Biomas Naturais Do Brasil

1.846 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.846
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biomas Naturais Do Brasil

  1. 1. Impactos ambientais em ecossistemas brasileiros!
  2. 2. Fatores da destruição da natureza no Brasil <ul><li>A natureza no Brasil tem sido agredida desde de o inicio da colonização. A faixa litorânea foi a primeira a ser atingida. A mata atlântica teve mais de 90% de sua área original para a fundação de cidades, o desenvolvimento de atividade agropecuária, e posteriormente, a instalação do parque industrial Brasileiro. Mangues e vegetação de praias e dunas também foram muito afetados. </li></ul><ul><li>O maior problema ambiental reconhecido pelos municípios é o assoreamento de rios, lagos e açudes, com 53% do total. Os gestores atribuem-no à supressão da mata ciliar (70%), ao desmatamento mais amplo (67%) e à erosão e deslizamento de encostas (56%). As soluções apontadas pelos administradores são a recomposição da vegetação nativa (37%), a dragagem e limpeza de canais (37%) e o combate à erosão (35%). O campeão brasileiro em assoreamento é o Estado do Espírito Santo, com 88% em relação aos outros problemas. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Faz sentido, pois o Espírito Santo quase acabou com a Mata Atlântica em seu território, gerando um baile de erosão. · Alterações ambientais com efeitos sobre a qualidade de vida ocupam o segundo lugar da lista, com 41% do total. Segundo as respostas, os principais problemas a concorrerem para este estado são o esgoto a céu aberto (46%), o desmatamento (45%) e as queimadas (42%). É de se notar que, qualitativamente, o fogo e a queima de combustíveis fósseis representam uma grande queixa por parte da população, e a zona açucareira do norte-noroeste fluminense conhece bem o problema. Em suma, continuam botando fogo no Brasil. Como soluções, as autoridades municipais propõem o controle de vetores de doenças (70%), a ampliação do abastecimento d’água (53%) e a educação (53%). Pernambuco está na liderança com 82%. </li></ul>
  4. 4. Impactos ambientais na Amazônia <ul><li>Embora a Amazônia tem sido menos atingida que outros ecossistemas no inicio da colonização, seu processo de destruição também começou há muito tempo. </li></ul><ul><li>Atualmente, o Desmatamento é o principal responsável pelo avançado estado de destruição desse ecossistema, onde as queimadas preparam os terrenos para os grandes projetos agropecuários. </li></ul><ul><li>Outros fatores também foram responsáveis pela degradação da região: </li></ul><ul><li>Construção de usinas Hidrelétricas; </li></ul><ul><li>Extração de madeira para exportação para o Japão e a Europa; </li></ul><ul><li>Crescimento demográfico; </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Garimpos de ouro; </li></ul><ul><li>Extrativismo Mineral; </li></ul><ul><li>Construção de rodovias e ferrovias; </li></ul>
  6. 6. Impactos ambientais no Cerrado <ul><li>Atingido pela construção de Brasília e das rodovias que passaram a integrar a nova capital ao resto do país, esse ecossistema vem sendo rapidamente degradado por causa do crescimento da agropecuária, sobretudo nos últimos anos. </li></ul><ul><li>A pecuária, que ocupa 60% do cerrado, e o cultivo de soja, que representa 45,3% do total plantado no país, causaram profundos impactos ambientais nesse ecossistema, como: </li></ul><ul><li>O assoreamento do leito dos rios; </li></ul><ul><li>A poluição em algumas nascentes de rios das bacias Amazônia e do São Francisco; </li></ul><ul><li>E a destruição de grandes áreas de vegetação original; </li></ul>
  7. 7. Impactos ambientais na mata Atlântica <ul><li>A maior Biodiversidade brasileira é encontrada nos ecossistemas que compõem a mata Atlântica. No entanto, essa mata já foi muito devastada pelas diversas formas de ocupação a que foi submetida. </li></ul><ul><li>Desde a extração do Pau-brasil até vertiginoso crescimento urbano-industrial brasileiro, não temos muito o que comemorar: as estatísticas atuais dão conta de que mais de 90% da floresta, que se estendida do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul, já foi destruída. </li></ul><ul><li>Suas maiores áreas preservadas estão nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e o Espírito Santo, nas serras, nas serras do Mar e da Mantiqueira, em virtude do relevo acidentado, o que dificulta a ocupação humana. </li></ul>
  8. 8. Impactos ambientais na caatinga <ul><li>Outro grave problema ambiental é o processo de desertificação de grandes áreas da caatinga, provocado pelo desmatamento da vegetação nativa e pela degradação do solo. </li></ul><ul><li>A ocupação do Sertão nordestino foi feita no período denominado ciclo de gado , assim chamado por ter pecuária sua principal atividade econômica, uma atividade complementar á grande riqueza da época _ a cana-de-açúcar e que se desenvolveu ao longo do rio São Francisco durante os séculos XVI, XVII e XVIII. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>A maior parte da caatinga já desapareceu diante das profundas alterações causadas pelo homem. </li></ul><ul><li>Do que restou, cerca de 3% recebe algum tipo de proteção ambiental. A ave mais ameaçada de extinção no Brasil, a ararinha-azul, vive na caatinga. </li></ul>
  10. 10. Impactos ambientais nos campos sulinos <ul><li>As atividades agropecuárias são as grandes responsáveis pela degradação dos campos brasileira, que abrangem áreas predominantemente no Rio Grande do Sul e que também se espalham por Santa Catarina, ultrapassando a fronteira, atingindo áreas da Argentina, Uruguai e Paraguai. </li></ul>
  11. 11. Impactos ambientais no Pantanal <ul><li>O crescimento desorganizado do turismo no Pantanal tem sido uma agravante da degradação ambiental nos ecossistemas da região, uma vez que trouxe problemas até então desconhecidos, como: </li></ul><ul><li>O lixo produzido pelos turistas, que é jogado nos rios e que pode contaminar e até matar a fauna e a flora local; </li></ul>
  12. 12. Impactos ambientais nos ecossistemas litorâneos <ul><li>Os manguezais e as restingas são ecossistemas de alta produtividade biológica, que estão entre os mais degradados do nosso país. </li></ul><ul><li>Sua localização foi decisiva para explicar esta devastação, isto é, abrangem a faixa costeira, que é a mais populosa do Brasil. </li></ul><ul><li>Ações humanas combinados afetam os manguezais e as restingas, agravando os impactos ambientais nesses ecossistemas, como: </li></ul><ul><li>A expansão urbana desordenada, que polui as águas e os solos; </li></ul><ul><li>O derramamento de petróleo nas refinarias e nos terminais de embarque e desembarque da Petrobras; </li></ul>
  13. 13. <ul><li>A grande concentração de capitais estaduais pelo litoral, Com o lançamento de esgotos e a movimentação de importantes portos; </li></ul><ul><li>A pesca predatória são irregular do solo e a poluição causada por pólos industriais; </li></ul><ul><li>O crescimento da rede hoteleira em decorrência da atividades turística; </li></ul>
  14. 14. Política de preservação ambiental <ul><li>A preservação do meio ambiente no Brasil, em virtude da importância de seus ecossistemas, não diz respeito apenas ao nossos governantes, mas é de responsabilidade mundial. Por isso, é essencial conscientizar a população. </li></ul><ul><li>O Ibama apoiado na constituição federal dividiu o território brasileiro em unidades de conservação. </li></ul><ul><li>Segundo suas possibilidades de exploração, essas unidades foram classificadas em: </li></ul><ul><li>Unidades de uso sustentável; </li></ul><ul><li>áreas de proteção integral; </li></ul>
  15. 15. Impactos ambientais em sistemas urbanos <ul><li>As cidades brasileiras têm crescido sem planejamento adequado de sua infra-estrutura, o que, sem dúvida, agrava os impactos urbanos em nosso país. </li></ul><ul><li>Grandes metrópoles brasileiras os problemas são mais intensos e mais ou menos semelhantes, guardando-se as diferenças de tamanho, localização e tipo de cidade. </li></ul><ul><li>Além do lixo e do saneamento básico. </li></ul><ul><li>A presença de dejetos nas águas dos rios favorece as enchentes, que todos os anos castigam os habitantes das cidades. </li></ul>

×