SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
PROPOSTA DE ELABORAÇÃO SOBRE OS
MATERIAIS PEDAGÓGICOS ELABORADOR POR
FREINET E MONTESSORI




       PLANO DE AULA
INTRODUÇÃO
 Em nossas pesquisas os quebra-cabeças mais
  comuns ligados à herança de Montessori estavam
  mais ligados as figuras geométricas. Como a
  atividade permitia uma nova “roupagem”, porem
  mantendo os princípios fundamentais propostos
  por Montessori, apresentamos o quebra-cabeças
  com figuras de animais.
 O professor pode trabalhar de forma ampla a
  interdisciplinaridade   (matemática,       ciências,
  português, meio-ambiente) além de raciocínio e
  lógica.
 As figuras simpáticas auxiliam muito, pois tornam o
  aprendizado divertido.
TEMA DA AULA
Unir as peças adequadamente buscando formar e
identificar corretamente o animal escolhido;
CLASSE A SER REALIZADA A AULA
Classe com crianças de idade entre 03 (três) a 05
(cinco) anos de idade.
OBJETIVOS GERAIS DA AULA
 Divertir-se com o jogo;
 Desenvolver a percepção visual;

 Trabalhar com a consciência ecológica;

 Discutir a importância da amizade e respeito;

 Trazer informações sobre cuidados com a saúde
  na relação ser humano x animal (higiene);
 Abordar temas que contribuam para a formação de
  valores essenciais para a formação dos conteúdos
  procedimentais (saber fazer);
OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA AULA
   Que o aluno entenda a variedade de animais existentes
    no mundo com suas inúmeras especificidades;
   Exercite o raciocínio, lógica, concentração,
    coordenação motora;
   Desenvolver a socialização e a cooperação com o
    próximo na hora de brincar;
   Incentivar o trabalho em equipe e saber lidar com
    conflitos e frustrações;
   Desenvolve a habilidade de resolver problemas;
   Melhorar a percepção visual, espacial e sensibilidade;
   Ação conjunta das mãos e olho de maneira
    coordenada;
   Trabalhar formas, cores, tamanhos, amimais;
METODOLOGIA A SER REALIZADA
   Reunir os alunos para uma “contação” de história;
   Abrir uma roda de conversa para que as crianças
    comentem sobre o livro, o que entenderam, o que
    sabem sobre os animais, quem tem bichinho de
    estimação em casa, os cuidados, etc;
   Apresentar o jogo, explicar as regras, dividir os alunos
    em grupos para encaixar as peças;
   Retomar a roda de conversa promovendo um debate
    entre os grupos (*);
   Como atividade de registro, propor que eles criem o
    próprio quebra-cabeças, começando pelo desenho livre,
    a colagem em papel cartão e recorte;
   Propor a troca das produções entre os colegas para
    montar, colar e expor na sala de aula;
MATERIAIS A SEREM UTILIZADOS
 Livro de história;
 Sulfite;

 Papel cartão ou cartolina;

 Lápis de cor, giz de cera, canetinhas coloridas;

 Cola;

 Tesoura sem ponta;
AVALIAÇÃO
 Observar a reação das crianças e seu interesse;
 Observar a participação nas rodas de conversa;

 Observar principalmente, o comportamento, a
  socialização no grupo, como se expressaram e
  como lidaram com a frustração e/ou conflito ao
  tentar encaixar as peças.
BÔNUS TRACK
Making off da produção do grupo
FIM!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Montessori
MontessoriMontessori
Montessori
gracykf
 
Esquema corporal atividades
Esquema corporal   atividadesEsquema corporal   atividades
Esquema corporal atividades
AlineGarotti
 
Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
linda_ines
 
Ensino aprendizagem na educação infantil slides
Ensino aprendizagem na educação infantil slidesEnsino aprendizagem na educação infantil slides
Ensino aprendizagem na educação infantil slides
Anthony Felipe
 
Maria Montessori
Maria MontessoriMaria Montessori
Maria Montessori
Ateliê Giramundo
 
Actividades no Jardim de Infância
Actividades  no Jardim de InfânciaActividades  no Jardim de Infância
Actividades no Jardim de Infância
guest2fcfae
 
Apostila de atividades crianças 1 a 2 anos
Apostila de atividades  crianças 1 a 2 anosApostila de atividades  crianças 1 a 2 anos
Apostila de atividades crianças 1 a 2 anos
Mara Rocha
 
Pensando o dia a-dia numa creche-1
Pensando o dia a-dia numa creche-1Pensando o dia a-dia numa creche-1
Pensando o dia a-dia numa creche-1
saletebia
 
O que fazemos no jardim de Infância
O que fazemos no jardim de InfânciaO que fazemos no jardim de Infância
O que fazemos no jardim de Infância
guest2fcfae
 

Mais procurados (20)

Curiosidades sobre o método montessoriano
Curiosidades sobre o método montessorianoCuriosidades sobre o método montessoriano
Curiosidades sobre o método montessoriano
 
Identidade e autonomia
Identidade e autonomiaIdentidade e autonomia
Identidade e autonomia
 
Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
 
Montessori
MontessoriMontessori
Montessori
 
Educação montessoriana
Educação montessorianaEducação montessoriana
Educação montessoriana
 
P curricular dos 2 anos borboletas
P curricular dos 2 anos borboletasP curricular dos 2 anos borboletas
P curricular dos 2 anos borboletas
 
Esquema corporal atividades
Esquema corporal   atividadesEsquema corporal   atividades
Esquema corporal atividades
 
19557 livro sensorial
19557 livro sensorial19557 livro sensorial
19557 livro sensorial
 
Berçário 1 e 2º bim. 2015
Berçário 1 e 2º bim. 2015Berçário 1 e 2º bim. 2015
Berçário 1 e 2º bim. 2015
 
Creche oficina/ Vila Bela
Creche oficina/ Vila BelaCreche oficina/ Vila Bela
Creche oficina/ Vila Bela
 
Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
 
Ensino aprendizagem na educação infantil slides
Ensino aprendizagem na educação infantil slidesEnsino aprendizagem na educação infantil slides
Ensino aprendizagem na educação infantil slides
 
Maria Montessori
Maria MontessoriMaria Montessori
Maria Montessori
 
Actividades no Jardim de Infância
Actividades  no Jardim de InfânciaActividades  no Jardim de Infância
Actividades no Jardim de Infância
 
Desenvolvimento Psicomotor
Desenvolvimento PsicomotorDesenvolvimento Psicomotor
Desenvolvimento Psicomotor
 
Apostila de atividades crianças 1 a 2 anos
Apostila de atividades  crianças 1 a 2 anosApostila de atividades  crianças 1 a 2 anos
Apostila de atividades crianças 1 a 2 anos
 
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.
 
Matriz habilidades infantil
Matriz habilidades infantilMatriz habilidades infantil
Matriz habilidades infantil
 
Pensando o dia a-dia numa creche-1
Pensando o dia a-dia numa creche-1Pensando o dia a-dia numa creche-1
Pensando o dia a-dia numa creche-1
 
O que fazemos no jardim de Infância
O que fazemos no jardim de InfânciaO que fazemos no jardim de Infância
O que fazemos no jardim de Infância
 

Destaque

Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
thayseehausen
 
As crianças, o brincar e o currículo
As crianças, o brincar e o currículoAs crianças, o brincar e o currículo
As crianças, o brincar e o currículo
Francineteproinfo
 
Matematica material dourado
Matematica material douradoMatematica material dourado
Matematica material dourado
Beatrix Algrave
 
Projeto meio ambiente fauna e flora
Projeto meio ambiente  fauna e floraProjeto meio ambiente  fauna e flora
Projeto meio ambiente fauna e flora
FauFlo
 
HISTÓRIA DA ALFABETIZAÇÃO
HISTÓRIA DA ALFABETIZAÇÃOHISTÓRIA DA ALFABETIZAÇÃO
HISTÓRIA DA ALFABETIZAÇÃO
Edlauva Santos
 
Slide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaSlide lara relação família escola
Slide lara relação família escola
Rosana Leite
 

Destaque (20)

Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
 
Aula Montessoriana - Prática
Aula Montessoriana - PráticaAula Montessoriana - Prática
Aula Montessoriana - Prática
 
Maria Montessori
Maria MontessoriMaria Montessori
Maria Montessori
 
Fase do desenvolvimento
Fase do desenvolvimentoFase do desenvolvimento
Fase do desenvolvimento
 
Material Dourado - Montessori
Material Dourado - MontessoriMaterial Dourado - Montessori
Material Dourado - Montessori
 
Montessori
MontessoriMontessori
Montessori
 
Mente absorvente cap.20
Mente absorvente cap.20Mente absorvente cap.20
Mente absorvente cap.20
 
Sistemas de ensino Montessori
Sistemas de ensino MontessoriSistemas de ensino Montessori
Sistemas de ensino Montessori
 
Maria Montessori
Maria Montessori Maria Montessori
Maria Montessori
 
251 alfabeto movel
251 alfabeto movel251 alfabeto movel
251 alfabeto movel
 
Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
 
Dicas de atividades sensoriais
Dicas de atividades sensoriaisDicas de atividades sensoriais
Dicas de atividades sensoriais
 
As crianças, o brincar e o currículo
As crianças, o brincar e o currículoAs crianças, o brincar e o currículo
As crianças, o brincar e o currículo
 
Matematica material dourado
Matematica material douradoMatematica material dourado
Matematica material dourado
 
Projeto meio ambiente fauna e flora
Projeto meio ambiente  fauna e floraProjeto meio ambiente  fauna e flora
Projeto meio ambiente fauna e flora
 
Cagliari
CagliariCagliari
Cagliari
 
HISTÓRIA DA ALFABETIZAÇÃO
HISTÓRIA DA ALFABETIZAÇÃOHISTÓRIA DA ALFABETIZAÇÃO
HISTÓRIA DA ALFABETIZAÇÃO
 
Slide 6encontro
Slide 6encontroSlide 6encontro
Slide 6encontro
 
Slide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaSlide lara relação família escola
Slide lara relação família escola
 
Matemática na Educação Infantil
Matemática na Educação InfantilMatemática na Educação Infantil
Matemática na Educação Infantil
 

Semelhante a Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaborador

Projeto brincando com reciclados
Projeto brincando com recicladosProjeto brincando com reciclados
Projeto brincando com reciclados
sandramirandan
 
Cantos de atividades
Cantos de atividades Cantos de atividades
Cantos de atividades
vivianelima
 
Estudos sobre o brincar como um facilitador da aprendizagem avaliam os efeito...
Estudos sobre o brincar como um facilitador da aprendizagem avaliam os efeito...Estudos sobre o brincar como um facilitador da aprendizagem avaliam os efeito...
Estudos sobre o brincar como um facilitador da aprendizagem avaliam os efeito...
guuhalves94
 

Semelhante a Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaborador (20)

Bncc na ed infantil]
Bncc na ed infantil]Bncc na ed infantil]
Bncc na ed infantil]
 
Jogos Matematicos
Jogos MatematicosJogos Matematicos
Jogos Matematicos
 
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete MantovaniArticulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
 
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
 
Como atrair os pais para a escola
Como atrair os pais para a escolaComo atrair os pais para a escola
Como atrair os pais para a escola
 
Projeto brincando com reciclados
Projeto brincando com recicladosProjeto brincando com reciclados
Projeto brincando com reciclados
 
Noele curso
Noele cursoNoele curso
Noele curso
 
Cantos de atividades
Cantos de atividades Cantos de atividades
Cantos de atividades
 
A turma do
A turma doA turma do
A turma do
 
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
 
Estudos sobre o brincar como um facilitador da aprendizagem avaliam os efeito...
Estudos sobre o brincar como um facilitador da aprendizagem avaliam os efeito...Estudos sobre o brincar como um facilitador da aprendizagem avaliam os efeito...
Estudos sobre o brincar como um facilitador da aprendizagem avaliam os efeito...
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Apresentação1pais
Apresentação1paisApresentação1pais
Apresentação1pais
 
FORMULAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PARA CRIANÇAS AUTISTAS COM TPS
FORMULAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PARA CRIANÇAS AUTISTAS COM TPSFORMULAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PARA CRIANÇAS AUTISTAS COM TPS
FORMULAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PARA CRIANÇAS AUTISTAS COM TPS
 
Estilos de Aprendizagem
Estilos de AprendizagemEstilos de Aprendizagem
Estilos de Aprendizagem
 
Projeto : Animais a nossa volta 2013
 Projeto : Animais a nossa volta 2013 Projeto : Animais a nossa volta 2013
Projeto : Animais a nossa volta 2013
 
Meu brinquedo
Meu brinquedoMeu brinquedo
Meu brinquedo
 
01 - BERÇARIO E MATERNAL I Bncc.pdf
01 - BERÇARIO E MATERNAL I Bncc.pdf01 - BERÇARIO E MATERNAL I Bncc.pdf
01 - BERÇARIO E MATERNAL I Bncc.pdf
 
8º encontro
8º encontro8º encontro
8º encontro
 
andreia
andreiaandreia
andreia
 

Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaborador

  • 1. PROPOSTA DE ELABORAÇÃO SOBRE OS MATERIAIS PEDAGÓGICOS ELABORADOR POR FREINET E MONTESSORI PLANO DE AULA
  • 2. INTRODUÇÃO  Em nossas pesquisas os quebra-cabeças mais comuns ligados à herança de Montessori estavam mais ligados as figuras geométricas. Como a atividade permitia uma nova “roupagem”, porem mantendo os princípios fundamentais propostos por Montessori, apresentamos o quebra-cabeças com figuras de animais.  O professor pode trabalhar de forma ampla a interdisciplinaridade (matemática, ciências, português, meio-ambiente) além de raciocínio e lógica.  As figuras simpáticas auxiliam muito, pois tornam o aprendizado divertido.
  • 3. TEMA DA AULA Unir as peças adequadamente buscando formar e identificar corretamente o animal escolhido;
  • 4. CLASSE A SER REALIZADA A AULA Classe com crianças de idade entre 03 (três) a 05 (cinco) anos de idade.
  • 5. OBJETIVOS GERAIS DA AULA  Divertir-se com o jogo;  Desenvolver a percepção visual;  Trabalhar com a consciência ecológica;  Discutir a importância da amizade e respeito;  Trazer informações sobre cuidados com a saúde na relação ser humano x animal (higiene);  Abordar temas que contribuam para a formação de valores essenciais para a formação dos conteúdos procedimentais (saber fazer);
  • 6. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA AULA  Que o aluno entenda a variedade de animais existentes no mundo com suas inúmeras especificidades;  Exercite o raciocínio, lógica, concentração, coordenação motora;  Desenvolver a socialização e a cooperação com o próximo na hora de brincar;  Incentivar o trabalho em equipe e saber lidar com conflitos e frustrações;  Desenvolve a habilidade de resolver problemas;  Melhorar a percepção visual, espacial e sensibilidade;  Ação conjunta das mãos e olho de maneira coordenada;  Trabalhar formas, cores, tamanhos, amimais;
  • 7. METODOLOGIA A SER REALIZADA  Reunir os alunos para uma “contação” de história;  Abrir uma roda de conversa para que as crianças comentem sobre o livro, o que entenderam, o que sabem sobre os animais, quem tem bichinho de estimação em casa, os cuidados, etc;  Apresentar o jogo, explicar as regras, dividir os alunos em grupos para encaixar as peças;  Retomar a roda de conversa promovendo um debate entre os grupos (*);  Como atividade de registro, propor que eles criem o próprio quebra-cabeças, começando pelo desenho livre, a colagem em papel cartão e recorte;  Propor a troca das produções entre os colegas para montar, colar e expor na sala de aula;
  • 8. MATERIAIS A SEREM UTILIZADOS  Livro de história;  Sulfite;  Papel cartão ou cartolina;  Lápis de cor, giz de cera, canetinhas coloridas;  Cola;  Tesoura sem ponta;
  • 9. AVALIAÇÃO  Observar a reação das crianças e seu interesse;  Observar a participação nas rodas de conversa;  Observar principalmente, o comportamento, a socialização no grupo, como se expressaram e como lidaram com a frustração e/ou conflito ao tentar encaixar as peças.
  • 10. BÔNUS TRACK Making off da produção do grupo
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20. FIM!