O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Reconstrutores urbanos

738 visualizações

Publicada em

Uma nova forma de exercer cidadania: pessoas comuns unidas pela noção de pertencimento a algo maior redesenham as cidades traduzindo seus anseios por um sistema mais humano e movido através do empoderamento garantido pelas redes sociais. As instituições abrem espaço para agentes urbanos dotados de autonomia – querem exercer seu papel social através da realização de ações de impacto positivo e da disseminação de uma postura reflexiva em relação à política, consumo e ambiente.

Publicada em: Estilo de vida
  • Seja o primeiro a comentar

Reconstrutores urbanos

  1. 1. Reconstrutores urbanos
  2. 2. O que é? Uma nova forma de exercer cidadania: pessoas comuns unidas pela noção de pertencimento a algo maior redesenham as cidades traduzindo seus anseios por um sistema mais humano e movido através do empoderamento garantido pelas redes sociais.As instituições abrem espaço para agentes urbanos dotados de autonomia - querem exercer seu papel social através da realização de ações de impacto positivo e da disseminação de uma postura reflexiva em relação à política, consumo e ambiente.
  3. 3. PROTAGONISMO #O indivíduo em primeiro plano
  4. 4. PROTAGONISMO BUSCA POR PROPÓSITO Encontrar um propósito e torná-lo uma diretriz em todas as esferas da vida virou a fórmula para a realização. Não é raro encontrar exemplos de pessoas que trocaram uma carreira tradicional por um formato alternativo de trabalho, focado no prazer e não apenas nas recompensas financeiras. O boom de palestras, cursos e workshops voltados para o auto-descobrimento e entendimento daquilo que traz felicidade também são evidências do quanto, cada vez mais, as pessoas estão indo atrás da realização dos seus sonhos.
  5. 5. Rede Ubuntu Rede colaborativa focada no desenvolvimento do EUpreendedorismo, conceito baseado na busca da consciência dos indivíduos para que estes possam realizar seus projetos, construindo um futuro a partir de suas essências. Movimento Buena Onda Empresa de consultoria que busca promover a felicidade no trabalho, integrando motivações pessoais com a cultura corporativa. Agora Sim Projeto de uma diretora de arte e uma redatora, que contam histórias de quem teve coragem de mudar de profissão para ser feliz. Walk And Talk Projeto de 2 profissionais que largaram seus trabalhos para viajar por 28 países e descobrir o que move, inspira e motiva as pessoas ao redor do mundo. Hoje os dois dão cursos e workshops ajudando os participantes a encontrarem o seu propósito.
  6. 6. PROTAGONISMO CULTURA FAÇA VOCÊ MESMO A revolução dos processos produtivos rompeu hierarquias e fez com que consumidores ocupassem também o papel de produtores em um sistema planificado.A popularização das impressoras 3D é apenas um ponto na ruptura da lógica passiva de consumo - os intermediários perderam a força em um cenário onde a tecnologia e o conhecimento são acessíveis a todos.
  7. 7. Quirky Empresa que produz e vende produtos criados pela própria comunidade online, através da interação dos inventores da rede com a equipe de design de produtos da marca. Vaso 3DGE Karim Rashid, um dos designers mais influentes da atualidade, disponibilizou para download gratuito um vaso decorativo desenvolvido para ser produzido por impressoras 3D. Smashwords Plataforma de auto-publicação para autores. DIY Comunidade online para crianças voltada ao desenvolvimento de diferentes habilidades. O site propõe tarefas, que vão desde plantar uma árvore até criar um protótipo de foguete. A cada desafio comprovadamente completado, a criança ganha patches, que certificam os conhecimentos adquiridos.
  8. 8. PROTAGONISMO IMPACTO POSITIVO As mídias socias e a revolução dos processos produtivos trouxeram empoderamento - abre-se uma nova lógica social onde não é mais necessário esperar pelas instituições. O exercício da cidadania é autônomo e consiste na realização de ações dentro da rotina que gerem impacto para a comunidade. Cidadãos atuam como agentes transformadores - conectados emocionalmente com a cidade e comprometidos com o seu desenvolvimento.
  9. 9. Que ônibus passa aqui Ação do Shoot the Shit, onde um adesivo com a pergunta “Que ônibus passa aqui?” é colado nas paradas com um espaço para que os usuários escrevam as linhas que passam no ponto. O adesivo também fica disponível para download. Mais calor por favor Instalação da #EquipeMito onde as pessoas podem deixar roupas de frio para quem estiver precisando, de forma anônima e sem burocracias. The Detroit Bus Company Empresa de ônibus criada por um morador que cansou de esperar medidas do governo para ligar o seu bairro aos principais pontos da cidade através do transporte público. Banco de Alimentos de Santos Organização que visa combater o desperdício de alimentos. Com o conceito de  “colheita urbana”, a iniciativa coleta as sobras de alimentos no final das Feiras e entrega em uma comunidade de baixa renda da cidade.
  10. 10. COMUNITIZAÇÃO #A reunião autônoma acerca de objetivos comuns.
  11. 11. COMUNITIZAÇÃO O PODER DOS CROWDS O amplo acesso às redes sociais potencializa o sentido de pertencimento e fortalece o pensamento em rede - pessoas se conectam através de objetivos comuns e as ações, ao invés de pontuais e isoladas, passam a ser sustentadas através das lógicas do engajamento e da colaboratividade. Os cidadãos, embora dotados de autonomia, reconhecem o poder dos grupos e apostam na cultura open source como catalizadora dos esforços coletivos - a co-criação é trazida para o centro dos processos de realização.
  12. 12. Mobilize Crowfounding que usa a força do Facebook para financiar projetos. Collab Uma combinação de coworking com laboratório de fabricação, que fornece aos membros diversas ferramentas como impressoras 3D, máquina de corte a laser, etc, para eles possam trabalhar em suas ideias e protótipos. Meu Pin Um guia colaborativo com os lugares preferidos das pessoas, no Brasil e no mundo.Através de multiplataformas,como o Instagram, Pinterest e Foursquare, os usuários podem consultar o guia e guardar um lugar que interessar. Rio 450 anos Plataforma colaborativa para a organização da festa de 450 anos do Rio de Janeiro.
  13. 13. COMUNITIZAÇÃO FORMAÇÃO DE COLETIVOS Pequenos grupos se organizam permanentemente em torno de causas sociais, conjugando propósitos individuais ao exercício coletivo da cidadania. O combustível é o impacto positivo gerado - em uma lógica ganha-ganha, todos são beneficiados através da transformação urbana. A inovação social rege a atuação desses grupos que buscam ações práticas e resultados imediatos em esferas não contempladas com eficácia pelas instituições responsáveis - aqui transitamos de transporte público a bem-estar e qualidade de vida.
  14. 14. Shoot the Shit Um coletivo que cria e executa intervenções urbanas inusitadas com objetivo de inspirar outras pessoas, alertar para problemas da cidade e despertar um senso de cidadania. Imagina na Copa Coletivo de mobilização que busca promover uma virada para o Brasil até 2014, através da divulgação de iniciativas que gerem impacto na vida das pessoas e reunindo aqueles que estão afim de construir um país melhor. Changemakers Comunidade global on-line que incentiva e apoia indivíduos no seu papel de agente de mudança através da inspiração, orientação e colaboração com outros membros da comunidade que estão em diversos estágios do ciclo do “ato da mudança”. Los Supercívicos Personagens de um programa de TV que percorrem a Cidade do México denunciando problemas de infraestrutura e práticas irregulares.
  15. 15. CONSUMO CONSCIENTE #A compra como manifesto político
  16. 16. CONSUMO CONSCIENTE CONSUMO REFLEXIVO As necessidades de consumo são reconfiguradas através da avaliação do seu impacto. Cidadãos mais críticos acerca dos bens adquiridos passam a questionar os mecanismos convencionais de mercado: o que de fato é necessário? Consumir passa a integrar um pensamento macro, muito mais guiado pela racionalidade, onde os detalhes referentes a produção e procedência são considerados. Uma cultura minimalista se desenvolve a partir do combate ao desperdício.
  17. 17. Satisfeito Movimento global que visa o combate o desperdício de alimentos. Cada restaurante participante substitui um prato do seu cardápio por outro com uma porção 1/3 menor pelo mesmo valor. O dinheiro resultante da diferença é doado para organizações que trabalham pela segurança alimentar de crianças. RIY Sapatos moduláveis, desenhados para permitir que o usuário possa trocar apenas as partes danificadas e não o sapato inteiro. Buy Nothing Day Movimento internacional que desafia a cultura de consumo, pedindo para que as pessoas desliguem-se das compras por um dia. WishLit Aplicativo que permite que o usuário coloque o preço de um objeto que deseja e então calcule quanta energia precisa economizar para comprá- lo.
  18. 18. CONSUMO CONSCIENTE USO COMPARTILHADO A preocupação com o excedente figura novamente em primeiro plano. Em um planeta saturado, consumidores reavaliam a posse - o valor primordial dos bens passar a ser o benefício por eles proporcionados. A partir do entendimento de que a aquisição não é a única forma de desfrutá-lo, redes de empréstimo e compartilhamento são criadas. De bolsas a carros, as lógicas vigentes são de circulação e otimização dos recursos.
  19. 19. Projeto Porto Leve Projeto com suporte governamental que busca promover a mobilidade sustentável na cidade de Recife.Já implementou o uso compartilhado de bicicletas na cidade e a próxima ação é criar um sistema de compartilhamento de carros elétricos. Go Books Uso compartilhado de livros. Bolsa Etc Bolsas de grife de uso compartilhado. Armário Compartilhado Loja de compartilhamento de vestidos e acessórios femininos de festa.
  20. 20. CONSUMO CONSCIENTE NEOVINTAGE O glamour da reutilização é resgatado - plataformas online incentivam a compra de produtos usados, aumentando a vida útil dos mesmos. Um ato de resistência contra a super produção e a obsolescência programada, consumidores dizem não ao movimento fast de mercado através do reaproveitamento de livros, roupas e eletrônicos. É o brechó 2.0 com roupagem sustentável.
  21. 21. Consumo Colaborativo Aplicativo do Facebook que permite a formação de grupos para trocar livros, filmes, artigos esportivos, ferramentas e o que mais quiser com os amigos da rede. Feira de Troca de Livros e Gibis Projeto do governo do estado de São Paulo que tem o intuito de transformar os parques em bibliotecas ao ar livre e dar a possibilidade ao público de renovar seus livros sem nenhum custo. Estante Virtual E-commerce que reúne o acervo de sebos de todo o Brasil. Enjoei Site de compra e venda de objetos usados. Goedzak Saco de lixo onde só entram coisas que podem ser reutilizadas por alguém.
  22. 22. CONSUMO CONSCIENTE GREENBRANDS Os gigantes da indústria lutam por adaptação - consumidores críticos e altamente conscientes exigem posturas sustentáveis e transparentes. Não basta ser neutro, tem que ser eco-positivo. Para aqueles que não se adequarem as novas diretrizes de mercado, a resposta virá desde boicotes massivos até a exposição pública dos pontos de incoerência nas redes sociais. Portais são criados e dados divulgados antecipando a necessidade por informação clara e verdadeira - estamos assistindo a criação de uma legião de fiscalizadores.
  23. 23. Dell Lixo Zero Iniciativa da empresa de até 2020 produzir apenas embalagens que não gerem resíduos, proveniente de materiais sustentáveis - reciclável ou compostáveis. Moda Livre Aplicativo que ajuda o usuário a monitorar quais marcas estão envolvidas com trabalho escravo. Fair Phone Smartphone da Holanda produzido sem usar minerais obtidos em zonas de conflito e com atenção ao bem-estar de quem trabalha na confecção do produto. Nike Makers Aplicativo desenvolvido pela Nike para inspirar designers e criadores a fazer as melhores decisões em relação aos materiais considerando o impacto ambiental dos mesmos.
  24. 24. CIDADE DAS PESSOAS #Os cidadãos assumem o controle
  25. 25. CIDADE DAS PESSOAS OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS PÚBLICOS O movimento Ocuppy é percebido em seu sentido mais amplo - movidos por um sentimento de dono, os cidadão ocupam as ruas: “A cidade é nossa e queremos desfrutá-la em sua totalidade”. Os espaços ociosos ganham novas roupagens e o direito de mobilidade é plenamente retomado pelos construtores urbanos.Arte, lazer, entretenimento - as calçadas voltam a ser frequentadas abrigando a socialização livre através do sentido de pertencer e o território é culturalmente ressignificado em toda a sua extensão.
  26. 26. Projeto Vizinhança Propõe a ocupação temporária de espaços ociosos através de projetos artístico-culturais. Tem como objetivo oportunizar novas experiências e aprendizados assim como estimular encontros e trocas. The Street Store Instalação pop-up de doação de roupas. Feita de cartazes sobre a calçada, a loja recebe roupas usadas, doadas pela população que podem ser escolhidas pelos moradores de rua. Raíz Urbana Iniciativa para a produção de alimentos em ambientes urbanos. Wobble Vila Mimosa Festa de rua a realizada na Vila Mimosa, um dos bairros mais famosos de prostituição no Rio de Janeiro.
  27. 27. CIDADE DAS PESSOAS CIDADES CONSCIENTES Em busca de adaptação ao novo mindset, governos e marcas criam projetos e políticas de inovação social baseados no engajamento popular e na construção de espaços limpos e humanos. Iniciativas voltadas desde a recuperação ambiental até a melhora da qualidade de vida são implementadas mundo afora chamando a atenção para um código de atuação pública em formação. O novo pensamento em relação a cidade acontece em cadeia - cidadão influenciam a conduta de instituições e, consequentemente, são influenciados por elas.
  28. 28. Grünes Netz Rede formada por vias para pedestres e bicicletas que irão conectar todos os parques e jardins de Hamburgo na Alemanha. Na área, não poderão circular veículos motorizados. New York Streets Metamorphosis Série de reestruturações tomadas pela prefeitura de NY para tornar a cidade mais amigável, iniciando pela simples pintura de solo até o fechamento de algumas vias para circulação exclusiva de pedestres. Olympic Change Concurso promovido pelo Comitê Olímpico da Rússia, com o objetivo de popularizar o estilo de vida Olímpico entre as pessoas. Os participantes deveriam desenvolver uma ideia para promover a realização de atividades físicas pela população dentro do espaço urbano. Oudoor Utec Outdoor desenvolvido pela The University of Engineering and Technology que gera água potável ao extraí-la da umidade do ar e distribui para a população.
  29. 29. CIDADE DAS PESSOAS INSTITUIÇÕES TRANSPARENTES A descrença nos governos e nas instituições formais abriu as portas para uma nova fase de atuação política: “Queremos acesso a tudo, agora!”. Os cidadãos exigem a abertura de orçamentos e planejamentos governamentais, apoderando-se da democracia como ferramenta de fiscalização.A transparência é a reivindicação dos reconstrutores urbanos, empoderados pela atuação em rede e pela disseminação de causas e dados através das redes sociais.
  30. 30. No Ponto Certo Aplicativo que permite a avaliação da conduta dos motoristas de ônibus do Rio de Janeiro. Os resultados dos dados enviados pelos usuários do serviço servem de insumos para as dinâmicas utilizadas no programa educacional de treinamento dos profissionais. Post Denúncia O aplicativo denunciar veículos altamente poluentes a sua prefeitura local.Após tirar uma foto do veículo os usuários podem registrar a sua queixa em um mapa. Portal Trasparência Iniciativa da União cujo objetivo é aumentar a transparência da gestão pública, permitindo que o cidadão acompanhe como o dinheiro público está sendo utilizado e ajude a fiscalizar. Vote na Web Site que apresenta os projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional. Qualquer pessoa pode votar contra ou a favor das propostas e dar a sua opinião.A plataforma fica encarregada de levar ao Congresso os resultados da participação popular.

×