SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 47
Baixar para ler offline
“ Ser humano é lutar pela plenitude da vida.” Frei Betto
“ Haverá maior solidão do que a ausência de si?” Clarice Niskier,  em “A Alma Imoral”  “ A televisão leva o homem  ao esquecimento e  à perda de si mesmo...” Adauto Novaes
“ Salve, salve! Vamos dar  aquela espiadinha!” “ Pode bisbilhotar. É a fofoca  em horário nobre, e em escala nacional. Não fique de fora,  espie à vontade!”
“ Vamos começar mais  um ano com a habitual baixaria e futilidade.” “ Educação, arte ou cultura?  Pra que servem? Ninguém precisa delas pra virar subcelebridade!”
A televisão  amolece o corpo; a televisão  amolece a mente.
A televisão  amolece a alma.
Entra ano, sai ano,  e a manipulação e degradação televisiva  se agravam.
E a Globo comemora a compra dos direitos  do BBB até o ano 2020. Um programa fútil, – vazio  de valor ou conteúdo.
O horário é nobre, mas quão podres os (des)valores que a televisão brasileira dissemina.
Quão baixo pode chegar a miséria moral humana?
E por que o reality show continua  ocupando o horário nobre no Brasil? programa continue ocupando  o horário nobre no Brasil. A produtora holandesa ‘ Endemol’, criadora do reality show Big Brother, manifestou sua surpresa diante do fato de que o Segundo a produtora, após uma década,  o Big Brother praticamente foi banido da grade horária dos demais países.
Será que o telespectador brasileiro é mais passivamente bovino do que outros? Será que os marqueteiros globais são os  mais eficientes na manipulação das massas?  Ou será a fala mansa do apresentador?
A atriz Betty Faria declara acerca do Big Brother: “ Eu acho  um desserviço à população. Mas eu entendo  por que o povo gosta: porque foi mal educado,  teve escola fraca,  pouca cultura.”
“ Eu acho  um desserviço à população . E o ator Paulo Betti afirma: “ A televisão tem uma função educativa, cultural e informativa. O que se oferece na tevê aberta, no entanto, são produções pobres. As pessoas são tratadas de forma meio infantil.”
Em ciclo promovido pelo Centro Cultural Banco  do Brasil (CCBB) para abordar a situação da arte e da cultura no país,  um roteirista da Rede Globo que participava como debatedor foi categórico ao afirmar:...
Sempre que a cúpula televisiva está para começar uma reunião de trabalho para tratar dos detalhes da programação,  o encontro é iniciado com a seguinte frase: “ Está na hora de emburrar.  Está na hora de  tornar os outros burros!”
Segundo o roteirista, somente tem vez na televisão brasileira quem compactua com a disseminação da burrice.
E não é difícil visualizar  Bial e Boninho iniciando uma reunião para tratar dos detalhes do seu programa:...
“ Está na hora de emburrar. Está na hora de tornar os outros burros!”
“ O perfil do telespectador brasileiro é triste. A massa é desinformada, portanto  fácil de iludir.” José Bonifácio Sobrinho, o Boni
“ A maior parte do público não tem ideia  do que está fazendo em frente da TV.” Boni
“ O nível mental das pessoas que assistem à TV no Brasil é por volta dos nove anos.” Miguel Falabella
“ Você não perde por espiar! Pode bisbilhotar à vontade!...” Pedro Bial
“ Admitir ver o  ‘ Big Brother Brasil’ significa cada vez  mais confessar uma  falha de escolaridade, passar recibo  de fútil, solitário, imaturo.  Fuja de gente  viciada nisso.”  Jornal ‘Folha de São Paulo’
Uma notícia boa é a de que a última edição do programa teve a pior audiência registrada,  –  o que demonstra  que a paciência e passividade do telespectador brasileiro também têm seu limite.
No entanto, apesar desta  audiência decadente, o faturamento comercial da última edição do BBB,  conforme divulgado pelo site UOL, foi de  aproximadamente  500 milhões de reais. Meio bilhão de reais embolsados,  –  fazendo da disseminação da burrice e da anti-cidadania um lucrativo negócio.
500 milhões de reais para distrair uma nação inteira durante três meses com futilidade.
“ Para eliminar fulaninho, ligue... Para eliminar fulaninha, ligue... Tá esperando o quê?”
Para a TV aberta, o Código Brasileiro  de Telecomunicações prevê um limite de 25% da grade de programação para veiculação de publicidade. Mas os marqueteiros televisivos deram um jeito de driblar a lei, com ações de merchandising que tornam o BBB uma imensa vitrine comercial, –  com os participantes fazendo o papel de garotos-propaganda.
Diante do que foi exposto até aqui, talvez seja interessante retomarmos a campanha “ Quem financia a baixaria  é contra a Cidadania.” Vejamos como funciona tal campanha:...
Toda vez que nos depararmos com anunciantes que se aproveitam de programas de baixo nível  para promover suas marcas,  dedicamos alguns minutos para acessar o site da empresa, e deixar uma mensagem no campo destinado  a ouvir o cliente.
Lembramos à empresa de que quem  recorre à futilidade e à mediocridade para promover sua marca e alavancar os lucros está atentando contra a Cidadania. Na verdade, em  tempos de crescente conscientização social, associar a marca ao que é baixo e fútil é uma  anti-propaganda  para a empresa.
Em geral, as empresas que gastam milhões com anúncios em programas fúteis são as grandes multinacionais, sem nenhuma responsabilidade social,  sedentas de lucros a todo custo, sem nenhum compromisso com  o bem do país.
Se tais multinacionais começarem a receber centenas, quiçá milhares, de mensagens  e reclamações,...  ...quem sabe não irão modificar suas ações publicitárias, assumindo sua parcela de responsabilidade social.
As redes sociais também são uma importante ferramenta para divulgarmos a campanha... “ Quem financia a baixaria é contra  a Cidadania.”
A internet pode servir como um importante instrumento de conscientização, e de exercício de cidadania.  Cabe, ainda, lembrar que existem empresas que divulgam suas marcas por meio da promoção da Cidadania e da Dignidade:...
O Centro Cultural Banco do Brasil  e a Caixa Cultural, por exemplo, promovem  eventos culturais de indiscutível qualidade.
O banco Itaú, num louvável exercício de cidadania, promove sua marca por meio da doação de  kits de leitura infantil.
Alguns exemplos apenas de como é possível divulgar uma marca com responsabilidade social, sem apelar para a mediocridade.
Sem educação não vamos a parte alguma. Sem um espírito cidadão e solidário, como  haveremos de mudar a triste realidade que nos cerca?
 
Um outro Brasil é possível. Um outro mundo é possível. Compete a cada um de nós fazer a sua parte.
A Vida ainda há de triunfar sobre a morte. O futuro depende  do que fazemos hoje...
Projeto “Compaixão e Cidadania” Um espaço para refletirmos sobre temas essenciais. compaixao_cidadania@hotmail.com
Compartilhe esta mensagem com professores e educadores,  com jovens, adolescentes e estudantes, – e outros amigos  interessados em promover a Educação e a Cidadania. Verifique meios de divulgar e participar da campanha “ Quem financia a baixaria é contra a Cidadania.”
“ Só a participação cidadã é capaz de mudar esse país.” Betinho
“ Só a participação cidadã é capaz de mudar esse país.” Betinho

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Copa do mundo no brasil
Copa do mundo no brasilCopa do mundo no brasil
Copa do mundo no brasilBarbosa777
 
O Reverso Da MíDia Ou A Era Da Insensatez
O Reverso Da MíDia Ou A Era Da InsensatezO Reverso Da MíDia Ou A Era Da Insensatez
O Reverso Da MíDia Ou A Era Da InsensatezHOME
 
VELHO(A)S, APOSENTADO(A)S: SERÁ A MELHOR IDADE?
VELHO(A)S, APOSENTADO(A)S: SERÁ A MELHOR IDADE?VELHO(A)S, APOSENTADO(A)S: SERÁ A MELHOR IDADE?
VELHO(A)S, APOSENTADO(A)S: SERÁ A MELHOR IDADE?Lucio Borges
 
Midia e a Televisão
Midia e a TelevisãoMidia e a Televisão
Midia e a TelevisãoJNR
 

Mais procurados (7)

Copa do mundo no brasil
Copa do mundo no brasilCopa do mundo no brasil
Copa do mundo no brasil
 
O Reverso Da MíDia Ou A Era Da Insensatez
O Reverso Da MíDia Ou A Era Da InsensatezO Reverso Da MíDia Ou A Era Da Insensatez
O Reverso Da MíDia Ou A Era Da Insensatez
 
VELHO(A)S, APOSENTADO(A)S: SERÁ A MELHOR IDADE?
VELHO(A)S, APOSENTADO(A)S: SERÁ A MELHOR IDADE?VELHO(A)S, APOSENTADO(A)S: SERÁ A MELHOR IDADE?
VELHO(A)S, APOSENTADO(A)S: SERÁ A MELHOR IDADE?
 
Web vozes
Web vozesWeb vozes
Web vozes
 
Insensatez
InsensatezInsensatez
Insensatez
 
MíDia
MíDiaMíDia
MíDia
 
Midia e a Televisão
Midia e a TelevisãoMidia e a Televisão
Midia e a Televisão
 

Destaque

A arte da 1ª metade do séc beatriz
A arte da 1ª metade do séc   beatrizA arte da 1ª metade do séc   beatriz
A arte da 1ª metade do séc beatrizBioquinha
 
MissionRedInnovation
MissionRedInnovationMissionRedInnovation
MissionRedInnovationCaroline Koch
 
A Familia do Marketing DIgital
A Familia do Marketing DIgitalA Familia do Marketing DIgital
A Familia do Marketing DIgitalWSI Masters Brasil
 
Stg slide 1
Stg slide 1Stg slide 1
Stg slide 1Zetler
 
JPA - Mini-Livro - Iniciação e Conceitos
JPA - Mini-Livro - Iniciação e ConceitosJPA - Mini-Livro - Iniciação e Conceitos
JPA - Mini-Livro - Iniciação e ConceitosPaulo Carvalho
 
Filme para reedição2
Filme para reedição2Filme para reedição2
Filme para reedição2jeff68
 
Agulhas Negras - Rio de janeiro
Agulhas Negras - Rio de janeiroAgulhas Negras - Rio de janeiro
Agulhas Negras - Rio de janeiroLao Val
 
Doencas de risco ocupacional
Doencas de risco ocupacionalDoencas de risco ocupacional
Doencas de risco ocupacionalElaine Viana
 

Destaque (20)

A arte da 1ª metade do séc beatriz
A arte da 1ª metade do séc   beatrizA arte da 1ª metade do séc   beatriz
A arte da 1ª metade do séc beatriz
 
MissionRedInnovation
MissionRedInnovationMissionRedInnovation
MissionRedInnovation
 
HEISCO - EXPERIENCE LETTER
HEISCO - EXPERIENCE LETTERHEISCO - EXPERIENCE LETTER
HEISCO - EXPERIENCE LETTER
 
DG21 CERTIFICATE
DG21 CERTIFICATEDG21 CERTIFICATE
DG21 CERTIFICATE
 
Reforma ortográfica adalzira
Reforma ortográfica  adalziraReforma ortográfica  adalzira
Reforma ortográfica adalzira
 
A Familia do Marketing DIgital
A Familia do Marketing DIgitalA Familia do Marketing DIgital
A Familia do Marketing DIgital
 
Apontamentos dende
Apontamentos dendeApontamentos dende
Apontamentos dende
 
Cicatrizes
CicatrizesCicatrizes
Cicatrizes
 
A diferenca-amizade
A diferenca-amizadeA diferenca-amizade
A diferenca-amizade
 
Maes morrem
Maes morremMaes morrem
Maes morrem
 
Mães morrem
Mães morremMães morrem
Mães morrem
 
Stg slide 1
Stg slide 1Stg slide 1
Stg slide 1
 
Pai começa_o_começo.ppt 01
Pai  começa_o_começo.ppt 01Pai  começa_o_começo.ppt 01
Pai começa_o_começo.ppt 01
 
JPA - Mini-Livro - Iniciação e Conceitos
JPA - Mini-Livro - Iniciação e ConceitosJPA - Mini-Livro - Iniciação e Conceitos
JPA - Mini-Livro - Iniciação e Conceitos
 
Filme para reedição2
Filme para reedição2Filme para reedição2
Filme para reedição2
 
Agulhas Negras - Rio de janeiro
Agulhas Negras - Rio de janeiroAgulhas Negras - Rio de janeiro
Agulhas Negras - Rio de janeiro
 
Bahai-introduktion
Bahai-introduktionBahai-introduktion
Bahai-introduktion
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Contributor Metrics
Contributor MetricsContributor Metrics
Contributor Metrics
 
Doencas de risco ocupacional
Doencas de risco ocupacionalDoencas de risco ocupacional
Doencas de risco ocupacional
 

Semelhante a Bbb 2012 (20)

BBB 2008
BBB 2008 BBB 2008
BBB 2008
 
Midia
MidiaMidia
Midia
 
O dinheiro adquirido pelo BBB
O dinheiro adquirido pelo BBBO dinheiro adquirido pelo BBB
O dinheiro adquirido pelo BBB
 
Mídia
MídiaMídia
Mídia
 
O reverso da mídia
O reverso da mídiaO reverso da mídia
O reverso da mídia
 
Midia
MidiaMidia
Midia
 
TelevisãO MíDia Efeitos Nefastos! (CuíCo).Pps
TelevisãO   MíDia   Efeitos Nefastos! (CuíCo).PpsTelevisãO   MíDia   Efeitos Nefastos! (CuíCo).Pps
TelevisãO MíDia Efeitos Nefastos! (CuíCo).Pps
 
Os Males da Mídia
Os Males da MídiaOs Males da Mídia
Os Males da Mídia
 
Midia Bbb
Midia BbbMidia Bbb
Midia Bbb
 
Midia bbb
Midia bbbMidia bbb
Midia bbb
 
TV, Mídia e BBB
TV, Mídia e BBBTV, Mídia e BBB
TV, Mídia e BBB
 
BBB, o porquê de sua permanência
BBB, o porquê de sua permanênciaBBB, o porquê de sua permanência
BBB, o porquê de sua permanência
 
Mídia
MídiaMídia
Mídia
 
467 an 19_março_2014.ok
467 an 19_março_2014.ok467 an 19_março_2014.ok
467 an 19_março_2014.ok
 
Tv 2013
Tv 2013Tv 2013
Tv 2013
 
Tv 2013
Tv 2013Tv 2013
Tv 2013
 
BBB
BBBBBB
BBB
 
Bbb
BbbBbb
Bbb
 
Big Brother Brasil
Big Brother BrasilBig Brother Brasil
Big Brother Brasil
 
Bbb
BbbBbb
Bbb
 

Bbb 2012

  • 1. “ Ser humano é lutar pela plenitude da vida.” Frei Betto
  • 2. “ Haverá maior solidão do que a ausência de si?” Clarice Niskier, em “A Alma Imoral” “ A televisão leva o homem ao esquecimento e à perda de si mesmo...” Adauto Novaes
  • 3. “ Salve, salve! Vamos dar aquela espiadinha!” “ Pode bisbilhotar. É a fofoca em horário nobre, e em escala nacional. Não fique de fora, espie à vontade!”
  • 4. “ Vamos começar mais um ano com a habitual baixaria e futilidade.” “ Educação, arte ou cultura? Pra que servem? Ninguém precisa delas pra virar subcelebridade!”
  • 5. A televisão amolece o corpo; a televisão amolece a mente.
  • 6. A televisão amolece a alma.
  • 7. Entra ano, sai ano, e a manipulação e degradação televisiva se agravam.
  • 8. E a Globo comemora a compra dos direitos do BBB até o ano 2020. Um programa fútil, – vazio de valor ou conteúdo.
  • 9. O horário é nobre, mas quão podres os (des)valores que a televisão brasileira dissemina.
  • 10. Quão baixo pode chegar a miséria moral humana?
  • 11. E por que o reality show continua ocupando o horário nobre no Brasil? programa continue ocupando o horário nobre no Brasil. A produtora holandesa ‘ Endemol’, criadora do reality show Big Brother, manifestou sua surpresa diante do fato de que o Segundo a produtora, após uma década, o Big Brother praticamente foi banido da grade horária dos demais países.
  • 12. Será que o telespectador brasileiro é mais passivamente bovino do que outros? Será que os marqueteiros globais são os mais eficientes na manipulação das massas? Ou será a fala mansa do apresentador?
  • 13. A atriz Betty Faria declara acerca do Big Brother: “ Eu acho um desserviço à população. Mas eu entendo por que o povo gosta: porque foi mal educado, teve escola fraca, pouca cultura.”
  • 14. “ Eu acho um desserviço à população . E o ator Paulo Betti afirma: “ A televisão tem uma função educativa, cultural e informativa. O que se oferece na tevê aberta, no entanto, são produções pobres. As pessoas são tratadas de forma meio infantil.”
  • 15. Em ciclo promovido pelo Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) para abordar a situação da arte e da cultura no país, um roteirista da Rede Globo que participava como debatedor foi categórico ao afirmar:...
  • 16. Sempre que a cúpula televisiva está para começar uma reunião de trabalho para tratar dos detalhes da programação, o encontro é iniciado com a seguinte frase: “ Está na hora de emburrar. Está na hora de tornar os outros burros!”
  • 17. Segundo o roteirista, somente tem vez na televisão brasileira quem compactua com a disseminação da burrice.
  • 18. E não é difícil visualizar Bial e Boninho iniciando uma reunião para tratar dos detalhes do seu programa:...
  • 19. “ Está na hora de emburrar. Está na hora de tornar os outros burros!”
  • 20. “ O perfil do telespectador brasileiro é triste. A massa é desinformada, portanto fácil de iludir.” José Bonifácio Sobrinho, o Boni
  • 21. “ A maior parte do público não tem ideia do que está fazendo em frente da TV.” Boni
  • 22. “ O nível mental das pessoas que assistem à TV no Brasil é por volta dos nove anos.” Miguel Falabella
  • 23. “ Você não perde por espiar! Pode bisbilhotar à vontade!...” Pedro Bial
  • 24. “ Admitir ver o ‘ Big Brother Brasil’ significa cada vez mais confessar uma falha de escolaridade, passar recibo de fútil, solitário, imaturo. Fuja de gente viciada nisso.” Jornal ‘Folha de São Paulo’
  • 25. Uma notícia boa é a de que a última edição do programa teve a pior audiência registrada, – o que demonstra que a paciência e passividade do telespectador brasileiro também têm seu limite.
  • 26. No entanto, apesar desta audiência decadente, o faturamento comercial da última edição do BBB, conforme divulgado pelo site UOL, foi de aproximadamente 500 milhões de reais. Meio bilhão de reais embolsados, – fazendo da disseminação da burrice e da anti-cidadania um lucrativo negócio.
  • 27. 500 milhões de reais para distrair uma nação inteira durante três meses com futilidade.
  • 28. “ Para eliminar fulaninho, ligue... Para eliminar fulaninha, ligue... Tá esperando o quê?”
  • 29. Para a TV aberta, o Código Brasileiro de Telecomunicações prevê um limite de 25% da grade de programação para veiculação de publicidade. Mas os marqueteiros televisivos deram um jeito de driblar a lei, com ações de merchandising que tornam o BBB uma imensa vitrine comercial, – com os participantes fazendo o papel de garotos-propaganda.
  • 30. Diante do que foi exposto até aqui, talvez seja interessante retomarmos a campanha “ Quem financia a baixaria é contra a Cidadania.” Vejamos como funciona tal campanha:...
  • 31. Toda vez que nos depararmos com anunciantes que se aproveitam de programas de baixo nível para promover suas marcas, dedicamos alguns minutos para acessar o site da empresa, e deixar uma mensagem no campo destinado a ouvir o cliente.
  • 32. Lembramos à empresa de que quem recorre à futilidade e à mediocridade para promover sua marca e alavancar os lucros está atentando contra a Cidadania. Na verdade, em tempos de crescente conscientização social, associar a marca ao que é baixo e fútil é uma anti-propaganda para a empresa.
  • 33. Em geral, as empresas que gastam milhões com anúncios em programas fúteis são as grandes multinacionais, sem nenhuma responsabilidade social, sedentas de lucros a todo custo, sem nenhum compromisso com o bem do país.
  • 34. Se tais multinacionais começarem a receber centenas, quiçá milhares, de mensagens e reclamações,... ...quem sabe não irão modificar suas ações publicitárias, assumindo sua parcela de responsabilidade social.
  • 35. As redes sociais também são uma importante ferramenta para divulgarmos a campanha... “ Quem financia a baixaria é contra a Cidadania.”
  • 36. A internet pode servir como um importante instrumento de conscientização, e de exercício de cidadania. Cabe, ainda, lembrar que existem empresas que divulgam suas marcas por meio da promoção da Cidadania e da Dignidade:...
  • 37. O Centro Cultural Banco do Brasil e a Caixa Cultural, por exemplo, promovem eventos culturais de indiscutível qualidade.
  • 38. O banco Itaú, num louvável exercício de cidadania, promove sua marca por meio da doação de kits de leitura infantil.
  • 39. Alguns exemplos apenas de como é possível divulgar uma marca com responsabilidade social, sem apelar para a mediocridade.
  • 40. Sem educação não vamos a parte alguma. Sem um espírito cidadão e solidário, como haveremos de mudar a triste realidade que nos cerca?
  • 41.  
  • 42. Um outro Brasil é possível. Um outro mundo é possível. Compete a cada um de nós fazer a sua parte.
  • 43. A Vida ainda há de triunfar sobre a morte. O futuro depende do que fazemos hoje...
  • 44. Projeto “Compaixão e Cidadania” Um espaço para refletirmos sobre temas essenciais. compaixao_cidadania@hotmail.com
  • 45. Compartilhe esta mensagem com professores e educadores, com jovens, adolescentes e estudantes, – e outros amigos interessados em promover a Educação e a Cidadania. Verifique meios de divulgar e participar da campanha “ Quem financia a baixaria é contra a Cidadania.”
  • 46. “ Só a participação cidadã é capaz de mudar esse país.” Betinho
  • 47. “ Só a participação cidadã é capaz de mudar esse país.” Betinho