"Citizen Media: A Progress Report"

374 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
374
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

"Citizen Media: A Progress Report"

  1. 1. Dez pontos para a análise das condições e desafios no desenvolvimento do jornalismo colaborativo “ Citizen Media: A Progress Report” Dan Gillmor
  2. 2. OhMyNews International Citizen Reporters`Forum <ul><li>Reconhecimento dos assuntos tratados pelo jornalismo colaborativo; </li></ul><ul><li>Investimento das organizações dos media; </li></ul><ul><li>Boas ideias </li></ul><ul><li>Longo caminho a percorrer </li></ul><ul><li>(modelos de negócio incertos, insucessos, </li></ul><ul><li>questões éticas, de credibilidade…) </li></ul>
  3. 3. 1. Reconhecimento do Jornalismo Colaborativo <ul><li>Pesquisa no Google News </li></ul><ul><li>Vídeo elemento essencial </li></ul><ul><li>Organizações não lucrativas </li></ul>mais de 700 histórias por dia; campanhas eleitorais (ex.: vídeo “Macaca”); Knight Foundation com o concurso Knight News Challenge , cujo objectivo é incentivar a inovação na divulgação de notícias.
  4. 4. 2. Media Tradicionais Movem-se Nesta Direcção <ul><li>Organização dos media convidam as audiências a participarem no jornalismo actual: </li></ul><ul><ul><li>Le Monde através do LePost.fr ; </li></ul></ul><ul><ul><li>El País com o Micrografias ; </li></ul></ul><ul><ul><li>O jornal alemão Bild convida os leitores a tornarem-se “citizen papparazi”; </li></ul></ul><ul><ul><li>A Reuters estabeleceu uma parceria com a Global Voices Online (rede de bloggers). </li></ul></ul>
  5. 5. 3. Conservadorismo <ul><li>Em relação ao que é novo, sob a forma de medo reaccionário, aversão ou crítica; </li></ul><ul><li>Debate em torno de questões éticas, qualidade do que é escrito </li></ul><ul><li>ATENÇÃO </li></ul>
  6. 6. 4. Ferramentas e Ideias <ul><li>Tornam jornalismo melhor e mais diversificado: </li></ul><ul><ul><li>NewAssignment.Net paga a jornalistas ou a cidadãos-jornalistas para escreverem sobre determinados assuntos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Mapas aglomerados como o Tunisian Prison Map; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aparelhos móveis de comunicação: o iPhone e o N95; </li></ul></ul><ul><ul><li>Placeblogger; </li></ul></ul><ul><ul><li>Pambazuka News, serviço de podcasting africano que se caracteriza como “um fórum semanal para a justiça social em África”. </li></ul></ul>
  7. 7. 5. Modelos de Negócio <ul><li>Cenário: quebra na economia dos media, despedimentos, aversão aos novos negócios </li></ul><ul><li>▼ </li></ul><ul><li>Cidadãos-jornalistas lutam para encontrar um modelo de negócio viável. Apesar dos casos de sucesso: </li></ul><ul><li>- Scoop; </li></ul><ul><li>- NowPublic; </li></ul><ul><li>- Knight News Challenge; </li></ul><ul><li>- Baristanet. </li></ul><ul><li>a participação dos cidadãos não tem tido o sucesso desejado. </li></ul>
  8. 8. 5. Modelos de Negócio Caso de insucesso: Backfence (2005) - pretendia ser uma rede nacional de jornalismo colaborativo em 16 cidades norte-americanas, mas acabou por morrer e instalar-se em apenas sete regiões metropolitanas - foi o único projecto a falhar a meio caminho.
  9. 9. 6. Experiências de Baixo Custo <ul><li>“ (T)he low cost of failure means that someone with a new idea doesn’t have to convince anyone else to let them try it — there are few institutional barriers between thought and action”, Clay Shirky. </li></ul><ul><li>Não necessitamos de autorização, </li></ul><ul><li> nem de muito dinheiro </li></ul>
  10. 10. 7. Experiências a seguir <ul><li>Sugestões para projectos de baixo custo: </li></ul><ul><ul><li>Mobilidade – acesso à Internet em qualquer lugar; equipamentos móveis permitem-nos receber e interagir com a informação, assim como acrescentar conhecimento colectivo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Parafrasear (Marc Smith, investigador da Microsoft) – cada pessoa pode contar uma história, como também cada objecto. </li></ul></ul>
  11. 11. 7.1 Filosofia para a experimentação <ul><li>Abertura – usar tecnologias abertas e ser aberto para com os outros; </li></ul><ul><li>Usar ferramentas que já existam – optimização do tempo; </li></ul><ul><li>Colaboração – trabalhar com qualquer pessoa e com todos; </li></ul><ul><li>Tomar riscos – pré-condição para o sucesso. </li></ul>
  12. 12. 8. Ética, Confiança e Civismo <ul><li>Alguns exemplos de jornalismo colaborativo levantam problemas: </li></ul><ul><li>Blog Wal-Marting Across America </li></ul><ul><li>Serviço Pay-Per-Post </li></ul><ul><li>Reconhecer os problemas e arranjar soluções </li></ul><ul><li>Debate: os bloggers – e todos os “criadores” do jornalismo colaborativo – necessitam de um código de conduta que guie as suas abordagens? </li></ul>
  13. 13. 9. Transmitir Confiança <ul><li>Fomentar a credibilidade dos cidadãos-jornalistas através de técnicas e ferramentas actualizadas </li></ul><ul><li>Exemplo: NewsTrust – usa uma combinação de noções, incluindo ferramentas de rede social, para “ajudar as pessoas a identificarem a qualidade do jornalismo ou das notícias nas quais podem confiar”. </li></ul><ul><li>Qualidade vs popularidade. </li></ul><ul><li>Ganhar reputação </li></ul>
  14. 14. 10. Alfabetização dos Media <ul><li>Pensada em termos de princípios; </li></ul><ul><li>Produtores que são cada vez mais consumidores: </li></ul><ul><ul><li>Ser céptico (duvidar de tudo); </li></ul></ul><ul><ul><li>Utilizar um “medidor” de confiança interno (escala classificativa); </li></ul></ul><ul><ul><li>Aprender as técnicas dos media ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Recolher informação . </li></ul></ul><ul><li>Kit de Ferramentas do Jornalista </li></ul>
  15. 15. 10. Alfabetização dos Media Jornalistas, “amadores” e profissionais: Profundidade Exactidão Imparcialidade Independência Transparência
  16. 16. “ Os leitores fazem de mim um melhor jornalista porque descobrem os meus erros, dizem-me o que não vi e ajudam-me a captar subtilezas” Dan Gillmor

×