O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Advocacy em saúde apresentação pva

395 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Advocacy em saúde apresentação pva

  1. 1. ADVOCACY EMSAÚDEPROJETO VITORIOSAS EMAÇÃOOFICINA DE ADVOCACYJunho/2012
  2. 2. “ Advocacy” quer dizer o quê ?A palavra “advocacy” é importada da língua inglesa enão tem ainda uma tradução consolidada para oportuguês. Seu significado pode ser traduzido comodefesa de interesses ou engajamento ativo - semprereferidos a uma causa, uma idéia, uma proposta.Advocacy, então envolve ação / ativismo ,isto é, nãose trata simplesmente de ser e mostrar-se favorável auma idéia ou uma causa, mas sim de atuar de modoplanejado e estratégico para alcançar os resultadosou situação almejados/ defendidos.Advocacy é a parte de um processo que envolve abusca de mudanças.
  3. 3. O Advocacy é uma ação políticaO Conceito de ação política precisa ser trabalhado, umavez que persiste ainda muita controvérsia em torno dele.A palavra política tem origem grega – polikós exprimindoas atividades relacionadas ao exercício do poder na polis,tendo, pois, relação com o que é urbano, civil, público.Para os objetivos de advocacy, é este último sentido queinteressa – política como procedimento, como modo peloqual uma sociedade e suas instituições lidam com umaquestão. Uma política, neste sentido, pode ser formal(por exemplo, a política Nacional de Assistência Integral àSaúde da Mulher – PNAISM), ou informal.Os objetos de advocay são particularmente as políticaspúblicas.
  4. 4. Elementos do Advocacy ObjetivoInformação / dadosCoalizõesPúblicos envolvidosMensagensArgumentosMonitoramento e AvaliaçãoCaptação de recursos
  5. 5. Estágios do AdvocacyO processo de preparação de umaestratégia de advocay envolve cinco etapasbásicas:1ª Identificação dos problemas2ª Criação de soluções possíveis3ª Estruturação da ação (interna e externa)4ª Ação política5ª AvaliaçãoEstágios do Advocacy
  6. 6. Indicadores de AdvocacyEXEMPLOS: Grau de consciência sobre umaquestão Contribuições para o debate Opiniões modificadas Políticas modificadasMudança política implementada Mudança política na vida daspessoas Melhora sentida pelas pessoas (semevidência)
  7. 7. Participação Popular Xcontrole socialA constituição Federal de 1988 introduziu a democraciarepresentativa e participativa na política brasileira.Para a efetivação desta democracia participativa, aConstituição de 1988 institucionalizou a figura dosConselhos de políticas públicas e de direitos.O controle social da gestão das políticas públicas não selimita à área da saúde - estende-se a todas as áreas dagestão pública, especialmente àquelas que envolvemdireitos constitucionalmente assegurados.
  8. 8. Formas de controle social Conferências de saúdeConselhos de saúdeAudiências públicasComissões de éticaManifestações públicasOuvidoriasConsultas públicasAção popularAção civil pública etc...
  9. 9. Conselhos de saúdeComposição: 50% usuários/as25% profissionais de saúde25% gestoresOs conselhos de Saúde – em nível federal,estadual e municipal – constituem um dosmecanismos de exercício do controle social dasaúde – um espaço institucional de participaçãoda sociedade civil organizada.
  10. 10. ConferênciasAs conferências de saúde acontecem no Brasil desde osanos 1940. A CF 1988 limitou-se a institucionalizá-las. AVIII Conferência Nacional de Saúde, realizada em 1986 eposteriormente denominada “Pré-Constituinte daSaúde” constitui um macro fundamental no processoque levou à criação do SUS.A Lei 8.142/90 institui as Conferências de Saúde comoinstâncias colegiadas do SUS, com a prerrogativa de“avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes paraa formulação da política de saúde nos níveiscorrespondentes”. Este é, portanto, um espaçofundamental, de caráter consultivo, de participaçãopara controle social das políticas.
  11. 11. Responsabilidade Social xAdvocacyA experiência do Instituto AVONA experiência do Laboratório ROCHE
  12. 12. Instituições nacionais queatuam em Advocacy• A FEMAMA - Coalizão de ONG’s• ONG’s cearenses associadas FEMAMA• Oncoguia• Instituições de patologias diversas –Plano de Enfrentamento das DCNT
  13. 13. Movimentos populares xAdvocacy -luta das mulheres
  14. 14. O MOVIMENTO OUTUBRO ROSAcomo movimento social – daeducação em saúde ao advocacy• A iluminação ROSA como elementode sensibilização, conscientização emobilização• Lemas anuais como ações deAdvocacy• Conquistas através de
  15. 15. Instituições Internacionaisde apoio ao câncerIUCCACSWFRCSusan Komen
  16. 16. Projetos interessantesProjeto IracemaProjeto Boa ViagemProjeto MAOMÉ *Projeto Pavilhão do Bem / Revista do Bem Projeto 30 sim 30 não*Dia RosaKit RosaProjeto Vitoriosas em Ação – PVARCCC – Rede Cearense de combate aocâncer*Projeto Vida Nova – ACM/ Toque de vida
  17. 17. Rede de assistência oncológica noBrasil, no Ceará e em Fortaleza Manifesto pela vida A importância da Promotoria de defesa deSaúde pública A importância do Comitê Cearense deoncologiaA experiência do Estado do Ceará emAdvocacy na oncologia
  18. 18. O SUS – Conquistas e desafios– Princípios e fragilidades O câncer como patologia de altacomplexidade X alto custo
  19. 19. A causa CÂNCER DEMAMA Elementos estatísticos Câncer: doença indistinta / Personalidades
  20. 20. MENSAGEMMúsica : Moleque atrevido - Jorge AragãoAGRADECIMENTOSCONTATOvaleriamendoncapt@yahoo.com.br9663.0822 (tim)8875.0176 (oi)
  21. 21. REFERÊNCIASBRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica eParticipativa. A construção do SUS: histórias da Reforma Sanitária edo Processo Participativo. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.CÂMARA, Cristina. Processos Decisórios de Saúde Pública no Brasil.Apresentação no Seminário de Capacitação em Advocay.ACS/FEMAMA. Gramado:2009CONASEMS. Cartilha Conferências Municipais Passo a Passo.Conselho Nacional dos Secretários de Saúde Municipais. Julho, 2003.Disponível em: http://www.femama.org.br/novo/publicacoes-news.php?menu=pub&id=4. acesso em jul/10.LegislaçãoLei 8.142, de 28.12.1990.

×