Matemática financeira

134 visualizações

Publicada em

Financeira

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
134
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Matemática financeira

  1. 1. SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 01 2. GERAÇÕES “X” E “Y” 02 3. CONCLUSÃO 04 4. BIBLIOGRAFIA 05 1. INTRODUÇÃO
  2. 2. 1 Em todo e qualquer ambiente, as diferenças psico-comportamentais são notáveis. Diferentes formas de pensar, várias formas de agir, não obstante, a razão por isso se deve à diferentes contextos históricos e ambições dos seres da época, sejam por uma luta de classes ou por uma evolução tecnológica. Dessa forma, as pessoas que são influenciadas por tais fatos, levam características intrínsecas ao ambiente de trabalho ou pessoal, conflitando com outras que conviveram em um meio diferente. Assim sendo, é importante o estudo das gerações, as quais o presente trabalho se preocupa em entender, duas (2) delas: as gerações “X” e “Y” 2. GERAÇÕES “X” E “Y”
  3. 3. 1 2.1 - Aspectos Gerais Conforme o decorrer e os acontecimentos da história, o homem sofreu influências da mesma, sejam por aspectos positivos ou / e negativos, expressando em sua forma de pensar, comportar e de se relacionar com as outras pessoas. Desse modo, a sociedade é marcada por diferentes gerações, com características distintas, acarretando conflitos de pensamentos, ideais, formas de agir, havendo a importância, dessa forma, de se estudar cada uma, a fim de obter o melhor e evitar o desgaste. 2.2 - Geração X A geração X abrange os nascidos entre 1960 a 1980. Nesse período, o pensamento é voltado para a qualidade de vida, liberdade no trabalho e nas relações. No eminente desenvolvimento tecnológico, há um equilíbrio entre o ambiente pessoal e o de trabalho. Sofreu-se com as crises, com o desemprego, tornando-os céticos, resistentes quanto ao novo, superprotetores e individualistas, buscando a estabilidade profissional. Tal geração foi influenciada diretamente por movimentos revolucionários políticos e sociais, como as “Diretas Já” e a figura de Martin Luther King. Possuem amplo conhecimento devido à ânsia de alcançar o objetivo profissional, gerando competição e ressaltando o egoísmo, materialismo e o conservadorismo na forma de agir se relacionar. 2.3 - Geração Y
  4. 4. 1 A geração Y é marcada, pelos que nasceram entre 1980 a 2000. Com um mundo estável, se desenvolveram mediante o uso do computador, internet e uma educação mais valorizada que as demais. Realizam várias tarefas ao mesmo tempo, lidam diretamente com meios eletrônicos, facilitando a realização dos objetivos. Essa geração também apresenta um desejo constante por novas experiências, resultando na ânsia de uma ascensão rápida, que a promova de cargos em períodos relativamente curtos e de maneira contínua. Tornando-os individualistas, impacientes e ambiciosos, realizando tarefas de acordo com o interesse próprio. 2.3 - Comparação X e Y As características apresentadas em X e Y se divergem paradoxalmente em sua forma de pensar, agir e relacionar, valendo-se destacar alguns pontos. GERAÇÃO X GERAÇÃO Y Nasceram em um período de instabilidade e de revoluções Nasceram em um período estável e de prosperidade econômica Temem perder espaço para os mais novos Impulsivos, enfrentam os medos a fim de alcançar seus objetivos Comprometidos com os objetivos da empresa Decididos em alcançar objetivos próprios Equilibram o ambiente pessoal e profissional Flexionam seus horários Buscam a tranquilidade, estabilidade Buscam o movimento, inovação 3. CONCLUSÃO
  5. 5. 1 Com o presente trabalho percebem-se, em múltiplas formas, as diferenças entre as gerações e a influência que o contexto histórico faz nas mesmas, e a importância de bom convívio entre elas, apesar de sua distinta forma de pensar e agir, visto que o respeito e a amadurecimento das gerações reunidas no ambiente de trabalho e pessoal são essenciais para que cada um possa mostrar sua competência e desenvolver um bom relacionamento com a outra, alcançando os objetivos das mesmas e da empresa. Mesmo com as diferenças, nenhuma geração é melhor que a outra, elas apenas possuem características diferentes. Enquanto uma se preocupa pela estabilidade (X) a outra se impacienta pela inovação (Y). O sucesso do ambiente que as compreende é na mesclagem das qualidades das mesmas e a tentativa da redução dos defeitos e incapacidades, tornando um espaço objetivado pelo sucesso e bom relacionamento. 4. BIBLIOGRAFIA
  6. 6. 1 REVISTA GALILEU. Disponível em:< http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/ 0,EDG87165-7943-219,00-GERACAO+Y.html>. Acesso em: 26 jan 2014. EXAME ABRIL. Disponível em: < http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/os- pontos-fortes-e-fracos-das-apresentacoes-da-geracao-x-e-y>. Acesso em: 26 jan 2014. SemeAd: Seminários de Administração. O processo evolutivo entre as gerações X, Y e Baby Boomers. São Paulo, 2011.
  7. 7. 1 REVISTA GALILEU. Disponível em:< http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/ 0,EDG87165-7943-219,00-GERACAO+Y.html>. Acesso em: 26 jan 2014. EXAME ABRIL. Disponível em: < http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/os- pontos-fortes-e-fracos-das-apresentacoes-da-geracao-x-e-y>. Acesso em: 26 jan 2014. SemeAd: Seminários de Administração. O processo evolutivo entre as gerações X, Y e Baby Boomers. São Paulo, 2011.

×