PEIXES
1) CLASSE CONDRÍCTEIS
PEIXES CARTILAGINOSOS
SUPERCLASSE PEIXES
ESCAMAS PLACÓIDES
DENTÍCULOS DÉRMICOS
ESMALTE
DENTINA
TEGUMENTO
EPIDERME: FINA CAMADA DE CÉLULAS COM GLÂNDULAS
PRODUTORAS...
PEIXES CARTILAGINOSOS
MAXILAS
SÉRIE DE DENTES
RESPIRAÇÃO BRANQUIAL
NÃO APRESENTAM NENHUMA ESTRUTURA ÓSSEA:
MAXILAS E COLUN...
BOCA VENTRAL
5 A 7 PARES DE FENDAS BRANQUIAIS
PEIXES CARTILAGINOSOS
CLOACA: ORIFÍCIO ÚNICO (FEZES, EXCRETAS E GAMETAS)
AMPOLAS DE LORENZINI (POROS)
CAPAZ DE DETECTAR O CAMPO ELÉTRICO
EMITIDO PELA PRESA (BATIMENTO CARDÍACO).
PEIXES CARTILAGIN...
2) CLASSE OSTEÍCTEIS
PEIXES ÓSSEOS
PEIXES ÓSSEOS
BOCA TERMINAL
OPÉRCULO (4 PARES DE BRANQUIAS)
NADADEIRAS PARES: PEITORAIS E PÉLVICAS
NADADEIRAS ÍMPARES: DOR...
OP: OPÉRCULO
(PLACA ÓSSEA QUE RECOBRE OS 4 PARES DE BRÂNQUIAS)
BR: BRÂNQUIAS
NP: NADADEIRA PEITORAL
PEIXES ÓSSEOS
ESCAMAS DÉRMICAS
TEGUMENTO
EPIDERME: FINA CAMADA DE CÉLULAS COM GLÂNDULAS
PRODUTORAS DE MUCO.
 DERME: PRESENÇA DE VASOS ...
Peixes ósseos
BN: BEXIGA NATATÓRIA:ESTRUTURA DERIVADA DO ESÔFAGO
QUE ERA UTILIZADA PARA ARMAZENAR AR ATMOSFÉRICO
(ÓRGÃO RE...
PEIXES ÓSSEOS
DIPNÓICOS: PEIXES PULMONADOS
EX: PIRARUCU: BEXIGA FUNCIONA COMO UM PULMÃO.
MUÇUM: BOCA E ESÔFAGO MUITO VASCU...
LINHA LATERAL: REGIÃO SENSÍVEL À VIBRAÇÕES
NA ÁGUA ALÉM DE TEMPERATURA E PRESSÃO.
- FORMADA POR POROS NAS ESCAMAS QUE AUXI...
CANDIRU: PEIXE BAGRE AMAZÔNICO
É ATRAÍDO PELA AMÔNIA LIBERADA
PELAS BRÂNQUIAS
EXCREÇÃO:
PEIXES CARTILAGINOSOS
PEIXES ÓSSEO...
SANGUE ARTERIALAORTABRANQUIAS
CORAÇÃO SANGUE VENOSO
CORPO
CIRCULAÇÃO FECHADA:
-CORAÇÃO COM DUAS CAVIDADES:
1 VENTRÍCULO E ...
♂ POSSUI CLÁSPERS:
DOBRA DA NADADEIRA PÉLVICA
INTRODUZIDA NA CLOACA DA ♀
PARA ENTRADA DO ESPERMA.
REPRODUÇÃO:
PEIXES CARTI...
REPRODUÇÃO:
PEIXES ÓSSEOS
- DIÓICOS COM FECUNDAÇÃO EXTERNA (MAIORIA)
E DESENVOLVIMENTO INDIRETO.
ALEVINOS
ANFÍBIOS
CLASSE INTERMEDIÁRIA
AQUÁTICOS TERRESTRES
• ECTOTERMOS
(TEMPERATURA VARIA CONFORME O MEIO AMBIENT
* BRIÓFITAS DO MUNDO AQU...
• CARACTERÍSTICAS:
RESPIRAÇÃO PULMONAR RUDIMENTAR (ADULTO)
RESPIRAÇÃO BRANQUIAL ESTÁGIO LARVAL (GIRINO)
RESPIRAÇÃO CUTÂNEA...
ANFÍBIOS
 SISTEMA DIGESTÓRIO COMPLETO: BOCA E
CLOACA (FEZES, URINA E GAMETAS)
 SISTEMA CIRCULATÓRIO: CIRCULAÇÃO FECHADA,...
CIRCULAÇÃO
3 CAVIDADES:
2 ÁTRIOS
1 VENTRÍCULO
CIRCULAÇÃO INCOMPLETA
MISTURA DE SANGUE
CORPO
SANGUE
VENOSO
SANGUE
ARTERIAL
...
ANFÍBIOS
• CARACTERÍSTICAS
 EXCREÇÃO: ADULTOS URÉIA
GIRINO AMÔNIA
 ENCÉFALO PEQUENO, CEREBELO REDUZIDO
(COORDENAÇÃO E EQ...
GLÂNDULAS PARATÓIDES: SITUADAS ATRÁS DOS OLHOS,
PRODUZEM UMA TOXINA (INCAPAZES DE ESPIRRAR O VENENO).
 TEGUMENTO:
SAPOS
LÍNGUA PROTRÁTIL E CARNOSA:
APREENSÃO DO ALIMENTO
 CARACTERÍSTICAS:
 DIÓICOS DE FECUNDAÇÃO EXTERNA (COM CÓPULA).
 DESENVOLVIMENTO INDIRETO
GIRINO (SAPO) E AXOLOTE (SALAMANDRA)
REPRODUÇÃO:
...
ANFÍBIOS
• SISTEMÁTICA (CLASSIFICAÇÃO):
- Ordem APODA: GIMNOFIONAS OU COBRA-CEGA
- Ordem URODELA: ANFÍBIOS COM CAUDA E
TET...
 APODA: Cecília ou cobra-cega
AXOLOTE:
LARVA DA SALAMANDRA
URODELA: SALAMANDRA DE FOGO
Brânquias
 URODELA
 ANURA
RÃ SUL AMERICANA: VENENOSA
SAPO BOI
PERERECA
RÉPTEIS
RÉPTEIS
 1º VERTEBRADOS A CONQUISTAREM A TERRA:
1) FECUNDAÇÃO INTERNA.
2) OVO COM CASCA CALCÁREA CACO3
(PROTEÇÃO E SUPORT...
ÂMNIO
ALANTÓIDE
SACO
VITELÍNICO
CÓRION
ANEXOS
EMBRIONÁRIOS
4) PULMÃO COM MAIOR SUPERFÍCIE DE TROCAS.
5) EPIDERME ESPESSA (CÓRNEA) COM ESCAMAS
QUERATINIZADAS ou PLACAS CÓRNEAS.
6) EX...
SISTEMÁTICA:
-Ordem RINCOCEPHALA:
Sphenodon ou“ tuatara”
da Nova Zelândia.
-Ordem QUELÔNIOS:
tartarugas, cágados,
jabutis.
- Ordem SQUAMATA:
lagartos e serpentes.
- Ordem CROCODILEA:
crocodilo, gavial e
jacaré.
RÉPTEIS
 SIST. CIRCULATÓRIO: DUPLO e INCOMPLETO
(MISTURA DE SANGUE). CORAÇÃO COM 4
CAVIDADES (2A / 2V).
CROCODILIANOS * S...
RÉPTEIS
- SIST. EXCRETOR: METANÉFRONS (RIM DOS
VERTEBRADOS).
• ÁCIDO ÚRICO AJUDA NA ECONOMIA DE ÁGUA.
* GLÂNDULA DE SAL: P...
-SIST. NERVOSO: ENCÉFALO MAIS DESENVOLVIDO
QUE O DOS ANFÍBIOS. CEREBELO (COORDENAÇÃO
E EQUILÍBRIO) MAIS DESENVOLVIDO NAS
F...
 SIST. SENSORIAL:
• ÓRGÃO DE JACOBSON: ESTRUTURA OLFATIVA
NAS SERPENTES E LAGARTOS (CÉU DA BOCA).
•FOSSETA LOREAL: PERCEP...
RÉPTEIS
 SIST. DIGESTÓRIO: COMPLETO
(BOCA E CLOACA).
 SQUAMATAS: APRESENTAM GLÂNDULAS
VENENOSAS ASSOCIADAS A DENTES
INOC...
Bothrops: JARARACA Crotalus: CASCAVEL
Lachesis: SURUCUCU Micrurus: CORAL
RÉPTEIS
 REPRODUÇÃO:
- DIÓICOS COM FECUNDAÇÃO INTERNA E
DESENVOLVIMENTO DIRETO.
- MAIORIA OVÍPARA (CORAL PERMANECE
COM OS...
AVESAVES
AVES
 APRESENTAM SEMELHANÇAS
COM OS RÉPTEIS:
• EXCREÇÃO DE ÁCIDO ÚRICO.
• EPIDERME QUERATINIZADA
(PENAS), ESCAMAS RECOBRI...
Archaeopteryx
AVES
 PENAS: EXCLUSIVIDADE DO GRUPO E
RELACIONA-SE AO VÔO E A
ENDOTERMIA.
 OSSOS PNEUMÁTICOS: APRESENTAM
CAVIDADES PNEUM...
AVES
 SIST. TEGUMENTÁRIO E ESQUELÉTICO:
- APRESENTAM UMA ÚNICA GLÂNDULA CHAMADA
UROPIGIANA ACIMA DA BASE DA CAUDA →
SECRE...
AVES
 SISTEMA RESPIRATÓRIO:
• PULMÃO ASSOCIADO A CINCO SACOS AÉREOS:
(AUMENTAR A CAPACIDADE RESPIRATÓRIA E DIMINUIR
O PES...
 SISTEMA DIGESTÓRIO: COMPLETO.
• POSSUEM BICO CÓRNEO, PAPO NO ESÔFAGO
(ARMAZENAR E AMOLECER O ALIMENTO), MOELA NO
ESTÔMAG...
AVES
- SISTEMA CIRCULATÓRIO: DUPLA E
COMPLETA (2A/2V); DO VENTRÍCULO ESQUERDO
(SANGUE ARTERIAL) SAI A AORTA VOLTADA PARA A...
AVES
 ADAPTAÇÕES AO VÔO:
- FORMAAERODINÂMICA
- ASAS COM PENAS
- TIPO DE PULMÃO (SACOS AÉREOS)
- OSSOS PNEUMÁTICOS NO ESQU...
AVES
• REPRODUÇÃO
- DIÓICOS (PENAS CARACTERIZAM O
DIMORFISMO SEXUAL), COM
FECUNDAÇÃO INTERNA E
DESENVOLVIMENTO DIRETO.
- E...
MAMÍFEROS
MAMÍFEROS
• INOVAÇÕES EVOLUTIVAS:
- APRIMORARAM A LOCOMOÇÃO:
(MEMBROS: POSIÇÃO LATERAL→POSIÇÃO
ABAIXO DO CORPO);
- DIVERSI...
- GORDURA SUBCUTÂNEA OU HIPODERME
(RESERVA ENERGÉTICA E ISOLANTE TÉRMICO,
PRESENTE TAMBÉM EM AVES);
- DIAFRAGMA (MÚSCULO QUE SEPARA O TÓRAX
DO ABDOMEN, IMPORTANTE NA RESPIRAÇÃO);
MAMÍFEROS
- DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO:
INTRA-UTERINO (PLACENTÁRIOS) A MAIORIA,
EM ALGUNS MAMÍFEROS SEM PLACENTA =
OVOS;
- SURGIMEN...
MAMÍFEROS
• SISTEMA TEGUMENTÁRIO: PELE RICA EM GLÂNDULAS
(SEBÁCEAS, SUDORÍPARAS, ODORÍFERAS, LACRIMAIS E
MAMÁRIAS), DERME ...
MAMÍFEROS
• SISTEMA DIGESTÓRIO: COMPLETO.
• SISTEMA EXCRETOR: RINS BEM DESENVOLVIDOS
(AGRUPAMENTO DE NÉFRONS).
• SISTEMA N...
MAMÍFEROS
SISTEMÁTICA:
1) MONOTREMADOS OU PROTOTÉRIOS: MAMÍFEROS
OVÍPAROS, COM CLOACA E BICO CÓRNEO.
• EX: ORNITORRINCO E ...
2) MARSUPIAIS OU METATÉRIOS: FÊMEAS
POSSUEM MARSÚPIO BOLSA ONDE FICAM AS
MAMAS.
EX: CANGURUS E COALAS AUSTRALIANOS E OS
GA...
3) PLACENTÁRIOS OU EUTÉRIOS: APRESENTAM PLACENTA ONDE O
EMBRIÃO SE DESENVOLVE POR LONGO TEMPO. NASCEM BEM
DESENVOLVIDOS.
•...
Aula zoologia de vertebrados1
Aula zoologia de vertebrados1
Aula zoologia de vertebrados1
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula zoologia de vertebrados1

1.377 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.377
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
101
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula zoologia de vertebrados1

  1. 1. PEIXES
  2. 2. 1) CLASSE CONDRÍCTEIS PEIXES CARTILAGINOSOS SUPERCLASSE PEIXES
  3. 3. ESCAMAS PLACÓIDES DENTÍCULOS DÉRMICOS ESMALTE DENTINA TEGUMENTO EPIDERME: FINA CAMADA DE CÉLULAS COM GLÂNDULAS PRODUTORAS DE MUCO.  DERME: PRESENÇA DE VASOS SANGUÍNEOS, ESCAMAS PLACÓIDES (POSSUEM MESMA ESTRUTURA QUE DENTES HUMANOS) PEIXES CARTILAGINOSOS POLPA HOMÓLOGO AOS DENTES
  4. 4. PEIXES CARTILAGINOSOS MAXILAS SÉRIE DE DENTES RESPIRAÇÃO BRANQUIAL NÃO APRESENTAM NENHUMA ESTRUTURA ÓSSEA: MAXILAS E COLUNA SÃO CARTILAGENS CALCIFICADAS
  5. 5. BOCA VENTRAL 5 A 7 PARES DE FENDAS BRANQUIAIS PEIXES CARTILAGINOSOS CLOACA: ORIFÍCIO ÚNICO (FEZES, EXCRETAS E GAMETAS)
  6. 6. AMPOLAS DE LORENZINI (POROS) CAPAZ DE DETECTAR O CAMPO ELÉTRICO EMITIDO PELA PRESA (BATIMENTO CARDÍACO). PEIXES CARTILAGINOSOS SENSIBILIDADE
  7. 7. 2) CLASSE OSTEÍCTEIS PEIXES ÓSSEOS
  8. 8. PEIXES ÓSSEOS BOCA TERMINAL OPÉRCULO (4 PARES DE BRANQUIAS) NADADEIRAS PARES: PEITORAIS E PÉLVICAS NADADEIRAS ÍMPARES: DORSAL, CAUDAL E ANAL ÂNUS
  9. 9. OP: OPÉRCULO (PLACA ÓSSEA QUE RECOBRE OS 4 PARES DE BRÂNQUIAS) BR: BRÂNQUIAS NP: NADADEIRA PEITORAL PEIXES ÓSSEOS
  10. 10. ESCAMAS DÉRMICAS TEGUMENTO EPIDERME: FINA CAMADA DE CÉLULAS COM GLÂNDULAS PRODUTORAS DE MUCO.  DERME: PRESENÇA DE VASOS SANGUÍNEOS, CROMATÓFOROS (CÉLULAS QUE DÃO COLORAÇÃO), ESCAMAS DÉRMICAS (ESTRUTURA ÓSSEA) PEIXES ÓSSEOS
  11. 11. Peixes ósseos BN: BEXIGA NATATÓRIA:ESTRUTURA DERIVADA DO ESÔFAGO QUE ERA UTILIZADA PARA ARMAZENAR AR ATMOSFÉRICO (ÓRGÃO RESPIRATÓRIO ALTERNATIVO - ÁGUA DOCE).  ADQUIRIU FUNÇÃO HIDROSTÁTICA (SE ENCHE DE AR PARA CONTROLAR A FLUTUAÇÃO DO PEIXE). PEIXES ÓSSEOS (EXCLUSIVIDADE)
  12. 12. PEIXES ÓSSEOS DIPNÓICOS: PEIXES PULMONADOS EX: PIRARUCU: BEXIGA FUNCIONA COMO UM PULMÃO. MUÇUM: BOCA E ESÔFAGO MUITO VASCULARIZADOS.
  13. 13. LINHA LATERAL: REGIÃO SENSÍVEL À VIBRAÇÕES NA ÁGUA ALÉM DE TEMPERATURA E PRESSÃO. - FORMADA POR POROS NAS ESCAMAS QUE AUXILIAM NA PERCEPÇÃO DO MEIO. - PRESENTES NO PEIXES ÓSSEOS E CARTILAGINOSOS. SENSIBILIDADE
  14. 14. CANDIRU: PEIXE BAGRE AMAZÔNICO É ATRAÍDO PELA AMÔNIA LIBERADA PELAS BRÂNQUIAS EXCREÇÃO: PEIXES CARTILAGINOSOS PEIXES ÓSSEOS URÉIA AMÔNIA
  15. 15. SANGUE ARTERIALAORTABRANQUIAS CORAÇÃO SANGUE VENOSO CORPO CIRCULAÇÃO FECHADA: -CORAÇÃO COM DUAS CAVIDADES: 1 VENTRÍCULO E 1 ÁTRIO - SIMPLES: SANGUE PASSA UMA SÓ VEZ PELO CORAÇÃO. -PASSA SOMENTE SANGUE VENOSO PELO CORAÇÃO. V A
  16. 16. ♂ POSSUI CLÁSPERS: DOBRA DA NADADEIRA PÉLVICA INTRODUZIDA NA CLOACA DA ♀ PARA ENTRADA DO ESPERMA. REPRODUÇÃO: PEIXES CARTILAGINOSOS - DIÓICOS COM FECUNDAÇÃO INTERNA E DESENVOLVIMENTO DIRETO. OVO OVO
  17. 17. REPRODUÇÃO: PEIXES ÓSSEOS - DIÓICOS COM FECUNDAÇÃO EXTERNA (MAIORIA) E DESENVOLVIMENTO INDIRETO. ALEVINOS
  18. 18. ANFÍBIOS
  19. 19. CLASSE INTERMEDIÁRIA AQUÁTICOS TERRESTRES • ECTOTERMOS (TEMPERATURA VARIA CONFORME O MEIO AMBIENT * BRIÓFITAS DO MUNDO AQUÁTICO !!! • NECESSITAM DE AMBIENTES ÚMIDOS PARA SOBREVIVE ANFÍBIOS
  20. 20. • CARACTERÍSTICAS: RESPIRAÇÃO PULMONAR RUDIMENTAR (ADULTO) RESPIRAÇÃO BRANQUIAL ESTÁGIO LARVAL (GIRINO) RESPIRAÇÃO CUTÂNEA (ADULTO) PELE ÚMIDA, FINA, PERMEÁVEL e VASCULARIZADA (PRESENÇA DE GLÂNDULAS MUCOSAS) AUSÊNCIA DE ESCAMAS  RESPIRAÇÃO
  21. 21. ANFÍBIOS  SISTEMA DIGESTÓRIO COMPLETO: BOCA E CLOACA (FEZES, URINA E GAMETAS)  SISTEMA CIRCULATÓRIO: CIRCULAÇÃO FECHADA, DUPLA E INCOMPLETA (MISTURA DE SANGUE VENOSO E ARTERIAL)
  22. 22. CIRCULAÇÃO 3 CAVIDADES: 2 ÁTRIOS 1 VENTRÍCULO CIRCULAÇÃO INCOMPLETA MISTURA DE SANGUE CORPO SANGUE VENOSO SANGUE ARTERIAL PULMÃO
  23. 23. ANFÍBIOS • CARACTERÍSTICAS  EXCREÇÃO: ADULTOS URÉIA GIRINO AMÔNIA  ENCÉFALO PEQUENO, CEREBELO REDUZIDO (COORDENAÇÃO E EQUILÍBRIO) (MUITO TÓXICA, PRECISA SER DILUÍDA EM ÁGUA)
  24. 24. GLÂNDULAS PARATÓIDES: SITUADAS ATRÁS DOS OLHOS, PRODUZEM UMA TOXINA (INCAPAZES DE ESPIRRAR O VENENO).  TEGUMENTO: SAPOS
  25. 25. LÍNGUA PROTRÁTIL E CARNOSA: APREENSÃO DO ALIMENTO  CARACTERÍSTICAS:
  26. 26.  DIÓICOS DE FECUNDAÇÃO EXTERNA (COM CÓPULA).  DESENVOLVIMENTO INDIRETO GIRINO (SAPO) E AXOLOTE (SALAMANDRA) REPRODUÇÃO: LARVAS CÓPULA/AMPLEXO OVOS METAMORFOSE DO GIRINO
  27. 27. ANFÍBIOS • SISTEMÁTICA (CLASSIFICAÇÃO): - Ordem APODA: GIMNOFIONAS OU COBRA-CEGA - Ordem URODELA: ANFÍBIOS COM CAUDA E TETRÁPODES = SALAMANDRA - Ordem ANURA: ANFÍBIOS SEM CAUDA SAPO a pele é rugosa e fosca; tem bolsas nas laterais (glândulas parótides) RÃ tem pele lisa e vive no chão PERERECA tem discos aderentes na ponta dos dedos para subir em árvores e paredes
  28. 28.  APODA: Cecília ou cobra-cega
  29. 29. AXOLOTE: LARVA DA SALAMANDRA URODELA: SALAMANDRA DE FOGO Brânquias  URODELA
  30. 30.  ANURA RÃ SUL AMERICANA: VENENOSA SAPO BOI PERERECA
  31. 31. RÉPTEIS
  32. 32. RÉPTEIS  1º VERTEBRADOS A CONQUISTAREM A TERRA: 1) FECUNDAÇÃO INTERNA. 2) OVO COM CASCA CALCÁREA CACO3 (PROTEÇÃO E SUPORTE). 3) AMNIOTAS e ALANTOIDIANOS: PRESENÇA DE ÂMNIO (EVITA O RESSECAMENTO DO EMBRIÃO) ALANTÓIDE (BOLSA PARA ARMAZENAMENTO DE EXCRETAS).  ANIMAIS ECTOTÉRMICOS
  33. 33. ÂMNIO ALANTÓIDE SACO VITELÍNICO CÓRION ANEXOS EMBRIONÁRIOS
  34. 34. 4) PULMÃO COM MAIOR SUPERFÍCIE DE TROCAS. 5) EPIDERME ESPESSA (CÓRNEA) COM ESCAMAS QUERATINIZADAS ou PLACAS CÓRNEAS. 6) EXCREÇÃO DE ÁCIDO ÚRICO (EXCEÇÃO FEITA AOS QUELÔNIOS – URÉIA E ÁCIDO ÚRICO). RÉPTEIS
  35. 35. SISTEMÁTICA: -Ordem RINCOCEPHALA: Sphenodon ou“ tuatara” da Nova Zelândia. -Ordem QUELÔNIOS: tartarugas, cágados, jabutis.
  36. 36. - Ordem SQUAMATA: lagartos e serpentes. - Ordem CROCODILEA: crocodilo, gavial e jacaré.
  37. 37. RÉPTEIS  SIST. CIRCULATÓRIO: DUPLO e INCOMPLETO (MISTURA DE SANGUE). CORAÇÃO COM 4 CAVIDADES (2A / 2V). CROCODILIANOS * SEPARAÇÃO VENTRICULAR COMPLETA (FORÂME DE PANIZZA- MISTURA DE SANGUE).
  38. 38. RÉPTEIS - SIST. EXCRETOR: METANÉFRONS (RIM DOS VERTEBRADOS). • ÁCIDO ÚRICO AJUDA NA ECONOMIA DE ÁGUA. * GLÂNDULA DE SAL: PRÓXIMO AOS OLHOS DAS TARTARUGAS MARINHAS E DAS NARINAS DAS IGUANAS MARINHAS (EXCESSO DE SAL)
  39. 39. -SIST. NERVOSO: ENCÉFALO MAIS DESENVOLVIDO QUE O DOS ANFÍBIOS. CEREBELO (COORDENAÇÃO E EQUILÍBRIO) MAIS DESENVOLVIDO NAS FORMAS AQUÁTICAS. -SIST. RESPIRATÓRIO: PULMÃO SACULIFORME. * CLOACA DE TARTARUGAS MARINHAS (VASCULARIZADA = AUXILIA NAS TROCAS GASOSAS) RÉPTEIS
  40. 40.  SIST. SENSORIAL: • ÓRGÃO DE JACOBSON: ESTRUTURA OLFATIVA NAS SERPENTES E LAGARTOS (CÉU DA BOCA). •FOSSETA LOREAL: PERCEPÇÃO DE CALOR (TERMOSSENSÍVEL) ATRAVÉS DE INFRA VERMELHO.
  41. 41. RÉPTEIS  SIST. DIGESTÓRIO: COMPLETO (BOCA E CLOACA).  SQUAMATAS: APRESENTAM GLÂNDULAS VENENOSAS ASSOCIADAS A DENTES INOCULADORES (PEÇONHENTAS). TRATAMENTO: SORO (ANTI-OFÍDICO)
  42. 42. Bothrops: JARARACA Crotalus: CASCAVEL Lachesis: SURUCUCU Micrurus: CORAL
  43. 43. RÉPTEIS  REPRODUÇÃO: - DIÓICOS COM FECUNDAÇÃO INTERNA E DESENVOLVIMENTO DIRETO. - MAIORIA OVÍPARA (CORAL PERMANECE COM OS OVOS NO INTERIOR DO CORPO); ALGUNS SÃO VIVÍPAROS (SUCURI).
  44. 44. AVESAVES
  45. 45. AVES  APRESENTAM SEMELHANÇAS COM OS RÉPTEIS: • EXCREÇÃO DE ÁCIDO ÚRICO. • EPIDERME QUERATINIZADA (PENAS), ESCAMAS RECOBRINDO AS PERNAS. • AMNIOTAS e ALANTOIDIANOS.
  46. 46. Archaeopteryx
  47. 47. AVES  PENAS: EXCLUSIVIDADE DO GRUPO E RELACIONA-SE AO VÔO E A ENDOTERMIA.  OSSOS PNEUMÁTICOS: APRESENTAM CAVIDADES PNEUMÁTICAS (CHEIAS DE AR), DIMINUINDO O PESO ESPECÍFICO DO ANIMAL. INOVAÇÕES EVOLUTIVAS:
  48. 48. AVES  SIST. TEGUMENTÁRIO E ESQUELÉTICO: - APRESENTAM UMA ÚNICA GLÂNDULA CHAMADA UROPIGIANA ACIMA DA BASE DA CAUDA → SECREÇÃO DE ÓLEO PARA IMPERMEABILIZAÇÃO DAS PENAS e FACILITAR A FLUTUAÇÃO. EXPANSÃO DO OSSO ESTERNO PARA FIXAÇÃO DA MUSCULATURA DO VÔO - OSSO ESTERNO BEM DESENVOLVIDO EM AVES VOADORAS (PRESENÇA DE QUILHA).
  49. 49. AVES  SISTEMA RESPIRATÓRIO: • PULMÃO ASSOCIADO A CINCO SACOS AÉREOS: (AUMENTAR A CAPACIDADE RESPIRATÓRIA E DIMINUIR O PESO ESPECÍFICO DO ANIMAL). • PRESENÇA DE OSSOS PNEUMÁTICOS.
  50. 50.  SISTEMA DIGESTÓRIO: COMPLETO. • POSSUEM BICO CÓRNEO, PAPO NO ESÔFAGO (ARMAZENAR E AMOLECER O ALIMENTO), MOELA NO ESTÔMAGO (DIGESTÃO MECÂNICA, TRITURAÇÃO) E CLOACA (SAÍDA ÚNICA- FEZES, URINA E GAMETAS) AVES
  51. 51. AVES - SISTEMA CIRCULATÓRIO: DUPLA E COMPLETA (2A/2V); DO VENTRÍCULO ESQUERDO (SANGUE ARTERIAL) SAI A AORTA VOLTADA PARA A DIREITA. HEMÁCIAS: OVAIS E NUCLEADAS*. - SISTEMA EXCRETOR: NÃO POSSUEM BEXIGA URINÁRIA, RINS EVOLUÍDOS (METANÉFRONS). - SISTEMA NERVOSO: ENCÉFALO e CEREBELO BEM DESENVOLVIDOS, GRANDE ACUIDADE VISUAL, POSSUEM OUVIDO EXTERNO E MEMBRANA NICTANTE SOB AS PÁLPEBRAS.
  52. 52. AVES  ADAPTAÇÕES AO VÔO: - FORMAAERODINÂMICA - ASAS COM PENAS - TIPO DE PULMÃO (SACOS AÉREOS) - OSSOS PNEUMÁTICOS NO ESQUELETO. - AUSÊNCIA DE BEXIGA - ELIMINAÇÃO CONTÍNUA DE FEZES. *Canto: gerado por um órgão especializado, a SIRINGE (parte inferior da traquéia).
  53. 53. AVES • REPRODUÇÃO - DIÓICOS (PENAS CARACTERIZAM O DIMORFISMO SEXUAL), COM FECUNDAÇÃO INTERNA E DESENVOLVIMENTO DIRETO. - EM ALGUMAS ESPÉCIES O ♂ POSSUI PÊNIS. - OVO É RICO EM VITELO, COM CASCA CALCÁREA E MEMBRANAS PROTETORAS.
  54. 54. MAMÍFEROS
  55. 55. MAMÍFEROS • INOVAÇÕES EVOLUTIVAS: - APRIMORARAM A LOCOMOÇÃO: (MEMBROS: POSIÇÃO LATERAL→POSIÇÃO ABAIXO DO CORPO); - DIVERSIFICAÇÃO DA DENTIÇÃO (ESPECIALIZADA EM RASGAR, CORTAR, PRENDER, TRITURAR...); - PÊLOS (ATUAM COMO ISOLANTE TÉRMICO); ENDOTERMIA (PRESENTE EM AVES TAMBÉM);
  56. 56. - GORDURA SUBCUTÂNEA OU HIPODERME (RESERVA ENERGÉTICA E ISOLANTE TÉRMICO, PRESENTE TAMBÉM EM AVES);
  57. 57. - DIAFRAGMA (MÚSCULO QUE SEPARA O TÓRAX DO ABDOMEN, IMPORTANTE NA RESPIRAÇÃO); MAMÍFEROS
  58. 58. - DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO: INTRA-UTERINO (PLACENTÁRIOS) A MAIORIA, EM ALGUNS MAMÍFEROS SEM PLACENTA = OVOS; - SURGIMENTO DE GLÂNDULAS MAMÁRIAS. MAMÍFEROS
  59. 59. MAMÍFEROS • SISTEMA TEGUMENTÁRIO: PELE RICA EM GLÂNDULAS (SEBÁCEAS, SUDORÍPARAS, ODORÍFERAS, LACRIMAIS E MAMÁRIAS), DERME ESPESSA (HIPODERME), PRESENÇA DE ANEXOS EPIDÉRMICOS (PÊLOS, CORNO OU CHIFRE, UNHAS, GARRAS....). • SISTEMA CIRCULATÓRIO: DUPLO E COMPLETO, CORAÇÃO COMPLETAMENTE DIVIDIDO (2A/2V), DO VENTRÍCULO ESQUERDO SAI A AORTA VOLTADA PARA A ESQUERDA. HEMÁCIAS: ANUCLEADAS.
  60. 60. MAMÍFEROS • SISTEMA DIGESTÓRIO: COMPLETO. • SISTEMA EXCRETOR: RINS BEM DESENVOLVIDOS (AGRUPAMENTO DE NÉFRONS). • SISTEMA NERVOSO: CÓRTEX CEREBRAL COM DESENVOLVIMENTO MÁXIMO, CÉREBRO MAIS EVOLUÍDO QUE NAS AVES. • SISTEMA ESQUELÉTICO: ÓSSEO PRINCIPALMENTE, COM DENTES DE ACORDO COM A ALIMENTAÇÃO E FIXOS AOS ALVÉOLOS DA MANDÍBULA.
  61. 61. MAMÍFEROS SISTEMÁTICA: 1) MONOTREMADOS OU PROTOTÉRIOS: MAMÍFEROS OVÍPAROS, COM CLOACA E BICO CÓRNEO. • EX: ORNITORRINCO E EQUIDNAS (ENDÊMICOS DA AUSTRÁLIA). EQUIDNA ORNITORRINCO
  62. 62. 2) MARSUPIAIS OU METATÉRIOS: FÊMEAS POSSUEM MARSÚPIO BOLSA ONDE FICAM AS MAMAS. EX: CANGURUS E COALAS AUSTRALIANOS E OS GAMBÁS DA AMÉRICA DO SUL. FILHOTE NASCE PREMATURO (1MÊS)
  63. 63. 3) PLACENTÁRIOS OU EUTÉRIOS: APRESENTAM PLACENTA ONDE O EMBRIÃO SE DESENVOLVE POR LONGO TEMPO. NASCEM BEM DESENVOLVIDOS. • 3.1- UNGULADOS: MAMÍFEROS COM CASCO DE DIETA HERBÍVORA; PROBÓSCIDOS (ELEFANTE), PERISSODÁTILOS POSSUEM DEDOS ÍMPARES(CAVALO, ZEBRA, ANTA, RINOCERONTE...) E ARTIODÁTILOS POSSUEM DEDOS PARES (SUÍNOS E RUMINANTES) • 3.2- CARNÍVOROS: CANINO HIPERTROFIADO. • 3.3- ROEDORES: DOIS INCISIVOS SUPERIORES (RATO, CAPIVARA, PORCO-ESPINHO, PACA...). • 3.4- LAGOMORFOS: QUATRO INCISIVOS SUPERIORES (COELHO E LEBRE). • 3.5- QUIRÓPTEROS: DEDOS UNIDOS PELO PATÁGIO (MORCEGOS). • 3.6- XENARTOS: DESDENTADOS (TAMANDUÁ, TATU E BICHO PREGUIÇA). • 3.7- SIRÊNIOS: AQUÁTICOS (PEIXE-BOI). • 3.8- CETÁCEOS: AQUÁTICOS, APRESENTAM BARBATANAS EM VEZ DE DENTES E ESPIRÁCULO P/ RESP. (BOTO, BALEIA, GOLFINHO). • 3.9- PRIMATAS: PROSSÍMIOS (LÊMURES), SÍMIOS (GORILA E MACACO) E HOMINÍDEOS (HOMEM).

×