Chacras Parte IV

286 visualizações

Publicada em

Apresentação

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
286
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Chacras Parte IV

  1. 1. Parte III Fluxo energético
  2. 2. Fluxo energético Os plexos do perispírito absorvem o fluido cósmico universal, e o transformam em fluido vital espiritual/prana(Hinduísm o) Os chacras absorvem o prana e transformam em fluido vital físico/magnético/elétrico Os chacras transferem ao corpo físico essas energias. O fluido cósmico também penetra pelo chacra coronário e é distribuído aos outros centros energéticos, que transformam em fluido magnético e modificam a energia conforme a necessidade do órgão associado.
  3. 3. Fluxo energético  Canais de chacras são microtúbulos que se afunilam e entram em contato com as membranas. Os citoplasma das células são constituídos basicamente de água e esta é a substância mais fácil de se magnetizar, então podemos ver a relação íntima entre as energias que circulam pelos chacras e no corpo físico.  O ser humano mantém troca energética constante, através do duplo, com a Natureza (animais, vegetais e minerais), espiritualidade superior e uns com os outros. Essas energias nutrem e revigoram o duplo e corpo físico e do ser humano.
  4. 4. Fluxo energético  O perispírito absorve a maior quantidade de prana de que se utiliza pela respiração.  Os pulmões perispirituais, em espíritos de elevada vibração, transformam os fluidos assimilados, dando a leveza característica dos seres elevados.  Os raios solares também são absorvidos pelos plexos do perispírito.
  5. 5. Passes magnéticos  “Além da matéria” – Robson Pinheiro. O espírito de Joseph Gleber posiciona as mãos na cabeça do médium, que observa o fenômeno de fora, em desdobramento.  “(Joseph) - Esta é uma transferência magnética comum no dia-a- dia da casa espírita. Verá como se processam as trocas energéticas de elevado teor vibratório.  (Robson) Eu agora presenciava o fenômeno em câmera lenta. Um fluxo de energia luminosa era transferido das mãos do espírito. Observei que a região do coração do companheiro espiritual se iluminava de forma a quase esconder todo o seu corpo espiritual em seu íntimo. Toda essa luz, essa energia luminosa era transferida para o corpo físico. Chorei. Não pude conter a emoção.  Algo diferente acontecia, todo o corpo foi se iluminando, como se uma cidade acendesse suas lâmpadas bairro a bairro.”
  6. 6. Passes magnéticos  Reconstituição eletromagnética do perispírito e duplo.  Passes longitudinais ao longo do sistema nervoso central costumam destruir parasitas e larvas astralinas.  Aplicados na região frontal, desobstruem os canais de circulação energética.  Passes rotatórios nos diversos chacras influem fluidos revitalizantes e podem despertá-los quando se encontram momentaneamente paralisados pelos desequilíbrios do homem.  Passe sobre o coronário, a energia penetra irrigando todos os chacras.  Em reuniões de desobsessão: facilita o acesso às memórias do espírito em sofrimento (“Medicina da alma”)
  7. 7. Passes magnéticos  Transmite o médium sua própria energia para suprir a deficiência do outro. Se ele tiver muitos vícios, essa energia sai contaminada e tóxica. A interferência dos espíritos superiores abranda a situação.  “É fundamental diagnosticar o estado energético peculiar a cada um, para que se empregue a terapia adequada à necessidade do indivíduo.”  Não basta boa vontade, é preciso conhecimento do processo e prática em transferências magnéticas. (“Além da matéria”)
  8. 8. Relações entre os chacras  O Yoga afirma que cada chacra se constitui metade dele mesmo e outra metade dos 6 chacras restantes.  Os chacras não estão isolados uns dos outros. Os chacras inferiores retém o homem na vida animal, propiciando-lhes as energias necessárias à sobrevivência, enquanto os superiores buscam acelerar a evolução do indivíduo. (“Fronteiras da evolução e da morte”, Pierre Weil – Psicologia Transpessoal). * Aqui retomamos a idéia da kundalini, que faz a ligação entre as energias dos chacras inferiores, com as que provém dos chacras superiores.
  9. 9. Como circulam as energias?  Mas, fatos físicos repercutem nos chacras até os plexos (centros de força), alterando-os (movimento de “volta”). Esta alteração pode se apresentar como enfermidade numa encarnação próxima.  Quando o chacra não vibra de forma harmoniosa, o órgão ou glândula a ele associado sofre interferência direta, sofrendo disfunção. Quando se muda o padrão vibratório, ocorre uma luminescência nos chacras, pela mobilização de energias, beneficiando os órgãos a ele associados.
  10. 10. Sugadores de energia  As pessoas equilibradas física e espiritualmente absorvem energias da alimentação, respiração, e energias da natureza.  As desequilibradas, que perderam contato com sua natureza íntima, não são capazes de absorver e processar a energia natural, então sugam a energia vital de outras pessoas. Os sugadores praticamente não tem energia para transmitir.  Pessoas de sentimentos negativos, que abusam de drogas, vícios e paixões, produzem pouco fluido vital.  A principal característica de um sugador é o egocentrismo: a pessoa muito voltada a si mesma não consegue estabelecer contato com as fontes energéticas da natureza.
  11. 11. Sugadores de energia  Situações de stresse, depressão, neuroses, frustração, etc, delibitam a estrutura de nosso corpo espiritual, tornando propensos aos sugadores.  A debilidade energética também facilita a obsessão espiritual, que insufla idéias de depressão, angústia e, nos casos mais graves, suicídio.  Pessoas de mal comportamento (brigam com todos, reclamam de tudo) não conseguem se ligar a energia cósmica, por isso a sugam da energia vital dos outros. (Fonte: http://imensidaodossentidos.blogspot.com.br/2013/01/doadores -e-sugadores-de-energia.html)

×