SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
LÂMPADA
Objetivo – a partir da comparação da espessura do filamento de várias lâmpadas incandescentes (sob mesma
tensão), investigar como isso se relaciona às diferentes dissipações de potências dessas lâmpadas.
Procedimento
1. Identifique numa lâmpada incandescente seus elementos essenciais: filamento, pontos de contato elétrico e
outros materiais que a constituem.
2. Compare a espessura dos filamentos de lâmpadas de um mesmo fabricante de diferentes potenciais e de
mesma tensão. Estabeleça uma relação qualitativa entre a espessura dos filamentos das lâmpadas com a potencia
nominal, sabendo-se que os filamentos têm o mesmo comprimento e são feitos de um mesmo material, o
tungstênio.
Tensão (V) Potência (W) Conclusão
U = ___________ V P = ___________ W
U = ___________ V P = ___________ W
3. O que você espera que aconteça se ligarmos uma lâmpada de 110 V na tensão 220 V? E uma lâmpada de 220 V
na tensão de 110 V?
4. Baseando-se nas observações dos filamentos das lâmpadas de 220 V e nas respostas do item anterior como você
imagina ser a espessura do filamento de uma lâmpada de mesma potencia e de tensão 110 V?
5. Observe o filamento de uma lâmpada de 110 V, comparando-o com o de outra de mesma potencia de 220 V.
Estabeleça uma relação qualitativa entre a espessura dos filamentos das lâmpadas com a potência nominal,
sabendo-se que os filamentos têm o mesmo comprimento e são feitos de um mesmo material, o tungstênio.
Tensão (V) Potência (W) Conclusão
U = ___________ V P = ___________ W
U = ___________ V P = ___________ W
CHUVEIRO
Objetivo – relacionar o comprimento do resistor utilizado e a dissipação da potência nominal (valor impresso).
Procedimento
1. Identifique o circuito elétrico apontando os pontos de contato no
resistor que é constituído de uma liga de níquel-cromo.
2. Observe que o resistor tem três pontos de contato, sendo que um
deles permanece sempre ligado ao circuito. Qual esse ponto de
contato?
3. Quando o chuveiro está na posição “verão”, onde é feito o outro contato elétrico?
4. Relacione o comprimento do resistor utilizado com os contatos elétricos feitos nas posições “verão” e “inverno”
do chuveiro.
5. Em que posição a potência consumida é maior?
6. Complete a tabela
Aparelhos resistivos Lâmpadas Chuveiro
material do resistor
comprimento
espessura
grandezas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eletrodinâmica 2 leis de ohm ( frente 1)
Eletrodinâmica 2   leis de ohm ( frente 1)Eletrodinâmica 2   leis de ohm ( frente 1)
Eletrodinâmica 2 leis de ohm ( frente 1)Gilberto Rocha
 
Canhao eletrons ime
Canhao eletrons imeCanhao eletrons ime
Canhao eletrons imePedro Santos
 
trabalho de física!
trabalho de física!trabalho de física!
trabalho de física!Carol Moura
 
Relatório Potência, Resistência, Resistividade
Relatório Potência, Resistência, ResistividadeRelatório Potência, Resistência, Resistividade
Relatório Potência, Resistência, ResistividadeVictor Said
 
Eletrodinâmica 1 conceitos iniciais ( frente 1)
Eletrodinâmica 1   conceitos iniciais ( frente 1)Eletrodinâmica 1   conceitos iniciais ( frente 1)
Eletrodinâmica 1 conceitos iniciais ( frente 1)Gilberto Rocha
 
Corrente Elétrica - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogs...
Corrente Elétrica - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogs...Corrente Elétrica - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogs...
Corrente Elétrica - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogs...Rodrigo Penna
 
ELETRICIDADE BÁSICA - POTÊNCIA ELÉTRICA
ELETRICIDADE BÁSICA - POTÊNCIA ELÉTRICAELETRICIDADE BÁSICA - POTÊNCIA ELÉTRICA
ELETRICIDADE BÁSICA - POTÊNCIA ELÉTRICAMSGAMA GESTÃO&EMPRESAS
 
Aula 02 - Eletricidade Básica, Aterramento e Distúrbios Elétricos
Aula 02 - Eletricidade Básica, Aterramento e Distúrbios ElétricosAula 02 - Eletricidade Básica, Aterramento e Distúrbios Elétricos
Aula 02 - Eletricidade Básica, Aterramento e Distúrbios ElétricosNilson Mori
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistoresbahuam
 
Resistores parte 1
Resistores parte 1Resistores parte 1
Resistores parte 1Paulo Victor
 
Curso de-eletricista-residencial
Curso de-eletricista-residencialCurso de-eletricista-residencial
Curso de-eletricista-residencialClaudio Arkan
 
Energia e Potência Eléctrica
Energia e Potência EléctricaEnergia e Potência Eléctrica
Energia e Potência EléctricaBelchior Duarte
 
Física 3º ano ensino médio diferença de potencial
Física 3º ano ensino médio   diferença de potencialFísica 3º ano ensino médio   diferença de potencial
Física 3º ano ensino médio diferença de potencialTiago Gomes da Silva
 
07 potenciaeltrica-130211133250-phpapp02
07 potenciaeltrica-130211133250-phpapp0207 potenciaeltrica-130211133250-phpapp02
07 potenciaeltrica-130211133250-phpapp02jardeanny alencar
 
Aula 01 -_noções_de_eletricidade
Aula 01 -_noções_de_eletricidadeAula 01 -_noções_de_eletricidade
Aula 01 -_noções_de_eletricidadeviktorthedwarf
 

Mais procurados (20)

Eletrodinâmica 2 leis de ohm ( frente 1)
Eletrodinâmica 2   leis de ohm ( frente 1)Eletrodinâmica 2   leis de ohm ( frente 1)
Eletrodinâmica 2 leis de ohm ( frente 1)
 
Canhao eletrons ime
Canhao eletrons imeCanhao eletrons ime
Canhao eletrons ime
 
trabalho de física!
trabalho de física!trabalho de física!
trabalho de física!
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
 
Relatório Potência, Resistência, Resistividade
Relatório Potência, Resistência, ResistividadeRelatório Potência, Resistência, Resistividade
Relatório Potência, Resistência, Resistividade
 
Eletrodinâmica 1 conceitos iniciais ( frente 1)
Eletrodinâmica 1   conceitos iniciais ( frente 1)Eletrodinâmica 1   conceitos iniciais ( frente 1)
Eletrodinâmica 1 conceitos iniciais ( frente 1)
 
Corrente Elétrica - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogs...
Corrente Elétrica - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogs...Corrente Elétrica - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogs...
Corrente Elétrica - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogs...
 
ELETRICIDADE BÁSICA - POTÊNCIA ELÉTRICA
ELETRICIDADE BÁSICA - POTÊNCIA ELÉTRICAELETRICIDADE BÁSICA - POTÊNCIA ELÉTRICA
ELETRICIDADE BÁSICA - POTÊNCIA ELÉTRICA
 
Resistores capacitores
Resistores   capacitoresResistores   capacitores
Resistores capacitores
 
Aula 02 - Eletricidade Básica, Aterramento e Distúrbios Elétricos
Aula 02 - Eletricidade Básica, Aterramento e Distúrbios ElétricosAula 02 - Eletricidade Básica, Aterramento e Distúrbios Elétricos
Aula 02 - Eletricidade Básica, Aterramento e Distúrbios Elétricos
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Resistores parte 1
Resistores parte 1Resistores parte 1
Resistores parte 1
 
Resumo de eletricidade
Resumo de eletricidadeResumo de eletricidade
Resumo de eletricidade
 
Aula potencial elétrico
Aula potencial elétricoAula potencial elétrico
Aula potencial elétrico
 
Curso de-eletricista-residencial
Curso de-eletricista-residencialCurso de-eletricista-residencial
Curso de-eletricista-residencial
 
Energia e Potência Eléctrica
Energia e Potência EléctricaEnergia e Potência Eléctrica
Energia e Potência Eléctrica
 
Física 3º ano ensino médio diferença de potencial
Física 3º ano ensino médio   diferença de potencialFísica 3º ano ensino médio   diferença de potencial
Física 3º ano ensino médio diferença de potencial
 
07 potenciaeltrica-130211133250-phpapp02
07 potenciaeltrica-130211133250-phpapp0207 potenciaeltrica-130211133250-phpapp02
07 potenciaeltrica-130211133250-phpapp02
 
Potência e energia
Potência e energiaPotência e energia
Potência e energia
 
Aula 01 -_noções_de_eletricidade
Aula 01 -_noções_de_eletricidadeAula 01 -_noções_de_eletricidade
Aula 01 -_noções_de_eletricidade
 

Semelhante a Lâmpada e chuveiro

Leituras de fisica 2 electromagnetismo
Leituras de fisica 2 electromagnetismoLeituras de fisica 2 electromagnetismo
Leituras de fisica 2 electromagnetismopacosantos
 
2010 volume1 cadernodoaluno_fisica_ensinomedio_3aserie_gabarito
2010 volume1 cadernodoaluno_fisica_ensinomedio_3aserie_gabarito2010 volume1 cadernodoaluno_fisica_ensinomedio_3aserie_gabarito
2010 volume1 cadernodoaluno_fisica_ensinomedio_3aserie_gabaritoprofzwipp
 
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5Maria Freitas
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistoresMarcelo Arcanjo
 
Eletrodinamica exercicos
Eletrodinamica exercicosEletrodinamica exercicos
Eletrodinamica exercicoszeu1507
 
Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Aline Rodrigues
 
Ficha de exercicios corrente electrica
Ficha de exercicios corrente electricaFicha de exercicios corrente electrica
Ficha de exercicios corrente electricaLucamariop
 
Resistores elétricos.
Resistores elétricos.Resistores elétricos.
Resistores elétricos.Ajudar Pessoas
 
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdfAULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdfeduardomtoledo
 
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistoresEletrons
 
Associação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptAssociação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptRenato Estevam
 
Associação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptAssociação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptRosinaldo Pantoja
 
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
Física 3º ano ensino médio   associação de resistoresFísica 3º ano ensino médio   associação de resistores
Física 3º ano ensino médio associação de resistoresTiago Gomes da Silva
 
Circuito elétrico
Circuito elétricoCircuito elétrico
Circuito elétricodeigojsm
 

Semelhante a Lâmpada e chuveiro (20)

Eletro2
Eletro2Eletro2
Eletro2
 
Leituras de fisica 2 electromagnetismo
Leituras de fisica 2 electromagnetismoLeituras de fisica 2 electromagnetismo
Leituras de fisica 2 electromagnetismo
 
Associação de Resistores.pdf
Associação de Resistores.pdfAssociação de Resistores.pdf
Associação de Resistores.pdf
 
2010 volume1 cadernodoaluno_fisica_ensinomedio_3aserie_gabarito
2010 volume1 cadernodoaluno_fisica_ensinomedio_3aserie_gabarito2010 volume1 cadernodoaluno_fisica_ensinomedio_3aserie_gabarito
2010 volume1 cadernodoaluno_fisica_ensinomedio_3aserie_gabarito
 
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Eletrodinamica
EletrodinamicaEletrodinamica
Eletrodinamica
 
Eletrodinamica exercicos
Eletrodinamica exercicosEletrodinamica exercicos
Eletrodinamica exercicos
 
Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6
 
Ficha de exercicios corrente electrica
Ficha de exercicios corrente electricaFicha de exercicios corrente electrica
Ficha de exercicios corrente electrica
 
Resistores elétricos.
Resistores elétricos.Resistores elétricos.
Resistores elétricos.
 
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdfAULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
 
exercícios de eletricidade.
exercícios de eletricidade.exercícios de eletricidade.
exercícios de eletricidade.
 
Fazer os exercicios
Fazer os exerciciosFazer os exercicios
Fazer os exercicios
 
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores
 
Associação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptAssociação de resistores.ppt
Associação de resistores.ppt
 
Associação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptAssociação de resistores.ppt
Associação de resistores.ppt
 
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
Física 3º ano ensino médio   associação de resistoresFísica 3º ano ensino médio   associação de resistores
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
 
Curso De Eletronica
Curso De EletronicaCurso De Eletronica
Curso De Eletronica
 
Circuito elétrico
Circuito elétricoCircuito elétrico
Circuito elétrico
 

Último

c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 

Último (20)

c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 

Lâmpada e chuveiro

  • 1. LÂMPADA Objetivo – a partir da comparação da espessura do filamento de várias lâmpadas incandescentes (sob mesma tensão), investigar como isso se relaciona às diferentes dissipações de potências dessas lâmpadas. Procedimento 1. Identifique numa lâmpada incandescente seus elementos essenciais: filamento, pontos de contato elétrico e outros materiais que a constituem. 2. Compare a espessura dos filamentos de lâmpadas de um mesmo fabricante de diferentes potenciais e de mesma tensão. Estabeleça uma relação qualitativa entre a espessura dos filamentos das lâmpadas com a potencia nominal, sabendo-se que os filamentos têm o mesmo comprimento e são feitos de um mesmo material, o tungstênio. Tensão (V) Potência (W) Conclusão U = ___________ V P = ___________ W U = ___________ V P = ___________ W 3. O que você espera que aconteça se ligarmos uma lâmpada de 110 V na tensão 220 V? E uma lâmpada de 220 V na tensão de 110 V? 4. Baseando-se nas observações dos filamentos das lâmpadas de 220 V e nas respostas do item anterior como você imagina ser a espessura do filamento de uma lâmpada de mesma potencia e de tensão 110 V? 5. Observe o filamento de uma lâmpada de 110 V, comparando-o com o de outra de mesma potencia de 220 V. Estabeleça uma relação qualitativa entre a espessura dos filamentos das lâmpadas com a potência nominal, sabendo-se que os filamentos têm o mesmo comprimento e são feitos de um mesmo material, o tungstênio.
  • 2. Tensão (V) Potência (W) Conclusão U = ___________ V P = ___________ W U = ___________ V P = ___________ W CHUVEIRO Objetivo – relacionar o comprimento do resistor utilizado e a dissipação da potência nominal (valor impresso). Procedimento 1. Identifique o circuito elétrico apontando os pontos de contato no resistor que é constituído de uma liga de níquel-cromo. 2. Observe que o resistor tem três pontos de contato, sendo que um deles permanece sempre ligado ao circuito. Qual esse ponto de contato? 3. Quando o chuveiro está na posição “verão”, onde é feito o outro contato elétrico? 4. Relacione o comprimento do resistor utilizado com os contatos elétricos feitos nas posições “verão” e “inverno” do chuveiro. 5. Em que posição a potência consumida é maior? 6. Complete a tabela Aparelhos resistivos Lâmpadas Chuveiro material do resistor comprimento espessura grandezas