Da Forma Aditiva para a Expressiva

1.293 visualizações

Publicada em

Capitulo do livro "Hamlet no Holodeck" de Janet H. Murray

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Historia da plateia que logo lincaremos com Eliza que percurtiu o mesmo efeito nos usuarios
  • Filmes Berçarios - Narrações filmicas, tecnicas como close up, perseguição...modos como a camera poderiam ser movidas, abrir e fechar do foco, processamento da luz pela celuloide, edição/cortes/remontagens das fitas de filme – EXPERIMENTAÇÃO.
  • Aqui podemos demonstrar o funcionamento de Eliza pelo link
  • (1996) - Joseph Wizenbaum – Prof. De Ciencias da Computação do MIT.
    Historinha de que acreditaram que se tratava de uma pessoa de verdade
  • Da Forma Aditiva para a Expressiva

    1. 1. Capítulo : Da Forma Aditiva para a ExpressivaCapítulo : Da Forma Aditiva para a Expressiva
    2. 2. A chegada de um trem à Estação La Ciotat – Irmãos Lumiére
    3. 3.  Narrações FílmicasNarrações Fílmicas  Cortes/Remontagens das Fitas de FilmesCortes/Remontagens das Fitas de Filmes  Tecnologia de gravação para o meio expressivoTecnologia de gravação para o meio expressivo Filmes Berçários Photoplays (“Foto Teatro”)  Fotografia + Teatro = arte aditivaFotografia + Teatro = arte aditiva  Intercalar cenasIntercalar cenas  Técnicas de câmera para maior expressividade.Técnicas de câmera para maior expressividade.
    4. 4. CD-ROMs & WWW  Exibição multiplataformaExibição multiplataforma  Texto, imagens, sons e animações.Texto, imagens, sons e animações.  Interconexão -> InteratividadeInterconexão -> Interatividade
    5. 5. Conversando com Eliza  (1996) - Joseph Wizenbaum(1996) - Joseph Wizenbaum  Satiriza os analistas (Satiriza os analistas (Psicoterapia RogerianaPsicoterapia Rogeriana))  Chat Bot – Palavras chavesChat Bot – Palavras chaves ELIZA
    6. 6.  ProcedimentaisProcedimentais  ParticipativosParticipativos  EspaciaisEspaciais  EnciclopédicosEnciclopédicos
    7. 7. Ambientes Digitais são procedimentais.  Executam uma série de regras – Algoritmos e Heurística –Executam uma série de regras – Algoritmos e Heurística – ““Identificam regras exatas ou gerais de comportamento que descrevem qualquerIdentificam regras exatas ou gerais de comportamento que descrevem qualquer processo.”processo.”  Eliza possui a neutralidade de um analista rogeriano.Eliza possui a neutralidade de um analista rogeriano.  Wizenbaum criou Eliza para avacalhar a terapia. A lição de Eliza é que é possívelWizenbaum criou Eliza para avacalhar a terapia. A lição de Eliza é que é possível contar historias pelo computador.contar historias pelo computador.
    8. 8. Ambientes Digitais são participativos.  Ambientes procedimentais são atraentes pela possibilidade de induzirAmbientes procedimentais são atraentes pela possibilidade de induzir comportamentos.comportamentos.  Zork – inspirado em D&D.Zork – inspirado em D&D.  Orientação a ObjetoOrientação a Objeto
    9. 9. Ambientes Digitais são espaciais. • Apenas o meio digital apresenta um espaço por onde podemos nos mover. • 1970- No PARC, da xerox cria-se a primeira interface desktop e a Atari cria os primeiros jogos gráficos (Pong e Pacman) o que proporciona a sensação espacial não é a qualidade da imagem e sim o fato do cenário mudar conforme a nossa vontade. Esse é o processo de navegação, exclusivo ao ambiente digital.
    10. 10. • Computadores podem sempre aumentar sua capacidade de armazenamento de dados. •Os dados podem ser catalogados e categorizados. • O fator enciclopédico do ciberespaço é atraente pois as narrativas podem formar uma teia. • A internet pode ser também um complemento de narrativas televisivas pois a audiência é selecionada. • A leitura na web ainda carece de parâmetros de segmentação de navegação assim como os capítulos estão para os livros. Ambientes Digitais são enciclopédicos.
    11. 11. Estruturas digitais de complexidade. • 1945 – Vanevar Bush cria o Memex que foi um precursor do hipertexto. • Ted Nelson, diferente de Bush sentia-se mais atraído pelo aspecto labiríntico do q pelo organizado. • Cada vez mais a narrativa digital agregará particularidades do nosso cotidiano, fazendo com que a cognição entre o usuário e o tipo de narrativa melhore
    12. 12. Sistema de Hipermídia: AmbientesSistema de Hipermídia: Ambientes Imersivos DigitaisImersivos Digitais  Seminário : Livro Hamlet No HolodeckSeminário : Livro Hamlet No Holodeck  Autora : Janet H. MurrayAutora : Janet H. Murray  Capítulo : Da Forma Aditiva para a ExpressivaCapítulo : Da Forma Aditiva para a Expressiva TMD-PUC / 2°SemestreTMD-PUC / 2°Semestre Alunos :Alunos :  Gilles P. LeiteGilles P. Leite  Mª Camila D. TessaroloMª Camila D. Tessarolo  Leonardo LauricellaLeonardo Lauricella  Professor : David LemesProfessor : David Lemes

    ×