Anelideos e moluscos

27.047 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
8 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.047
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
383
Comentários
1
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anelideos e moluscos

  1. 1. organismos pluricelulares, heterótrofos, eucariontes Este reino está subdividido didaticamente em nove filos: poríferos, celenterados ou cnidários, platelmintos, asquelmintos ou nematelmintos,anelídeos, moluscos, artrópodos, equinodermos e cordados.
  2. 2. ANELÍDEOS minhocas, sanguessugas e poliquetos. Animais terrestres ou aquáticos, triblásticos, celomados e protostômios. A classificação deste filo leva em conta a presença e quantidade de cerdas pelo corpo:Aquetos ou hirudíneos: sanguessugasOligoquetos: minhocas terrestresPoliquetos: “minhoca-da-praia” (Nereis)
  3. 3. Excetuando-se a minhoca, os demais anelídeos habitam o meio aquático, seja ele dulcícola, como as sanguessugas ou marinhos, no caso dos poliquetos. Sanguessuga (hematófago) Nereis (poliqueto) detalhe da ventosa oralParapódios (detalhe)
  4. 4. FISIOLOGIA GERAL- SISTEMA DIGESTÓRIO - Completo - SISTEMA RESPIRATÓRIO – Branquial - cutânea - SISTEMA NEVOSO – Ganglionar e ventral - SISTEMA EXCRETOR – Nefrídios - SISTEMA CIRCULATÓRIO – Fechado CLITELO CORAÇÕES FARINGE BOCA VASOS SANGUÍNEOS CORDÃO PAPO MOELA NERVOSO VENTRAL
  5. 5. SISTEMA EXCRETOR: METANEFRÍDIOS
  6. 6. Como padrões de reproduçãoSexuada com fecundação cruzada em espécies monóicas edióicas. No caso das minhocas, ocorre uma fecundação cruzadadupla, com troca recíproca de gametas, mesmo sendotipicamente monóicos. Em vários casos, o desenvolvimento éindireto.
  7. 7. Curiosidades dos anelídeosUtilização das sanguessugas na medicina antiga (sangrias)Uso de anelídeos como iscas de pescariaUtilização de minhocas na agricultura, promovendo a formação deadubo orgânico (húmus), arejamento e drenagem do solo Minhocultura
  8. 8. MOLUSCOSSegundo maior filo dentre os animais com maior númerode espécies. Caracterizam-se por serem triblásticos,celomados, protostômios, com grande diversidade deespécies e desenvolvimentos. Normalmente protegidos porum exoesqueleto calcáreo, denominado popularmente de“ concha”. Lesma do mar Caracol Ostra Polvo
  9. 9. MORFOLOGIA DE UM MOLUSCO Apesar da grande variedade de formas, os moluscos apresentam um padrão básico de organização corporal. O corpo dos moluscos está dividido em 3 regiões básicas: cabeça, pé e massa visceral. Apesar do nome molusco = corpo mole, muitos moluscos apresentam uma concha calcária, produzida pelo manto (órgão constituindo pela parede dorsal do corpo, cobrindo a massa visceral). É a epiderme desse órgão que secreta o carbonato de cálcio, formador da concha.Em algumas espécies interna e reduzida (ex.: lulas) e em outras, como alesma, a concha é ausente.
  10. 10. CLASSIFICAÇÃO DOS MOLUSCOSMonoplacóforos(Neopilinia) Aplacóforos Escafópodos (dentálios)
  11. 11. Poliplacóforos (quíton)Carapaças de quítons (visto dorsal)
  12. 12. GASTRÓPODOS Caracol terrestre (pulmonado) Rádula (detalhe ao M.E.) Lesma terrestre
  13. 13. BIVALVOS (PELECÍPODOS OU LAMELIBRÂNQUIOS) Mexilhões Vieira OstrasMoçambique Bivalvo gigante (Hawaii)
  14. 14. Maricultura em Santa Catarina
  15. 15. CEFALÓPODO S Sistema nervoso central e Sistema circulatório fechadoPolvo (octópodo) Lula (decápodo) Architeuthis (lula-gigante) Náutilo (cefalópodo com concha)

×