SlideShare uma empresa Scribd logo

Modernismo: FASE HERÓICA

Primeira Fase Modernista.

1 de 5
Baixar para ler offline
Colégio Espírita Rubens Costa Romanelli
Modernismo: Fase Heróica
Alunas: Letícia Gonçalves, Sabrina Brasile Gabriela Mendes
Professor: Vilmar Vilaça
O que foi e qual a sua
origem?
A primeira geração do modernismo no Brasil teve
início no ano de 1922, onde o marco foi a
Semana de Arte Moderna que representou uma
ruptura com os padrões artísticos tradicionais e
terminou no ano de 1930. Essa fase ficou
conhecida como "fase heróica".
Em seu início, os Modernistas eram contra tudo o
que estava instituído. A Semana de Arte
Moderna sintetizou bem esse caráter da 1ª fase,
apresentando polêmica, originalidade e deboche.
Segundo Mário de Andrade, os modernistas não
sabiam definir o que queriam, mas sabiam o que
não queriam. E o que eles não queriam?
Continuar com o modelo do tradicionalismo
cultural, que vinha vigorando no Brasil nas
escolas literárias que antecederam o
Modernismo. Eles queriam romper com os
paradigmas (modelos) impostos.
Nessa fase, os temas nacionais eram frequentes
e a vida em seu cotidiano extremamente
valorizada. Além disso, a Literatura fugia da
linguagem culta, aproximando-se da linguagem
popular.
E suas principais
características?
 Nacionalismo crítico e ufanista
 Valorização do cotidiano
 Resgate das raízes culturais
 brasileiras
 Críticas à realidade brasileira
 Renovação da linguagem
 Oposição ao parnasianismo e ao
academicismo
 Experimentações estéticas
 Renovações artísticas
 Ironia, sarcasmo e irreverência
 Caráter anárquico e destruidor
 Uso de versos livres e brancos
Principais artistas e
obras
Os artistas que receberam destaques foram:
Mário de Andrade (1893-1945), Oswaldo de
Andrade (1890-1954), Menotti Del Picchia (1892-
1988), e as pintoras Tarsila do Amaral (1886-
1973) e Anitta Malfatti (1889-1964) que ficaram
conhecidos como Grupo dos Cinco.
Grupo
dos cinco, da esquerda para a direita: Mario de
Andrade,Anitta Malfatti, Menotti Del Picchia, Tarsila
do Amaral e Oswald de Andrade
Principais obras da
“Fase Heróica”
Poesia
• Paulicéia desvairada (1922) – primeira obra de
poesia modernista no Brasil e matriz de muitos
processos poéticos do movimento;
• Losango cáqui (1926);
• Clã do Jabuti (1927);
• Remate de males (1930);
• Poesias (1941);
• Lira paulistana (1946);
• O carro da miséria (1946);
• Poesias completas (1966).
Exemplos:
Erro de português
Quando o português chegou
Debaixo de uma bruta chuva
Vestiu o índio
Que pena!
Fosse uma manhã de sol
O índio tinha despido
O português.
Oswald de Andrade
Moça LindaBem Tratada
Moça linda bem tratada,
Três séculos de família,
Burra como uma porta:
Um amor.
Grã-fino do despudor,
Esporte, ignorância e sexo,
Burro como uma porta:
Um coió.
Mulher gordaça, filó,
De ouro por todos os poros
Burra como uma porta:
Paciência...
Plutocrata sem consciência,
Nada porta, terremoto
Que a porta do pobre arromba:
Uma bomba.
Mário de Andrade
Prosa
• Amar,verbointransitivo(romance-idílio,1927) –
narra a históriade Fraudelin,governantaalemãque
ensinaoamor para os jovensde famíliarica,
iniciando-ossexualmente;
• Macunaíma, o herói semnenhumcaráter(rapsódia,
1928).
Teatro
• O homeme o cavalo(1934);
• A morta (1937);
• O rei da vela(1937).
Escrita por Oswaldde Andrade,se trata de uma
crítica ao imperialismodosEUA.
Artes Plásticas
Destacam-se como artistas modernistas: Di
Cavalcanti, Vicente do Rêgo, Anita Malfatti, Lasar
Segall, Tarsilla do Amaral, Victor Brecheret e
Ismael Nery.
Abaporu,o antropófago,obrade Tarsilado Amaral -
amigade AnitaMalfatti e apoiavao movimento
modernista.
O Homemamarelo,de AnitaMalfatti,obra
consideradafeiae de mal gostopelostradicionalistas.
Seus Manifestos
Movimento Pau-Brasil: raiz do movimento
antropofágico, alicerçado em Oswald de Andrade
e Tarsila do Amaral, propunha uma postura
primitivista e inovadora na poesia, rejeitando o
discurso poético retórico.
Movimento Verde-Amarelo/ Grupoda Anta:
identificado com Cassiano Ricardo, Menotti del
Picchia e Plínio Salgado, constituiu-se como um
grupo de preocupações artísticas patrióticas e
ufanistas, propondo-se a uma contraposição ao
Movimento Pau-Brasil. A anta era seu símbolo.
Movimento Antropofágico: tendo Oswald de
Andrade como principal expoente, aprofunda as
proposições do Pau-Brasil, propondo uma língua
literária “não catequizada”.
Houve ainda as revistas Klaxon, veículo de
informação geral dos artistas modernistas, no
período subsequente à Semana de Arte
Moderna, e a Antropofágica, ligada ao
movimento homônimo.
Fontes de Pesquisa:
 http://www.nilc.icmc.usp.br/nilc/literatura/modernismo1.htm
 http://www.todamateria.com.br/primeira-geracao-modernista/
 brasilescola.uol.com.br/literatura/o-modernismo-no-brasil.htm
 portugues.uol.com.br/literatura/modernismo-brasileiro.html
 http://primeirageracaomodernistabrasileira.blogspot.com.br/2010/08/principais-escritores-e-obras-da_23.html
 www.jornaldepoesia.jor.br/oswal.html
 www.suapesquisa.com/artesplasticasbrasil/
 http://educacao.globo.com/literatura/assunto/movimentos-literarios/modernismo-fase-heroica.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Castro Alves - O Poeta dos Escravos
Castro Alves - O Poeta dos EscravosCastro Alves - O Poeta dos Escravos
Castro Alves - O Poeta dos EscravosEvaí Oliveira
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesZenia Ferreira
 
Slide Genero Textual Poesia
Slide Genero Textual PoesiaSlide Genero Textual Poesia
Slide Genero Textual PoesiaJomari
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no BrasilCrisBiagio
 
Carlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de AndradeCarlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de AndradeAdriana Masson
 
3ª fase do modernismo blog
3ª fase do modernismo blog3ª fase do modernismo blog
3ª fase do modernismo blogLuciene Gomes
 
Modernismo em portugal e fernando pessoa
Modernismo em portugal e fernando pessoaModernismo em portugal e fernando pessoa
Modernismo em portugal e fernando pessoaAndréia Peixoto
 
Modernismo 2 fase (geração de 30)
Modernismo 2 fase (geração de 30)Modernismo 2 fase (geração de 30)
Modernismo 2 fase (geração de 30)Josie Ubiali
 
Romantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geraçãoRomantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geraçãoQuezia Neves
 
Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922seixasmarianas
 
Vanguarda europeia
Vanguarda europeiaVanguarda europeia
Vanguarda europeiaAna Batista
 
As raízes do modernismo brasileiro
As raízes do modernismo brasileiroAs raízes do modernismo brasileiro
As raízes do modernismo brasileiroMiguel De Lima
 

Mais procurados (20)

Castro Alves - O Poeta dos Escravos
Castro Alves - O Poeta dos EscravosCastro Alves - O Poeta dos Escravos
Castro Alves - O Poeta dos Escravos
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
 
Slide Genero Textual Poesia
Slide Genero Textual PoesiaSlide Genero Textual Poesia
Slide Genero Textual Poesia
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
 
A hora da estrela
A hora da estrelaA hora da estrela
A hora da estrela
 
O que é Literatura?
O que é Literatura?O que é Literatura?
O que é Literatura?
 
Carlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de AndradeCarlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de Andrade
 
Modernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geraçãoModernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geração
 
3ª fase do modernismo blog
3ª fase do modernismo blog3ª fase do modernismo blog
3ª fase do modernismo blog
 
Modernismo em portugal e fernando pessoa
Modernismo em portugal e fernando pessoaModernismo em portugal e fernando pessoa
Modernismo em portugal e fernando pessoa
 
Carlos drummond de andrade
Carlos drummond de andradeCarlos drummond de andrade
Carlos drummond de andrade
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Modernismo 2 fase (geração de 30)
Modernismo 2 fase (geração de 30)Modernismo 2 fase (geração de 30)
Modernismo 2 fase (geração de 30)
 
Arcadismo[1]..
Arcadismo[1]..Arcadismo[1]..
Arcadismo[1]..
 
Romantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geraçãoRomantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geração
 
Modernismo Brasileiro
Modernismo BrasileiroModernismo Brasileiro
Modernismo Brasileiro
 
Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922
 
Vanguarda europeia
Vanguarda europeiaVanguarda europeia
Vanguarda europeia
 
As raízes do modernismo brasileiro
As raízes do modernismo brasileiroAs raízes do modernismo brasileiro
As raízes do modernismo brasileiro
 
Clarice Lispector - A hora da estrela.
Clarice Lispector - A hora da estrela.Clarice Lispector - A hora da estrela.
Clarice Lispector - A hora da estrela.
 

Destaque (10)

Modernismo brasil 1ª fase
Modernismo brasil 1ª faseModernismo brasil 1ª fase
Modernismo brasil 1ª fase
 
Modernismo 1ª fase
Modernismo 1ª faseModernismo 1ª fase
Modernismo 1ª fase
 
1 fase do modernismo
1 fase do modernismo1 fase do modernismo
1 fase do modernismo
 
Modernismo fases
Modernismo fasesModernismo fases
Modernismo fases
 
Mapa del modernismo
Mapa del modernismoMapa del modernismo
Mapa del modernismo
 
Aula modernidade pós modernidade
Aula modernidade pós modernidadeAula modernidade pós modernidade
Aula modernidade pós modernidade
 
Pós-modernidade
Pós-modernidadePós-modernidade
Pós-modernidade
 
Pós-modernismo slide
Pós-modernismo slidePós-modernismo slide
Pós-modernismo slide
 
Modernidade x pos modernidade
Modernidade x pos modernidadeModernidade x pos modernidade
Modernidade x pos modernidade
 
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)
 

Semelhante a Modernismo: FASE HERÓICA

Semelhante a Modernismo: FASE HERÓICA (20)

Tdpp2
Tdpp2Tdpp2
Tdpp2
 
Modernismo – 1ª fase – de 22 a 30
Modernismo – 1ª fase – de 22 a 30Modernismo – 1ª fase – de 22 a 30
Modernismo – 1ª fase – de 22 a 30
 
Modernismo no Brasil.pptx
Modernismo no Brasil.pptxModernismo no Brasil.pptx
Modernismo no Brasil.pptx
 
1º fase do modernismo
1º fase do modernismo1º fase do modernismo
1º fase do modernismo
 
Modernismo primeira fase
Modernismo  primeira faseModernismo  primeira fase
Modernismo primeira fase
 
Apresentação (4).pptx
Apresentação (4).pptxApresentação (4).pptx
Apresentação (4).pptx
 
Pré-modernismo e mordenismo 1°geração.pptx
Pré-modernismo e mordenismo 1°geração.pptxPré-modernismo e mordenismo 1°geração.pptx
Pré-modernismo e mordenismo 1°geração.pptx
 
O modernismo no brasil
O modernismo no brasilO modernismo no brasil
O modernismo no brasil
 
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian Trombini
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian TrombiniSemana de Arte Moderna - Professora Vivian Trombini
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian Trombini
 
1° geração modernista.pdf
1° geração modernista.pdf1° geração modernista.pdf
1° geração modernista.pdf
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Modernismo Desdobramentos
Modernismo DesdobramentosModernismo Desdobramentos
Modernismo Desdobramentos
 
Modernismo - 1ª Geração.docx
Modernismo - 1ª Geração.docxModernismo - 1ª Geração.docx
Modernismo - 1ª Geração.docx
 
Modernismo Brasileiro 1ª geração
Modernismo Brasileiro 1ª geraçãoModernismo Brasileiro 1ª geração
Modernismo Brasileiro 1ª geração
 
Primeira Geração Modernista
Primeira Geração ModernistaPrimeira Geração Modernista
Primeira Geração Modernista
 
Primeira Fase do Modernismo Brasileiro
Primeira Fase do Modernismo BrasileiroPrimeira Fase do Modernismo Brasileiro
Primeira Fase do Modernismo Brasileiro
 
Modernismo ii fase
Modernismo ii faseModernismo ii fase
Modernismo ii fase
 

Último

610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...excellenceeducaciona
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...excellenceeducaciona
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...apoioacademicoead
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioDeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioIsabelPereira2010
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Prime Assessoria
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIAHenrique Pontes
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioProfessor Belinaso
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 

Último (20)

610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioDeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 

Modernismo: FASE HERÓICA

  • 1. Colégio Espírita Rubens Costa Romanelli Modernismo: Fase Heróica Alunas: Letícia Gonçalves, Sabrina Brasile Gabriela Mendes Professor: Vilmar Vilaça
  • 2. O que foi e qual a sua origem? A primeira geração do modernismo no Brasil teve início no ano de 1922, onde o marco foi a Semana de Arte Moderna que representou uma ruptura com os padrões artísticos tradicionais e terminou no ano de 1930. Essa fase ficou conhecida como "fase heróica". Em seu início, os Modernistas eram contra tudo o que estava instituído. A Semana de Arte Moderna sintetizou bem esse caráter da 1ª fase, apresentando polêmica, originalidade e deboche. Segundo Mário de Andrade, os modernistas não sabiam definir o que queriam, mas sabiam o que não queriam. E o que eles não queriam? Continuar com o modelo do tradicionalismo cultural, que vinha vigorando no Brasil nas escolas literárias que antecederam o Modernismo. Eles queriam romper com os paradigmas (modelos) impostos. Nessa fase, os temas nacionais eram frequentes e a vida em seu cotidiano extremamente valorizada. Além disso, a Literatura fugia da linguagem culta, aproximando-se da linguagem popular. E suas principais características?  Nacionalismo crítico e ufanista  Valorização do cotidiano  Resgate das raízes culturais  brasileiras  Críticas à realidade brasileira  Renovação da linguagem  Oposição ao parnasianismo e ao academicismo  Experimentações estéticas  Renovações artísticas  Ironia, sarcasmo e irreverência  Caráter anárquico e destruidor  Uso de versos livres e brancos Principais artistas e obras Os artistas que receberam destaques foram: Mário de Andrade (1893-1945), Oswaldo de Andrade (1890-1954), Menotti Del Picchia (1892- 1988), e as pintoras Tarsila do Amaral (1886- 1973) e Anitta Malfatti (1889-1964) que ficaram conhecidos como Grupo dos Cinco. Grupo dos cinco, da esquerda para a direita: Mario de Andrade,Anitta Malfatti, Menotti Del Picchia, Tarsila do Amaral e Oswald de Andrade
  • 3. Principais obras da “Fase Heróica” Poesia • Paulicéia desvairada (1922) – primeira obra de poesia modernista no Brasil e matriz de muitos processos poéticos do movimento; • Losango cáqui (1926); • Clã do Jabuti (1927); • Remate de males (1930); • Poesias (1941); • Lira paulistana (1946); • O carro da miséria (1946); • Poesias completas (1966). Exemplos: Erro de português Quando o português chegou Debaixo de uma bruta chuva Vestiu o índio Que pena! Fosse uma manhã de sol O índio tinha despido O português. Oswald de Andrade Moça LindaBem Tratada Moça linda bem tratada, Três séculos de família, Burra como uma porta: Um amor. Grã-fino do despudor, Esporte, ignorância e sexo, Burro como uma porta: Um coió. Mulher gordaça, filó, De ouro por todos os poros Burra como uma porta: Paciência... Plutocrata sem consciência, Nada porta, terremoto Que a porta do pobre arromba: Uma bomba. Mário de Andrade Prosa • Amar,verbointransitivo(romance-idílio,1927) – narra a históriade Fraudelin,governantaalemãque ensinaoamor para os jovensde famíliarica, iniciando-ossexualmente; • Macunaíma, o herói semnenhumcaráter(rapsódia, 1928). Teatro • O homeme o cavalo(1934); • A morta (1937); • O rei da vela(1937).
  • 4. Escrita por Oswaldde Andrade,se trata de uma crítica ao imperialismodosEUA. Artes Plásticas Destacam-se como artistas modernistas: Di Cavalcanti, Vicente do Rêgo, Anita Malfatti, Lasar Segall, Tarsilla do Amaral, Victor Brecheret e Ismael Nery. Abaporu,o antropófago,obrade Tarsilado Amaral - amigade AnitaMalfatti e apoiavao movimento modernista. O Homemamarelo,de AnitaMalfatti,obra consideradafeiae de mal gostopelostradicionalistas. Seus Manifestos Movimento Pau-Brasil: raiz do movimento antropofágico, alicerçado em Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral, propunha uma postura primitivista e inovadora na poesia, rejeitando o discurso poético retórico. Movimento Verde-Amarelo/ Grupoda Anta: identificado com Cassiano Ricardo, Menotti del Picchia e Plínio Salgado, constituiu-se como um grupo de preocupações artísticas patrióticas e ufanistas, propondo-se a uma contraposição ao Movimento Pau-Brasil. A anta era seu símbolo. Movimento Antropofágico: tendo Oswald de Andrade como principal expoente, aprofunda as proposições do Pau-Brasil, propondo uma língua literária “não catequizada”. Houve ainda as revistas Klaxon, veículo de informação geral dos artistas modernistas, no período subsequente à Semana de Arte Moderna, e a Antropofágica, ligada ao movimento homônimo.
  • 5. Fontes de Pesquisa:  http://www.nilc.icmc.usp.br/nilc/literatura/modernismo1.htm  http://www.todamateria.com.br/primeira-geracao-modernista/  brasilescola.uol.com.br/literatura/o-modernismo-no-brasil.htm  portugues.uol.com.br/literatura/modernismo-brasileiro.html  http://primeirageracaomodernistabrasileira.blogspot.com.br/2010/08/principais-escritores-e-obras-da_23.html  www.jornaldepoesia.jor.br/oswal.html  www.suapesquisa.com/artesplasticasbrasil/  http://educacao.globo.com/literatura/assunto/movimentos-literarios/modernismo-fase-heroica.html