os buraquinhos dos vasos sanguíneos, e por isso ajudam na coagulação.
  16. 16. • No caso da dengue hemorrágica, a produção de plaquetas diminui muito. Os sintomas são os mesmos da dengue "comum", mas quando a pessoa acha que está melhorando, aparecem sangramentos (hemorragias) na pele, na forma de manchas vermelhas, também chamadas de exantemas. Por causa do ataque aos vasos sanguíneos, as gengivas e nariz também podem sangrar.• Dentro do corpo a coisa também é complicada. Como os vasos ficam frágeis, se houver vazamento de líquidos do sangue, eles podem se acumular na pleura (membrana que envolve o pulmão) e no abdômem. O doente pode entrar em estado de choque. E nesses casos, a dengue pode matar.
  17. 17. • Os sintomas são bem chatos: febre alta, dores em todo o corpo, principalmente nas articulações e nos olhos, dor de cabeça, fraqueza, gânglios (pequenas bolinhas) nas axilas, náuseas, vômitos. Por isso, se você sentir esses sintomas, não perca tempo: procure um médico! Não existe remédio para a dengue. Só repouso, beber bastante líquido, e evitar remédios à base de ácido acetilsalicílico (a famosa aspirina). É que a aspirina não combina com a dengue. Apesar de baixar a febre e diminuir as dores, a aspirina diminui a capacidade de uma plaqueta aderir à outra, facilitando as hemorragias.
  18. 18. COMO SE PEGA DENGUE?
  19. 19. • Pois é, como o Aedes transmite o vírus da dengue? Aí acontece uma coisa curiosa, se não fosse trágica: quem coloca o vírus no mosquito é o ser humano! Ou seja, o Aedes transmite o vírus da dengue depois de picar uma pessoa que esteja infectada. A pessoa que está com dengue só contamina o mosquito nos 5 primeiros dias em que está doente.• Agora, imagine: uma fêmea pode picar até 300 pessoas antes de morrer. Cada Aedes que picar uma pessoa contaminada passa a doença adiante. Para piorar essa "bola de neve", a fêmea também pode passar o vírus para seus ovos. E aí, já viu: os mosquitos já nascem com o vírus da dengue, sem precisar picar uma pessoa contaminada!
  20. 20. A epidemia de dengue que atingiu oBrasil em janeiro de 2002 foi de darraiva. Sabe por quê? Porque adengue já atacou outras vezes, e ogoverno brasileiro já sabia que eladevia ser combatida o ano inteiro,conscientizando a população eespalhando agentes de saúde paracombater os focos. Aí, quandochegou o verão, com seu calorzinhoe toda aquela chuvarada… danou-se! Mas como tem gente que sóresolve se mexer quando a coisafica preta… a epidemia voltou comtudo.São milhares de casos em todo oBrasil, principalmente no Rio deJaneiro, onde a dengue não tevepena de ninguém: rico, pobre, atorde televisão, todo mundo estáficando doente. E foram dezenas demortes.
  21. 21. • Agora, é hora de deixar a choradeira de lado e enfrentar uma triste verdade: É impossível acabar com toda essa mosquitaiada. Onde houver chuva, calor e água parada, podem existir os "berçários" da dengue. Em um país com milhões de pessoas, é praticamente impossível controlar todos os focos. Por isso, o negócio é tomar consciência de que você é uma arma importantíssima nessa guerra.
  22. 22. • O Aedes adora morar perto de gente, porque é onde ele encontra o paraíso para seus filhotinhos: água parada e sangue fresquinho. Ele só pica durante o dia, e não faz aquele zumbido dos pernilongos para avisar que está chegando. Então, não tem jeito: é arregaçar as mangas e mãos à obra!• Não guarde pneus velhos ou qualquer outro objeto que possa acumular água.• Lave sempre as vasilhas de água de seu cachorro ou gato, e também os bebedouros dos passarinhos• Coloque areia nos pratinhos das plantas e xaxins, ou borra de café (aquele pozinho que fica no coador). A borra impede o desenvolvimento das larvas.
  23. 23. • Ao jogar a água fora dos pratinhos das plantas, lave-os bem. Os ovos podem ficar escondidos, só esperando uma chuvinha.• Se você tem bromélias no jardim, cuidado! O formato das folhas faz com que acumulem água. Fique de olho nelas, mantenha as plantas secas, ou jogue borra de café na base das folhas.• Nunca deixar caixas dágua, latões de lixo e outros "berços de mosquisto" sem tampa!• Se estiver em algum lugar com muito mato, ou perto de algum foco conhecido do mosquito, não esqueça de passar repelente.
  24. 24. Esse cara pode Matar!!!!!
  25. 25. ProfessoraMarcia Solange Burei Palmital - PR

×