Uma adaptação da visão de Carlos Lunetta.
A gestãoda
inovação
ou“Por que dar ouvidos a esse cara?”
Quem sou eu?
Luiz Braga é um diretor de arte com foco em
criação, tecnologia e inovação.
Assunto do dia
O cenário:
Um caos de tendências e
novidades pela internet e pelas ruas.
internet of things
sxsw
#hashtageverything
wearables
mobile first
transmedia
storytelling
loon for all
3D printing
goats
w...
mc melody?
narcos?
flash mob?
facebook? cloud computing?
falcete?
para nossa alegria?
harlem shake?
the voice?
master chef...
cuidado para não cair nas
tendências póstumas.
A questão:
Como implantar essas tendências para
posicionar a sua carreira/negócio?
Uma possível solução:
Adaptar o modelo de trabalho para
permitir que a inovação entra em cena.
A proposta:
Uma aproximação “tipo heurística”
ao processo criativo.
Ok! Mas, como eu faço isso?
Projetos
• Apurar a percepção de oportunidades
em demandas/verbas
• Os melhores projetos não tem soluções
pré-estabelecida...
É isso? Cadê o glamour?
Sem metodologias mágicas ou auto-ajuda,
esses são os 99% de transpiração diária.
A Rotina
o desafio de estar sempre à frente
Projetos
Relacionamento
Tendências
Proficiência
Projetos: - “cavar” por projetos com potencial;
percepção de possíveis projetos em
demandas e verba do negócio.
- os melho...
Relacionamento: - manter uma relação com o cliente
que aumente as chances de sugestões
e defesa de projetos inovadores.
- ...
Tendências: - saber tudo que está acontecendo “lá fora” -
os links infinitos, as novidades infindáveis,
os virais da seman...
Proficiência: - saber a fundo todas as possibilidades e
limites das mídias e ferramentas disponíveis;
essencial ao timing ...
Cultura Criativa: - se preocupe em gerenciar uma
rotina nutriz à inovação.
(mesmo quem não é “criativo”!)
O Ciclo
sem fim
Faça
Faça direito
amadureça
reinvente
comece de
novo
Refaça
Faça
Pioneirismo: se surgir a oportunidade, faça!
Faça direito
Faça bonito
Faça engraçado
Faça emocionante
Faça útil
útil para as pessoas ou para o próprio negócio
Há uma miríade de cases nessas categorias
Fazendo bonito:
Fazendo divertido:
Fazendo útil:
- senso estético apurado com as tipografias,
imagens, design UI - incluin...
Refaça
A maturidade da comunicação:
revisite, repense e reinvente.
Inove em seu próprio quintal, naquilo
que já está estabelecido...
...como reinventar o viral e conseguir 100 milhões views orgânicos.
Explore os meios até seu ponto de saturação.
E então comece tudo de novo.
A inovação é possível.
O b r i g a d o
hello@luizbraga.com www.luizbraga.com
A Gestão da Inovação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Gestão da Inovação

115 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada para os alunos da FIB em Bauru. O conteúdo apresentado foi uma adaptação da visão de Carlos Lunetta que atualmente é Socio Diretor de Criação da SapientNitro.

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
115
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Gestão da Inovação

  1. 1. Uma adaptação da visão de Carlos Lunetta. A gestãoda inovação
  2. 2. ou“Por que dar ouvidos a esse cara?” Quem sou eu?
  3. 3. Luiz Braga é um diretor de arte com foco em criação, tecnologia e inovação.
  4. 4. Assunto do dia
  5. 5. O cenário: Um caos de tendências e novidades pela internet e pelas ruas.
  6. 6. internet of things sxsw #hashtageverything wearables mobile first transmedia storytelling loon for all 3D printing goats webseries snapchat material design geração C Echo A.I.social art netflix
  7. 7. mc melody? narcos? flash mob? facebook? cloud computing? falcete? para nossa alegria? harlem shake? the voice? master chef? gangnam style? camaro amarelo?
  8. 8. cuidado para não cair nas tendências póstumas.
  9. 9. A questão: Como implantar essas tendências para posicionar a sua carreira/negócio?
  10. 10. Uma possível solução: Adaptar o modelo de trabalho para permitir que a inovação entra em cena.
  11. 11. A proposta: Uma aproximação “tipo heurística” ao processo criativo.
  12. 12. Ok! Mas, como eu faço isso?
  13. 13. Projetos • Apurar a percepção de oportunidades em demandas/verbas • Os melhores projetos não tem soluções pré-estabelecidas • Prazo e verbas não são impedimentos (quando diferentes de zero) Relacionamentos • Nutrir um relacionamento que tenha abertura a propostas criativas Tendências • Se manter conectado em quatro frentes de tendências: - Cultura Popular - Comportamento - Tecnologia - Mercado • Apurar a percepção de quando uma tendência é uma oportunidade Proficiência • Conhecer profundamente as mídias e as ferramentas disponíveis (e as que virão); essencial ao timing dos projeto. 1. Faça O CicloA Rotina Seja pioneiro Atenção ao timing Faça Bonito Reinvente Atenção ao ponto de saturação Faça Útil Faça Divertido Faça Emocionante ...e mesmo se outros fizeram, sua marca ainda não fez ...é difícil acertar tudo da primeira vez. faça mais bonito, mais divertido, mais emocionante, mais útil... a mídia/plataforma/ tecnologia pode perder sua relevância aproveite o momento na janela de relevância (hype cycle) tipografias, UI, usabilidade útil para o público útil para o negócio amadureça reinvente saturou?2. Faça direito 3. Refaça
  14. 14. É isso? Cadê o glamour?
  15. 15. Sem metodologias mágicas ou auto-ajuda, esses são os 99% de transpiração diária.
  16. 16. A Rotina o desafio de estar sempre à frente
  17. 17. Projetos Relacionamento Tendências Proficiência
  18. 18. Projetos: - “cavar” por projetos com potencial; percepção de possíveis projetos em demandas e verba do negócio. - os melhores: sem respostas pronta - prazo e verba não são os maiores impedimentos
  19. 19. Relacionamento: - manter uma relação com o cliente que aumente as chances de sugestões e defesa de projetos inovadores. - estender a cultura criativa do negócio à outros meios.
  20. 20. Tendências: - saber tudo que está acontecendo “lá fora” - os links infinitos, as novidades infindáveis, os virais da semana. beijinho no ombro iBeacon snapchat guilt-free Cultura popular: Tecnologia: Comportamento: Mercado:
  21. 21. Proficiência: - saber a fundo todas as possibilidades e limites das mídias e ferramentas disponíveis; essencial ao timing dos projetos. (me conta sobre alguma API atual)
  22. 22. Cultura Criativa: - se preocupe em gerenciar uma rotina nutriz à inovação. (mesmo quem não é “criativo”!)
  23. 23. O Ciclo sem fim
  24. 24. Faça Faça direito amadureça reinvente comece de novo Refaça
  25. 25. Faça
  26. 26. Pioneirismo: se surgir a oportunidade, faça!
  27. 27. Faça direito
  28. 28. Faça bonito Faça engraçado Faça emocionante Faça útil útil para as pessoas ou para o próprio negócio
  29. 29. Há uma miríade de cases nessas categorias
  30. 30. Fazendo bonito: Fazendo divertido: Fazendo útil: - senso estético apurado com as tipografias, imagens, design UI - incluindo formulários e dados financeiros. - easter Eggs - piadas em todos os textos e seções - CRM humorístico - design centrado nas pessoas - CRM/comunidade pós-venda ultra atenciosos.
  31. 31. Refaça
  32. 32. A maturidade da comunicação: revisite, repense e reinvente. Inove em seu próprio quintal, naquilo que já está estabelecido...
  33. 33. ...como reinventar o viral e conseguir 100 milhões views orgânicos.
  34. 34. Explore os meios até seu ponto de saturação.
  35. 35. E então comece tudo de novo.
  36. 36. A inovação é possível.
  37. 37. O b r i g a d o hello@luizbraga.com www.luizbraga.com

×