Universidade Federal de Santa Maria
Centro de Educação
Processos Em Investigativos Em Educação
A PRÁTICA DE EDUCAÇÃO
INCLU...
Introdução:
Vem relatar um tema muito abordado no dias
atuais, a inclusão a qual obriga as escolas ater uma
organização so...
O foco é Educar, incluindo, é a missão da escola e
sociedade em geral .Aonde aprender é ensinar, é o
desafio para todos.
A...
Educação e Escola Inclusiva
Retratar uma escola inclusiva nos dias de hoje ainda
e raro, aonde, viver e aprender com os se...
Falar em Educação inclusiva é diversidade física,
intelectual, étnica, cultural ou religiosa, direitos e
também deveres.
É...
Porquê incluir e estar
incluído?
É uma superação da descriminação. A qual o
individuo tem a supera qualquer barreira socia...
Sala de Aulas Inclusivas
A construção de salas inclusivas são uma
perspectivas a educação para todos e com todos.
Aonde o ...
Agir para refletir e refletir para
agir.
A inclusão esta constantemente sendo uma procura de
produzir conhecimento, e desa...
Criar ambientes inclusivos
É criar uma oportunidade, mas não é fácil de
conseguir.
Devemos ter muitos cuidados ao gerar
co...
A socialização e inclusão da
crianças.
É o nível a qual apresenta uma socialização,
autônoma e comunicativa na linguagem.
...
Considerações finais:
A inclusão é uma longa caminha que ainda mal
começou e poderá evoluir, na qual precisa de uma
revolu...
Bibliografias
O trabalho A PRÁTICA DA INCLUSÃO NA ESCOLA de LETIANE FERRAZ está
licenciado com uma Licença Creative Common...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Pratica de Educação Inclusiva na Escola

246 visualizações

Publicada em

Uma Pesquisa Na Revista Lusófona de Educação, na qual fizemos o trabalho para Universidade Federal De Santa Maria.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
246
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Pratica de Educação Inclusiva na Escola

  1. 1. Universidade Federal de Santa Maria Centro de Educação Processos Em Investigativos Em Educação A PRÁTICA DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA NA ESCOLA Nome: Letiane Ferraz
  2. 2. Introdução: Vem relatar um tema muito abordado no dias atuais, a inclusão a qual obriga as escolas ater uma organização social flexível e funcional, como muito respeito por si e pelo outro.
  3. 3. O foco é Educar, incluindo, é a missão da escola e sociedade em geral .Aonde aprender é ensinar, é o desafio para todos. Ao decorrer do trabalho vou mostrar alguns passos do artigo exemplificando e refletindo, para que possamos fazer do aprender e ensinar, incluindo.
  4. 4. Educação e Escola Inclusiva Retratar uma escola inclusiva nos dias de hoje ainda e raro, aonde, viver e aprender com os seus pares, na sua comunidade, incluindo a escola do seu ‘bairro’, a qual poder ter acesso a Educação.
  5. 5. Falar em Educação inclusiva é diversidade física, intelectual, étnica, cultural ou religiosa, direitos e também deveres. É viver e aprender com as diferenças e trazer para as nossas vidas sua harmonia, beleza e diversidade de cores. É olhar e viver’a diferença como o direito a ser.
  6. 6. Porquê incluir e estar incluído? É uma superação da descriminação. A qual o individuo tem a supera qualquer barreira social. Aonde incluir e ultrapassar a perspectiva do individuo. Significa querer estar disponíveis para respeitar e ser respeitado.
  7. 7. Sala de Aulas Inclusivas A construção de salas inclusivas são uma perspectivas a educação para todos e com todos. Aonde o professor e responsável pela participação do aluno e de como fazer com que ele aprenda, é o processo ensino e aprendizagem.
  8. 8. Agir para refletir e refletir para agir. A inclusão esta constantemente sendo uma procura de produzir conhecimento, e desafiando alguns problemas, na qual procura respostas individuais. E uma abordagem constante aonde o agir e o refletir estão em investigação com dublo objetivo. Conhecimento Ação
  9. 9. Criar ambientes inclusivos É criar uma oportunidade, mas não é fácil de conseguir. Devemos ter muitos cuidados ao gerar condições na sala de recursos, com diversidade e criatividade. E sempre obtendo a compreensão dos alunos que você ira recepcionar.
  10. 10. A socialização e inclusão da crianças. É o nível a qual apresenta uma socialização, autônoma e comunicativa na linguagem. São delineados etapas as quais são difíceis para a inclusão na sociedade. Perturbações Socioeducativo Reflexão teórica
  11. 11. Considerações finais: A inclusão é uma longa caminha que ainda mal começou e poderá evoluir, na qual precisa de uma revolução cultural. Mas que estamos tentando diariamente evoluir dentro das escolar e sociedade. “Mudar é possível, derrubar pré-conceitos e crenças também, mas é preciso lutar contra a corrente ,com os inconvenientes que isso acarrete. Fazer escola local de sucesso para todos vai continuar a ser a utopia que nos vai conduzir e agir nesta caminhada.”(revista Lusófona de educação no.19 Lisboa 2011)
  12. 12. Bibliografias O trabalho A PRÁTICA DA INCLUSÃO NA ESCOLA de LETIANE FERRAZ está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional. http://www.scielo.gpeari.mctes.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645- 72502011000300009&lang=pt Rev. Lusófona de educação no.19 Lisboa 2011( pesquisado 20/11/2015 as 15:00)

×