Provas do segundo dia do Vestibular 2015

5.285 visualizações

Publicada em

UPE divulga caderno de provas aplicadas no segundo dia e

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
706
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Provas do segundo dia do Vestibular 2015

  1. 1. PROCESSO DE ING RESSO NA UPE FÍSICA GEOGRAFIA LÍNGUA ESTRANGEIRA BIOLOGIA MATEMÁTICA FILOSOFIA SOCIOLOGIA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Não deixe de preencher as informações a seguir: Prédio Sala Nome Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição
  2. 2. VESTIBULAR FÍSICA 1. Em uma partida típica de futebol, um jogador perde, em média, 3,0 litros de líquido pelo suor. Sabendo que 1,0 mililitro equivale ao volume de 10 gotas de suor, qual é a ordem de grandeza do somatório de gotas que todos os jogadores transpiraram em todos os 64 jogos da Copa do Mundo 2014, no Brasil? Considere que cada jogo contou com 22 atletas em campo, sem substituições. a) 104 b) 105 c) 106 d) 107 e) 108 2. Duas partículas, 1 e 2, se movem ao longo de uma linha horizontal, em rota de encontro com velocidades iniciais de módulos iguais a v1 = 10 m/s e v2 = 14 m/s e acelerações contrárias às suas velocidades de módulos a1 = 1,0 m/s2 e a2 = 0,5 m/s2. Sabendo que o encontro entre elas ocorre, apenas, uma vez, o valor da separação inicial, d, entre as partículas vale a) 4 m b) 8 m c) 16 m d) 96 m e) 192 m 3. Duas grandezas vetoriais ortogonais, aሬԦ e bሬԦ, de mesmas dimensões possuem seus módulos dados pelas relações a = Av e b = Bv, onde A e B têm dimensões de massa, e v, dimensões de velocidade. Então, o módulo do vetor resultante aሬԦ ൅ bሬԦ e suas dimensões em unidades do sistema internacional são: a) (A2v2 – B2v2)1/2 em kg/s2 b) (A2v2 + B2v2 – 2ABv2cos120°)1/2 em N.s/kg c) (A2v2 + B2v2)1/2 em N.s d) (A2v2 – B2v2 + 2ABv2cos270°)1/2 em kg.m/s2 e) (A2v2 – B2v2)1/2 em kg.m/s 4. No instante mostrado na figura a seguir, o cabo elástico está tensionado com uma tração de módulo igual a 36,0 N, ao passo que o objeto pontual O está submetido a uma força de módulo 16,0 N, resultando em uma aceleração de módulo 2,0 m/s2 que aponta para a direita. Sabendo que a massa do objeto O é igual a m = 2,0 kg e desprezando efeitos gravitacionais, é CORRETO afirmar que o valor do ângulo θ a) está entre 10º e 20° b) é exatamente igual a 30° c) está entre 30° e 60° d) é exatamente igual a 60° e) está entre 60° e 90° 5. SREC ou KERS (acrônimo de Sistema de Recuperação de Energia Cinética, em inglês Kinetic Energy Recovery Systems) é um sistema de frenagem/travagem usado no mundo do automobilismo, que recupera uma parte da energia cinética gerada pela desaceleração, em vez de toda esta se perder na forma de calor. O método mais comum de armazenar energia é acumular eletricidade em baterias ou em supercondensadores. Outro é guardar a energia mecânica num sistema de volante de inércia. (Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_de_Recuperação_de_Energia_Cinética) 2º dia 2
  3. 3. VESTIBULAR O KERS é amplamente utilizado em carros de corrida da Fórmula 1. Em uma corrida, suponha que um carro, de massa m = 600 kg, equipado com esse dispositivo, atinja ao final de uma reta a velocidade máxima de 270 km/h sem auxílio do KERS. Se o piloto desse carro tivesse ativado o KERS, utilizando uma energia adicional acumulada no valor de 57% da energia de uma desaceleração de 200 km/h a 100 km/h, qual seria a nova velocidade máxima atingida na reta? a) 282 km/h b) 290 km/h c) 300 km/h d) 384 km/h e) 424 km/h 6. Uma partícula de massa m se move com velocidade de módulo v imediatamente antes de colidir elasticamente com uma partícula idêntica, porém em repouso. A força de contato entre as partículas que atua durante um breve período de tempo T está mostrada no gráfico a seguir. Desprezando os atritos, determine o valor máximo assumido pela força de contato F0. a) 4mv/3T b) 2mv/3T c) mv/T d) mv/3T e) mv/4T 7. A figura a seguir ilustra dois satélites, 1 e 2, que orbitam um planeta de massa M em trajetórias circulares e concêntricas, de raios r1 e r2 , respectivamente. Sabendo que o planeta ocupa o centro das trajetórias e que a distância mínima e máxima entre os satélites durante seu movimento é proporcional à razão 4/5, é CORRETO afirmar que a razão entre os módulos de suas velocidades tangenciais v1/v2 é igual a a) 5 b) 3 c) 2 d) 1/2 e) 4/5 8. Considere as afirmações a seguir que analisam a situação de um carro sendo erguido por um macaco hidráulico. I. O macaco hidráulico se baseia no princípio de Arquimedes para levantar o carro. II. O macaco hidráulico se baseia no princípio de Pascal para levantar o carro. III. O macaco hidráulico se baseia no princípio de Stevin para levantar o carro. IV. O princípio de funcionamento do macaco hidráulico se baseia em uma variação de pressão comunicada a um ponto de um líquido incompressível e, em equilíbrio, é transmitida integralmente para todos os demais pontos do líquido e para as paredes do recipiente. V. O princípio de funcionamento do macaco hidráulico se baseia em uma variação de pressão comunicada a um ponto de um líquido incompressível e, em equilíbrio, é transmitida apenas para a sup erfície mais baixa do recipiente que contém o líquido. Estão CORRETAS apenas a) I e IV. b) II e V. c) II e III. d) II e IV. e) III e V. 9. Um pêndulo ideal de massa m = 0,5 kg e comprimento L = 1,0 m é liberado do repouso a partir de um ângulo θ muito pequeno. Ao oscilar, ele interage com um obstáculo em forma de cubo, de aresta d, que está fixado ao teto. 2º dia 3
  4. 4. VESTIBULAR Sabendo que o período de oscilação do pêndulo é igual a T = 1,5 s e que a aceleração da gravidade no local do experimento tem módulo a = π2 m/s2 , determine o valor de d em metros. a) 0,25 m b) 0,50 m c) 0,75 m d) 1,00 m e) 1,50 m 10. Um ciclista decide pedalar pela cidade e leva uma garrafa térmica para fazer sua hidratação adequada. Querendo beber água gelada ao final de um longo treino, o ciclista coloca inicialmente 200 g de água a 25 °C e 400 g de gelo a -25 °C. Supondo que a garrafa seja fechada hermeticamente, que não haja trocas de energia com o ambiente externo e que o equilíbrio térmico tenha sido atingido, o ciclista ao abrir a garrafa encontrará: Dados: o calor específico da água e do gelo são iguais a cágua = 1 cal/g°C e cgelo = 0,5 cal/g°C, respectivamente. O calor latente da água é igual a L = 80 cal/g. a) apenas gelo a 0°C. b) apenas água a 0°C. c) mais gelo que água. d) mais água que gelo. e) apenas água. 11. Ao lavar pratos e copos, um cozinheiro verifica que dois copos estão encaixados firmemente, um dentro do outro. Sendo o copo externo feito de alumínio e o interno, de vidro, sobre as formas de separá-l os, utilizando os princípios básicos de dilatação térmica, analise os itens a seguir: I. Aquecendo apenas o copo de vidro. II. Esfriando apenas o copo de alumínio. III. Aquecendo ambos. IV. Esfriando ambos. Está(ão) CORRETO(S) apenas Dados: os coeficientes de dilatação térmica do alumínio e do vidro são iguais a αAl = 24 x 10-6 °C-1 e αvidro = 0,5 x 10-6 °C-1, respectivamente. a) I e II. b) I. c) II. d) III. e) IV. 12. Um gás ideal é submetido a um processo termodinâmico ABCD, conforme ilustra a figura a seguir. Sabendo que o trabalho total associado a esse processo é igual a 1050 J, qual o trabalho no subprocesso BCD? a) 60 J b) 340 J c) 650 J d) 840 J e) 990 J 13. Dois espelhos planos, E1 e E2, são posicionados de forma que o maior ângulo entre eles seja igual a θ = 240°. Um objeto pontual está posicionado à mesma distância d até cada espelho, ficando na reta bissetriz do ângulo entre os espelhos, conforme ilustra a figura. Sabendo que a distância entre as imagens do objeto é igual a 1,0 m, determine o valor da distância d. a) 0,5 m b) 1,5 m c) 2,0 m d) 3,5 m e) 4,0 m 2º dia 4
  5. 5. VESTIBULAR 14. Duas cargas elétricas pontuais, Q = 2,0 μC e q = 0,5 μC, estão amarradas à extremidade de um fio isolante. A carga q possui massa m = 10 g e gira em uma trajetória de raio R = 10 cm, vertical, em torno da carga Q que está fixa. Sabendo que o maior valor possível para a tração no fio durante esse movimento é igual a T = 11 N, determine o módulo da velocidade tangencial quando isso ocorre. A constante eletrostática do meio é igual a 9 x 109 Nm2C-2. a) 10 m/s b) 11 m/s c) 12 m/s d) 14 m/s e) 20 m/s 15. Dois fios condutores, A e B, possuem o mesmo comprimento L e as dimensões mostradas na figura a seguir: O fio A possui formato cilíndrico com raio r e resistividade ρ. O fio B possui formato piramidal, com lados equilá teros e de comprimento r e resistividade 2ρ. Então, a razão entre as resistências desses dois fios, RA/ RB, é igual a a) 4π b) 1/(4π) c) 1/(2π) d) (3/16π2)1/2 e) (3/64π)1/2 16. Uma resistência de 440 Ω utilizada por um aquecedor está conectada a uma tomada de 220 V de tensão. Sabendo que o aquecedor deve elevar a temperatura do ar de uma sala de dimensões 2,0 m x 2,0 m x 2,5 m em 6,0°C, determine por quanto tempo aproximadamente o aquecedor deve permanecer ligado. Considere que as paredes são termicamente isolantes. Dados: o calor específico e a densidade do ar da sala são iguais a a) 1 min 1,0 kJ/(kg°K) e 1,1 kg/m3, b) 6 min respectivamente. c) 10 min d) 220 min e) 360 min 17. Uma barra condutora uniforme, de massa desprezível e comprimento L = 1,00 m, é atravessada por uma corrente i = 2,0 A. A barra está apoiada em uma extremidade por um apoio P e, em sua outra extremidade, por uma mola ideal vertical e de constante elástica k = 20 N/m que está alongada. Observe a figura a seguir: Sabendo que a barra está em equilíbrio na posição horizontal e imersa em uma região de campo magnético de módulo B = 10 T que aponta para dentro do plano do papel, determine o módulo da reação do apoio P e o valor da deformação da mola. a) 0 N e 1,00 m b) 10 N e 0,50 m c) 30 N e 0,50 m d) 20 N e 0,25 m e) 10 N e 1,00 m 18. Uma barra metálica de massa m = 250 g desliza ao longo de dois trilhos condutores, paralelos e horizontais, com uma velocidade de módulo v = 2,0 m/s. A distância entre os trilhos é igual a L = 50 cm, estando eles interligados por um sistema com dois capacitores ligados em série, de capacitância C1 = C2 = 6,0 μF, conforme ilustra a figura a seguir: 2º dia 5
  6. 6. VESTIBULAR O conjunto está no vácuo, imerso em um campo de indução magnética uniforme, de módulo B = 8,0 T, perpendicular ao plano dos trilhos. Desprezando os efeitos do atrito, calcule a energia elétrica armazenada no capacitor C1 em micro joules. a) 384 b) 192 c) 96 d) 48 e) 24 19. O princípio da incerteza de Heisenberg trata da a) incerteza do conhecimento da Física de que tudo é sempre relativo e nunca definitivo. b) imprecisão de definir as coordenadas de posição e o momento linear de uma partícula quântica simultaneamente, ao longo de uma direção. c) dificuldade de encontrar um elétron nas camadas de valência do átomo. d) dilatação do tempo e contração dos objetos ao atingirem velocidade próxima à da luz. e) variação de entropia e o sentido da seta do tempo. 20. Considere as afirmações a seguir com relação ao efeito fotoelétrico. I. A energia cinética do elétron emitido pelo material depende da intensidade da radiação incidente. II. Somente ocorre quando há incidência de elétrons sobre uma superfície metálica. III. A quantidade de elétrons emitidos pelo material depende da intensidade da luz incidente. IV. A menor energia cinética do elétron emitido pelo material é igual a zero. Estão CORRETAS apenas a) I, II e IV. b) II e III. c) III e IV. d) I e III. e) II e IV. GEOGRAFIA 1. Na ilustração a seguir, extraída do Google Earth, você observa nitidamente o continente africano. Neste, está delimitada uma ampla área por uma linha amarela e indicada pela seta. Sobre essa área, analise as afirmativas a seguir: I. É uma região que apresenta grande potencialidade edáfica para o desenvolvimento de agricultura de ciclo longo, daí ter sido amplamente explorada pelo Sistema de “Plantation”. II. Sobre essa área, instalam-se, quase que permanentemente, centros anticiclônicos, que influenciam fortemente o clima regional. III. Em face da ação cientificamente correta dos colonizadores europeus, particularmente franceses, belgas e alemães, no sul dessa área, evitou-se o desenvolvimento dos processos de desertificação que são mais enfáticos na África Equatorial. IV. Expressivas reservas de petróleo, alvo de cobiça de grandes potências europeias, na atualidade, são encontradas nos terrenos metamórficos e ígneos do Escudo da África do Norte. V. A área, em face da circulação atmosférica geral, apresenta-se com um notável déficit hídrico, haja vista que o processo de evaporação anual excede a precipitação, também, anual. Está (ão) CORRETA(S) a) apenas I. b) apenas IV. c) apenas III e IV. d) apenas II e V. e) I, II, III, IV e V. 2º dia 6
  7. 7. VESTIBULAR 2. Observe atentamente a ilustração a seguir (Figuras 1 e 2): A ilustração didática refere-se especificamente a duas situações atmosféricas. Quais são? a) Figura 1- Um vórtice ciclônico; Figura 2- Uma onda de leste fria. b) Figura 1- Um vórtice anticiclônico; Figura 2- Uma linha de instabilidade tropical quente. c) Figura 1- Um gradiente vertical normal de temperatura; Figura 2- Uma inversão térmica. d) Figura 1- Uma inversão térmica; Figura 2- Um vórtice ciclônico extratropical. e) Figura 1- Um gradiente vertical normal de temperatura; Figura 2- Uma isoterma de baixa pressão. 3. Observe com atenção o mapa a seguir: É CORRETO afirmar que esse mapa é uma representação cartográfica do seguinte fato geográfico: a) As principais bacias sedimentares. b) Os grandes domínios climáticos segundo a classificação de W. Koppen. c) As principais áreas de expansão agrícola. d) Os principais domínios fitogeográficos primitivos. e) Os espaços geoeconômicos. 4. Sobre a figura ao lado, é CORRETO afirmar que ela a) endossa didaticamente o princípio do Atualismo, empregado na análise físico-geográfica do mundo. b) representa graficamente um dos argumentos da teoria de Alfred Wegener, que antecedeu a hipótese da Expansão dos Fundos Oceânicos. c) ilustra graficamente o princípio da superposição de camadas litológicas da litosfera, utilizado na análise geológica. d) representa didaticamente o princípio da Geografia Física, conhecido como “Princípio do Catastrofismo”, defendido por Carl Troll. e) exemplifica um sistema de projeção cartográfica, conhecido como Projeção Cilíndrica, empregado na análise geográfica. 2º dia 7
  8. 8. VESTIBULAR 5. A partir do século XIII, na Europa Ocidental, o mundo feudal foi sendo gradativamente substituído pelo modo de produção capitalista, cujo processo de desenvolvimento foi lento e ocorreu de maneira diferenciada, nas diversas regiões do planeta. (TERRA, Lygia; COELHO, Marcos de Amorim. Geografia Geral - O Espaço Natural e Socioeconômico) Com base nessa leitura e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que a) um conjunto de fatores possibilitou o surgimento do Capitalismo, que é um sistema econômico regulado pelo mercado e fundamentado na propriedade privada. b) o comércio criou para a nova classe social surgida nas cidades, a burguesia, que passou a controlar o crescimento econômico. c) na fase do Capitalismo Financeiro, que ocorreu no século XVIII, especialmente na Inglaterra e na Alemanha, a principal prática econômica foi o mercantilismo. d) no início do século XX, a livre concorrência ficou em segundo plano, e o Capitalismo se transformou num sistema mais monopolista e menos competitivo. e) o Capitalismo produziu um novo espaço geoeconômico, ou seja, um espaço da produção industrial, agrícola, pecuária e extrativa. 6. Observe, com atenção, o mapa a seguir. As áreas vermelhas correspondem, grosso modo, a um determinado aspecto analisado de maneira enfática pela Geografia. Em qual das alternativas a seguir, esse aspecto está mencionado? a) Espaços fortemente atingidos pela seca de 2014. b) Regiões naturais submetidas ao domínio de solos aluviais. c) Áreas destacadamente antropizadas. d) Espaços geográficos dominados pela forte emigração. e) Regiões de marcado processo de conurbação. 7. “O Exército luta para retomar a cidade de Tikrit no norte do país, realizando combates contra os insurgentes. A cidade foi tomada pelos jihadistas em 11 de junho, depois de uma rápida e violenta investida.(...) Os insurgentes sunitas proclamaram, nesta segunda-feira, a criação de um Estado islâmico nos territórios sob seu controle no país.” (Notícias publicadas no site da revista VEJA, no dia 30/06/2014 e adaptadas) Observe o mapa a seguir e assinale a alternativa que indica o numeral referente ao país a que se reporta a revista. a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5 8. Uma das unidades de ensino superior da Universidade de Pernambuco (UPE) situa-se na mesorregião indicada no mapa a seguir pela seta 1. Essa mesorregião destaca-se no espaço geográfico pernambucano, sobretudo pelas atividades agrícolas n ela desenvolvidas. 2º dia 8
  9. 9. VESTIBULAR Assinale entre as alternativas a seguir aquela que corresponde a essa Mesorregião. a) Mesorregião do Sertão de Petrolina b) Mesorregião do Baixo São Francisco c) Mesorregião do Sertão Pernambucano d) Mesorregião de Petrolina-Juazeiro e) Mesorregião do São Francisco Pernambucano 9. Examine a sequência de figuras ao lado. Ela corresponde CORRETAMENTE à a) gênese dos solos. b) formação e evolução das rochas metamórficas. c) evolução das florestas de coníferas. d) erosão de rochas cristalinas. e) origem de neossolos hidromórficos. 10. Observe a paisagem a seguir, típica de um ambiente tropical quente e úmido, atravessada por uma corrente fluvial, que, em determinados meses do ano, extrapola o seu leito menor e se expande pelo seu leito maior, gerando uma morfoescultura de planície. Na área indicada na paisagem pela seta, o solo é do tipo a) aluvial. b) coluvial. c) latossolo. d) neossolo litólico. e) podzólico. 11. Nenhum aspecto da sociedade brasileira poderá ser jamais explicado/compreendido, se não for considerada a enorme desigualdade econômica e de poder político, que ocorre em nossa sociedade. O maior problema do Brasil não é a pobreza, mas, a desigualdade e a injustiça a ela associada. Desigualdade econômica e desigualdade de poder político. Daí decorre a importância da segregação na análise do espaço urbano de nossas metrópoles, pois a segregação é a mais importante manifestação espacial-urbana da desigualdade que impera em nossa sociedade. (VILLAÇA, Flávio. São Paulo: segregação urbana e desigualdade. Estudos. Avançados . vol. 25 Nº.71, São Paulo, jan./abr. 2011) Com relação às medidas a serem adotadas pelo Poder Público para combater a segregação no espaço urbano referida no texto, analise os itens a seguir: I. Expansão dos serviços de coleta de lixo e limpeza de ruas II. Aumento da rede de esgotos III. Avanço do controle da segurança IV. Expansão da infraestrutura de transportes V. Incremento dos serviços de educação Estão CORRETOS a) apenas I e V. c) apenas I, II e III. I, II, III, IV e V. b) apenas II e V. d) apenas II, III e IV. 1 2. 2º dia 9
  10. 10. VESTIBULAR 12. Leia o texto a seguir: “No Brasil, a Mata dos Pinhais cobria originalmente uma área superior a 100.000 km² ou 100.000.000 de hectares. Atualmente calcula-se que sobraram apenas cerca de 300km² ou 300.000 hectares desse domínio vegetal, ou seja, apenas 0,3% da cobertura original.” (Melhem Adas) Esse domínio vegetal brasileiro reflete, na Região Sul, um domínio climático mencionado na alternativa a) Temperado Oceânico c) Frio e) Temperado Continental b) Tropical d) Subtropical 13. O Rodoanel causa certos impactos sobre o meio urbano, mas não se limita, apenas, à questão do tráfego. Ele pode, inclusive, interferir na dinâmica econômica e territorial do espaço geográfico . Assinale a alternativa que define CORRETAMENTE um “Rodoanel”. a) É um projeto ferroviário que objetiva fundamentalmente interligar as áreas urbanas às áreas rurais em cidades de médio porte. b) É um projeto viário de interligação de rodovias radiais, que penetram numa Região Metropolitana. c) É um projeto hidroviário que interliga duas grandes áreas metropolitanas com rodovias radiais estaduais. d) É um projeto viário que interliga rodovias estaduais, de áreas montanhosas, com rodovias federais circulares em áreas planas, nas regiões metropolitanas. e) É um projeto viário e hidroviário que se concretizou na região Centro-Sul do Brasil e implicou a construção de hidrovias, partindo do Mato Grosso do Sul ao oeste do Rio Grande do Sul para o escoamento da soja. 14. A fotografia ao lado mostra um aspecto das enchentes consideráveis que atingiram, no mês de junho de 2014, partes da Região Sul do Brasil. O que ocasionou esse evento pluviométrico extremo no Sul do país? a) O avanço da massa de ar Equatorial Continental b) A ação de um vórtice ciclônico tropical c) O bloqueio de frente fria d) O fenômeno oceânico conhecido como “La Niña” e) A considerável diminuição das temperaturas do Atlântico Sul 15. A recente desaceleração econômica global afetou negativamente 16 países, inclusive os do BRICS. Essa d esaceleração acarretou nesses países I. a diminuição da estabilidade política. II. a queda na espiral inflacionária. III. o aumento dos riscos e impactos nos investimentos. IV. a queda na estabilidade jurídica. V. aumento das taxas de emprego no setor Secundário da economia. Estão CORRETOS, apenas, os itens a) I e II. b) II e IV. c) I, IV e V. d) I, III e IV. e) II, III, IV e V. 16. No ano de 1930, o Brasil evidenciava uma grande produção de café, e praticamente o mundo mergulhava numa gravíssima crise econômica. Contudo, essa crise teve um “lado positivo” para o Brasil, o de a) aumentar consideravelmente a exportação de açúcar para os Estados Unidos. b) diminuir as tensões sociais e políticas internas com a adoção do Poder Sindical. c) incrementar o extrativismo do ouro, especialmente na área de Serra Pelada. d) despertar a consciência sobre a necessidade de industrialização como forma de alterar o panorama existente. e) instalar, no país, um regime de características democráticas e socializantes dos meios de produção. 2º dia 10
  11. 11. VESTIBULAR 17. Esta questão apresenta-se com uma proposição e uma razão para a proposição, separadas pela palavra PORQUE. Leia-a. As chuvas que acontecem na parte oriental do Nordeste brasileiro concentram-se nos meses da primavera-verão PORQUE é nesse período que são mais intensos os fluxos da Frente Polar Atlântica e das Ondas de Leste sobre essa r egião brasileira. Assinale a) se a proposição é uma afirmativa verdadeira, e a razão é uma afirmativa falsa. b) se a proposição e a razão são afirmativas verdadeiras, e a razão é uma causa da proposição. c) se a proposição e a razão são afirmativas verdadeiras, e a razão não é a causa da proposição. d) se a proposição é uma afirmativa falsa, e a razão é uma afirmativa verdadeira. e) se a proposição e a razão são afirmativas falsas. 18. Examine a tabela a seguir referente a um dos aspectos da população brasileira. Com base nesses dados e nos seus conhecimentos, analise as afirmativas a seguir: I. As maiores taxas de mortalidade infantil coincidem com as épocas de seca mais intensas em certas regiões e episódios extremos de chuvas noutras. II. Os decréscimos mais significativos na média das taxas de mortalidade infantil se verificaram na Região Sul do Brasil. III. Na década de 1930, o valor da taxa de mortalidade no Brasil já era o resultado de um lento, mas consistente declínio da mortalidade infantil, iniciado desde o princípio daquele século, que é o reflexo da implantação de determinadas políticas sanitárias. IV. A queda consistente da mortalidade infantil a partir da década de 1970 sugere a implantação de modelos de intervenção das políticas públicas na área da Medicina. V. A Região Nordeste, historicamente, sempre apresentou as maiores taxas de mortalidade infantil, em consequência das adversidades climáticas regionais à saúde pública. Estão CORRETAS apenas a) I e IV. b) II e V. c) I, II e III. d) II, IV e V. e) II, III e IV. 19. “A pressão sobre a Biodiversidade do planeta advém, principalmente, de um padrão de desenvolvimento econômico, baseado na superexploração dos recursos naturais. Para tentar impor limites ao uso indiscriminado e predatório do meio ambiente, a Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas (ONU) apresentou, na década de 1980, o importante conceito norteador para esses limites...” (Texto adaptado. Fonte: Geografia - Vestibular, Guia do Estudante , 2012, Ed. Abril) 2º dia 11
  12. 12. VESTIBULAR Assinale a alternativa que contém esse conceito norteador. a) Hotspots ambientais c) Desenvolvimento Sustentável e) Capital Natural b) Pegada Ecológica d) Capital Verde 20. Assinale a alternativa que completa CORRETAMENTE a frase transcrita a seguir: “Durante muito tempo, o _____________________ predominou na produção. A inflexibilidade deste modelo, no qual cada operário deve entrar no ritmo repetitivo e na rotina da esteira de montagem, acarretou problemas como defeitos em alguns produtos, obrigando a serem despendidas enormes somas com fiscalização e controle de qualidade.” a) Modelo de Capitais Voláteis c) Modelo Fordista e) Modelo do Estado Mínimo b) Modelo Neoliberal d) Modelo Socialista Texto 1 (questões de 1 a 5) C U L8R INGLÊS If you’re one of the 70% of cell-phone users who use text messaging, you know that C U L8R means “See you later.” “Texting” is now the new way to talk (or “tlk”), especially for young people. But why is that? IT’S A LOVE THING – There’s no doubt about it, text messages are for personal communication. Only 10% of messages are work related, and the peak hours for texting are between 10:30 and 11:00 at night! Most users (64%) say texting is a good way to send romantic messages – it’s easier to say “I love you” in a text message than in a phone call. Maybe that explains why more people now use texting to send Valentine’s Day messages. UPSIDES AND DOWNSIDES – Generally, texting is cheaper than making phone calls. It’s also more direct, since you can send or get information without having to ask and answer polite “How are you?” questions. And it’s more discreet, too. No one can hear your “conversations,” and you can receive text messages almost anywhere – at work, in meetings, or in class. You can also use texting in noisy places like nightclubs, where using a cell phone is difficult. A NEW LANGUAGE? – Because it’s quicker to “write” without apostrophes and vowels, texting has its own language. And it’s fun to use the symbols. There’s a best-selling dictionary (or “dxnre”) for texting called Wan2tlk? Some people say that a texting encourages bad punctuation and spelling. On the other hand, more teens are writing than ever before. Now, that has to be a good thing. (McCARTHY, M., McCARTEN, J. & SANDIFORD, H. Touchstone. Cambridge University Press. USA, 2005. Adaptado) 1. What do people use texting for? a) Unfortunately, people use it just to have fun with friends. b) They use texting to send messages to their bosses. c) People text to solve problems at work regularly. d) Most people use texting to cheat during a test at school. e) Most people use it for personal communication. A few people use it for work. 2. W hy does texting need its own language? Because a) people need to type fast. b) nobody wants to be understood. c) it’s funnier to write like that. d) everybody gets crazy with texting. e) young people like to be different. 2º dia 12
  13. 13. VESTIBULAR 3. Why do some people think text messaging is bad? Because a) using texting is really very boring. b) it is very difficult to get used to it. c) it encourages bad punctuation and spelling. d) it is faster than regular writing. e) texting is funny but not useful. 4. According to the text, I. it’s easier to say “I love you” in a text message than in a phone call. II. texting is cheaper than making phone calls. III. texting can be used in noisy places. IV. texting doesn’t encourage teens to write more. V. everybody can hear your texting conversation. It is CORRECT just a) II, III, and IV. b) III, IV, and V. c) I, III, and V. d) I, II, and IV. e) I, II, and III. 5. What does “texting” mean, finally? a) It’s a way of speaking teenagers use just not be understood by their parents. b) It’s a book or other piece of writing, especially one connected with science or learning. c) It’s a specific way of writing used by people who like to navigate the Internet. d) It’s a special way of communicating by writing normally using the cell phone without the need of speaking. e) It’s a special way of communicating which is a little more expensive than the usual one. Texto 2 (questão 6) (Disponível em: http://funny-pictures.picphotos.net/golden-oldie-cartoons-cartoons-about-personal-e-mail-crossing-over/glasbergen.com*wp-content* gallery*goldie*goldie20.gif/) 6. According to the text 2, I. the woman’s husband is dead. II. the woman’s husband is alive. III. they communicate through the Internet. IV. the man beside the woman is her husband. V. her husband’s name is Walter Z. Heaven. It is CORRECT just a) I, II, and III. b) I and III. c) II, III, and IV. d) III, IV, and V. e) IV and V. 2º dia 13
  14. 14. VESTIBULAR Texto 3 (questão 7) (Disponível em://www.fun2video.com/cartoon-apple/) 7. According to the text 3, I. the family is happy because they have iPhone, iPod and iPad. II. the man is not happy because he had to pay for the gadgets. III. the man is not happy because the gadgets are not working. IV. the man’s relatives paid for the gadgets using their own money. It is CORRECT just a) III and IV. b) I and II. c) II and III. d) I and III. e) II and IV. Texto 4 (questões de 8 a 10) Sleeping on stilts in the Amazon As 75-year-old villager Antônio Gomes told us stories of growing up in Boca do Mamirauá, a tiny settlement in the northern Amazon rainforest, I tried to ignore the tiny blue flies biting through my trousers. Despite my interest in hearing how locals survive in this remote part of the Brazilian rainforest, now a part of the Mamirauá Sustainable Development Reserve, I was grateful to escape when he finished, finding refuge in one of the tall wooden houses. (When the Amazon floods, all of its residents – both animals and people – have to adopt an amphibious lifestyle. Kim Schandorff/Getty) The houses hover some 3m above the ground. They are not unusual: almost everything in the Mamirauá reserve is on stilts, even the chicken coop. It has to be. Although much of Brazil is currently suffering one of the worst droughts in decades, this part of the Amazon is almost completely flooded for the six-month wet season. By April, the end of the rainy season, the river rises up to 10m high and overflows its banks. As a result, all living things in the forest, including locals, must adopt an amphibious lifestyle. Even the jaguars have learned to adapt by living in tree branches when the floods arrive. Only 1,000 tourists per year are allowed to visit Mamirauá, which, at 57,000sqkm, is the largest wildlife reserve in the country. Created in 1984 to save the once-endangered uakari monkey, the reserve is the most carefully managed and protected part of the Amazon – and is also home to what many consider Brazil’s most successful sustainable tourist resort, the Uakari Floating Lodge. “If [the reserve] had not been created,” guide Francisco Nogeuira said, “the rivers and lakes would be empty of fish, and who knows how many trees would remain today?” (Disponível em: http://www.bbc.com/travel/feature/20140626-sleeping-on-stilts-in-the-amazon) 8. Why does everybody in Mamirauá live on stilts? Because a) the place is always very drought. b) the place is always completely flooded. c) they are used and like to live on stilts. d) the stilts are very comfortable. e) they are much more cheaper for living in. 2º dia 14
  15. 15. VESTIBULAR 9. According to the text, the Mamirauá reserve I. is in the Amazon rainforest. II. has a six-month wet season. III. makes all living things have an amphibious lifestyle. IV. makes even the jaguars change their lifestyle because of flood. V. was created to save the once-endangered uakari monkey. It is CORRECT a) I, II, III, IV, and V. c) just III, IV, and V. e) just II, III, and IV. b) just I, II, and III. d) just I and II. 10. In the last paragraph, it is possible to find sentences in a) comparative of equality. b) comparative of superiority. c) superlative of superiority. d) superlative of inferiority. e) comparative of inferiority. Texto 5 (questões de 11 a 16) Vive la reine! PARIS THE capital of the French republic is better known for beheading monarchs than celebrating them. But Paris went wild for Britain’s queen during her state visit last week. Crowds on the Champs-Elysées cheered as her royal convoy drove past. Socialist ministers lined up enthusiastically to greet her at her birthday garden party. The queen’s arrival at the international ceremony on “Sword” beach to remember the 70th anniversary of D-Day drew louder applause than that of America’s president. Anne Hidalgo, the Socialist mayor of Paris, even had a flower market named after her on the capital’s Ile de la Cité, which happens to be home to the Conciergerie prison where Marie-Antoinette was held before being carted to the guillotine in 1793. “The queen of the French” ran a headline in Le Monde, a left-learnig daily Why are the French so smitten by the world’s longest-reigning queen? Partly because she embodies the post-war era in which their modern republic was born: she was crowned in 1953 and has known all seven presidents of the Fifth Republic. Her affection for France, and grasp of the language, also help. […] After a state dinner at the Elyzée Palace, with François Hollande, the president, she spoke of her “grande affection” for the French people. This was the queen’s fifth state visit to the republic. Another reason is that the French, shorn of their own monarchy, have long become avid voyeurs of everybody else’s. Point de vue and Paris-Match, two magazines that splash photos of royals across their pages, were launched back in the 1940s. The French turned the Monaco royals into celebrities before reality television invented instant fame for everybody else. In 2011 the French cleared the airwaves to cover Prince William’s wedding on live public television; 9m viewers tuned in to watch. Perhaps the hidden reason for French royal fervour, though, is a secret envy mixed with regret. Mr Hollande, stuck with a 16% popularity rating, is said to have noted wryly how refreshing it was to hear cheering crowds when he accompanied the queen. Asked in a poll what they thought today of the execution of Louis XVI in 1793, more of the French (29%) judged it “unfair” than “understandable” (23%). The French “have a royalty complex”, wrote Hervé Gattegno in Le Point, and have built their republic on monarchical traditions as if to compensate. The president, who has more sweeping powers than almost any other modern democratic leader, is fussed over by much pomp and splendour—and the seat of the presidency is a palace. (In: The French and monarchy. The Economist, vol. 411, number 8891. June, 14th 2014. Adaptado) 2º dia 15
  16. 16. VESTIBULAR 11. Considering both theme and gender of the text, more information could be added to the title, as a sub-heading. Then choose the CORRECT subtitle among the alternatives below. a) The Fifth Republic is in France. b) The queen’s great affection for France. c) Who cares about Britain’s queen? d) Britain’s queen meets the French president. e) Why the French love Britain’s queen. 12. Com base no texto, analise os seguintes itens: I. Os franceses têm uma admiração especial pela rainha da Grã-Bretanha, o que se explica de várias formas, inclusive porque a rainha demonstra compreensão da língua e afeição pelo povo da França. II. A rainha britânica tem sido frequentemente convidada para ir à França em visita de Estado, porém o povo francês não aprova esse tipo de ação diplomática, por causa dos altíssimos gastos com a comitiva real. III. Quando chegou à cerimônia na praia “Sword”, onde se comemorava o 70º aniversário do Dia D, a rainha da Grã-Bretanha arrancou mais aplausos que o próprio presidente dos EUA. IV. Anne Hidalgo, importante autoridade de Paris, convidou a rainha britânica para conhecer o famoso Mercado das Flores, na Ile de la Cité, onde uma rainha francesa foi mantida presa e, posteriormente, decapitada. V. Um conhecido jornal francês de tendência esquerdista estampou a manchete “A rainha dos franceses”, referindo-se à rainha da Grã-Bretanha, em sua última visita oficial à França. Estão CORRETOS, apenas, a) I, II e III. b) II, III e V. c) I e V. d) I, III e V. e) III e V. 13. No trecho “Another reason is that the French, shorn of their own monarchy, have long become avid voyeurs of everybody else’s.”, a palavra que completa o sentido do caso possessivo em destaque é a) reason. b) monarchy. c) voyeurs. d) French. e) Britain. 14. Observe this passage: “The president, who has more sweeping powers than almost any other modern democratic leader, is fussed over by much pomp and splendour — and the seat of the presidency is a palace.” Na oração em destaque, percebe-se que o autor do texto a) está fascinado pelo carisma da rainha da Grã-Bretanha, há bastante tempo no trono. b) tenta “retocar” a imagem do presidente da França, enfatizando seu poder. c) compreende as razões da avidez do presidente francês por tanta pompa e esplendor. d) enfatiza o status do presidente da França, ao mesmo tempo em que faz uma ironia. e) não quer se comprometer quanto à postura do presidente da França em relação à visita da rainha britânica. 15. The sentences: “Marie-Antoinette was held …”; “Point de vue and Paris-Match […] were launched back in the 1940s; “she was crowned in 1953…”, and “The president […] is fussed over by much pomp and splendour” are all in the a) Imperative Form. b) Conditional Tense. c) Passive Voice. d) Present Perfect. e) Past Perfect Continuous. 16. Na frase “The capital of the French republic is better known for beheading monarchs than celebrating them.”, a palavra em destaque significa a) decapitar. b) debochar. c) deportar. d) depor. e) destronar. 2º dia 16
  17. 17. VESTIBULAR Texto 6 ( q u e s t õ e s 1 7 e 1 8 ) Women in the rodeo Disponível em: http://allenrussell.photoshelter.com/image In the huge, open lands of the American west, herding cattle is one way to make a living. The image of the cowboy on his horse is a familiar one, ……………… in reality, women also participate in ranch work. This reality can be seen in the rodeo, ………………. cowboys and cowgirls compete in roping young steer, and riding adult bulls. Throwing a rope around a steer is something ranchers must do ………………….. give the young animals medicine or to mark the steers as their property. ……………….., riding on the back of a large and angry bull is purely for sport – a brutal and dangerous sport. ……………….., the danger doesn’t stop the men and women who love the rodeo.” JOHANNSEN, Kristin & CHASE, Rebecca. World English: real people, real places, real language. Boston: Heinle Cengage, 2010. Adaptado. 17. Fill in the gaps with the CORRECT words or expressions to give the text cohesion an coherence. a) where / in order to / because / But / If b) but / where / in order to / On the other hand / However c) moreover / on the other hand / where / Which / But d) in order to / but / on the other hand / Where / However e) If / where / therefore / Because / On the other hand 18. O bserve os elementos linguísticos em destaque: “[…] herding cattle is one way to make a living.”; “[…] compete in roping young steer, and riding adult bulls. Throwing a rope around a steer is something […]”. Em todos esses exemplos, é CORRETO afirmar que a forma -ing corresponde ao uso de a) adjetivo. c) gerúndio. e) preposição e substantivo. b) substantivo e conjunção. d) infinitivo. Texto 7 (questões 19 e 20) 19. N a última fala do personagem Calvin (3º balão), percebe-se uma intertextualidade com a) um conhecido provérbio de conotação religiosa. b) um verso de um poema consagrado na literatura mundial. c) uma conhecida frase de um político contemporâneo. d) uma mensagem (ou moral) de uma fábula clássica. e) um grito de guerra de um estrategista histórico. 20. Os phrasal verbs ‘show up’ (1º balão) e ‘find out’ (2º balão) são importantes para se compreenderem os “objetivos” de Calvin na situação acima. Eles significam, respectivamente, a) apresentar-se – enganar. d) aparecer / vir – pagar. b) aparecer / vir – encontrar. e) cumprir – vingar-se. c) desistir – pegar. 2º dia 17
  18. 18. VESTIBULAR Texto 1 (preguntas de 1 a 8) EL PERSONAJE DE LA SEMANA ESPANHOL Quino, el tímido papá de Mafalda El creador de la niña más inconformista del cómic ha sido homenajeado en el festival francés de Angulema con una exposición con motivo de sus 60 años de carrera. Mafalda cumple medio siglo sin haber perdido un ápice de vigencia. ANNA ABELLA DOMINGO, 2 DE FEBRERO DEL 2014 Aquel globo terráqueo, metáfora de un mundo enfermo, al que una inconformista, perspicaz, irónica, curiosa, inteligente e idealista niña de frondoso pelo negro ponía el termómetro y velaba en la cama, es el mismo de hace medio siglo, cuando nacía una Mafalda defensora de los derechos humanos, que con sus preguntas y reflexiones ponía en evidencia la injusticia, la guerra, la violencia, el racismo y demás sinsentidos del mundo adulto. «Muchas de las cosas que ella cuestionaba todavía siguen sin resolverse», afirmaba esta semana Joaquín Salvador Lavado (Mendoza, Argentina, 1932), Quino, quien alumbró a su personaje el 29 de septiembre de 1964 en las páginas de la revista Primera Plana. Sus 60 años de carrera como autor de culto y los 50 de Mafalda -publicada en 50 países y con 50 millones de ejemplares vendidos en todo el mundo- han protagonizado la exposición estrella del festival de Angulema, la meca francesa del cómic, que concluye hoy, y a la que pequeños problemas de salud, a sus 81 años, le han impedido asistir.[...] Quino, siempre tímido, pesimista y humilde, se define como un«obrero del dibujo» que espera que su trabajo «sirva para cambiar algo las cosas», y que no ha tenido otro deseo en su vida que ser dibujante, vocación que le inculcó con tres años su tío pintor y dibujante publicitario, Joaquín Tejón (para diferenciarle de él le llamaron Quino). «Estar dibujando boca abajo sobre la madera clara de una mesa nueva» es su primer recuerdo infantil, que poco gustó a su madre. Menor de tres hermanos e hijo de españoles republicanos de Fuengirola que se instalaron en Argentina en 1919, en casa siempre sintió cerca la guerra civil. Niño solitario, salía poco y jugaba solo, ligado a una timidez que no ha perdido. Tenía 12 años cuando murió su madre y entró en la Escuela de Bellas Artes de Mendoza, que abandonó, «cansado de dibujar ánforas y yesos», cuatro años después, al fallecer también su padre. Decidido a dedicarse al dibujo humorístico marchó a Buenos Aires, donde tras muchos intentos publicó su primer dibujo en 1954 en la revista Esto es. Casi una década de profesión después, en 1963, publicó el que sería el primero de una treintena de libros de humor,Mundo Quino. Fue entonces cuando plantó la semilla de Mafalda. Le encargaron unas tiras para publicitar los electrodomésticos Mansfield, con una familia con nombres que empezaran con la M de la marca y que recordasen a los Peanuts de Charles M. Schulz. La campaña nunca se hizo y Quino guardó a aquella Mafalda en un cajón. Al año la había reconvertido en la niña alérgica a la sopa -alegoría de la dictadura argentina y «lo que nos querían hacer tragar»-,surgida de una contradicción: «A un niño le enseñan cosas que no deben hacerse porque están mal o hacen daño, pero en los diarios encuentra masacres y guerras. ¿Por qué los grandes no hacen lo que enseñan?». La rodeó de amigos -Felipe, Manolito, Susanita y la pequeña Libertad, favorita del artista-, de unos padres reflejo de la clase media argentina y le dio un hermanito -Guille-, pero tras nueve extenuantes años absorbido por ella, en junio de 1973, cansado y por temor a repetirse, tomó una decisión: «Lo más valiente que hice en mi vida fue dejar a Mafalda». Pero las opiniones de Mafalda eran las suyas y Quino no ha dejado de transmitirlas en títulos como el reciente ¿Quién anda ahí? (Lumen) mientras ella se convertía en leyenda, admirada por García Márquez, Umberto Eco o Julio Cortázar, quien llegó a decir: «No importa lo que yo pienso de Mafalda, lo importante es lo que Mafalda piensa de mí». (Disponible en: http://www.elperiodico.com/es/noticias/ocio-y-cultura/quino-timido-papa-mafalda-3067451. Adaptado) 1. En el título del Texto 1, la coma existente a) abre paso a una construcción apositiva. d) separa varios núcleos oracionales. b) aisla un substantivo con carácter vocativo. e) sustituye a un predicado nominal. c) es un error gráfico y ortográfico. 2º dia 18
  19. 19. VESTIBULAR 2. De acuerdo con el Texto 1, se puede asegurar que Mafalda a) completó 60 años de existencia. b) dibujó tiras que la convirtieron en leyenda viva. c) evidenciaba los sinsentidos del mundo adulto. d) es una creación de Joaquín Tejón. e) está siendo homenajeada en Buenos Aires. 3. El Texto I nos permite afirmar que Quino es a) alguien que posee el termómetro del globo terráqueo. b) alguien en vela por un mundo enfermizo y decadente. c) argentino, hijo de emigrantes españoles. d) el personaje de la semana en su tierra. e) un artista conformista, tímido y humilde. 4. Teniendo en cuenta las siguientes afirmaciones relativas a Quino: I. Dejó de producir tiras de Mafalda en 1973. II. Dibuja desde hace más de 75 años. III. Espera que su trabajo ayude a cambiar el mundo. IV. Presentó a Mafalda em 1964. V. Su humor es conformista, amargo y pesimista. Indique la alternativa que incluye sólo ítems en que las afirmaciones se corresponden con el contenido del Texto 1. a) I, II, III, IV y V. c) apenas I, III, IV y V. e) apenas II, III y V. b) apenas I, II, III y IV. d) apenas II, III y IV. 5. En el párrafo “Sus 60 años de carrera como autor de culto y los 50 de Mafalda -publicada en 50 países y con 50 millones de ejemplares vendidos en todo el mundo- han protagonizado la exposición estrella del festival de Angulema, la meca francesa del cómic”, el adjetivo presente en las palabras que subrayamos quiere indicar a) destaque. b) fracaso. c) humildad. d) ilusión. e) universalidad. 6. En “Mafalda cumple medio siglo sin haber perdido un ápice de vigencia”, “un ápice” conlleva un significado próximo a a) mucha. b) poca. c) bastante. d) nada. e) toda. 7. En “Aquel globo terráqueo, metáfora de un mundo enfermo”, los recursos lingüísticos utilizados permiten transmitir una referencia a (al) a) las estrellas fugaces. c) todo el cosmos. e) sistema planetario. b) toda la humanidad. d) una nave espacial averiada. 8. La única alternativa que contiene sólo palabras clave del texto es a) Angulema, estrella, festival. d) dibujo, enfermo, papá. b) cómic, Mafalda, Quino. e) dictadura, globo, tímido. c) derechos humanos, racismo, violencia. Texto 2 (preguntas de 9 a 15) Dieciocho frases brillantes de Ana María Matute que todo el mundo debería leer Uno de los complementos más cautivadores de la obra literaria de la escritora eran las perlas que adornaban sus entrevistas y textos. PRADO CAMPOS 25 JUN 2014 - 15:46 CET3 2º dia 19
  20. 20. VESTIBULAR “Ahora os inventaréis citas mías que jamás pronuncié”, se lamentó en alguna ocasión la incombustible Ana María Matute. Hoy toca quitarle la razón. En el día de la muerte de una de las escritoras más importantes de las letras españolas, [...] la forma más rápida, cristalina y eficaz de rendirle homenaje es celebrando aquellas citas que sí pronunció. En sus textos, en sus entrevistas o en conversación. Esas que por inconfundibles la definieron. Que la caracterizarán, a ella y a nuestras letras, en el recuerdo. Que le salieron de esa cabeza que, como le dijo un día a El País, “Me funciona: la tengo tan mal como siempre”. (La sabiduría siempre sonríe: Ana María Matute en noviembre de 2010 /REUTERS) [...] 2. “La infancia es el periodo más largo de la vida”. 3. “Ser vieja no está tan mal, la gente te perdona todo” [...] 4. “El mundo hay que fabricárselo uno mismo, hay que crear peldaños que te suban, que te saquen del pozo. Hay que inventar la vida porque acaba siendo verdad”. 5. “Nunca me he aburrido. En esta vida lo he podido pasar muy mal… y también lo he pasado muy bien. ¡Uf! Pero aburrirme, jamás”. 6. “El Quijote es el primer libro con el que he llorado, con la muerte del Quijote, por todo lo que significa: El dejar que la locura desaparezca. Eso es terrible. El triunfo de la sensatez” [...] 7. “Escribir para mí no es una profesión, ni siquiera una vocación. Es una manera de estar en el mundo, de ser, no se puede hacer otra cosa. Se es escritor. Bueno o malo, ya es otra cuestión”.[...] 10. “La ilusión por la vida nos hace soportar la proximidad de la muerte” [...] 13. “El dolor es más llamativo que la felicidad”. 14. “El tiempo lo cura todo, pero también lo quema todo. Lo bueno y lo malo. Te arranca de la memoria cosas que quisieras tener ahí. El tiempo se lo lleva” [...] 16. “Si no hubiese podido participar en el mundo de los cuentos y si no hubiese podido inventarme mis propios mundos, me habría muerto”.[...] 18. “Nunca me he desprendido de la infancia, y eso se paga caro. La inocencia es un lujo que uno no se puede permitir y del que te quieren despertar a bofetadas” [...] (Disponible en: http://elpais.com/elpais/2014/06/25/icon/1403703145_880287.html. Adaptado) 9. Decir de alguien que “Hoy toca quitarle la razón” expresa que habrá que a) animarle. c) elogiarle. e) perjudicarle. b) contradecirle. d) engañarle. 10. Cuando Ana María Matute dice que “La infancia es el periodo más largo de la vida”, se afirma de la infanc ia que es a) algo a lo que no se le da la debida importancia. b) el periodo de mayor libertad de la vida. c) el periodo más duradero de la vida. d) un periodo muy difícil de aguantar. e) un tiempo en el que pasan demasiadas cosas. 11. La escritora, al decir que “hay que crear peldaños que te suban, que te saquen del pozo”, intenta transm itir que a) es preciso hacer algo para superar los momentos malos. b) hay que saber conformarse y no desesperar. c) hay que ser prudente ante las dificultades de la vida. d) no hay que dejarse vencer por la ansiedad. e) se debe intentar aceptar los fracasos sin desanimar. 12. Cuando Ana María Matute afirma “Nunca me he aburrido”, expresa que nunca se a) aborreció. c) disgustó. e) ha entediado. b) ha enfadado. d) ha enojado. 2º dia 20
  21. 21. VESTIBULAR 13. En relación a las siguientes deducciones referidas a las frases de Ana María Matute en el Texto 2. I. Al leer El Quijote lloró la desaparición de la locura. II. Cree que el tiempo juega un papel importante en la vida. III. Piensa que escribir sirve para iludirse en la vida. IV. Experimenta que ser persona de edad es muy fastidioso. V . Evalúa que vivir con ilusión sirve de ayuda ante la muerte. Indique la alternativa que incluye sólo ítens en que las afirmaciones se corresponden con el contenido del Texto 2. a) I, II y III. c) I, II y V. e) II, IV y V. b) I, II y IV. d) II, III y IV. 14. Las frases de Ana María Matute muestran que ella a) escribe porque es famosa y le da dinero. d) se confiesa una persona alienada. b) no les atribuye cualquier valor a los cuentos. e) tiene especial aprecio por la infancia. c) se ve como alguien sola e infeliz. 15. En la frase “Escribir para mí no es una profesión, ni siquiera una vocación”, el uso de “ni siquiera” conlleva una instrucción de sentido de que, en una escala valorativa, el contenido que le sigue, si compa rado con el que le precede a) equivale a su negación. c) es más importante. e) viene a ser su reafirmación. b) es igual de importante. d) es menos importante. Texto 3 (preguntas de 16 a 20) El fútbol gana por goleada El Mundial avanza con buen juego, un duelo estelar Messi-Neymar, una catarata de goles, emociones, controversias, tregua en las calles y fiesta en las gradas (JOSÉ SÁMANO Rio de Janeiro 25 JUN 2014 - 22:31 CET8 Un niño frente a un pabellón de una Fan Fest en la playa de Copacabana. / MARIO TAMA - G ETTY IMAGES) En el bullicioso Brasil nada es anodino, y mucho menos este Mundial con sobrecarga de emociones, sorpresas, despedidas, goles y más goles, controversias y hasta mordiscos. El fútbol se ha impuesto al caos que se vaticinaba. Hasta hoy, tregua en las calles y festividad en los estadios, donde se dejan notar las hinchadas sudamericanas, siempre tan febriles, que tienen motivos de sobra para tirar cohetes. América, de momento, se impone con creces a Europa, y ya se anuda la garganta al vislumbrar un reto en la cumbre entre Neymar y Messi, protagonistas con cuatro goles ya cada uno. Tras el despegue de Leo ante Nigeria, un reclamo mundial para el torneo, un duelo soñado por los rectores del tinglado y toda la periferia de negociantes. Un pulso al que no daría la espalda la gente en general, localismos al margen. Brasil ya tiene un aliciente universal. Neymar está y Messi llegó ayer. [...] (Disponible en: http://deportes.elpais.com/deportes/2014/06/25/mundial_futbol/1403728288_704866.html. Adaptado) 2º dia 21
  22. 22. VESTIBULAR 16. La presentación del texto (título, imagen y sus respectivos comentarios) nos anticipa que el texto tratará del a) fútbol como deporte victorioso cuando comparado con los demás. b) histórico de goleadas habidas en la historia del fútbol mundial. c) histórico goleador del equipo de fútbol de Brasil. d) resultado goleador habido en los partidos de fútbol del Mundial de Brasil. e) victorioso Mundial de fútbol de Brasil como acontecimiento social. 17. En “Hasta hoy, tregua en las calles y festividad en los estadios”, podemos observar que “hasta hoy” representa la expresión de un ámbito a) espacial determinado. b) espacial indeterminado. c) espacial y temporal determinados. d) espacial y temporal indeterminados. e) temporal determinado. 18. En “Hasta hoy, tregua en las calles y festividad en los estadios, donde se dejan notar las hinchadas sudamericanas, siempre tan febriles”, la palabra “hinchadas” hace referencia a a) aficiones entusiastas. b) carteles deportivos. c) colectivos de trabajadores. d) fuerzas de seguridad. e) instrumentos de animación. 19. En “las hinchadas sudamericanas, siempre tan febriles, que tienen motivos de sobra para tirar cohetes” se razona que se justifica que estén a) deprimidas. b) enfermas. c) esperanzosas. d) jubilosas. e) indiferentes. 20. En “América, de momento, se impone con creces a Europa, y ya se anuda la garganta al vislumbrar un reto en la cumbre entre Neymar y Messi” se nos transmite un mensaje de que se perfila un (una) a) emocionante desafío futbolístico del más alto nivel. b) encuentro deportivo de interés creciente. c) peligroso partido de fútbol. d) confrontación de futbolistas no deseada. e) competición en el mejor de los estadios. 2º dia 22
  23. 23. VESTIBULAR BIOLOGIA 1. Maria, uma mergulhadora iniciante, em jejum, resolveu fazer um percurso mais longo que o de costume nos naufrágios da costa pernambucana e assustou-se com um tubarão. Na ocasião, reteve a respiração por um tempo prolongado, seguida de inspirações rápidas. Após algum tempo, sinalizou para José, seu companheiro, que precisava subir. José, mais experiente, ficou preocupado, pois ela poderia desmaiar. José pensou nessa possibilidade, porque a) a hiperventilação, provocada pelas inspirações curtas e retenção de ar, aumenta a concentração de O2, fazendo o sistema nervoso diminuir o número de ventilações, resultando em uma parada de quase todas as reações metabólicas, visto que o O2 é o produto final dessas reações. b) uma vez no sangue, o O2 se combina com a hemoglobina, sendo levado ao coração, onde é bombeado para todos os tecidos. O CO2 é metabolizado juntamente com a glicose para a produção de energia e síntese de ATP, e o O2, produto desse metabolismo, passa das células para o sangue, retornando, em seguida, ao pulmão, a fim de ser distribuído para as células. c) o principal estímulo respiratório não é o excesso de CO2, mas a falta de O2, pois os íons de bicarbonato ativam quimiossensores, que comandam os impulsos nervosos no bulbo raquiano, o que pode levar ao desmaio. d) a pressão sobre o tórax dificulta a difusão de gases nos alvéolos pulmonares, aumentando a concentração de CO2 no sangue e diminuindo a de O2. Isso compromete a respiração celular, a qual necessita de glicose e O2, visando à transformação de energia e síntese de ATP para o metabolismo celular. e) no processo de respiração externa, o ar alveolar não é trocado completamente por um novo ar, apenas parte dele. O ar inalado passa, respectivamente, pela boca ou nariz, brônquios, bronquíolos, traqueia, até chegar aos alvéolos, que perdem continuamente CO2 para o sangue, o qual é substituído pelo O2, que se difunde do sangue para os alvéolos. 2. Leia o texto a seguir: “...Com sua teoria dos micróbios como agentes causadores de doenças e seus preceitos antissépticos, suas vacinas e seu tratamento inovador contra a raiva (que salvou vidas que, do contrário, estariam perdidas), Pasteur não só revolucionou a medicina como se tornou um benfeitor da humanidade. Foi ele, ainda, o principal responsável pela refutação definitiva da teoria da geração espontânea...” Fonte: Silva, Elias O. Conversando sobre Ciência. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2013. 299p. Adaptado. Assinale a alternativa que aponta qual experimento e sua respectiva conclusão foram responsáveis pela oposição e refutação da geração espontânea. a) O experimento com balões do tipo pescoço de cisne mostrou que um líquido fervido mantém a “força vital”. Nesse caso, as gotículas de água acumuladas nesse pescoço retêm os micróbios contidos no ar atmosférico que penetram no balão. b) O experimento com balões do tipo pescoço de cisne mostrou que um líquido fervido perde a “força vital”, pois, quando o pescoço do balão é quebrado, após a fervura desse líquido, surgem seres vivos. c) O experimento com balões de vidro fechados com rolhas mostrou que um líquido fervido está isolado do ar atmosférico. Nesse caso, um líquido fervido não perde a “força vital”, sendo responsável pelo surgimento de novas formas vivas. d) O experimento com balões de vidro hermeticamente fechados mostrou que um líquido fervido, por duas vezes, destrói a “força vital” e torna o ar desfavorável ao aparecimento de vida. e) O experimento com balões de vidro com gargalos derretidos no fogo mostrou que um líquido fervido por muito tempo mantém a “força vital”, reestabelecida pela entrada de ar fresco, mas torna o ar desfavorável ao aparecimento de vida. 3. “Planta no quarto não mata ninguém: - Se fosse, não haveria um índio vivo na Floresta Amazônica”, argumenta o botânico Gilberto Kerbauy, da Universidade de São Paulo. Essa afirmativa baseia-se na seguinte crença: (Disponível em: http://super.abril.com.br/cotidiano/planta-quarto-nao-mata-ningue,-437671.shtml) a) As plantas consomem o gás carbônico durante o processo de respiração, diminuindo-o da atmosfera. b) À noite, as plantas consomem oxigênio no processo de respiração, deixando-o rarefeito no quarto. 2º dia 23
  24. 24. VESTIBULAR c) No processo de fotossíntese, as plantas consomem oxigênio e água, deixando o ar mais seco. d) As plantas produzem gases e toxinas à noite para repelir insetos predadores, intoxicando o ambiente. e) No processo de respiração, as plantas consomem gás carbônico e eliminam oxigênio que, em excesso, pode causar danos ao sistema nervoso. 4. Leia o texto e observe a imagem a seguir: Entre os mil genes, aproximadamente, que em camundongos abrigam o código para receptores de odorantes (são cerca de 400 em humanos), apenas um está ativo num determinado neurônio, e apenas uma das duas cópias do gene, ou alelos, está ativa. Essa especialização é essencial para o mapeamento dos odores no cérebro – todos os neurônios, que têm sua superfície salpicada por um determinado tipo de receptor, mandam projeções para uma mesma região do cérebro, que reconhecerá o aroma correspondente. Para entender a regulação dos genes responsáveis pela construção dos receptores para moléculas de odor, é necessário analisar, no núcleo dos neurônios, o local onde o material genético tem uma organização espacial precisa, a cromatina, na qual se localizam as duas cópias de cada gene. A heterocromatina constitutiva, concentrada no miolo do núcleo, abriga, pelo menos, um dos alelos em grande parte das células. A heterocromatina facultativa, que, nos neurônios do olfato, também se concentra numa área central do núcleo, compõe uma estrutura em forma de chapéu, em torno da constitutiva. Assim, a organização das heterocromatinas e da eucromatina pode ser diferente para cada tipo de célula, com um impacto importante na atividade genética. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2014/06/16/dimensoes-olfato. Adaptado. Essas informações apontam para aspectos relacionados à regulação dos odores. É CORRETO afirmar, nos termos do texto e com base na figura, que a) a forma tridimensional do material genético determina, a cada ciclo celular de cada neurônio olfatório, a formação de diferentes tipos de receptores para moléculas odorantes. b) a inatividade da eucromatina e a atividade da heterocromatina constitutiva determinam quais RNA transportadores formarão as proteínas receptoras específicas para cada neurônio olfatório. c) a organização da cromatina é responsável pela capacidade de cada neurônio olfatório produzir, apenas, um tipo de receptor para moléculas odorantes. d) cada neurônio olfatório tem, na superfície celular, uma grande diversidade de receptores, capazes de reconhecer moléculas em seu entorno, determinados pela grande compactação da heterocromatina facultativa dos autossomos. e) no núcleo dos neurônios olfatórios, os cromossomos metafásicos permitem o acesso à transcrição de um dos alelos, de forma aleatória, a cada formação de RNA mensageiros. 2º dia 24
  25. 25. VESTIBULAR 5. Observe os trechos da música a seguir: Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha? Cocoricó Quem sabe me responde, quem não sabe advinha. Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha? ...Quem acha que foi o ovo levanta a mão e canta assim. Era uma vez um ovo ... de repente, "creck-creck" se quebrou e lá de dentro saiu, ... um bichinho amarelinho que comeu ... cresceu ... até se transformar...numa galinha.... A minha vida começou dentro de um ovo. Por isso eu canto assim: O ovo veio antes de mim. Ah é? ...Mas quem colocou esse ovo que veio antes de você, hein? Uma galinha... ...Quem acha que foi a galinha levanta a mão, e canta assim. Era uma vez uma galinha ... que ... pôs um ovo e delicadamente sentou em cima, ...chocou, chocou, até que, um dia, "creck-creck", ele quebrou. Daí pra frente a história continua ... Galinha que nasce do ovo que nasce da galinha, que nasce do ovo da galinha. Oh! Dúvida cruel. Quem pôs o primeiro ovo, ninguém sabe, ninguém viu... Disponível em: http://letras.mus.br/cocorico/1635028. Adaptado Em relação à pergunta da música, colocada em termos científicos “Quem surgiu primeiro na evolução dos vertebrados terrestres, o ovo ou as aves?,” é CORRETO afirmar que a) os peixes punham ovos de dois tipos: centrolécito e telolécito amniótico; estes últimos permitiram a conquista da terra, por possuírem uma casca espessa; assim, o ovo veio primeiro. b) os anfíbios botavam ovos isolécitos amnióticos com casca e o suprimento líquido necessário para o desenvolvimento embrionário; assim, o ovo veio primeiro. c) os répteis surgiram com uma nova espécie de ovos telolécitos, contendo membranas embrionárias amnióticas complexas, que deixavam o ar entrar e sair, mas não a água; assim, o ovo veio primeiro. d) as aves sofreram mutação em seus ovos, passando de centrolécito para heterolécito do tipo amniótico e podiam ser postos em terra; assim as aves vieram primeiro. e) as aves desenvolveram ovos do tipo alécitos amnióticos, tornando possível o surgimento dos mamíferos, parentes próximos dessas, visto também serem homeotermos; assim, as aves vieram primeiro. 6. Nos animais vertebrados, há quatro grandes grupos de tecidos: conjuntivo, muscular, nervoso e epitelial, representados pelas figuras a seguir: Em relação aos tecidos e suas funções, foram elaboradas algumas afirmativas. Analise-as. I. A figura I representa o tecido muscular que possui como uma de suas funções o amortecimento de impacto. II. A figura II representa o tecido epitelial, que tem como função o revestimento da superfície externa e de diversas cavidades internas do organismo. III. A figura III representa o tecido conjuntivo, que possui como função unir outros tecidos, dando-lhes sustentação. IV. A figura IV representa o tecido nervoso que tem como uma de suas funções dar estrutura ao cérebro. Está CORRETO, apenas, o que se afirma em a) II e III. c) II. e) I, II e IV. b) I, II e III. d) III e IV. 7. O professor de Biologia de um colégio realizou uma excursão com os estudantes do 2º ano do Ensino Médio à Praia Ponta de Serrambi. Para isso, ele planejou que, na atividade de campo, os estudantes pudessem identificar e classificar os organismos presentes nos recifes de arenito, apresentados nas imagens a seguir: 2º dia 25
  26. 26. VESTIBULAR 1 Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/module s/mylinks/viewcat.php?cid=0&letter=C&min=1 830&orderby=titleA&show=10. Adaptado 2 Disponível em: http://www.klickeducacao.com.br/enciclo/enciclover b/0,5977,POR-11098,00.htm 3 Disponível em: https://www.e-education. psu.edu/earth103/node/722 4 Disponível em: http://www.arkive.org/siderastrea/siderastrea-stellata Com base nas imagens (1, 2, 3 e 4), assinale a alternativa CORRETA. a) 1- Molusco; 2- Alga; 3- Cnidário; 4- Crustáceo. b) 1- Crustáceo; 2- Cnidário; 3- Molusco; 4- Equinodermo. c) 1- Equinodermo; 2- Esponja; 3- Cnidário; 4- Alga. d) 1- Molusco; 2- Cnidário; 3- Equinodermo; 4- Porífero. e) 1- Crustáceo; 2- Porífero; 3- Alga; 4- Cnidário. 8. Leia o texto a seguir: De acordo com o veterinário Rogério de Holanda, o Brasil está tomado pela Leishmania. “Na praia de Tamandaré, no ano passado, 98% dos cachorros de rua estavam infectados, e o protocolo de prevenção para esses casos, estimulado pelas autoridades, é o mesmo para a raiva, por meio da eutanásia animal”, disse o veterinário. “Falta interesse para uma outra solução, já que uma vez iniciado o tratamento, os riscos de contaminação para os humanos são mínimos”, lamentou”. Disponível em: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/pecao/2014/02/18/interna_pecao,490161/casos-de-leishmaniose-em-animais-crescem-durante-o- verao.shtml. Adaptado. Com relação à Leishmaniose, analise as afirmativas a seguir: I. Classificada como uma zoonose infectocontagiosa, é transmitida ao homem, principalmente por cães e roedores, reservatórios considerados mais preocupantes por causa da relação estabelecida entre estes e os humanos. II. É uma zoonose emergente, fruto das relações humanas com o ambiente, cujo crescimento é decorrente de diversos fatores, entre eles, o processo de desmatamento e urbanização desordenado. III. Como toda zoonose, a intensidade com que a doença atinge o homem depende, principalmente, das alterações do ambiente natural, comportando-se de forma endêmica, em áreas recém-desmatadas. IV. Causada por protozoários da espécie Lutzomyia sp, é apontada, também, como uma doença parasitária, uma vez que se relaciona com a precariedade das condições socioeconômicas, tais como saneamento e água inadequados nos domicílios. V. Os parasitas L. braziliensis e L. chagasi, agentes etiológicos da leishmaniose tegumentar americana e leishmaniose visceral ou calazar, respectivamente, se multiplicam no interior das células, que fazem parte do sistema de defesa do indivíduo, denominadas macrófagos. Está CORRETO, apenas, o que se afirma em a) I, II e V. b) I, III e IV. c) II e V. d) II, III e V. e) III e IV. 2º dia 26
  27. 27. VESTIBULAR 9. Pesquisadores de Pernambuco notificaram um surto de esquistossomose aguda na praia de Porto de Galinhas (PE) em 2000, quando 662 pessoas tiveram diagnóstico positivo. A infecção humana em massa ocorreu no feriado de 7 de setembro, quando chuvas pesadas provocaram a enchente do rio Ipojuca que invadiu as residências. A maioria dos casos agudos foi em residentes locais que tiveram exposição diária às cercarias durante três semanas, até que as águas baixassem. (Fonte: BARBOSA, C. S. et al. 2001. Epidemia de esquistossomose aguida na praia de Porto de Galinhas. Pernambuco, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, H(3): 725-728, mai-jun, 2001.) Após análise dos resultados, os pesquisadores levantaram algumas hipóteses, sendo a mais plausível para explicar o surto a seguinte: a) Caramujos de Biomphalaria glabrata foram trazidos pelas enchentes, colonizando as margens do estuário e áreas alagadas das residências. Cercarias presentes no ambiente penetraram no caramujo, desenvolvendo-se até a fase adulta. O consumo de caramujos do mangue levou à contaminação das pessoas. b) As pessoas foram infectadas diretamente pelo platelminto parasita Schistosoma mansoni através da ingestão da água contaminada, durante a enchente. c) O estabelecimento de residências nessas áreas exigiu uma quantidade considerável de areia tanto para aterros como para a preparação das massas utilizadas na construção. Essa areia, procedente de leitos de rios, pode ter sido o veículo que introduziu a espécie Biomphalaria glabrata na localidade. d) Após a enchente, o terreno das casas e a areia da praia foram infestados por Schistosoma mansoni, e o contato com a pele permitiu a contaminação das pessoas. A fase larval da espécie está relacionada, diretamente, à falta de saneamento básico. e) As larvas de Schistosoma mansoni infectaram animais domésticos, como porcos, e as fezes, em contato com a pele humana, permitiram a contaminação das pessoas após a enchente do rio Ipojuca. 10. A cortiça é um tecido vegetal impermeável e flexível ao mesmo tempo, com estrutura que pode ser comprimida até a metade do seu volume, sem perder sua elasticidade. É amplamente utilizada para a produção de rolhas na vedação do vinho engarrafado. A cortiça só pode ser retirada de árvores com idade entre 25 e 30 anos e, após essa primeira extração, apenas a cada 9 anos, será possível sua retirada novamente. O principal país produtor da cortiça é Portugal, pois a árvore, que a origina, é muito comum no sul do país, principalmente na região de Alentejo. Qual tecido da planta fornece matéria-prima para produzir rolhas de cortiça? a) Lenho b) Esclerênquima paliçádico c) Colênquima d) Feloderme e) Súber (Disponível em: http://www.cafeportugal.net/pages/dossier_artigo.aspx?id=3317) 11. Um naturalista amador, interessado por plantas, poderia iniciar seus estudos com as Angiospermas, por causa da ampla distribuição de espécies no mundo. Algumas características permitem dividi-las em duas classes. Assim, o naturalista poderia explorar um fruto, cortando-o ao meio e procurando o número de cotilédones, dois ou um, dicotiledônea ou monocotiledônea, respectivamente. Além dessas características, outras diferenças podem ser observadas na tabela a seguir: Característica Dicotiledônea Monocotiledônea I. Tipo de nervação foliar Nervuras paralelas Nervuras reticuladas II. Distribuição dos vasos no caule Feixes liberolenhosos dispostos em círculo Feixes liberolenhosos espalhados III. Tipo de raiz Raiz pivotante Raiz fasciculada IV. Tipo de flor Elementos florais geralmente em números múltiplos de quatro ou cinco Elementos florais geralmente em números múltiplos de três 2º dia 27
  28. 28. VESTIBULAR Estão CORRETAS as características estampadas na tabela em a) I e III, apenas. c) I, II, III e IV. e) II, III e IV, apenas. b) II, apenas. d) II e IV, apenas. 12. O professor de Biologia levou para a sala de aula quatro exemplares de animais aquáticos, com a finalidade de os estudantes conhecerem mais sobre esses animais. Para isso, distribuiu entre as equipes informações sobre os filos desses animais e solicitou que elas lessem e anotassem as características deles. Na elaboração, os estudantes descreveram os seguintes aspectos: Exemplar 1: Eumetazoário, prostostômio, triploblástico, esquizocelomado, bilatério. Pode ser de vida livre (errante) e séssil (fixado); carnívoro ou filtrador. Apresenta tubo digestivo completo e digestão extracelular. Corpo alongado e cilíndrico com segmentações externa e interna bem nítidas. Apresenta reprodução sexuada e reprodução assexuada. Apresenta desenvolvimento indireto, é dioico e de fecundação externa. Exemplar 2: Eumetazoário, deuterostômio, triploblástico, enterocelomado, bilatério. De vida livre, pelágico e nectônico. Apresenta tubo digestivo completo e digestão extracelular. É predador ativo, alimentando-se, sobretudo, de invertebrados e pequenos peixes ósseos. É vivíparo, apresenta sexo separado, desenvolvimento direto e fecundação interna. Exemplar 3: Parazoário, diploblástico, radiado ou assimétrico. É animal séssil e pode viver isoladamente ou em colônia. Não apresenta sistema digestivo, entretanto, digestão intracelular. É animal filtrador, embora existam espécies carnívoras. Apresenta reprodução sexuada e assexuada. Há espécies monoicas (a maioria) e dioicas. Apresenta fertilização interna ou externa. Exemplar 4: Eumetazoário, prostostômio, diploblástico, esquizocelomado, radiado. Algumas espécies estão aderidas a um suporte, ao passo que outras são de natação livre. É carnívoro, alimenta-se de pequenos peixes e zooplâncton. A reprodução pode ser tanto sexuada como assexuada, dependendo da espécie. Há espécies dioicas e monoicas. Apresenta fertilização interna ou externa, com ou sem incubação (dentro ou fora do corpo). Com base na descrição dos exemplares 1, 2, 3 e 4, assinale a alternativa que identifica, CORRETA e respectivamente, os animais. a) Anfioxo, tubarão, anêmona-do-mar e esponja. b) Poliqueta, tubarão, esponja e anêmona-do-mar. c) Anêmona-do-mar, tubarão, ostra e esponja. d) Anêmona-do-mar, tubarão, ostra e anfioxo. e) Ouriço-do-mar, tubarão, coral, anêmona-do-mar. 13. Leia o texto a seguir: Utilizando os conhecimentos da Biologia com relação à glândula tireoide, analise as afirmativas a seguir: I. A síntese e a liberação dos hormônios tiroxina e triiodotironina ocorrem por um mecanismo de feed-back – negativo, regulado por um suprimento adequado de iodo na dieta alimentar e por estímulo do hormônio TRH, produzido pela hipófise e secretado pelo hipotálamo. II. A carência nutricional de iodo pode determinar a redução na produção de tiroxina, a elevação da concentração de tireotrofina e o aumento de volume da tireoide. Isso leva ao bócio endêmico, que é hipertrofia da glândula tireoide. III. A tireoide tem origem no folheto embrionário endoderme, associada à parte da faringe do tubo digestivo e corresponde à primeira glândula a ser formada após a fertilização. IV. Quando as concentrações dos hormônios tiroxina e triiodotironina estão elevadas, há um aumento na produção de TRH e de TSH, levando a célula folicular da tireoide a reduzir tanto a captação de iodo como a liberação de vesículas de tireoglobulina. V. A tireoide secreta calcitonina quando há elevação do nível de cálcio no sangue. Esse hormônio promove a liberação de cálcio dos ossos para o sangue, inibindo a absorção desse material pelo intestino e sua eliminação pelos rins. 2º dia 28
  29. 29. VESTIBULAR Está CORRETO, apenas, o que se afirma em a) I, II e III. c) II e III. e) III, IV e V. b) I e IV. d) II, III e V. 14. O papiloma vírus humano (HPV) é o principal causador do câncer de colo do útero, enfermidade considerada um dos principais problemas de saúde pública do Brasil. Em Recife, esse tipo de câncer tem colocado o estado de Pernambuco em evidência mundial, principalmente pelo elevado número de casos registrados e por ser a terceira neoplasia mais comum entre mulheres. Atualmente, para prevenir e ou reduzir a mortalidade por essa doença, o Ministério da Saúde resolveu imunizar jovens na faixa entre 11 e 13 anos de idade. (Diário de Pernambuco, 11/03/2014. Disponível em: http://monsystemeimmunitaire.fr/etiquette/cancer. Adaptado) Assinale a alternativa CORRETA, com base no conhecimento sobre o papiloma vírus humano. a) São vírus de DNA de dupla fita, ou seja, adenovírus, que provocam o aparecimento de verrugas de coloração rosada, úmidas e macias, de aspecto semelhante à couve-flor tanto no órgão sexual do homem quanto no da mulher. b) Pode ser transmitido indiretamente pelo contato com a pele ou mucosa contaminada, durante a relação sexual, ou pela contaminação por meio de objetos como toalhas, roupas íntimas, vasos sanitários ou banheiras. c) São vírus heterogêneos capazes de multiplicarem-se e de alterarem o seu genoma no interior da célula hospedeira, a partir dos seus processos metabólicos, recodificando sua própria replicação. d) Tem um ciclo biológico no qual as partículas virais penetram inicialmente, nas células da camada profunda da pele ou das mucosas que são células mais diferenciadas do epitélio escamoso e que não têm atividade mitótica. e) Nos seus estágios de ativação, pode replicar-se e permanecer em sítio primário, ou pode trilhar outros caminhos, tais como causar o condiloma, doença que, nos seres humanos, pode se expressar de forma assintomática, após o contato inicial. 15. O tomate Solanum lycopersicum tem 12 pares de cromossomos, e sua flor é hermafrodita, ocasionando percentual de cruzamento natural inferior a 5%. A geração parental foi submetida a cruzamento por meio de uma polinização cruzada artificial, utilizando a parte feminina da flor de uma planta selvagem para cruzamento com a parte masculina de outra, com características recessivas, resultando em uma F1 duplo-heterozigota. No quadro a seguir, observamos: a representação esquemática do cromossomo 2 de tomate com dois genes, seus respectivos alelos e características fenotípicas; os resultados da prole de um cruzamento de tomates duplo-heterozigotos (F1) com duplo-homozigotos. PERCENTUAL F2 FENÓTIPO 41% Fruto vermelho e flor amarela 41% Fruto amarelo e flor branca 9% Fruto vermelho e flor branca 9% Fruto amarelo e flor amarela (Griffiths et al., 2008. Introdução à genética. 9ª Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. Adaptada) Com base nessas informações, conclui-se que a) o cruzamento-teste de plantas duplo-heterozigotas F1 mostra a formação de quatro tipos de gametas em proporções esperadas para uma distribuição do tipo independente. b) o desvio nas proporções ocorre por causa da ligação entre o gene para a cor do fruto e o gene para a cor das flores que distam 9% centimorgans. c) o resultado de gametas apresentado para a prole F2 configura arranjo do tipo trans para o cromossomo 2 dos indivíduos da F1. d) os gametas portadores dos alelos R/Wf e r/wf ocorrem em percentual maior que os não parentais R/wf e r/Wf, evidenciando a ligação. 2º dia 29
  30. 30. VESTIBULAR e) parte da prole F2 mostra fenótipo recombinante em maior frequência, indicando que os alelos dos dois genes se recombinaram na F1, e a distância entre eles é de 18% unidade de recombinação. 16. A figura a seguir mostra imagens de um experimento utilizando técnicas de DNA recombinante. Observe-a. 1 3 4 6 2 5 (Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2014/02/12/teias-de-laboratorio. Adaptado) O texto, a seguir, descreve as seis etapas, identificadas com algarismos romanos, do processo de produção do biopolímero, imitando teias de aranha. (I) Pesquisadores da Embrapa isolaram os genes das glândulas de seda de cinco espécies de aranhas da biodiversidade brasileira. (II) Por meio de análises moleculares, bioquímicas, biofísicas e mecânicas, estudaram esses genes e suas funções e construíram sequências sintéticas de DNA para a produção de fios. (III) Os genes modificados foram clonados e introduzidos no genoma de bactérias Escherichia coli, programadas para atuar como biofábricas. (IV) As bactérias transgênicas Escherichia coli passaram a produzir, em larga escala, as proteínas recombinantes, que formam os fios das aranhas. (V) O passo seguinte consistiu na extração das proteínas. Para isso, a massa de bactérias foi diluída em meio líquido e purificada para a separação das proteínas do restante do material. (VI) Com o auxílio de uma seringa, que imita o órgão das aranhas responsável pela fabricação do fio, eles utilizaram as proteínas para produzir os fios sintéticos em laboratório. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2014/02/12/teias-de-laboratorio. Adaptado Sobre isso, correlacione as etapas citadas no texto com as figuras enumeradas acima e assinale a alternativa que indica a CORRETA correspondência. a) I e 1; II e 6; III e 3; IV e 4; V e 5; VI e 2. b) I e 2; II e 6; III e 3; IV e 5; V e 4; VI e 1. c) I e 3; II e 2; III e 5; IV e 4; V e 6; VI e 1. d) I e 4; II e 1; III e 3; IV e 6; V e 5; VI e 2. e) I e 5; II e 2; III e 3; IV e 4; V e 6; VI e 1. 2º dia 30
  31. 31. VESTIBULAR 17. Leia o texto a seguir: O gene chamado Taqpep regula os padrões de cor no corpo de felinos e se manifesta – com (guepardo real - tt) ou sem mutação (guepardo pintado - TT) – quando o animal ainda está no útero. Posteriormente, o gene Edn3 controla a cor do pelo e induz à produção de pigmento escuro (manchas, pintas e listras) nas áreas preestabelecidas pelo Taqpep, importante para camuflagem no ambiente, podendo favorecer ou desfavorecer a adaptação dessa espécie. Em uma população de 100 guepardos, os genótipos estão distribuídos da seguinte forma: 36 são TT, 16 são tt e 48 são heterozigotos Tt. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2012/09/20/mutação-gera-padrão-em-espiral- no-pelo-de-gatos-e-guepardos/ 1/2. Adaptado. Em relação a essas informações, é CORRETO afirmar que a) as frequências alélicas e genotípicas dessa população felina são, respectivamente, p2=0,36, 2pq=0,48 e q2=0,16 e p=0,6 e q=0,4. b) nessa população de guepardos, as frequências gênicas se manterão de forma constante, indefinidamente, visto não haver nenhum fator evolutivo em ação. c) nesse exemplo, o fator que impede a manutenção do equilíbrio de Hardy-Weinberg é a deriva em razão do grande tamanho populacional dos guepardos reais. d) o processo pelo qual um alelo se transforma em outro, a mutação, pode afetar o equilíbrio gênico dessa população de guepardos. e) os genes citados no texto exemplificam a ação de alelos, localizados nos mesmos locos de cromossomos distintos que agem conjuntamente na determinação do equilíbrio de Hardy- Weinberg. 18. Observe as imagens a seguir: (Disponível em: http://vedrossi.com.br/quem-e-a-mulher-estampada-em-nosso-dinheiro) Trata-se do verso das cédulas do real atualmente em circulação. Nessas cédulas, observam-se figuras de animais que foram escolhidos em homenagem à fauna brasileira, demonstrando sua diversidade e riqueza. Com relação às características taxonômicas e ecológicas desses animais, analise as afirmativas a seguir: I. A cédula de 1 real apresenta a imagem de um animal que tem hábito diurno e noturno e uma dieta alimentar à base de néctar e pequenos insetos, logo, é considerada uma espécie onívora. II. Na cédula de 2 reais, tem-se a imagem da tartaruga de pente, espécie onívora, exclusiva do ecossistema marinho, cujo habitat natural são os recifes de coral e águas costeiras rasas, como estuários e lagoas, podendo ser encontrada, ocasionalmente, em águas profundas. III. Nas cédulas de 5 e 10 reais, podem ser visualizadas, respectivamente, imagens de animais onívoros, de hábitos diurnos que podem viver solitariamente ou andar em pares ou bandos, na época da reprodução. No Brasil, podem ser encontrados em várias regiões, entre elas, o Pantanal, área de transição entre dois biomas. IV. Na cédula de 20 reais, tem-se a imagem de uma espécie onívora, endêmica do Brasil. Sua distribuição geográfica se restringe ao estado do Rio de Janeiro, exclusiva do bioma Mata Atlântica; tem hábito diurno e vive em bandos. 2º dia 31
  32. 32. VESTIBULAR V. Na cédula de 50 reais, observa-se a onça pintada, animal carnívoro, de hábito noturno, encontrado, preferencialmente, na Amazônia e no Pantanal. Nele pode ocorrer o fenômeno de melanismo. Na cédula de 100 reais, pode ser visualizada a imagem da garoupa verdadeira, peixe carnívoro predador de espreita e habito alimentar necto-bentônico, encontrado em fundos coralíneos e rochosos. Estão CORRETAS a) I, II e III. b) I, III e IV. c) I, IV e V. d) II, III e V. e) II, IV e V. 19. Em Fernando de Noronha, uma espécie de leguminosa, denominada cientificamente de Leucaena leucocephala, foi introduzida na ilha como alimento para o gado, na década de 40. Hoje, ela está presente em aproximadamente 50% da ilha, ameaçando a vegetação nativa. Essa espécie pode ser classificada como a) daninha. b) sucessora. c) introdutória recente. d) exótica invasora. e) pioneira sucessora. 20. Leia o texto a seguir: O químico norte-americano Charles David Keeling (1928-2005) dedicou sua vida profissional à medição dos níveis de gás carbônico no ambiente, iniciada em 1954, ajudando a implantar, anos depois, um sistema de monitoramento da concentração desse gás em todo o planeta. A representação gráfica desses resultados é conhecida como curva de Keeling, em homenagem ao trabalho perseverante do cientista. Fonte: LOPES, Sônia; ROSSO, Sérgio. Conecte Bio 1. Editora Saraiva. Adapatado (Disponível em: http://blogs.estadao.com.br/herton-escobar/dioxido-de-carbono-atinge-marca-perigosa-na-atmosfera. Adaptado) Sabe-se hoje que o CO2 é um dos principais gases do Efeito Estufa e um dos responsáveis pelas Mudanças Climáticas. Considerando essa premissa e com base no texto e no gráfico, é CORRETO afirmar que o aumento detectado pelo cientista é oriundo, principalmente, de a) queima dos combustíveis fósseis. b) flatulências de bovinos e ovinos. c) respiração/fotossíntese da floresta amazônica. d) erupções vulcânicas. e) aumento do consumo de fertilizantes. 2º dia 32
  33. 33. VESTIBULAR MATEMÁTICA 1. O professor Cláudio prestou um serviço de consultoria pedagógica. Sabendo-se que sobre o valor bruto a receber incidiram os descontos de 11% do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Nacional) e 7,5% do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física), e que o valor descontado de INSS foi de R$ 105,00 a mais que o IRPF, qual o valor líquido recebido por Cláudio? 2. Uma campanha entre microempresas, para ajudar o Hospital do Câncer, arrecadou R$ 16 500,00. A primeira microempresa, a menor entre elas, doou a quantia de R$ 350,00; a segunda doou R$ 50,00 a mais que a primeira, e cada uma das microempresas seguintes doou R$ 50,00 a mais que a anterior. 3. A figura a seguir representa a vista de cima de uma cisterna cilíndrica. Os pontos A e B indicam os locais de abastecimento, diametralmente opostos, e o ponto X mostra a posição de uma pessoa que se encontra a 6m de A e a 8m de B. X A B a) 2 295 reais b) 2 445 reais c) 2 505 reais d) 2 555 reais e) 2 895 reais Quantas microempresas participaram dessa campanha? a) 08 b) 11 c) 15 d) 20 e) 35 Sabendo-se que a profundidade da cisterna é de 2m, qual a sua capacidade máxima? (Considere  = 3) a) 14 000 litros b) 48 000 litros c) 100 000 litros d) 150 000 litros e) 300 000 litros 4. O quadro abaixo mostra o número de gols marcados em cada uma das partidas do grupo do Brasil na primeira fase da Copa do Mundo de 2014. Partida Gols marcados Brasil X Croácia 4 México X Camarões 1 Brasil X México 0 Croácia X Camarões 4 Camarões X Brasil 5 Croácia X México 4 O desvio médio de gols marcados por partida nos jogos desse grupo foi de, aproximadamente, a) 3,0 b) 2,0 c) 1,7 d) 1,5 e) 1,2 2º dia 33
  34. 34. VESTIBULAR 5. Um estagiário de arqueologia encontrou parte de uma peça que parece ser base de um tubo cilíndrico. Utilizando uma ripa de madeira com 1 m de comprimento para efetuar medições no interior da peça, ele constatou que a distância do ponto P até o ponto médio M da ripa de madeira é igual a 20 cm, conforme mostra a figura a seguir: Qual a medida aproximada da área da peça em metros quadrados? (Considere  = 3) a) 1,6 b) 1,7 c) 1,8 d) 2,0 e) 2,5 Ripa de madeira 6. No quadro abaixo, observa-se o balanço de vendas das três vendedoras da Perfumaria Soxeiro para os três perfumes mais vendidos no último sábado. Vendedora Perfumes (n° de vidros) Faturamento Alfa Beta Gama (R$) Amanda 7 3 4 1 950 Bruna 5 10 8 3 600 Carol 4 5 6 2 350 Total 16 18 18 7 900 De acordo com esses dados, quanto custa um vidro do perfume Beta? a) R$ 100,00 b) R$ 150,00 c) R$ 160,00 d) R$ 180,00 e) R$ 200,00 7. A taxa anual de juros básicos (Taxa Selic), determinada pelo governo brasileiro, é aplicável no pagamento, restituição, compensação ou reembolso de tributos federais. Na tabela a seguir, temos a evolução da Taxa Selic nos últimos 10 anos, nos cinco primeiros meses de cada ano. Taxa Selic de 2005 a 2014 (janeiro a maio) Mês/Ano 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Janeiro 1,38% 1,43% 1,08% 0,93% 1,05% 0,66% 0,86% 0,89% 0,60% 0,85% Fevereiro 1,22% 1,15% 0,87% 0,80% 0,86% 0,59% 0,84% 0,75% 0,49% 0,79% Março 1,53% 1,42% 1,05% 0,84% 0,97% 0,76% 0,92% 0,82% 0,55% 0,77% Abril 1,41% 1,08% 0,94% 0,90% 0,84% 0,67% 0,84% 0,71% 0,61% 0,82% Maio 1,50% 1,28% 1,03% 0,88% 0,77% 0,75% 0,99% 0,74% 0,60% 0,87% (Fonte: Receita Federal. Disponível em: http://www.receita.fazenda.gov.br/) Com base nessas informações, analise as sentenças a seguir: I. A taxa média do mês de fevereiro nos últimos 10 anos ficou acima de 1%. II. A taxa modal dos cinco primeiros meses do ano de 2013 foi de 0,60%. III. A taxa mediana do mês de março nos últimos 10 anos é de 0,88%. IV. A taxa média dos cinco primeiros meses de 2007 foi de 1,05%. Está CORRETO o que se afirma, apenas, em a) I, II e III. b) II, III e IV. c) I, III e IV. d) I e IV. e) II e III. 2º dia 34
  35. 35. VESTIBULAR 8. Na ilustração a seguir, ABCD é um quadrado de lado 2√2 cm. M e N são pontos médios dos lados AD e BC, e P e Q são pontos de intersecção do quadrado, com a circunferência, com centro em M e raio MN. 9. Na figura representada a seguir, o segmento DE divide o trapézio ABCD em duas figuras de mesma área. x D C 26cm A E B 54cm 11. Se escrevermos a função quadrática f(x) = 2x2 – x + 3 na forma f(x) = a.(x – m)2 + n, o valor de a + m + n é igual a x Qual é a medida, em cm2, mais próxima da área do setor circular MNQ? (Considere  = 3) a) 1,0 b) 1,4 c) 1,6 d) 2,0 e) 2,4 10. No sistema cartesiano representado a seguir, têm-se os gráficos das funções reais f e g. ଷଷ ଼ y d) 5 1 v 3 g f e) 0 1 4 Qual das igualdades representa uma relação entre as duas funções? a) g(x) = f(x+3) y b) g(x-3) = f(x) c) g(x) = - f(-x-3) d) g(-x) = f(-x+3) e) g(3-x) = - f(x) 0 Nessas condições, quanto mede o segmento AE? a) 13 cm b) 20 cm c) 27 cm d) 28 cm e) 40 cm a) ଵଽ ସ b) ଶ଻ ସ c) ସଵ ଼ ଶହ ଼ 12. A figura ao lado mostra o vetor v representado no plano cartesiano. A representação e o módulo desse vetor são, respectivamente, a) v = (5,1) e | v | = 3 b) v = (3,0) e | v | = 3 c) v = (-3,-4) e | v | = 4 d) v = (-3,-4) e | v | = 5 e) v = (-1,-4) e | v | = 5 2º dia 35
  36. 36. VESTIBULAR 13. Num triângulo retângulo, temos que tg x = 3. Se x é um dos ângulos agudos desse triângulo, qual o valor de cos x? 14. Na figura a seguir, o triângulo isósceles OAB tem vértice na origem e base AB paralela ao eixo x. Da mesma forma que ele, existem vários outros como o triângulo isósceles OPQ. y 6 P Q B A - 3 O 3 x a) ଵ ଶ b) √ହ ଵ଴ c) √ଶ ଶ d) ଵ ସ e) √ଵ଴ ଵ଴ Dentre eles, qual é a área do triângulo que tem a maior área possível? a) 4,5 b) 6,0 c) 6,5 d) 9,0 e) 9,5 15. A vendedora de roupas está arrumando os cabides da vitrine de uma loja. Ela deve pendurar 5 camisas, 3 bermudas e 2 casacos na vitrine, de modo que cada peça fique uma do lado da outra sem sobreposição. Quantas são as disposições possíveis nessa arrumação, de modo que as peças de um mesmo tipo fiquem sempre juntas, lado a lado na vitrine? a) 30 b) 120 c) 1 440 d) 4 320 e) 8 640 16. No sistema cartesiano, seja a circunferência C de equação x2 + y2 + 6x - 2y = - 6. Qual a equação da circunferência C’ simétrica de C em relação à origem do sistema? a) x2 + y2 - 6x + 2y = 4 b) x2 + y2 - 6x - 2y = - 4 c) x2 + y2 + 6x + 2y = - 4 d) x2 + y2 - 6x + 2y = - 6 e) x2 + y2 + 6x + 2y = - 6 2º dia 36
  37. 37. VESTIBULAR 17. Seja  em que e são números reais cuja soma é não nula.      Nessas condições, qual o valor de m ? a) ିଷ ଶ b) -1 c) 0 d) ଵ ଶ e) 1 18. Os biólogos observaram que, em condições ideais, o número de bactérias Q(t) em uma cultura cresce exponencialmente com o tempo t, de acordo com a lei Q(t) = Qo.ekt, sendo k > 0 uma constante que depende da natureza das bactérias; o número irracional e vale aproximadamente 2,718 e Qo é a quantidade inicial de bactérias. Se uma cultura tem inicialmente bactérias e, 20 minutos depois, aumentou para , quantas bactérias estarão presentes depois de 1 hora? a) 1,8 × 104 b) 2,4 × 104 c) 3,0 × 104 d) 3,6 × 104 e) 4,8 × 104 19. Em um dos lados de um parque em formato retangular de uma cidade, existem 19 árvores plantadas em linha reta e igualmente espaçadas umas das outras. Se a distância entre a terceira e a sexta árvore é de 750 metros, qual a distância entre a primeira e a última árvore? a) 3 500 metros b) 4 000 metros c) 4 500 metros d) 4 750 metros e) 5 000 metros 20. Dentre os esportes oferecidos aos estudantes de uma escola com 3 000 alunos, temos o futebol como preferência, sendo praticado por 600 estudantes. 300 estudantes dessa mesma escola praticam natação, e 100 praticam ambos os esportes. Selecionando-se um estudante praticante de futebol para uma entrevista, qual a probabilidade de ele também praticar natação? a) ଵ ଷ b) ଶ ଷ c) ସ ଷ d) ଵ ଺ e) ହ ଺ 2º dia 37
  38. 38. VESTIBULAR FILOSOFIA 1. Sobre a consciência crítica e a filosofia, atente ao texto a seguir: E o que é filosofia? É a tentativa, penso, de enxergar um palmo diante do nariz – o que não é tão fácil nem tão inútil quanto muitos pensam. Afinal, o peixe é quem menos sabe da água. GOMES, Roberto. Crítica da razão tupiniquim, São Paulo, 1990, p. 15. Disponível em: http://folhasdecampomaior.blogspot.com/.../aos-formandos-em-filo. Com relação a esse assunto, é CORRETO afirmar que a) a consciência filosófica consiste no ato de perguntar sobre o sentido da experiência. b) a reflexão filosófica é acrítica, por fazer uso da evidência no âmbito da experiência imediata. c) a consciência crítica tem o primado da irreflexão na condução da vida. d) a filosofia possibilita o estreitamento da razão e enxerga um palmo diante do nariz. e) a consciência crítica busca reconhecer-se no mundo, na tentativa de alcançar resultados imediatos do conhecimento. Ela é útil, como muitos pensam, nesse agir imediato, na busca de ordem prática do essencial das coisas. 2. Dentre os muitos modos da consciência, a consciência mítica tem sua significância. Sobre essa forma de pensar, atente ao texto a seguir: Disponível em: http://blogdainseguranca.blogspot.com A consciência mítica como estrutura do ser no mundo. O mundo, até privado de sentido, adquire um sentido. A consciência mítica é estrutura desta distância tomada, deste jogo entre o homem e o mundo. GUSDORF, Georges. Mito e Metafísica, São Paulo, 1979, p, 23-24. Com relação a esse assunto, analise os itens a seguir: I. A consciência mítica se desenvolve em representações, e sua estrutura exprime um primeiro estado de valores. II. O mito, na sua inteireza, é sentido e vivido antes de ser formulado e entendido. III. A consciência mítica procede em função de um simples realismo do desejo em oposição a qualquer idealismo intelectual. IV. O mito e a razão são duas funções fundantes na dialética da existência-humana-no-mundo. 2º dia 38

×