Líderes Criativos

578 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Líderes Criativos

  1. 1. 5 . g. ;s; y<«~v›'fç. w. a» . V: _ . . . 5 e. x . .. um. _exêxxxxxxxxx xâwa . . ç xàxw . »vxmsxxxàv . mvwwwxxxVax x. x
  2. 2. wma [Xffl/ T/l/ O #xa/ m NJHVl/ OZ l/ /Mf/ l/IO <›-- of not/ www : mar/ m _w
  3. 3. A I É ÉRWE V061? J/ ?ôf COMO [Xf/ fff/ i Jl/ /i Z/ Df/ f/i/ Vfñ DL' MEM# f/ i// ií/ l/ñ, üftfPf/ ií/ i/VDO / i [Úll/ f/ñ/ l/[ñ f /7 fliPM/ D/? Df N /76/1? Of M/ ?IVÍ/ /f/ i / ll/ Ol/ ÁDÚ/ f/i / l// i Jl/ ñ fül/ /Pf7 Hinn nus¡ nim¡liumlimiIHIHIHHHIHHHHH 0 curso de LÍDERES CRIATIVOS vai Aprenda a utilizar a criatividade como filosofia de vida e ensinar, de forma prática e estimulante, ferramenta de trabalho para a gestão. Receba dicas e truques técnicas e conceitos, atitudes e sobre os hábitos criativos que todos precisam readquirir comportamentos essenciais para o e exercitar. Comece a usar a criatividade em todas as desenvolvimento do pensar de forma atividades do dia-a-dia, na gestão dos negócios, projetos criativa para lideres e gestores de e na vida pessoal. Saiba, sobretudo, buscar e usar os organizações. estímulos criativos para liderar.
  4. 4. PARA QUEM TOMÉ #Ol/ ÍZÍJ 01/f- h Exercem funções de liderança em suas organizações na gestão de equipes, projetos, departamentos e processos; Quase todas as pessoas se D Necessitam destravar o processo de geracão das boas interessam pel? assunto' _ _ _ _ _ _ _ _ I mas somentetresem cada ideiase aplicar criatividade no diaa dia, na tomada de 100 se dizem Criativas_ É decisoes e na mobilizaçao de equipes; pomue não sabem que para ser criativa tem que D Percebem a importância de aprender novos hábitos se considera¡- Cnaava_ necessários para desenvolver liderança criativa e identificar novas oportunidades para os negócios; O curso ensina isso e o como fazer. V Todos os líderes interessados num viver em "estado criativo" em seus negócios, independente da área que atuam.
  5. 5. P Possibilitando o resgate de hábitos criativos; P Trabalhando a comunicação como elemento chave para inovação; P Demonstrando como envolver, engajar e motivar equipes com conexões, pertencimento e significado; §> Utilizando técnicas e exemplos de processos de comunicação criativos, e novos modelos de gestão baseados na criatividade e conectividade. P Reconhecendo e trabalhando diferentes perfis, expertise e habilidades, entre os facilitadores e participantes, para gerar diversidade de ideias, desafios e oportunidades para a construção da liderança criativa. EWÉ WA b Repensando novas atitudes, novos sistemas de vendas, estratégias de liderança e conceitos; # Apresentando as informações básicas e as técnicas sobre como funciona o processo criativo, tais como: de onde vem as boas ideias, o processo da incubação e da indução, a arte da simplicidade, a função do erro, como objetivar e decidir, a conexão de ideias aplicadas, a arte do briefing e como gerar reuniões mais criativas. cG/ @Lzac-mufõâa Saímos diferentes quando passamos por um curso de criatividade. Nossa vida jíca mais rica, interessante, leve e, com certeza, mais autêntica e espontânea. °-@G›f""9@/ "”'>&94>9
  6. 6. PROGRAMA D/ /i 7 (M) - “O / iÍJÚ/ iíf 0/7 [K/ /if/ l// D/Mf” Técnicas e hábitos criativos para desenvolvimento pessoal e profissional com foco na liderança de equipes e empresas inovadoras D/ /i Z (171) - 0 NJfA/ l/Oll/ /Mf/ VÍO D/ i Z/ DÍR/ i/l/ f/i f/ i// if/ l// i Aplicação dos princípios e hábitos criativos no exercício da liderança, na mobilização de equipes e no desenvolvimento de times de alta performance.
  7. 7. 07/7 7 “Ú REM/ ih” M M/ /if/ i// D/iüf” p ABERTURA 0 0 que é ser criativo? › IMAGINAÇÃO - O início de tudo começa com a - Nascimento da criatividade imaginação livre: o Bloqueios que enfrentamos; ' Observar a5 Circmstâricias e tirar - Habilidades e hábitos que perdemos. proveito delas; CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO APLICADA O RESGATE E DESENVOLVIMENTO DE HÁBITOS CRIATIVOS / NTU/ ÇÃO 0 Desenvolvendo o espirito da curiosidade; 0 Liderança criativa e a influência o Serendipity - o inesperado bom; para a inovação; 0 Captura de sonhos; o smpucidade¡ o O usadas notas e dos apontamentos; . Desconstrução de ¡de¡as¡ ' A funçao do erro¡ 0 Confianca Criativa- -Incubação e iluminação; , ' . . ' . . o Estimulo as ideias; - Rompimento de barreiras; , _ , _ __ 'Relacionado uma coisa com outra; ° Tecnmas e iii-ancas de reum°es o A arte de fazer perguntas: CrIatIVaS COITI objetIVidade.
  8. 8. 0M Z “0 üfJf/ Vi/ Úli/ /Mf/ l/TO 0/7 l/ Df/ i/i/ l/Ç/ i f/ i// iT/ I/ ” P LIDERANÇA CRIATIVA P COMO ELABORAR UM BRIEFING 0 Premissas e atitudes dos líderes criativos; EFICIENTE 0 0 papel do líder no processo de comunicação 0 Quem contrata não sabe o potencial da e inovação; ferramenta; o Senso de pertencimento e criação de significado; 0 Criando o briefing juntos; 0 Exemplos que constroem [ou destroeml; 0 Tipos de clientes e suas características - o Feedback criativo. como atender a cada tipo. EQUIPES CRIATIVAS COMO _ORGANIZAR E CONDUZIR UMA o Empatia e a percepção do outro; REUNIAO DE BRÀINSTORM o Leitura e envolvimento de pessoas; o Liderança na condução das reuniões; o Elogio e reconhecimento; o Os cuidados necessários antes e durante 0 Motivação para a ação; a reunião; o Dando a missão e organizando briefings bem r 0 Apontamentos; sucedidos; o Aprenda a conduzir o pensamento; o Conhecimento, propósito e autonomia. 0 O pós brainstorm.
  9. 9. P REDES CRIATIVAS I Sonhos compartilhados; o A venda de ideias e conceitos; o Criação e manutenção de parcerias e cumplicidades estratégicas; o Cumplicidade, sinergia e ambiente favorável; - Comunicação interna e externa; o Porque estratégias não comunicadas não existem; A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO NA IMPLANTAÇÃO DA INOVAÇÃO o Os entraves da comunicação interna; t A comunicação como um amálgama reunindo pessoas e departamentos; o 0 papel dos gerentes na comunicação interna; o A arte de contar histórias; o Como vender idéias e conceitos.
  10. 10. RÉSRLTAÊ S ESPERA @S 0 Que os gestores pensem de forma criativa seu dia a dia; - Que líderes sintam-se inspirados à geração de ideias para seu desenvolvimento pessoal, de suas equipes e da organização; 0 Que surjam estímulos à busca de soluções criativas para problemas e de possibilidades para exploração das potencialidades da empresa, produtos e colaboradores; - Que haja melhora imediata nas técnicas de comunicação para gerar inovação em seus ambientes e negócios; I Que novos modelos criativos em liderança, gestão e comunicação possam contribuir para repensar modelos próprios; - Que os aprendizados contribuam para a geração de novos modelos, produtos, serviços e oportunidades de negócio que possam apresentar resultado financeiro concreto a partir de criatividade e inovação; o Que o curso deixe um legado criativo às pessoas e à organização, que possa ser replicado internamente e sirva como um exercício constante do pensar criativo.
  11. 11. COLABORADORES [Z 0/ Z/ i/l/ [ÍT/ Eloi Zanetti. Consultor em marketing, comunicação e vendas, palestrante e escritor. Foi diretor de comunicação do Bamerindus. Um dos criadores das campanhas O Tempo Passa o Tempo Voa. .., Gente que Faz, o Banco da Nossa Terra, Bicho do Paraná, entre outras. Diretor de marketing do Boticário. Um dos criadores da Fundação Boticário de Proteção à Natureza. Atualmente divide seu tempo entre atender clientes, organizar workshops e fóruns sobre vendas, comunicação e criatividade. Escreve artigos para diversas revistas, jornais e portais. Ambientalista, conselheiro de várias ONGs. Fundador da Casa do Contador de Histórias. Autor de sete livros sobre marketing e infantis.
  12. 12. Jf/ i/l/ J/ Úfl Relações públicas [UFPR] e pós graduado em marketing ÍFAEI. Extensão em marketing internacional (University of North London - Reino Unidoi. Especialista em gestão de eventos internacionais e pesquisador sobre o tema criatividade. Mais de quinze anos de experiência como profissional e empreendedor independente em comunicação e marketing e com destaque para projetos e atuação no setor do turismo. Coordenador regional para o Conselho Mundial de Viagens & Turismo - WTTC na América Latina. Integrante da coordenação operacional de eventos do WEF - Fórum Econômico Mundial- Davos - Suíça nas edições 1999, 2003 e 2008 pelo grupo Publicis. Co-fundador da Escola, dedica a maior parte de seu tempo, inspiração e esforço na assessoria de projetos em comunicação e marketing aplicados ao turismo e diversas áreas, e é um incansável pesquisador para o desenvolvimento de projetos na área de criatividade junto a Escola.
  13. 13. /ill/ i/V 000m Formado pelo Programa de Gestão Avançada da Harvard Business School; Mestre em Gestão Empresarial [FGV]; MSC in IT and Organizational Change [Lancaster University - UKI; MBA em Gestão de Negócios [| BMECl. Conselheiro de Administração [IBGC] e com programas de desenvolvimento no INSEAD [França] e na Universidade Católica de Milão (Itália). É palestrante, multi-empreendedor e mentor de startups; fundador da Allan Costa Consultoria e Desenvolvimento Humano e da Inspiradores; sócio-fundador da Bi; sócio da Looks Creative Studio, da The Cave e da Escola de Criatividade. Foi Diretor Superintendente do SEBRAE/ PR. Diretor Geral e Secretário de Estado da Secretaria de Planejamento do Paraná e atua como Cônsul Honorário da Grã-Bretanha em Curitiba. É colunista de empreendedorismo da rádio CBN, e investidor-anjo co-fundador da Curitiba Angels e membro do Harvard Business School Startup Angels.
  14. 14. Eâüüm @EMM “ A Escola de Criatividade é uma organização especializada em consultoria e educação corporativa com foco em criatividade e inovação aplicada a negócios. Nossa proposta é resgatar hábitos criativos e aplicar na prática técnicas do pensar criativo para promover confiança e cultura de inovação empresarial. Empresas em todo o mundo colocam a inovação como prioridade, entretanto, a maior parte delas não percebe que o processo de inovação acontece por meio de pessoas, de seu capital humano. E que antes de inovação - atributo da empresa, está a criatividade - atributo individual. Esse é o objetivo da Escola de Criatividade: criar condições e ensinar técnicas e práticas para o estímulo de mentes criativas no ambiente corporativo. Com base no conceito da Escola de Criatividade e de sua forma de trabalho, os projetos desenvolvidos focam resultados práticos, criativos e inovadores, alinhados com as expectativas do cliente. Foi criada por Eloi Zanetti, publicitário, especialista em comunicação e marketing e que trabalha com criatividade há mais de 35 anos para pessoas e empresas; e por Jean Sigel, especialista em marketing e gestão de eventos e que desenvolve pesquisas e estratégias sobre o pensar criativo em todo o mundo. ! Hull inn¡ : uniiiiuanlirlliiliitiiiiiiiililiiiiiiii 1500 CEOS de 60 países e 33 setores diferentes indicaram a criatividade como a competência número um para o profissional e líder neste século. Global CEO Study - IBM Institute 2010
  15. 15. Escola _de Criatividade Mais simples do que você imagina f_- ; t . .-t-IA na. .. : vg WÁi*Í_t. A i t_iiiillíiiifliljt'WIIiii/ K472133? : :aiiiifeiiíxgiáiàm. uíisiileiaíçfigiiiviiiisieiaayzeiniáiríi 'iriê"â; i 'zuiàiauíizfiçi

×