SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
TEOLOGIA DA PROSPERIDADE
POR : PB. LEONAM DOS SANTOS
Esse movimento foi fundado pelo Pastor Essek William Kenyon
(1867-1948) que apesar de ter boas intenções e pastorear muitas
igrejas, foi influenciado pelas seitas: ciência da mente, ciência
cristã e metafísica, essas seitas negavam a existência da matéria,
sofrimento humano e das enfermidades,utilizando a confissão
positiva.
Mais foi com Pastor Kenneth Hagin que a teologia da prosperidade
ficou famosa, ele nasceu em 1917 com um problema no coração
que o deixou inválido por 15 anos, em 1933 converteu-se e no
ano seguinte foi curado, a partir de então, começou a pregar, até
que em 1937 estudando os escritos de Kenyon, entendeu de
forma equivocada o plano de Deus para o seu povo, se tornou o
maior divulgador da famigerada teologia da prosperidade.
SUAS DOUTRINAS:
1- IGUALAM SUA AUTORIDADE COM A AUTORIDADE BÍBLICA (O FAMOSO
DETERMINAR).
Resposta Bíblica- Devemos nos submeter a vontade do Senhor e não a
nossa, a criatura não manda no Criador Soberano (Rm- 9:16,20 ; Mt- 6:10
e 1Pe – 5:6).
2- DESPREZO PELA COMUNHÃO (SÓ BUSCAM A DEUS POR INTERESSES).
Resposta Bíblica- O Senhor não é um objeto, o maior mandamento é amá-
lo sobre todas as coisas (Mt-22:36-38 e Mt-6:33 ).
3- DESPREZO PELA SALVAÇÃO (AMAM MAIS OS BENS TERRENOS DO QUE AS
COISAS DO SENHOR ).
Resposta Bíblica- Não podemos ser fanáticos devemos estudar, trabalhar
se divertir etc.., Mas não podemos esqueçer que não somos deste mundo,
portanto não devemos nos prender a ele( 1Jo- 2:15-17 e Lc- 17:28-33 ).
4- CAMPANHAS EGOÍSTAS (VENDEM AS BÊNÇÃOS E FAZEM COM QUE O
POVO DE DEUS SE TORNE MATERIALISTA E EGOÍSTA).
Resposta Bíblica-Esse assunto é polêmico, mas não me acovardo, sei que a bíblia
permite propósitos para alcançar alvos, mas não podemos fazer disso um vício,
doutrina ou até mesmo como a maioria está fazendo, comércio da fé. Estamos na
graça e portanto a nossa doutrina é baseada no novo testamento, a nova aliança
nos ensina a fazer propósitos de oração em favor do próximo e não só a favor de
nós, o mais interessante é que; campanha de caridade, mudança de caratér, etc...,
Os mercadores não querem fazer. Os pregadores da prosperidade, só ensinam o
egoísmo, e isto(egoísmo) definitivamente não tem nada a ver com o evangelho de
Cristo (At- 12: 5-12 ; at 1:14 e Fp- 2:4). Obs:o modelo do novo testamento é o
propósito de oração.
5- O CRISTÃO NÃO PODE ADOECER (SUPER- CRENTE).
Resposta Bíblica- Deus é poderoso para curar ou fazer qualquer coisa,
mas não impede que o cristão tenha dificuldades ou fique doente,
no novo testamento temos exemplos disso( 1 Tm- 5:23 e Tg-5:14 ).
6- NEGAM O SOFRIMENTO (PENSAMENTO POSITIVO).
Resposta Bíblica- O tempo de reinar no mundo físico é na volta de Cristo, enquanto
isso temos de suportar as aflições do evangelho a Bíblia ensina que o sofrimento faz
parte da caminhada cristã (Fp-1:29 ; 1Pe- 4:12-16 ; Mt- 16:24-25 e Jo- 16:33).
7- BUSCA POR RIQUEZAS (AVAREZA GOSPEL).
Resposta Bíblica –Os lobos da prosperidade ensinam que a riqueza é a
maior demonstração da aprovação e do poder de Deus. Ora! se isto for
verdade estamos perdidos, pois o número de ímpios ricos, é muito
superior ao de crentes abastados.
Na verdade reconhecemos que o nosso Deus é poderoso e abençoador
porém Cristo nos ensina que as riquezas atrapalham a salvação. “E, vendo Jesus que
ele ficara muito triste, disse: quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que
têm riquezas!. Porque é mais fácil entrar um camelo pelo fundo de uma agulha do
que entrar um rico no reino de Deus” (Lucas – 19:24-25).
Portanto devemos buscar primeiramente o reino de Deus e as demais coisas serão
acrescentadas, sabendo que o sinal da aprovação de Deus é a fiel obediência a
palavra e a frutificação( 2 Pe- 2:1-4 / 1 Tm- 6:10).
8-IDOLATRIAALÍDERESEAOBJETOS
Resposta Bíblica-Vivemos em mundo capitalista, onde a busca por bens materiais
se tornou o alvo da sociedade, a teologia da prosperidade é capitalista, pois ensina
justamente isto, e como no capitalismo selvagem as pessoas não tem tempo para
nada, pois vivem na correria. os adeptos da teologia da prosperidade na ambição
de prosperar,se lançamnacorreriacapitalista,ficandosemtempoparaorar,cultuar
aDeuse estudarasescrituras,Caindo no projeto do diabo que é fazer; “crentes
destraídos e fadigados”, que além de perder a comunhão com Deus, ficam
nasgarras dosfalsoslíderes,estes por sua vez farão deles negócio e osprenderão
auma dependência espiritualenorme.Eles (crentes) obedecem cegamente
aos falsoslíderesemtudo,tornandoapalavradohomemeosobjetosdascampanhas
maisimportantesqueaoração;PalavradeDeuseatémesmoque oprópiocriador,o
que se configuraemidolatria(Mt-4:4,10;Mt- 15:9;2Pe-2:1-4).
FINALIZAÇÃO
Finalizo dizendo que não sou adepto da teologia da miséria, creio no poder de Deus,
no sobrenatural, nas bênçãos Divinas vindas pela graça, pelo estudo, como também
pelo trabalho, e não em leilões gospel, creio na doutrina Bíblica e não nesta que é a
maior apostasia de nossos dias(teologia da prosperidade).
Obs: Observem que a maioria dos escândalos evangélicos são de origem finançeira
seria isso coincidência ? ou a maldição da teologia da prosperidade que
tira a espiritualidade da igreja, prendendo a mesma na terra?(Lc- 17:1).
JESUS ESTÁ VOLTANDO, PREPARA –TE !
“ FUJAM DOS MERCADORES DA FÉ ”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Subestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Subestimada Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Subestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Subestimada Hamilton Souza
 
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeLição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeAilton da Silva
 
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da BíbliaLição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da BíbliaAilton da Silva
 
Conhecereis a verdade
Conhecereis a verdade Conhecereis a verdade
Conhecereis a verdade Sergio Menezes
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualPaulo Roberto
 
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de DeusCombate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de DeusMichel Plattiny
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaÉder Tomé
 
Estudo sobre intercessão
Estudo sobre intercessãoEstudo sobre intercessão
Estudo sobre intercessãoEdleusa Silva
 
Os três campos de batalha parte 3 - nas regiões celestiais
Os três campos de batalha   parte 3 - nas regiões celestiaisOs três campos de batalha   parte 3 - nas regiões celestiais
Os três campos de batalha parte 3 - nas regiões celestiaisEscola Bíblica Sem Fronteiras
 
P. fariseu e publicano
P. fariseu e publicanoP. fariseu e publicano
P. fariseu e publicanoSergio Menezes
 
Intercessão no gou
Intercessão no gouIntercessão no gou
Intercessão no gouMarcos Dias
 
Palavra De Conhecimento
Palavra De ConhecimentoPalavra De Conhecimento
Palavra De ConhecimentoGuimizinha
 
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2Dangelo Nascimento
 
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPointMarina de Morais
 

Mais procurados (20)

Espiritismo
EspiritismoEspiritismo
Espiritismo
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Subestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Subestimada Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Subestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Subestimada
 
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeLição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
 
Intercessão e batalha espiritual
Intercessão e batalha espiritualIntercessão e batalha espiritual
Intercessão e batalha espiritual
 
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da BíbliaLição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
 
Conhecereis a verdade
Conhecereis a verdade Conhecereis a verdade
Conhecereis a verdade
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
 
Batalha espiritual
Batalha espiritualBatalha espiritual
Batalha espiritual
 
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de DeusCombate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 
Nicodemos
NicodemosNicodemos
Nicodemos
 
Estudo sobre intercessão
Estudo sobre intercessãoEstudo sobre intercessão
Estudo sobre intercessão
 
Os três campos de batalha parte 3 - nas regiões celestiais
Os três campos de batalha   parte 3 - nas regiões celestiaisOs três campos de batalha   parte 3 - nas regiões celestiais
Os três campos de batalha parte 3 - nas regiões celestiais
 
P. fariseu e publicano
P. fariseu e publicanoP. fariseu e publicano
P. fariseu e publicano
 
Intercessão no gou
Intercessão no gouIntercessão no gou
Intercessão no gou
 
Palavra De Conhecimento
Palavra De ConhecimentoPalavra De Conhecimento
Palavra De Conhecimento
 
Dons Espirituais 2
Dons Espirituais 2Dons Espirituais 2
Dons Espirituais 2
 
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
 
Ensino 09 carisma da fé
Ensino 09 carisma da féEnsino 09 carisma da fé
Ensino 09 carisma da fé
 
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
 

Semelhante a As 8 doutrinas da Teologia da Prosperidade

“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”Leonam dos Santos
 
Texto07 paradebate teologiadaprosperidade
Texto07 paradebate teologiadaprosperidadeTexto07 paradebate teologiadaprosperidade
Texto07 paradebate teologiadaprosperidadeGeusy Lene
 
1 história do cristianismo - 1ª aula
1   história do cristianismo - 1ª aula1   história do cristianismo - 1ª aula
1 história do cristianismo - 1ª aulaPIB Penha
 
Dezpassosparaocristoevangelizar 141024113746-conversion-gate01
Dezpassosparaocristoevangelizar 141024113746-conversion-gate01Dezpassosparaocristoevangelizar 141024113746-conversion-gate01
Dezpassosparaocristoevangelizar 141024113746-conversion-gate01guilhermino ribas
 
Dez passos para o cristão evangelizar
Dez passos para o cristão evangelizarDez passos para o cristão evangelizar
Dez passos para o cristão evangelizarManoel Moreira
 
Lição 8 - A evangelização dos grupos religiosos
Lição 8 - A evangelização dos grupos religiososLição 8 - A evangelização dos grupos religiosos
Lição 8 - A evangelização dos grupos religiososI.A.D.F.J - SAMAMABAIA SUL
 
Evangelizar, o que significa?
Evangelizar, o que significa?Evangelizar, o que significa?
Evangelizar, o que significa?cenpah
 
LIÇÃO 5 – O CUIDADO AO FALAR E A RELIGIÃO PURA
LIÇÃO 5 – O CUIDADO AO FALAR E A RELIGIÃO PURALIÇÃO 5 – O CUIDADO AO FALAR E A RELIGIÃO PURA
LIÇÃO 5 – O CUIDADO AO FALAR E A RELIGIÃO PURAIsmael Isidio
 
O evangelho da prosperidade alan b. pieratt
O evangelho da prosperidade   alan b. pierattO evangelho da prosperidade   alan b. pieratt
O evangelho da prosperidade alan b. pierattAlex Martins
 
IBADEP BÁSICO -HERESIOLOGIA - CAPITULO 2.pptx
IBADEP BÁSICO -HERESIOLOGIA - CAPITULO 2.pptxIBADEP BÁSICO -HERESIOLOGIA - CAPITULO 2.pptx
IBADEP BÁSICO -HERESIOLOGIA - CAPITULO 2.pptxRubens Sohn
 
Lição 13 - Somente em Jesus Temos a Verdadeira Prosperidade - 1ª Parte
Lição 13 - Somente em Jesus Temos a Verdadeira Prosperidade - 1ª ParteLição 13 - Somente em Jesus Temos a Verdadeira Prosperidade - 1ª Parte
Lição 13 - Somente em Jesus Temos a Verdadeira Prosperidade - 1ª ParteEbd Brasil
 
Lição 6 - A Igreja Atual e alguns Desafios
Lição 6 - A Igreja Atual e alguns DesafiosLição 6 - A Igreja Atual e alguns Desafios
Lição 6 - A Igreja Atual e alguns DesafiosÉder Tomé
 
O evangelho da prosperidade alan b. pieratt
O evangelho da prosperidade   alan b. pierattO evangelho da prosperidade   alan b. pieratt
O evangelho da prosperidade alan b. pierattCristina Nico
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.Rodrigo Ribeiro
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosÉder Tomé
 
Reino de Deus no mundo
Reino de Deus no mundoReino de Deus no mundo
Reino de Deus no mundoJean Francesco
 

Semelhante a As 8 doutrinas da Teologia da Prosperidade (20)

“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
 
Texto07 paradebate teologiadaprosperidade
Texto07 paradebate teologiadaprosperidadeTexto07 paradebate teologiadaprosperidade
Texto07 paradebate teologiadaprosperidade
 
Igreja saudavel
Igreja saudavelIgreja saudavel
Igreja saudavel
 
1 história do cristianismo - 1ª aula
1   história do cristianismo - 1ª aula1   história do cristianismo - 1ª aula
1 história do cristianismo - 1ª aula
 
Dezpassosparaocristoevangelizar 141024113746-conversion-gate01
Dezpassosparaocristoevangelizar 141024113746-conversion-gate01Dezpassosparaocristoevangelizar 141024113746-conversion-gate01
Dezpassosparaocristoevangelizar 141024113746-conversion-gate01
 
Dez passos para o cristão evangelizar
Dez passos para o cristão evangelizarDez passos para o cristão evangelizar
Dez passos para o cristão evangelizar
 
Lição 8 - A evangelização dos grupos religiosos
Lição 8 - A evangelização dos grupos religiososLição 8 - A evangelização dos grupos religiosos
Lição 8 - A evangelização dos grupos religiosos
 
Evangelizar, o que significa?
Evangelizar, o que significa?Evangelizar, o que significa?
Evangelizar, o que significa?
 
LIÇÃO 5 – O CUIDADO AO FALAR E A RELIGIÃO PURA
LIÇÃO 5 – O CUIDADO AO FALAR E A RELIGIÃO PURALIÇÃO 5 – O CUIDADO AO FALAR E A RELIGIÃO PURA
LIÇÃO 5 – O CUIDADO AO FALAR E A RELIGIÃO PURA
 
O evangelho da prosperidade alan b. pieratt
O evangelho da prosperidade   alan b. pierattO evangelho da prosperidade   alan b. pieratt
O evangelho da prosperidade alan b. pieratt
 
IBADEP BÁSICO -HERESIOLOGIA - CAPITULO 2.pptx
IBADEP BÁSICO -HERESIOLOGIA - CAPITULO 2.pptxIBADEP BÁSICO -HERESIOLOGIA - CAPITULO 2.pptx
IBADEP BÁSICO -HERESIOLOGIA - CAPITULO 2.pptx
 
Lição 13 - Somente em Jesus Temos a Verdadeira Prosperidade - 1ª Parte
Lição 13 - Somente em Jesus Temos a Verdadeira Prosperidade - 1ª ParteLição 13 - Somente em Jesus Temos a Verdadeira Prosperidade - 1ª Parte
Lição 13 - Somente em Jesus Temos a Verdadeira Prosperidade - 1ª Parte
 
Lição 6 - A Igreja Atual e alguns Desafios
Lição 6 - A Igreja Atual e alguns DesafiosLição 6 - A Igreja Atual e alguns Desafios
Lição 6 - A Igreja Atual e alguns Desafios
 
Fp 2.16 avante retendo a palavra fiel
Fp 2.16 avante retendo a palavra fielFp 2.16 avante retendo a palavra fiel
Fp 2.16 avante retendo a palavra fiel
 
O evangelho da prosperidade alan b. pieratt
O evangelho da prosperidade   alan b. pierattO evangelho da prosperidade   alan b. pieratt
O evangelho da prosperidade alan b. pieratt
 
Ev efetivo 001
Ev efetivo 001Ev efetivo 001
Ev efetivo 001
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
 
Celula
CelulaCelula
Celula
 
Reino de Deus no mundo
Reino de Deus no mundoReino de Deus no mundo
Reino de Deus no mundo
 

Mais de Leonam dos Santos (20)

Sindrome de Lúcifer
Sindrome de LúciferSindrome de Lúcifer
Sindrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
Como identificar uma seita
Como identificar uma seitaComo identificar uma seita
Como identificar uma seita
 
Acordem!
Acordem!Acordem!
Acordem!
 
Terceiro templo
Terceiro temploTerceiro templo
Terceiro templo
 
Sinais do anticristo
Sinais do anticristoSinais do anticristo
Sinais do anticristo
 
Síndrome de Lúcifer
Síndrome de LúciferSíndrome de Lúcifer
Síndrome de Lúcifer
 
Dias melhores
Dias melhoresDias melhores
Dias melhores
 
É hora de acordar!
É hora de acordar!É hora de acordar!
É hora de acordar!
 
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMOFOLHETOS PARA EVANGELISMO
FOLHETOS PARA EVANGELISMO
 
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO04-  DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
04- DISCIPULADO NO NOVO TESTAMENTO
 
03- A ORIGEM DO DISCIPULADO
03-  A ORIGEM DO DISCIPULADO03-  A ORIGEM DO DISCIPULADO
03- A ORIGEM DO DISCIPULADO
 
Cuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-GnósticosCuidado com os Neo-Gnósticos
Cuidado com os Neo-Gnósticos
 
02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO02 - JESUS E O DISCIPULADO
02 - JESUS E O DISCIPULADO
 
01- DISCIPULADO
01- DISCIPULADO01- DISCIPULADO
01- DISCIPULADO
 
O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?O Anticristo Será Muçulmano?
O Anticristo Será Muçulmano?
 
Quem tem razão?
Quem tem razão?Quem tem razão?
Quem tem razão?
 
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
TERCEIRA GUERRA - PARTE 2
 
HIPOCRISIA
HIPOCRISIAHIPOCRISIA
HIPOCRISIA
 
O SEGREDO DA SABEDORIA
O SEGREDO DA SABEDORIAO SEGREDO DA SABEDORIA
O SEGREDO DA SABEDORIA
 

Último

HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfSandra Pratas
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.pptDaniloConceiodaSilva
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturagomescostamma
 

Último (20)

HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
 

As 8 doutrinas da Teologia da Prosperidade

  • 1. TEOLOGIA DA PROSPERIDADE POR : PB. LEONAM DOS SANTOS
  • 2. Esse movimento foi fundado pelo Pastor Essek William Kenyon (1867-1948) que apesar de ter boas intenções e pastorear muitas igrejas, foi influenciado pelas seitas: ciência da mente, ciência cristã e metafísica, essas seitas negavam a existência da matéria, sofrimento humano e das enfermidades,utilizando a confissão positiva. Mais foi com Pastor Kenneth Hagin que a teologia da prosperidade ficou famosa, ele nasceu em 1917 com um problema no coração que o deixou inválido por 15 anos, em 1933 converteu-se e no ano seguinte foi curado, a partir de então, começou a pregar, até que em 1937 estudando os escritos de Kenyon, entendeu de forma equivocada o plano de Deus para o seu povo, se tornou o maior divulgador da famigerada teologia da prosperidade.
  • 3. SUAS DOUTRINAS: 1- IGUALAM SUA AUTORIDADE COM A AUTORIDADE BÍBLICA (O FAMOSO DETERMINAR). Resposta Bíblica- Devemos nos submeter a vontade do Senhor e não a nossa, a criatura não manda no Criador Soberano (Rm- 9:16,20 ; Mt- 6:10 e 1Pe – 5:6). 2- DESPREZO PELA COMUNHÃO (SÓ BUSCAM A DEUS POR INTERESSES). Resposta Bíblica- O Senhor não é um objeto, o maior mandamento é amá- lo sobre todas as coisas (Mt-22:36-38 e Mt-6:33 ). 3- DESPREZO PELA SALVAÇÃO (AMAM MAIS OS BENS TERRENOS DO QUE AS COISAS DO SENHOR ). Resposta Bíblica- Não podemos ser fanáticos devemos estudar, trabalhar se divertir etc.., Mas não podemos esqueçer que não somos deste mundo, portanto não devemos nos prender a ele( 1Jo- 2:15-17 e Lc- 17:28-33 ).
  • 4. 4- CAMPANHAS EGOÍSTAS (VENDEM AS BÊNÇÃOS E FAZEM COM QUE O POVO DE DEUS SE TORNE MATERIALISTA E EGOÍSTA). Resposta Bíblica-Esse assunto é polêmico, mas não me acovardo, sei que a bíblia permite propósitos para alcançar alvos, mas não podemos fazer disso um vício, doutrina ou até mesmo como a maioria está fazendo, comércio da fé. Estamos na graça e portanto a nossa doutrina é baseada no novo testamento, a nova aliança nos ensina a fazer propósitos de oração em favor do próximo e não só a favor de nós, o mais interessante é que; campanha de caridade, mudança de caratér, etc..., Os mercadores não querem fazer. Os pregadores da prosperidade, só ensinam o egoísmo, e isto(egoísmo) definitivamente não tem nada a ver com o evangelho de Cristo (At- 12: 5-12 ; at 1:14 e Fp- 2:4). Obs:o modelo do novo testamento é o propósito de oração. 5- O CRISTÃO NÃO PODE ADOECER (SUPER- CRENTE). Resposta Bíblica- Deus é poderoso para curar ou fazer qualquer coisa, mas não impede que o cristão tenha dificuldades ou fique doente, no novo testamento temos exemplos disso( 1 Tm- 5:23 e Tg-5:14 ).
  • 5. 6- NEGAM O SOFRIMENTO (PENSAMENTO POSITIVO). Resposta Bíblica- O tempo de reinar no mundo físico é na volta de Cristo, enquanto isso temos de suportar as aflições do evangelho a Bíblia ensina que o sofrimento faz parte da caminhada cristã (Fp-1:29 ; 1Pe- 4:12-16 ; Mt- 16:24-25 e Jo- 16:33). 7- BUSCA POR RIQUEZAS (AVAREZA GOSPEL). Resposta Bíblica –Os lobos da prosperidade ensinam que a riqueza é a maior demonstração da aprovação e do poder de Deus. Ora! se isto for verdade estamos perdidos, pois o número de ímpios ricos, é muito superior ao de crentes abastados. Na verdade reconhecemos que o nosso Deus é poderoso e abençoador porém Cristo nos ensina que as riquezas atrapalham a salvação. “E, vendo Jesus que ele ficara muito triste, disse: quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!. Porque é mais fácil entrar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus” (Lucas – 19:24-25). Portanto devemos buscar primeiramente o reino de Deus e as demais coisas serão acrescentadas, sabendo que o sinal da aprovação de Deus é a fiel obediência a palavra e a frutificação( 2 Pe- 2:1-4 / 1 Tm- 6:10).
  • 6. 8-IDOLATRIAALÍDERESEAOBJETOS Resposta Bíblica-Vivemos em mundo capitalista, onde a busca por bens materiais se tornou o alvo da sociedade, a teologia da prosperidade é capitalista, pois ensina justamente isto, e como no capitalismo selvagem as pessoas não tem tempo para nada, pois vivem na correria. os adeptos da teologia da prosperidade na ambição de prosperar,se lançamnacorreriacapitalista,ficandosemtempoparaorar,cultuar aDeuse estudarasescrituras,Caindo no projeto do diabo que é fazer; “crentes destraídos e fadigados”, que além de perder a comunhão com Deus, ficam nasgarras dosfalsoslíderes,estes por sua vez farão deles negócio e osprenderão auma dependência espiritualenorme.Eles (crentes) obedecem cegamente aos falsoslíderesemtudo,tornandoapalavradohomemeosobjetosdascampanhas maisimportantesqueaoração;PalavradeDeuseatémesmoque oprópiocriador,o que se configuraemidolatria(Mt-4:4,10;Mt- 15:9;2Pe-2:1-4).
  • 7. FINALIZAÇÃO Finalizo dizendo que não sou adepto da teologia da miséria, creio no poder de Deus, no sobrenatural, nas bênçãos Divinas vindas pela graça, pelo estudo, como também pelo trabalho, e não em leilões gospel, creio na doutrina Bíblica e não nesta que é a maior apostasia de nossos dias(teologia da prosperidade). Obs: Observem que a maioria dos escândalos evangélicos são de origem finançeira seria isso coincidência ? ou a maldição da teologia da prosperidade que tira a espiritualidade da igreja, prendendo a mesma na terra?(Lc- 17:1). JESUS ESTÁ VOLTANDO, PREPARA –TE ! “ FUJAM DOS MERCADORES DA FÉ ”