SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
Baixar para ler offline
Sistema endócrino humano
É formado pelas glândulas endócrinas
As substâncias secretadas são chamadas hormônios
Glândula endócrina
Glândula exócrina
Função do sistema endócrino humano
Coordenar as funções orgânicas através da ação
dos hormônios
Principais glândulas do sistema endócrino
• Hipófise
• Tireóide
• Suprarrenais
• Paratireoides
• Pâncreas
• Testículos
• Ovários
Hipófise
Pâncreas
Ovários
Testículos
Tireóide
Suprarrenais
Paratireoides
Células secretoras
Células alvo
Corrente sanguínea
Hormônio
Ação dos hormônios
Os hormônios são transportados pelo sangue e atingem
as células-alvo onde produzirão seus efeitos
Glândula hipófise
Hipotálamo é uma região do encéfalo que regula o
funcionamento da hipófise
Hormônios da hipófise
GH = Hormônio do crescimento (growth hormone)
ADH = Hormônio antidiurético (antidiuretic hormone)
ADH
GH
Hipófise  hormônio do crescimento (GH)
growth
hormone
Promove o crescimento corporal a partir da multiplicação
das células dos tecidos ósseo, cartilaginoso e muscular
Disfunções da hipófise em relação ao GH
Deficiência do hormônio
Nanismo hipofisário
Excesso do hormônio
Gigantismo
Nanismo hipofisário = nanismo acondroplásico
Deficiência do hormônio
do crescimento
Mutação genética que
afeta o crescimento dos
ossos longos
Acromegalia
Excesso de hormônio do crescimento na idade adulta
Crescimento exagerado dos ossos da face, mãos e pés
Hipófise  hormônio antidiurético (ADH)
Promove reabsorção de água nos rins, evitando a perda
excessiva de água e tornando a urina mais concentrada
Sangue Rins
Efeitos do álcool sobre o hormônio antidiurético
O álcool atua na hipófise e inibe a produção de ADH
Consequência  maior produção de urina
X
Sangue Rins
Tireoide  hormônios T3 e T4
Regulam a velocidade do metabolismo principalmente a
respiração celular, processo que gera energia e calor
Disfunções da tireoide
Olhos
saltados
Bócio
Excesso de hormônio
Hipertireoidismo
Metabolismo acelerado, coração bate
mais rápido, a temperatura é mais
alta que o normal, a pessoa
emagrece porque gasta mais energia
Deficiência de hormônio
Hipotireoidismo
Metabolismo lento, coração bate
mais devagar, a temperatura do
corpo diminui, a pessoa engorda
porque gasta menos energia
Teste do pezinho
Exame obrigatório feito quando a criança nasce. Serve
para detectar várias doenças, inclusive hipotireoidismo
Causado por falta de hormônio da tireoide na infância
Consequências  nanismo e deficiência mental
Hipotireoidismo congênito ou Cretinismo
Paratireoides  hormônio paratormônio
Quando há baixa concentração de cálcio no sangue, o
paratormônio atua nos ossos, retirando cálcio que é
lançado no sangue, regulando a taxa do mineral
Vista de frente
Vista por trás
Paratireoides
Suprarrenais  hormônio adrenalina
Prepara o corpo para situações de perigo, ou seja,
prepara o corpo para lutar ou fugir
Efeitos da adrenalina
Taquicardia  coração dispara e impulsiona mais
sangue para os músculos
Animação em:
http://giphy.com/gifs/creepy-terrifying-kjhTSqAjXxoOY
Efeitos da adrenalina
Aumenta frequência respiratória (maior absorção de O2)
Aumenta a taxa de glicose no sangue (fornecer energia)
Animação em:
https://horrorpediadotcom.files.wordpress.com/2013/01/xtrogif.gif
Efeitos da adrenalina
Contração dos vasos sanguíneos da pele  palidez
Dilatação das pupilas  aumento do campo de visão
Animação em:
https://www.tumblr.com/search/mama%20movie%20gif
Pâncreas
É uma glândula mista (secreção endócrina e exócrina)
Suco pancreático
Secreção exócrina
Insulina e glucagon
Secreção endócrina
Pâncreas  hormônios insulina e glucagon
Alta taxa de glicose  insulina  formação de Glicogênio
(forma como o fígado armazena glicose)
Baixa taxa de glicose  glucagon  fígado libera glicose
Ação da insulina
Liga-se a receptores celulares que abrem canais para a
entrada de glicose nas células
Promove a transformação de glicose em glicogênio
Ação do glucagon
Quebra glicogênio que estava armazenado no fígado,
liberando glicose no sangue
Glicogênio
Glicose
Glucagon
Produção de glucagon
Deficiência de insulina  doença diabetes melito
Disfunção do pâncreas com relação à insulina
Sintomas do diabetes melito
Falta glicose para as células
fazerem respiração celular
Eliminação do excesso de glicose
As células não recebem glicose
A pessoa urina muito e desidrata
A glicose não é aproveitada
pelas células
Taxa de glicose sanguínea – análise de gráfico
Qual dos indivíduos é diabético? Justifique
Taxa de glicose sanguínea – análise de gráfico
O indivíduo B.
A taxa de glicose continuou alta horas após a refeição,
indicando que a glicose não entrou nas células e
permaneceu circulando no sangue
Gônadas  hormônios sexuais
Estes hormônios promovem o desenvolvimento
sexual do indivíduo
Testosterona Estrogênio e
progesterona
Testículo
Ovário
Efeitos dos hormônios sexuais
Aparecimento das características sexuais secundárias
Testosterona Estrogênio
Prepara e mantém o útero na gravidez
Efeitos dos hormônios sexuais
Progesterona
Anabolizantes
São hormônios sintéticos similares à testosterona
Links para vídeos
A menor mulher do mundo
https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/139063718143831
A mulher presa no corpo de uma criança
https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/493392658511929
A mulher que não para de crescer
https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/986660545201034
De onde vem a diabetes
https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/847162749204807
Hiperparatireoidismo – doenças das glândulas paratireoides
https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/302735891183199
O que acontece quando bebemos álcool
https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/127348746010482
Como a insulina age no organismo
https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/268232798195468
Sistema endócrino humano - Glândulas e hormônios
Sistema endócrino humano - Glândulas e hormônios

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

8 ano cap 6 sistema cardiovascular
8 ano cap 6 sistema cardiovascular8 ano cap 6 sistema cardiovascular
8 ano cap 6 sistema cardiovascular
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Aula sistema circulatorio
Aula sistema circulatorioAula sistema circulatorio
Aula sistema circulatorio
 
Transformações na gestação
Transformações na gestaçãoTransformações na gestação
Transformações na gestação
 
Sistema ABO
Sistema ABOSistema ABO
Sistema ABO
 
Doenças Cardiovasculares
Doenças CardiovascularesDoenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema digestorio slides
Sistema digestorio slidesSistema digestorio slides
Sistema digestorio slides
 
Doenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares Doenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares
 
Ists
IstsIsts
Ists
 
Gravidez e desenvolvimento embrionário
Gravidez e desenvolvimento embrionárioGravidez e desenvolvimento embrionário
Gravidez e desenvolvimento embrionário
 
Metodos contraceptivos spe
Metodos contraceptivos speMetodos contraceptivos spe
Metodos contraceptivos spe
 
Pressão arterial
Pressão arterialPressão arterial
Pressão arterial
 
CN9-doenças cardiovasculares
CN9-doenças cardiovascularesCN9-doenças cardiovasculares
CN9-doenças cardiovasculares
 
Lesões Cutâneas do RN
Lesões Cutâneas do RNLesões Cutâneas do RN
Lesões Cutâneas do RN
 
Puberdade .pptx;d
Puberdade .pptx;dPuberdade .pptx;d
Puberdade .pptx;d
 
Doenças comuns em crianças.
Doenças comuns em crianças.Doenças comuns em crianças.
Doenças comuns em crianças.
 

Semelhante a Sistema endócrino humano - Glândulas e hormônios

CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINOCONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINOPatrícia Trindade
 
Aula 23 sistema endócrino
Aula 23   sistema endócrinoAula 23   sistema endócrino
Aula 23 sistema endócrinoJonatas Carlos
 
Endocrino Sistema
Endocrino SistemaEndocrino Sistema
Endocrino SistemaAdele Janie
 
12 sistema endócrino
12 sistema endócrino12 sistema endócrino
12 sistema endócrinoErcio Novaes
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrinoURCA
 
Sistema EndóCrino
Sistema EndóCrinoSistema EndóCrino
Sistema EndóCrinoguestdb5b7a
 
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicasTécnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicasannie322004
 
Aula De Sistema EndóCrino
Aula De Sistema EndóCrinoAula De Sistema EndóCrino
Aula De Sistema EndóCrinoFlávia Fonseca
 
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANOAULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANORodrigoSousa736857
 
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizadoAula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizadoHamilton Nobrega
 

Semelhante a Sistema endócrino humano - Glândulas e hormônios (20)

5. Sistema endócrino.pptx
5. Sistema endócrino.pptx5. Sistema endócrino.pptx
5. Sistema endócrino.pptx
 
Sistema endócrino.pdf
Sistema endócrino.pdfSistema endócrino.pdf
Sistema endócrino.pdf
 
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINOCONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
 
Glândulas endócrinas
Glândulas endócrinasGlândulas endócrinas
Glândulas endócrinas
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Aula 23 sistema endócrino
Aula 23   sistema endócrinoAula 23   sistema endócrino
Aula 23 sistema endócrino
 
Endocrino Sistema
Endocrino SistemaEndocrino Sistema
Endocrino Sistema
 
12 sistema endócrino
12 sistema endócrino12 sistema endócrino
12 sistema endócrino
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Sistema EndóCrino
Sistema EndóCrinoSistema EndóCrino
Sistema EndóCrino
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
 
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicasTécnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Aula De Sistema EndóCrino
Aula De Sistema EndóCrinoAula De Sistema EndóCrino
Aula De Sistema EndóCrino
 
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANOAULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
 
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizadoAula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
 

Mais de Luci Freitas

9. Sistema nervoso
9. Sistema nervoso9. Sistema nervoso
9. Sistema nervosoLuci Freitas
 
14. Os alimentos e seus nutrientes III - Nutrientes simples vitaminas e minerais
14. Os alimentos e seus nutrientes III - Nutrientes simples vitaminas e minerais14. Os alimentos e seus nutrientes III - Nutrientes simples vitaminas e minerais
14. Os alimentos e seus nutrientes III - Nutrientes simples vitaminas e mineraisLuci Freitas
 
13. Os alimentos e seus nutrientes II - A estrutura dos nutrientes complexos
13. Os alimentos e seus nutrientes II - A estrutura dos nutrientes complexos13. Os alimentos e seus nutrientes II - A estrutura dos nutrientes complexos
13. Os alimentos e seus nutrientes II - A estrutura dos nutrientes complexosLuci Freitas
 
12. Os alimentos e seus nutrientes I - As funções dos alimentos e dos seus nu...
12. Os alimentos e seus nutrientes I - As funções dos alimentos e dos seus nu...12. Os alimentos e seus nutrientes I - As funções dos alimentos e dos seus nu...
12. Os alimentos e seus nutrientes I - As funções dos alimentos e dos seus nu...Luci Freitas
 
11. Sistema genital feminino
11. Sistema genital feminino11. Sistema genital feminino
11. Sistema genital femininoLuci Freitas
 
10. Sistema genital masculino
10. Sistema genital masculino10. Sistema genital masculino
10. Sistema genital masculinoLuci Freitas
 
7. Sistema esquelético e sistema muscular
7. Sistema esquelético e sistema muscular 7. Sistema esquelético e sistema muscular
7. Sistema esquelético e sistema muscular Luci Freitas
 
5. Divisão celular e determinação do sexo
5. Divisão celular e determinação do sexo5. Divisão celular e determinação do sexo
5. Divisão celular e determinação do sexoLuci Freitas
 
6. Histologia - O estudo dos tecidos
6. Histologia - O estudo dos tecidos6. Histologia - O estudo dos tecidos
6. Histologia - O estudo dos tecidosLuci Freitas
 
4. Citologia - O estudo da célula
4. Citologia - O estudo da célula4. Citologia - O estudo da célula
4. Citologia - O estudo da célulaLuci Freitas
 
1. Classificação e características da espécie humana - Luci Freitas
1. Classificação e características da espécie humana  - Luci Freitas1. Classificação e características da espécie humana  - Luci Freitas
1. Classificação e características da espécie humana - Luci FreitasLuci Freitas
 
3. A evolução da espécie humana - Luci Freitas
3. A evolução da espécie humana - Luci Freitas3. A evolução da espécie humana - Luci Freitas
3. A evolução da espécie humana - Luci FreitasLuci Freitas
 
2. Características exclusivas da espécie humana - Luci Freitas
2. Características exclusivas da espécie humana - Luci Freitas2. Características exclusivas da espécie humana - Luci Freitas
2. Características exclusivas da espécie humana - Luci FreitasLuci Freitas
 

Mais de Luci Freitas (13)

9. Sistema nervoso
9. Sistema nervoso9. Sistema nervoso
9. Sistema nervoso
 
14. Os alimentos e seus nutrientes III - Nutrientes simples vitaminas e minerais
14. Os alimentos e seus nutrientes III - Nutrientes simples vitaminas e minerais14. Os alimentos e seus nutrientes III - Nutrientes simples vitaminas e minerais
14. Os alimentos e seus nutrientes III - Nutrientes simples vitaminas e minerais
 
13. Os alimentos e seus nutrientes II - A estrutura dos nutrientes complexos
13. Os alimentos e seus nutrientes II - A estrutura dos nutrientes complexos13. Os alimentos e seus nutrientes II - A estrutura dos nutrientes complexos
13. Os alimentos e seus nutrientes II - A estrutura dos nutrientes complexos
 
12. Os alimentos e seus nutrientes I - As funções dos alimentos e dos seus nu...
12. Os alimentos e seus nutrientes I - As funções dos alimentos e dos seus nu...12. Os alimentos e seus nutrientes I - As funções dos alimentos e dos seus nu...
12. Os alimentos e seus nutrientes I - As funções dos alimentos e dos seus nu...
 
11. Sistema genital feminino
11. Sistema genital feminino11. Sistema genital feminino
11. Sistema genital feminino
 
10. Sistema genital masculino
10. Sistema genital masculino10. Sistema genital masculino
10. Sistema genital masculino
 
7. Sistema esquelético e sistema muscular
7. Sistema esquelético e sistema muscular 7. Sistema esquelético e sistema muscular
7. Sistema esquelético e sistema muscular
 
5. Divisão celular e determinação do sexo
5. Divisão celular e determinação do sexo5. Divisão celular e determinação do sexo
5. Divisão celular e determinação do sexo
 
6. Histologia - O estudo dos tecidos
6. Histologia - O estudo dos tecidos6. Histologia - O estudo dos tecidos
6. Histologia - O estudo dos tecidos
 
4. Citologia - O estudo da célula
4. Citologia - O estudo da célula4. Citologia - O estudo da célula
4. Citologia - O estudo da célula
 
1. Classificação e características da espécie humana - Luci Freitas
1. Classificação e características da espécie humana  - Luci Freitas1. Classificação e características da espécie humana  - Luci Freitas
1. Classificação e características da espécie humana - Luci Freitas
 
3. A evolução da espécie humana - Luci Freitas
3. A evolução da espécie humana - Luci Freitas3. A evolução da espécie humana - Luci Freitas
3. A evolução da espécie humana - Luci Freitas
 
2. Características exclusivas da espécie humana - Luci Freitas
2. Características exclusivas da espécie humana - Luci Freitas2. Características exclusivas da espécie humana - Luci Freitas
2. Características exclusivas da espécie humana - Luci Freitas
 

Último

A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 

Último (20)

A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 

Sistema endócrino humano - Glândulas e hormônios

  • 1.
  • 2.
  • 3. Sistema endócrino humano É formado pelas glândulas endócrinas As substâncias secretadas são chamadas hormônios Glândula endócrina Glândula exócrina
  • 4. Função do sistema endócrino humano Coordenar as funções orgânicas através da ação dos hormônios
  • 5. Principais glândulas do sistema endócrino • Hipófise • Tireóide • Suprarrenais • Paratireoides • Pâncreas • Testículos • Ovários Hipófise Pâncreas Ovários Testículos Tireóide Suprarrenais Paratireoides
  • 6. Células secretoras Células alvo Corrente sanguínea Hormônio Ação dos hormônios Os hormônios são transportados pelo sangue e atingem as células-alvo onde produzirão seus efeitos
  • 7. Glândula hipófise Hipotálamo é uma região do encéfalo que regula o funcionamento da hipófise
  • 8. Hormônios da hipófise GH = Hormônio do crescimento (growth hormone) ADH = Hormônio antidiurético (antidiuretic hormone) ADH GH
  • 9. Hipófise  hormônio do crescimento (GH) growth hormone Promove o crescimento corporal a partir da multiplicação das células dos tecidos ósseo, cartilaginoso e muscular
  • 10. Disfunções da hipófise em relação ao GH Deficiência do hormônio Nanismo hipofisário Excesso do hormônio Gigantismo
  • 11. Nanismo hipofisário = nanismo acondroplásico Deficiência do hormônio do crescimento Mutação genética que afeta o crescimento dos ossos longos
  • 12. Acromegalia Excesso de hormônio do crescimento na idade adulta Crescimento exagerado dos ossos da face, mãos e pés
  • 13. Hipófise  hormônio antidiurético (ADH) Promove reabsorção de água nos rins, evitando a perda excessiva de água e tornando a urina mais concentrada Sangue Rins
  • 14. Efeitos do álcool sobre o hormônio antidiurético O álcool atua na hipófise e inibe a produção de ADH Consequência  maior produção de urina X Sangue Rins
  • 15. Tireoide  hormônios T3 e T4 Regulam a velocidade do metabolismo principalmente a respiração celular, processo que gera energia e calor
  • 16. Disfunções da tireoide Olhos saltados Bócio Excesso de hormônio Hipertireoidismo Metabolismo acelerado, coração bate mais rápido, a temperatura é mais alta que o normal, a pessoa emagrece porque gasta mais energia Deficiência de hormônio Hipotireoidismo Metabolismo lento, coração bate mais devagar, a temperatura do corpo diminui, a pessoa engorda porque gasta menos energia
  • 17. Teste do pezinho Exame obrigatório feito quando a criança nasce. Serve para detectar várias doenças, inclusive hipotireoidismo
  • 18. Causado por falta de hormônio da tireoide na infância Consequências  nanismo e deficiência mental Hipotireoidismo congênito ou Cretinismo
  • 19. Paratireoides  hormônio paratormônio Quando há baixa concentração de cálcio no sangue, o paratormônio atua nos ossos, retirando cálcio que é lançado no sangue, regulando a taxa do mineral Vista de frente Vista por trás Paratireoides
  • 20. Suprarrenais  hormônio adrenalina Prepara o corpo para situações de perigo, ou seja, prepara o corpo para lutar ou fugir
  • 21. Efeitos da adrenalina Taquicardia  coração dispara e impulsiona mais sangue para os músculos Animação em: http://giphy.com/gifs/creepy-terrifying-kjhTSqAjXxoOY
  • 22. Efeitos da adrenalina Aumenta frequência respiratória (maior absorção de O2) Aumenta a taxa de glicose no sangue (fornecer energia) Animação em: https://horrorpediadotcom.files.wordpress.com/2013/01/xtrogif.gif
  • 23. Efeitos da adrenalina Contração dos vasos sanguíneos da pele  palidez Dilatação das pupilas  aumento do campo de visão Animação em: https://www.tumblr.com/search/mama%20movie%20gif
  • 24. Pâncreas É uma glândula mista (secreção endócrina e exócrina) Suco pancreático Secreção exócrina Insulina e glucagon Secreção endócrina
  • 25. Pâncreas  hormônios insulina e glucagon Alta taxa de glicose  insulina  formação de Glicogênio (forma como o fígado armazena glicose) Baixa taxa de glicose  glucagon  fígado libera glicose
  • 26. Ação da insulina Liga-se a receptores celulares que abrem canais para a entrada de glicose nas células Promove a transformação de glicose em glicogênio
  • 27. Ação do glucagon Quebra glicogênio que estava armazenado no fígado, liberando glicose no sangue Glicogênio Glicose Glucagon Produção de glucagon
  • 28. Deficiência de insulina  doença diabetes melito Disfunção do pâncreas com relação à insulina Sintomas do diabetes melito Falta glicose para as células fazerem respiração celular Eliminação do excesso de glicose As células não recebem glicose A pessoa urina muito e desidrata A glicose não é aproveitada pelas células
  • 29. Taxa de glicose sanguínea – análise de gráfico Qual dos indivíduos é diabético? Justifique
  • 30. Taxa de glicose sanguínea – análise de gráfico O indivíduo B. A taxa de glicose continuou alta horas após a refeição, indicando que a glicose não entrou nas células e permaneceu circulando no sangue
  • 31. Gônadas  hormônios sexuais Estes hormônios promovem o desenvolvimento sexual do indivíduo Testosterona Estrogênio e progesterona Testículo Ovário
  • 32. Efeitos dos hormônios sexuais Aparecimento das características sexuais secundárias Testosterona Estrogênio
  • 33. Prepara e mantém o útero na gravidez Efeitos dos hormônios sexuais Progesterona
  • 34. Anabolizantes São hormônios sintéticos similares à testosterona
  • 35. Links para vídeos A menor mulher do mundo https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/139063718143831 A mulher presa no corpo de uma criança https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/493392658511929 A mulher que não para de crescer https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/986660545201034 De onde vem a diabetes https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/847162749204807 Hiperparatireoidismo – doenças das glândulas paratireoides https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/302735891183199 O que acontece quando bebemos álcool https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/127348746010482 Como a insulina age no organismo https://www.facebook.com/1481501972078852/videos/268232798195468