Fundamentos da Educação Inclusiva

16.768 visualizações

Publicada em

Aula realizada com os alunos da Pós-Graduação do IESB, na Disciplina Fundamentos e Legislação da Educação Inclusiva.

2 comentários
35 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.768
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
449
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
35
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fundamentos da Educação Inclusiva

  1. 1. Profª Dulcilene Saraiva Reis Texto adaptado pela professora, com imagens da Internet
  2. 3. Caracterizada por LIMITAÇÕES significativas no funcionamento intelectual da pessoa e no seu desenvolvimento adaptativo – habilidades práticas, sociais e conceituais – originando-se antes dos 18 anos. (Assoc. Americana de D.I.)
  3. 4. Refere-se a uma variedade de condições não sensoriais que afetam o bem estar da criança e que podem criar problemas em torno da mobilidade, vitalidade física e auto - imagem. Incluídas nessa categoria ampla estão condições como mal-formação congênita, epilepsia, distrofia muscular, paralisia cerebral e diabetes.
  4. 5. Deficiência auditiva é o nome usado para indicar perda de audição ou diminuição na capacidade de escutar os sons. Qualquer problema que ocorra em alguma das partes do ouvido pode levar a uma deficiência na audição.
  5. 6. Os Transtornos Globais do desenvolvimento são transtornos que se caracterizam pelo comprometimento grave e global em diversas áreas do desenvolvimento, assim havendo atraso ou desvio de desenvolvimentos de habilidades sociais, linguagem e comunicação e repertorio comportamental. Exemplo: Autismo e Síndrome de Asperger.
  6. 7. É a associação, no mesmo indivíduo, de duas ou mais deficiências com comprometimentos que acarretam atraso no desenvolvimento global e na capacidade.
  7. 8. São consideradas crianças com altas habilidades as que apresentam notável desempenho e/ou elevada potencialidade em qualquer aspectos, isolados ou combinados, sendo eles: capacidade intelectual superior, aptidão acadêmica específica, pensamento criador ou produtivo, capacidade de liderança, talento especial para artes visuais, artes dramáticas e música, capacidade psicomotora.
  8. 9. O termo deficiência visual refere-se a uma situação irreversível de diminuição da resposta visual, em virtude de causas congênitas ou hereditárias, mesmo após tratamento clínico e/ ou cirúrgico e uso de óculos convencionais.
  9. 10. <ul><li>E agora, o que fazer com esses alunos na sua sala de aula professor(a)? </li></ul>
  10. 11. <ul><li>CALMA, muita calma nessa hora, sair correndo da sala de aula não vai adiantar, pois o desespero não leva a nada. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>FÉ, creia numa força maior, que jamais lhe daria um desafio que você não fosse capaz de vencer. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>CORAGEM, isso você tem de sobra, pois afinal, você é professor(a). </li></ul>
  13. 14. <ul><li>HUMILDADE, sem isso você não será capaz de reconhecer que precisará de ajuda. </li></ul>
  14. 15. <ul><li>AMAR, você precisa se amar e amar muito o teu próximo,pois só assim você encontrará o caminho que possibilitará que o seu aluno especial seja realmente INCLUÍDO. </li></ul>

×