Historia Do Balao

1.193 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Historia Do Balao

  1. 1. DIA MUNDIAL DA CRIANÇA Era uma vez um balão chamado RE/MAX. O balão andava na escola e tinha sempre trabalhos de casa para fazer. Quando chegava a casa, o balão gostava de ir para o jardim apanhar vento porque o que ele gostava era de voar quando fosse grande. A mãe do balão sempre dizia “RE/MAX o vento não chega para voar. Se queres voar bem quando fores grande tens que saber o caminho” Mas o balão não gostava muito de fazer os trabalhos de casa. Gostava de ver televisão, jogar jogos e claro, apanhar vento. Um dia o balão chegou a casa depois da escola e tinha trabalhos de ciências e matemática para fazer. Como ele não os queria fazer fingiu que estava a fazer e foi para a rua apanhar vento. O vento nessa tarde estava muito forte e o balão começou a voar. Ele estava muito contente por estar a voar mas reparou que estava cada vez mais longe de casa. Voou, voou e por fim caiu num grande campo de flores. Não se magoou mas não sabia como voltar para casa.
  2. 2. <ul><li>Viu outros balões maiores a voar muito apressados, que sabiam muito bem para onde iam… Mas ele não. </li></ul>Por fim, um balão velhote parou para falar com ele. “Então, estás perdido? Como é que vieste aqui parar?” O balão respondeu “Vim a voar mas não sei o caminho para voltar para casa… Fiz batota e vim só com o vento” O balão velhote disse que para saber o caminho de volta tinha que saber fazer contas, tinha que conhecer os rios, os campos e as terras. O balão não tinha feito os trabalhos de matemática e ciências. Não conhecia o que era preciso para voltar para casa. Ficou muito assustado e começou a chorar… O velhote disse “Não chores. Eu levo-te a casa mas só com uma condição…” “ Qual?” Perguntou o balão.
  3. 3. <ul><li>“ Quando chegares a casa vais fazer todos os trabalhos de casa. E só quando acabares a escola, quando souberes tudo o que precisas de saber é que voltas a tentar voar. </li></ul><ul><li>Para voar ou para fazer qualquer coisa é importante saber fazê-lo. E para saber é preciso aprender. </li></ul><ul><li>Prometes que vais começar a estudar mais e a fazer os TPC?” </li></ul>O balão prometeu que sim. Desenhou a sua mão, escreveu a sua promessa e entregou à professora da escola. <ul><li>Já passaram mais de 30 anos, o balão cresceu e tornou-se o balão maior e mais conhecido do mundo. </li></ul><ul><li>O balão RE/MAX! </li></ul>Eu prometo estudar e aprender para conseguir voar quando for grande
  4. 4. <ul><li>HOJE VAMOS PEDIR-VOS QUE DESENHEM AS VOSSAS MÃOS </li></ul><ul><li>FAÇAM A VOSSA PROMESSA DE ESTUDAR </li></ul><ul><li>E ESCREVAM O QUE QUEREM SER QUANDO FOREM GRANDES </li></ul>1 de Junho de 2009

×