Natureza e uso dos testes psicológicos psicometria sem.

4.178 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.178
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
83
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Natureza e uso dos testes psicológicos psicometria sem.

  1. 1. • QUÃO BOM É ESTE TESTE PARA O PROPOSITO ESPECIFICO PARA O QUAL ESTÁ SENDO UTILIZADO?• QUE TIPO DE INFORMAÇÕES ELE PODE OFERECER SOBRE A PESSOA QUE SE SUBMETE A ELE?• COMO OS SEUS RESULTADOS PODEM SER INTEGRADOS À REDE DE DADOS QUE CONDUZ ÀS DECISÕES RELATIVAS À AÇÃO?
  2. 2. USOS E TIPOS DE TESTES PSICOLÓGICOS• MEDIR DIFERENÇAS ENTRE OS INDIVÍDUOS OU ENTRE AS REAÇÕES DO MESMO INDIVÍDUO EM DIFERENTES CIRCUNSTÂNCIAS;• ESCOLAS; INDÚSTRIAS; NO SETOR MILITAR – SEGUNDA GUERRA MUNDIAL; ACONSELHAMENTO INDIVIDUAL;• INSTRUMENTOS PADRONIZADOS;• MANEIRA COMO SÃO APLICADOS• ASPECTOS COMPORTAMENTAIS
  3. 3. O QUE É UM TESTE PSICOLÓGICO?• AMOSTRA COMPORTAMENTAL• PADRONIZAÇÃO• MENSURAÇÃO OBJETIVA DE DIFICULDADE• FIDEDIGNIDADE• VALIDADE - o grau em que o teste realmente mede aquilo que ele se propõe a medir - critérios externos - coeficiente de validade
  4. 4. POR QUE CONTROLAR O USO DE TESTES PSICOLÓGICOS? “Ontem à noite eu respondi às perguntas de um teste de inteligência publicado em uma revista e consegui um QI de 80 – eu acho que os testes de inteligência são uma bobagem”• EXAMINADOR QUALIFICADO - seleção do teste - aplicação e pontuação - interpretações dos escores
  5. 5. •PAPEL DO USUÁRIO DE TESTES - Professores, coordenadores, orientadores - As criticas remetem ao uso inadequado dos resultados - Conhecimento insuficiente sobre a testagem•SEGURANÇA DO CONTEÚDO DO TESTE ECOMUNICAÇÃO DAS INFORMAÇÕES DO TESTE - Conteúdo restrito - A comunicação sobre a testagem
  6. 6. APLICAÇÃO DE TESTES• PREPARAÇÃO ANTECIPADA DOS EXAMINADORES - Memorização - Preparação dos materiais de teste - Familiaridade com os procedimentos específicos de testagem• CONDIÇÕES DE TESTAGEM - Ambiente - Utensílios - Lápis-e-papel versus computador - O examinador• APRESENTANDO O TESTE: RAPPORT E ORIENTAÇÃO DO TESTANDO
  7. 7. VARIÁVEIS SITUACIONAIS E DO EXAMINADOR • CRIANÇAS • PESSOAS EMOCIONALMENTE PERTUBADAS E INSEGURAS • VARIÁVEIS DO EXAMINADOR • VARIÁVEIS DE TAREFAS
  8. 8. UMA VISÃO DA PERSPECTIVA DO TESTANDO • ANSIEDADE DE TESTE • INVESTIGAÇÃO ABRANGENTE DAS VISÕES DO TESTANDO
  9. 9. EFEITOS DO TREINAMENTO SOBRE O DESEMPENHO NO TESTE• TREINAMENTO• SOFISTICAÇÃO EM TESTES• INSTRUÇÃO EM HABILIDADES COGNITIVAS AMPLAS - PROPORCIONA EDUCAÇÃO NÃO TREINAMENTO• RESUMO -TREINAMENTO DE PRÉ-TESTE
  10. 10. FONTES DE INFORMAÇÃO SOBRE TESTES• ESTADO DE MUDANÇA RÁPIDA• FONTES MAIS LIGADAS AOS TESTES• MENTAL MEASUREMENTS YEARBOOK (MMY) – OSCAR K. BUROS EDITADO ATÉ 1978• MANUAL DO TESTE: FUNÇÃO• PADRÕES DE TESTAGEM – DEVIDO ÀS REVISÕES• CRÍTICA POPULARES

×