6. líquidos corporais e os rins

6.628 visualizações

Publicada em

w

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.628
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
107
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

6. líquidos corporais e os rins

  1. 1. 11/10/2011 A ingestão de líquido é variável e deve ser contrabalanceada pela excreção a fim de manter a homeostase. INGESTÃO DIÁRIA DE ÁGUA Líquidos e alimentos 2.100 a 2.300 ml/dia Oxidação dos carboidratos 200 ml/dia Suor = 100 ml/dia (Condições normais) A perda de água corporal não pode ser estipulada com precisão Atenção: Atenção: Em dias quentes ou em atividade física vigorosa pode devido ao fator denominado PERDA INSENSÍVEL DE ÁGUA. aumentar para 1 a 2l/hora = Ativação do mecanismo da sede = fator de proteção contra desequilíbrio do meio interno. interno. Evaporação pelo trato respiratório + Difusão pela pele = 700ml/dia Fezes = 100 ml/dia (Condições normais)Difusão pela pele = 300 a 400 ml/dia (Condições normais)Atenção: Em queimaduras extensas pode aumentar em 10 vezes Atenção: Atenção: Em quadro de diárreia intensa aumenta consideravelmente, podendo ser fatal. fatal.Evaporação pelo trato respiratório = 300 a 400 ml/dia (Condições normais) Rins = 0,5 l/dia (pessoa desidratada) a 20 l/dia (pessoa superhidratada)Atenção:Atenção: Em dias frios a pressão de vapor de água atmosférico Atenção: Atenção: O rins são os principais responsáveis pelo equilíbrio tantodiminui para quase 0 levando à perda mais acentuada, causando de líquido quanto de eletrólitos no organismo. organismo.ressecamento nas vias aéreas. aéreas. SUPRIMENTO E EXCREÇÃO DIÁRIA ÁGUA CORPORAL DE ÁGUA • A quantidade total de água em homem com peso médio (70 kg) é de cerca de 40 I, 57% de seu peso corporal total, todavia. 1
  2. 2. 11/10/2011 Líquido Intracelular(28 litros) + Líquido Extracelular (14 litros) •Líquido Intersticial •Plasma sangüíneo • Líquido transcelular 42 litros em um sujeito adulto médio de 70kg Fatores de que influenciam a quantidade de líquidos corporais Idade Sexo % Gordura•Líquido transcelular = Sinóvia, Pericárdico, peritoneal e intra-ocular intra-O plasma e o líquido intersticial realizam constantes trocas, o que osfazem bastante semelhantes em sua composição.Principal diferença – Proteínas estão presentes em maior quantidade noplasmaO volume sangüíneo corresponde a aproximadamente 7% do pesocorporal de um adulto jovem médio (5 litros). 0,9% de NaCl Menor 0,9% de NaCl Maior 0,9% de NaCl Fatores de variação 5% Glicose Fatores Qual a conseqüência ao se adicionar sódio ao meio extracelular??? Idade Sexo Fisiológicos Qual a conseqüência ao se ingerir excesso de alimentos ricos em sal??? • PERDA DE ÁGUA:• EXCESSO DE ÁGUA: Desidratação – Diminuição da secreção do ADH – Rins Hiper-hidratação hiposmótica – Secreção exagerada do secretam urina diluída. hormônio anti-diurético(ADH) Desidratação por sudorese excessiva.• PERDA DE SÓDIO: • EXCESSO DE CLORETO DE SÓDIO: Perda de cloreto de sódio; Diarréia e Vômitos; Uso Hiper-hidratação hiperosmótica – aumento da secreção de excessivo de diuréticos, Diminuição da secreção do aldosterona pelos rins hormônio Aldosterona. Obs: Este quadro só não é mais grave porque o aldosterona induz a uma maior absorção de água juntamente com o sódio. 2
  3. 3. 11/10/2011• EDEMA INTRACELULAR Diminuição do Falta de nutrição Metabolismo celular adequada da célula• EDEMA EXTRACELULAR Diminuição do fluxo sangüíneo tecidual – depressão da bomba de NA e K (1) aumento da pressão capilar; Extravasamento Falha no sistemaanormal de líquido de drenagem plasma linfática (2) diminuição das proteínas plasmáticas, causando redução da pressão coloidosmotica do plasma; (3) aumento da permeabilidade capilar, que permite o extravasamento excessivo de proteínas e de líquidos através dos poros. Acúmulo de líquido no meio extracelular• Falha no bombeamento de sangue das veias para as Principais conseqüências:artérias, causando aumento da pressão nas veias ecapilares. A PA tende a cair diminuindo da excreção de sal • Aumento da Aumento do volume de líquido intersticiale água pelos rins. A redução do fluxo sanguíneo pelos rins •Aumento da PA pelo Aumento do volume sangüíneocausa aumento da secreção de Angiotensina II eAldosterona – Aumento da retenção de água e sal. 3
  4. 4. 11/10/2011 CIRROSE HEPÁTICA:• Redução na produção adequada de proteína 1. Diminuição da produção de proteínas plasmática pelos hepatócitos – Diminuição da pressão coloidosmótica do plasma – EDEMA• Perda excessiva de proteína do plasma GENERALIZADO •Excreção excessiva de proteína na urina (síndrome nefrótica) 2. Compressão capilar da veia porta – aumento da pressão hidrostática na •Proteína plasmática menor que 2,5g/100ml = Edema generalizado área gastrointestinal – aumento da filtração de líquido plasmático para os espaços intra-abdominais - EDEMA intra- SISTEMA URINÁRIO Conjunto de órgãos responsáveis pela filtração do sangue, formação, transporte e eliminação da urina. (TORTORA, 2007) 4
  5. 5. 11/10/2011 ANATOMIA EXTERNA DOS RINS • Regulação da composição iônica do sangue •Regulação do PH do sangue 10 – 12 cm comprimento; •Regulação do volume do sangue 5 – 7 cm largura; • Regulação da PA 3 cm espessura; 135 – 150 g; •Produção de hormônios (Calcitrol – Tamanho de uma barra de Vitamina D ativa e Eritropoietina) sabão. • Concentração sanguínea de glicose • Excreção de resíduos e substâncias estranhas ANATOMIA INTERNA DOS RINS • A urina é drenada dos néfrons para ductosCápsula Fibrosa – camada papilares eprofunda;Cápsula Adiposa – Camada posteriormente paramédia; os cálices renaisFascia Renal – Camadasuperficial. menores e maiores. • Dos cálices para a pelve renal, uretér e bexiga urinária. ANATOMIA FISIOLÓGICA DOS RINS O NÉFRON • Em seu conjunto, os dois rins contêm cerca de 2.000.000 de néfrons, tendo cada néfron a capacidade de formar urina por si só. • Glomérulo, pelo qual o líquido é filtrado do sangue, é um longo túbulo no qual o líquido filtrado é transformado em urina no seu trajeto até a pelve renal. 5
  6. 6. 11/10/2011 NÉFRON • Os néfrons são as unidades funcionais dos rins; • Consistem em duas partes: • Corpúsculo Renal: No qual o plasma sanguíneo é filtrado (Glomérulo + Cápsula glomerular). • Túbulo Renal: Direciona o líquido filtrado para o ducto coletor (Túbulo contorcido proximal, Alça de Henle e Túbulo contorcido distal).FLUXO DE LÍQUIDO PELO NÉFRON CORPÚSCULO RENAL • Cápsula Glomerular • Túbulo Contorcido Proximal• Ramo descendente da alça de Henle• Ramo ascendente fino • Ramo ascendente Espesso • Túbulo contorcido distal SUPRIMENTO SANGUÍNEO DOS FUNÇÃO DO NÉFRON RINS• Arteríola Aferente: • A função básica do néfron consiste em limpar Direciona o sangue ou "depurar” o plasma sanguíneo de sistêmico para o néfron; substâncias indesejadas em sua passagem• Capilares Glomerulares: pelo rim. Filtração efetiva; • Produtos finais do metabolismo, como uréia,• Arteríola Eferente: Drenagem do sangue creatinina, ácido úrico e uratos e substâncias, renal; que tendem a acumular-se no organismo• Capilares Peritubulares: como Na+, K+, Cl-, H+. Circundam os túbulos. 6
  7. 7. 11/10/2011TÚBULO RENAL E DUCTO COLETOR TÚBULO RENAL E DUCTO COLETOR• Células Epiteliais Cúbicas com borda em • Células Epiteliais pavimentosas Simples escova proeminentes de microvilosidades.• Maior potencial absortivo. • Células Epiteliais Cúbicas simples a Células Epiteliais Colunares Baixas (Mácula Densa). • Ao longo da mácula densa, a parede das arteríolas apresentam células justaglomerularesTÚBULO RENAL E DUCTO COLETOR TÚBULO RENAL E DUCTO COLETOR • Células Principais – Receptores para ADH e• Células Epiteliais Cúbicas Simples. Aldosterona• O túbulo contorcido distal começa pouco • Células Intercaladas – Homeostasia do PH depois da mácula densa. FISIOLOGIA RENAL FISIOLOGIA RENAL• Filtração Glomerular: H2O e solutos do • Reabsorção Tubular: Retorno da H2O e solutos plasma passam do capilar glomerular para a filtrados para a corrente sanguínea, Células cápsula glomerular e túbulo renal. tubulares reabsorvem 99% da H2O solutos úteis, que retornam ao sangue pelos capilares peritubulares. 7
  8. 8. 11/10/2011 FISIOLOGIA RENAL FILTRAÇÃO GLOMERULAR• Secreção Tubular: Remove substâncias do • A velocidade de Excreção Urinária é igual a sangue e secreta nos túbulos e ducto coletor, velocidade de filtração glomerular + resíduos, fármacos e excesso de íons. Velocidade de Secreção – Velocidade de reabsorção. • VF = FG + VS - VR CAPILARES PERITUBULARES MEMBRANA DE FILTRAÇÃO• Filtrado Glomerular médio por dia = 150 – • Permite a filtração de água e pequenos 180 Litros = 21% DC. solutos, mais impede a filtração da maioria• 1 a 1,5 Litros são eliminados como urina das proteínas plasmáticas, células sanguíneas e plaquetas.• Os capilares peritubulares são extremamente porosos, a osmose é extremamente rápida, • Célula endotelial glomerular (fenestrações); resultante da pressão coloidosmótica das • Lâmina basal do glomérulo; proteínas plasmáticas. • Fenda de filtração formada por um podócito. MEMBRANA DE FILTRAÇÃO FILTRAÇÃO DAS PROTEÍNAS • As porções da membrana basal dos poros glomerulares são revestidas por um complexo de proteoglicanos que possuem cargas elétricas negativas muito fortes. • As proteínas plasmáticas também possuem fortes cargas negativas. Por conseguinte, a repulsão eletrostática das moléculas pelas paredes dos poros impede a passagem de praticamente todas as moléculas protéicas 8
  9. 9. 11/10/2011 SELETIVIDADE MOLECULAR PRESSÃO EFETIVA DE FILTRAÇÃO• Tamanho dos poros membrana, permitem a • A pressão do sangue no glomérulo determina a passagem de moléculas com diâmetros de filtração de líquido para a cápsula de Bowman. até cerca de 8 nanômetros.• Porções da membrana basal revestidas por • Presssão Hidrostática (PHGS) = 55mm/Hg um complexo de proteoglicanos com cargas • Pressão Capsular (PHC) = 15 mm/Hg elétricas negativas muito fortes. • Pressão Coloidosmótica (PCOS) = 30 mm/Hg • PEF = PHGS – PHC – PCOS • PEF = 55mm/Hg – 15mm/Hg - 30mm/Hg • PEF = 10mm/Hg PRESSÃO EFETIVA DE FILTRAÇÃO TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR • Quantidade de filtrado formado pelos dois rins por minuto. • TFG = 125 ml/min (Homens) • TFG = 105 ml/min (Mulheres) • Se a TFG for muito alta, Substâncias necessárias podem passar tão rapidamente pelos túbulos que algumas não sejam reabsorvidas. AUTO REGULAÇÃO DA TFG AUTO REGULAÇÃO DA TFG• Mecanismo Miogênico = Aumento da tensão ou relaxamento no epitélio da arteríola aferente em resposta a ↑ PA;• Retroalimentação tubuloglomerular = Presença excessiva de grande quantidade de Na+, Cl- e H2O diminui a secreção de NO2 pelas células no aparelho justaglomerular, e aumenta produção de renina causando vasoconstricção. 9
  10. 10. 11/10/2011 Pressão Arterial - Phidrostática glomerular - FG HIPERTENSÃO CRÔNICA E DIABETES NÃO-CONTROLADO NÃO- Reabsorção NaCl na mácula densaproximal de NaCl Aumento da espessura da membrana basal dos capilares glomerulares Renina Dano aos capilares ocorrendo perda da função Angiotensina II Resistência nas arteríolas Resistência nas arteríolas Diminuição da FG eferentes aferentes DETERMINANTES FÍSICOS CAUSAS FISIOLÓGICAS/FISIOPATOLÓGICAS Diminuição Kf = Diminuição FG Doença renal, diabetes melito, hipertensão Aumento Phidrostática na cápsula de Obstrução das vias urinárias (cálculos renais) Bowman = Diminuição FG Aumento da Pcoloidosmótica nos capilares Diminuição do fluxo sanguíneo renal, glomerulares = Diminuição FG aumento das proteínas plasmáticas Diminuição da Phidrostática nos capilares glomerulares = Diminuição FG: Diminuição da PA sistêmica = Diminuição Diminuição Pressão arterial (pequeno efeito da Phidrostática nos capilares glomerulares devido a auto-regulação) Diminuição da resistência das arteríolas Diminuição Angiotensina II (fármacos que eferentes = Diminuição da Phidrostática nos bloqueiam a formanção da Angiotensina II) capilares glomerulares Aumento da resistência das arteríolas Aumento da atividade simpática, hormônios afererentes = Diminuição da Phidrostática vasoconstrictores (norepinefrina, nos capilares glomerulares endoltelina) MUITO OBRIGADO thiagofidale@hotmail.com 10

×