Amnésia Sobrenatural                                   60 anos de reformas e expansões resultaram                         ...
prédios antigos da escola é um dos sete mistérios,   - O que será que tem dentro? Algum tipo demas assustadores? – Meu nom...
-Hein? Meu rosto... É tão assustador assim pra     -Ha... Tá certo. –Respondi meio surpreso. Longosvocê? –Perguntou a garo...
-É porque eu... Eu sou o espirito do antigo prédio.   -Hã!? Eu posso toca-la!? – Pensei. - É tão quente-Disse a garota sor...
O que ela falou me fez lembrar, do ocorrido de     chamoYuukoStran, e você? –Não sabia muito quealguns instantes atrás. Ac...
-Veja, ninguém percebe quando passo por eles,      -O que esse aqui? Estou vestindo por que gostoapenas você consegue me v...
-Isso! Quero te mostrar como eu estava quando      reflexo da Yuuko se trocando estava nítido nomorri. Você não queria apr...
-É assim que eu estava quando morri... Meu         -Nada ainda. –Respondi. –Só que o uniforme é doantigo uniforme.        ...
-Não é nada mais que uma ilusão nos seus olhos,     -Uhum! –Respondeu Yuuko encostando sua testanão é nada mais que uma hi...
-Quanto à parte de ser possuído... Quem sabe. –Os   ela deve estar presa até agora. –“Presa em algumcabelos negros da Yuuk...
-Então era aqui mesmo... Ela está lá embaixo. –      da escola existe um espelho grande e velho... EFalei.                ...
-Mas eram apenas ossos. –Não podia acreditar,              A Yuuko continua vagando pela escolaela estava com vergonha?!  ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Capitulo 1 a garota do espelho

315 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
315
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Capitulo 1 a garota do espelho

  1. 1. Amnésia Sobrenatural 60 anos de reformas e expansões resultaram no fechamento e no abandono dos prédios maisCapitulo 1: A garota do espelho antigos. Salas de aula viram depósitos; escadarias Esta escola foi construída em terrenos fora de uso; corredores e becos escuros...proibidos. Terras amaldiçoadas e temidas pelopovo. Para acalmar as maldições, sacrifícios Com uma construção semelhante a umhumanos eram oferecidos. labirinto, é apenas natural que boatos de atividades paranormais fossem surgir. Uma jovem foi escolhida para o ritual. Emalgum lugar desta escola, dorme a garota usada - Aonde será... Que eu estou? –Me perguntei. –de pilar humano. Acho que não deveria ter vindo aqui. “-Ei, você sabia? Em algum lugar nos prédios antigos da escola, existe um espelho grande velho. Não importa o que Escola particular Yousei. Uma região que aconteça... Você nunca deve olhar de ombros em frenteconsiste em vários prédios conectados entre si, dele. Se olhar... O espirito antigo da escola te arrastará praambos acomodando estudante de ensino médio e dentro do espelho, onde ficará por toda a eternidade.”fundamental. -Francamente, de todos os boatos mais temidos, foi este que m veio à cabeça… O espirito dos
  2. 2. prédios antigos da escola é um dos sete mistérios, - O que será que tem dentro? Algum tipo demas assustadores? – Meu nome é Lucas Niiya, depósito talvez... Ora está aberta! –Disse abrido àtenho15 anos e sou estudante do primeiro ano do porta. Realmente parecia ser um depósito, lá sócolégio Yousei. Gosto muito de mexer com artigos tinha quinquilharia e outros tipos de objetos.sobrenaturais, principalmente quando eles Escutei um ruído por trás de algumas caixas.envolvem mortes de pessoas há muitos anos atrás.Fiquei sabendo da história de um espirito -Tem alguém aqui? –Disse. - Claro que não.aprisionado em um espelho, fui investigar em –Pensei logo em seguida. Quando me virei,relação a isso, mas acho que não valeu apena. percebi o que tinha me assustado. Desci algumas escadas cheguei a um -Um espelho? Deve ter sido isso que me assustou.corredor escuro. –Pensei. –Só tem tranqueiras aqui, então é um depósito mesmo. –Pensava enquanto passava-Este deve ser o primeiro andar do prédio antigo. minha mão no espelho.Então a saída deve estar aqui... –Pensei. Andeimais um pouco até que cheguei a uma porta. -“Lucas!”- Escutei alguém me chamando, mas, como era possível, eu estava completamente-Hã? Não era aqui?- Fui até a porta, parecia sozinho ali. Assim que me virei, vi que uma garotatrancada. bem ao meu lado me olhava fixamente. -Ahhhhhhhhh!!!- Gritei me afastando no pulo.
  3. 3. -Hein? Meu rosto... É tão assustador assim pra -Ha... Tá certo. –Respondi meio surpreso. Longosvocê? –Perguntou a garota enquanto se olhava no cabelos negros, pele branca, olhos longos, alta eespelho. delicada, mas, não era só isso. Tem algo de diferente nessa garota.-Desculpe! Não é isso. É que achei que estivessesozinho aqui. Você me pegou de surpresa. –Falei Enquanto andávamos pelos corredoresmeio constrangido. fiquei pensando bastante em relação a essa garota. Por que ela estava lá pra começar?-Sério? Ainda bem!- Ela disse dando pequenasrisadas. -Venha! A saída é aqui em cima. - Disse a garota apontando para uma escada.-É bem raro alguém vir a um lugar como este. Oque está fazendo aqui? -Será que essa garota... – “Ei, você conhece? O espirito do antigo prédio da escola?”. Será que...-Hã? Bem, eu... Como eu diria... Acho que só me Não, não pode ser...perdi... –Respondi enquanto me levantava dochão. -O que foi? –Perguntou a garota quando chegamos ao terraço.-Não me surpreende. Já que este prédio érealmente velho... Certo, eu te mostro o caminho -Eu me pergunto... O que você estava fazendo numpara a saída. Siga-me. –Disse ela sorrindo. lugar como aquele?
  4. 4. -É porque eu... Eu sou o espirito do antigo prédio. -Hã!? Eu posso toca-la!? – Pensei. - É tão quente-Disse a garota sorrindo. Por um instante houve como se... Fosse um humano. –Pensei quandoum silêncio entre nós dois. percebi que segurava seu seio com minha mão.-Hã?- Finalmente disse. -Acho... Que eles tendem a ser uma tentação. – Disse a garota me fixando com os olhos.-Eu disse que sou um fantasma. -Falou a garota Rapidamente me afastei dela.ainda sorrindo. -Então, era macio o suficiente para você? –-Por favor! Não brinque com coisas assim!- “Não Perguntou a garota.pode ser” pensei. -Ah, me desculpe! –Disse nervoso.-Porque acha que estaria brincando com isso? –Disse ela enquanto se virava. -Está tudo bem, não se preocupe. –Disse a garota com naturalidade. Então retomei minha-Mas... –Eu realmente não sabia se acreditava ou compostura e analisei os fatos.não. –É isso, se ela realmente for um fantasma,não poderei toca-la. –Pensei. Fui em sua direção, -Mas... Se você é um espirito e eu consigo teestendi meu braço para toca-la, ela percebeu tocar... É bem difícil acreditar que isso sejaminha aproximação e se virou. verdade. –Falei a ela. - O fato de você conseguir me tocar, não prova que eu não seja um espirito. –Respondeu a garota.
  5. 5. O que ela falou me fez lembrar, do ocorrido de chamoYuukoStran, e você? –Não sabia muito quealguns instantes atrás. Acabei ficando vermelho. fazer, apenas segurei a mão dela.-Embora, isso não importe mais não concorda? –Não entendi o que ela quis dizer com aquilo. No dia seguinte, fui investigar mais um-Mesmo eu... Não consigo me lembrar de minha pouco sobre aquela garota.própria morte na verdade. - YuukoSathn, não tem ninguém com esse nome-Hm? –Disse confuso. nessa escola. Esse... Não era o nome verdadeiro dela? Ela poderia ser um espirito de verdade,-Não... Respostas imediatas como quando, como e então... –Enquanto pensava, passei do lado deporque, sem um pingo de afeição nem ódio. Eu algumas garotas e quando percebi, a Yuukomesma não tenho vontade de procurar pela estava entre as garotas que continuavam averdade, mesmo não sabendo absolutamente conversar se perceber a Yuuko.nada em relação a elas. Por isso não me importomais com o que eu seja. -Ela é mesmo... Um espirito? –Pensei enquanto a Yuuko acenava pra mim. Fui conversar com ela-Que garota estranha. –Pensei. para tentar esclarecer as coisas.-Vem. –Disse ela estendendo sua mão. –Já estamos -Então ontem foi tudo mentira? Aquela de vocêquase na frente na porta da escola. Me ser um espirito... Era só pra me sacanear né?
  6. 6. -Veja, ninguém percebe quando passo por eles, -O que esse aqui? Estou vestindo por que gostoapenas você consegue me ver. deste novo uniforme, o antigo era já saiu de moda.-De qualquer forma, não foipra isso que eu vimaqui. -Ah, sério? –Falei curioso.-Oh, já sei. Você está curioso sobre mim. -Vem! –Disse Yuuko me puxando pela mão. –Vou te mostrar algo legal. –Pra mim era algo bem-Bem, pode-se dizer que sim... normal, uma garota estava me puxando pelo-Então você quer me conhecer por que sou braço para me levar a algum lugar. Para asinteressante certo? –Falou Yuuko um pouco pessoas ao meu redor, eu era um maluco quemaliciosa. corria como se alguém estivesse o arrastando pelos corredores. Afinal, apenas eu conseguia ver-Claro só depende de você. –Falei inocentemente. a Yuuko.–Mas você não está nem um pouco curiosa?Sabe... Sobre sua morte e o resto. A Yuuko acabou me trazendo a sala em que eu a encontrei.-Eu não te disse? Eu não me lembro de nada. -Vou me trocar aqui. É rapidinho então espere. –-Não se lembra? Deve ter sido recente vendo que Disse Yuuko.seu uniforme é um modelo novo. É esse que asgarotas estão usando agora. -Se trocar?!
  7. 7. -Isso! Quero te mostrar como eu estava quando reflexo da Yuuko se trocando estava nítido nomorri. Você não queria aprender mais sobre mim? espelho.–Disse Yuuko sem nenhuma preocupação. -O que você está fazendo? –Perguntou Yuuko.-Mas se trocar? –Acho que ela interpretou mal -Desculpa. Eu não quer... Desculpa. –Dissequando que disse que queria conhecê-la melhor. – tapando os olhos com as mãos.Quero dizer... Não seria só como “Puuf”, você jáestaria trocada. -Ahaha, você é um garoto bem estranho. Eu ao menos disse que não podia olhar?-E como você espera que eu faça isso... Em uminstante? Se você não consegue fazer eu também -Você não deveria ficar com vergonha? –Faleinão consigo. – Yuuko começou a tirar sua blusa escondendo os olhos com as mãos.enquanto falava. Virei de costas de vergonha. -Por que deveria? Não é como se houvesse um-É... É assim então? –Perguntei nervoso. corpo de verdade, feito de carne e osso aqui.-É assim que é oras. –Yuuko procurava seu Depois de algum tempo, Yuuko terminou deuniforme entre as caixas. se trocar.-Achei meu uniforme! -Pronto, que tal? –Era realmente um uniforme bem antigo, acho que era até da época em que a-Enquanto tentava me acalmar, olhei para o lado escola não tinha sido reformada ainda.e vi o espelho velho que havia visto ontem. O
  8. 8. -É assim que eu estava quando morri... Meu -Nada ainda. –Respondi. –Só que o uniforme é doantigo uniforme. tempo em que a escola foi fundada. Se esse for o caso, deve ter sido há alguns anos atrás pelo-De algum modo... Esse fica bem melhor em você menos.do que o novo. –Falei. -Deixando isso de lado...-Você está querendo dizer que pareço uma garotaultrapassada... –Yuuko fitou um olhar frio e -O que está fazendo? –Perguntei a Yuuko.assustador em mim naquele momento. -Te dando de comer. Estou curtindo isso aqui. Já- Nã... Não foi o que quis dizer! Mas quanto ao se perguntou por que podemos no tocar dessauniforme... É mesmo um modelo bem antigo. forma? –Disse Yuuko sorrindo enquanto colocava a comida na minha boca.-Também achei a mesma coisa. Vai ser difícildescobrir de que tempo era... Bem, pelo menos -Além disso... Vai ter uma hora em que você nãopode ajudar na busca né? –Disse Yuuko com um vai conseguir mais me ver mesmo se quisesse. –sorriso otimista. Yuuko pegou minha cabeça e a deitou em seu colo. –Então me deixe curtir sua companhia mais Horas depois, no intervalo, fui com a Yuuko um pouco... Tá bom? –O que é isso, assim do nada.para o terraço para lanchar. -Não vou mai... te ver? –Pergunte preocupado.-Então o que descobriu? –Perguntou Yuuko.
  9. 9. -Não é nada mais que uma ilusão nos seus olhos, -Uhum! –Respondeu Yuuko encostando sua testanão é nada mais que uma história de fantasmas. E na minha.isso não é uma realidade. –De certa forma, Yuuko -Pare com isso então! –Gritei.parecia triste ao dizer isso, seus olhos seestreitaram em um tom de melancolia e solidão. – -Oh, mesmo? Pra mim parece que você estáNão tenho certeza se vou te acompanhar, mas se gostando.for o caso... -Yuuko, o sinal já tocou!-Então como podemos manter as coisas do jeito -Não ouvi nada~ -Yuuko me abraçou por trás.que estão? –Perguntei. Não queria que Yuukofosse embora, queria que tudo ficasse como está -Que tal assim? Aposto que você não vai seagora. esquecer de mim por um tempo, certo?-Não sei... Que tal se eu fizesse isso. –Yuuko -Parece mais que você está me possuindo aosaproximou seu rosto do meu e beijou minha testa. poucos. –Disse.Não teve jeito e corei de vergonha. -Ah~ Que crueldade. –Disse Yuuko em um tom-Você... Você só esta me provocando não é? –Disse infantil.envergonhado. -Você não está... Está? –Perguntei. Com tudo que já aconteceu até agora, já não duvido de mais nada. Pensei.
  10. 10. -Quanto à parte de ser possuído... Quem sabe. –Os ela deve estar presa até agora. –“Presa em algumcabelos negros da Yuuko balançavam com o lugar da escola, em algum lugar até hoje...” Cenasvento, deixando um cheiro de rosas no ar. passavam pela minha cabeça, uma menina pedia ajuda, ela estava em um lugar escuro e sentia-No passado... Eu ouvi um boato. –Yuuko começou muita dor. Ela me chamava.a dizer. –Dizem que as terras em que essa escolafoi construída são amaldiçoadas. Por causa desta -Lucas, Lucas acorde!maldição, uma garota acabou sendo presa em - Ah! –Acordei no susto. O que eram aquelas cenasalgum lugar desta escola. Desde aquele dia, a que vi.garota nunca foi encontrada e ainda descansa emalgum lugar da escola. -O que houve Lucas? –Será que foi um sonho? Não, a Yuuko está em algum lugar dos prédios-Quer dizer, que a garota... É você Yuuko? – antigos da escola. Foi então que me lembrei doPerguntei pensativo. espelho. “ Em algum lugar nos prédios antigos da-Não tenho certeza, é só um boato de qualquer escola existe um espelho grande e velho... Ondemodo. –Comecei a juntar os fatos em minha ficará preso por toda a eternidade”. Corri para acabeça. sala do depósito onde conheci a Yuuko. Peguei uma pedra e joguei no espelho, ela o atravessou-Mas se o boato for verdadeiro... E a garota for revelando uma porta.você Yuuko, então em algum lugar desta escola,
  11. 11. -Então era aqui mesmo... Ela está lá embaixo. – da escola existe um espelho grande e velho... EFalei. não importa o que aconteça, você nunca deve olhar de ombros para ele”.-Você tem certeza... Que quer ver? –Neste instantea Yuuko apareceu bem ao meu lado. Ela me -Este é o corpo da Yuuko?olhava com os olhos estreitos. -Então você viu. –A Yuuko esta no topo da escada,- O que tem lá embaixo?-Perguntei. Ela não me observando tudo. Ela estava assustadora, seusrespondeu. –Yuuko está esperando lá embaixo. – cabelos balançavam de forma maligna.Falei enquanto andava em direção à escada. -Eu avisei você... Mas você não quis me ouvir. “Se-Eu ainda acho que você não deveria... -Yuuko me você olhar o espirito te arrastará para dentro dosegurou pelos ombros, mas neste momento sua espelho, e lá você ficará por toda a eternidade”.mão passou por mim. Acabei perdendo o Eu estava com medo, com certeza a Yuuko iria meequilíbrio e cai escada abaixo. Neste momento, atacar até que ela gritou...reuni s fatos que aconteceram com os que -Ahhhhh, que vergonha!!!!!!!!!!!! –Eu simplesmenteconstam na história. “Ei, você sabia? Sobre o não acreditei no que via. –Lucas me viu todinha.antigo espirito do antigo prédio da escola?” Meu corpo todo... Afundo até as partes mais-Ai minha cabeça. –Ao meu lado esta um secretas!esqueleto. “em algum lugar dos prédios antigos
  12. 12. -Mas eram apenas ossos. –Não podia acreditar, A Yuuko continua vagando pela escolaela estava com vergonha?! sempre vazia. Mas por algum motivo, alguma coisa parece ter mudado.-O que significa que não dá pra ficar mais peladoque isso! –GritouYuuko. -Cobre logo isso, e pare de -Em que está pensando Lucas? –Perguntouficar olhando. Yuukoaparecendo do meu lado. -AhhhYuuko?! Não me assuste desse jeito. Como havia visto... A Yuuko realmente tinha -Estive pensando que talvez eu devesse procurarmorrido dentro da escola. Se era mesmo um mais sobre mim mesma. Já que você viu todas asdepósito ou o que quer que seja... Foi lá que a partes do meu corpo que podem ser vistas... ComoYuuko foi aprisionada por acidente. A garota da retribuição vai me ajudar certo? –Disse Yuukohistória e a garota dos boatos... As duas podem colocando seu dedo em minha testa.estar se referindo à Yuuko, mas, não sei qual delas No final virei posse da Yuuko... Ou fuié verdade... Bem, não é como se houvesse possuído por ela?qualquer prova... Boatos são apenas boatos, e nãose tem certeza em relação a eles. Continua...

×