ANA CAROLINA MARTINS DE PAIVA
LIMA
LETRAS
Argumentação: Tecnófilo
Argumentos à favor da utilização tecnológica
em ambiente escolar:
 Não é possível uma educação que destoe do universo
em ...
“Amanhã já será muito tarde!”
 Ainda que uma escola hipotética, posta em questão,
não tenha uma infraestrutura perfeita e...
 Os alunos devem ser preparados para as etapas
seguintes de sua formação e por conseguinte à sua
atuação profissional, qu...
Mediação: O indicador de
caminhos!
 Se faz necessário ressaltar que o computador não
substituirá o professor, mas será si...
 O professor continua com o papel essencial que sempre
ocupou: O indicador de caminhos!
Autoaprendizagem
 O aluno deve, como um desbravador, trilhar os
caminhos da independência e autossuficiência,
qualidade v...
 O aluno contemporâneo precisa ser “fisgado” por um
ensino que acompanhe seu mundo e suas preferências.
Deve-se assim, bu...
A evolução do mundo, a evolução do ser...
“Quando o homem compreende a sua realidade, pode
levantar hipóteses sobre o desa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atividade3anacarolinamartinsdepaivalima

143 visualizações

Publicada em

Trabalho da Disciplina Virtual Tecnologias e práticas educativas, 7º Período - Letras - PUC Minas

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
143
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade3anacarolinamartinsdepaivalima

  1. 1. ANA CAROLINA MARTINS DE PAIVA LIMA LETRAS Argumentação: Tecnófilo
  2. 2. Argumentos à favor da utilização tecnológica em ambiente escolar:  Não é possível uma educação que destoe do universo em que os alunos, vivem. Em um mundo tecnológico e computadorizado em que se vive atualmente, não é procedente que a escola se afaste da tecnologia, inserindo-o em um ambiente que não é aquele de seu costume, deixando-o deslocado e, consequentemente, desmotivado.
  3. 3. “Amanhã já será muito tarde!”  Ainda que uma escola hipotética, posta em questão, não tenha uma infraestrutura perfeita e condições 100% favoráveis à utilização de computadores, não se deve descartar a utilização dos mesmos, pois 60% ainda será melhor que 0% de qualquer ângulo que se analise.
  4. 4.  Os alunos devem ser preparados para as etapas seguintes de sua formação e por conseguinte à sua atuação profissional, que se dará, inevitavelmente, por meios tecnológicos.
  5. 5. Mediação: O indicador de caminhos!  Se faz necessário ressaltar que o computador não substituirá o professor, mas será sim, um elemento a ser mediado. O professor deve, além de ensinar, moderar a utilização, educando o aluno nessa prática tecnológica, guiando-o ao caminho do estudo e investigação, levando-o a perceber o equipamento em suas mãos como um instrumento de conhecimento.
  6. 6.  O professor continua com o papel essencial que sempre ocupou: O indicador de caminhos!
  7. 7. Autoaprendizagem  O aluno deve, como um desbravador, trilhar os caminhos da independência e autossuficiência, qualidade visceral em seu futuro. A tecnologia ajuda na tarefa, transformando os alunos em exploradores da própria educação. Aprendendo assim, pela descoberta, uma descoberta ao alcance dos dedos. O aluno passa da passividade, para passa a comandar os próprios conhecimentos.
  8. 8.  O aluno contemporâneo precisa ser “fisgado” por um ensino que acompanhe seu mundo e suas preferências. Deve-se assim, buscar em seu mundo os elementos para que a educação se torne atraente, contextualizada e interacional. Trazendo o mundo do aluno para a escola, fazendo-o se sentir integrante do ambiente em que se insere.
  9. 9. A evolução do mundo, a evolução do ser... “Quando o homem compreende a sua realidade, pode levantar hipóteses sobre o desafio dessa realidade e procurar soluções. Assim, pode transformá-la e o seu trabalho pode criar um mundo próprio, seu Eu e as circunstâncias” Paulo Freire

×