Literatura aula 19

1.576 visualizações

Publicada em

Literatura aula 19

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.576
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
790
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Literatura aula 19

  1. 1. O Romantismo surgiu na França, no momento em que o país iniciava a Revolução Francesa. A Revolução Francesa surgiu como forma de dar vazão ao homem, que sofria com o Absolutismo do rei.
  2. 2. A partir daí foi criada a Declaração dos Direitos do Homem, uma vez que o lema da RF era : Liberdade, Igualdade e Fraternidade A liberdade guiando o povo A mulher simboliza a liberdade ... Os corpos representam as mortas ocorridas por conta da Revolução... A imagem como um todo, mostra a decisão do povo em lutar pelo lema da Revolução Francesa, independente se iriam conseguir ou morrer por isso...
  3. 3. Junto com a Revolução se instalou a Revolução Industrial, onde o povo além de fabricar, também era consumidor... Com isso as pessoas passaram a sentir que suas vidas estavam vazias ... Surgindo assim o Romantismo.
  4. 4. Os países que serviram como berço para as ideias românticas foram: Alemanha, França e Inglaterra.
  5. 5. Na Alemanha, o Romantismo construiu suas bases através do Nacionalismo.
  6. 6. Na Inglaterra, o Romance contou com temas exóticos, medievais, mitológicos, sobrenaturais e terror.
  7. 7. Na França, os principais temas do Romantismo foram as questões sociais do momento. Video Amor de Perdição
  8. 8. O Romantismo chegou a Portugal devido a uma crise econômica e política pela qual o país passava, devido a exigência de Napoleão, que queria o rompimento entre Portugal e Inglaterra.
  9. 9. Com isso, o rei abandonou o poder, deixando Portugal livre para ser invadido. As pessoas que migraram para Portugal naquele momento, levaram para lá as primeiras ideias românticas.
  10. 10. O Romantismo foi aceito pelo país. Os primeiros poemas eram nacionalistas, na tentativa de valorizar Portugal, que estava abandonada pelo rei e sob o poder de Napoleão.
  11. 11. *Garret foi o primeiro poeta a escrever textos românticos em Português. *Sua poesia embora bonita, foi valorizada, de fato, quando escreveu “Folhas caídas”, um livro de poemas dedicado uma mulher casada por quem ele se apaixonou.
  12. 12. O teatro de Garret foi marcado por duas fases:
  13. 13. Alexandre, movido pela crise de identidade pela qual passava Portugal, resolveu criar poemas românticos através da reconstituição do passado,usado como base para a construção de uma nova identidade nacional.
  14. 14. Os heróis românticos lutam para manter os valores morais e éticos (como o amor, a honestidade) e são capazes de morrer por isso.
  15. 15. Os sentimentos são incontroláveis, o poeta é dominado por eles.
  16. 16. A natureza nesta fase ou será um lugar paradisíaco, fonte de inspiração, ou o lugar final, onde os desesperados românticos irão se refugiar.
  17. 17. Os poetas desse movimento viviam uma vida boêmia, regada a bebida e drogas. Tinham “prazer em morrer por amor”. Eram chamados de poetas ultrarromânticos
  18. 18. Os poetas nessa fase sofrem por uma mulher que é divinizada e intocável. A figura da mulher é de um ser supremo, como uma deusa, como a dona de todos os sentidos do poeta infeliz.
  19. 19. Esta fase é marcada por uma atmosfera fúnebre e de depressões, os poetas têm fortes tendências suicidas, são normalmente infelizes, alcóolatras, tuberculosos, acabam com a saúde na vida boêmia e noturna.
  20. 20. Os poetas tendem a ser escapistas fugindo da realidade para o passado (a infância) ou para o futuro (um lugar após a morte).
  21. 21. A terceira geração romântica é caracterizada pela poesia libertária influenciada, principalmente,por uma poesia social em que a humanidade trabalhe por igualdade, justiça e liberdade.
  22. 22. Na 3ª fase romântica, os poetas ainda escreviam, sim, sobre amor e romance, mas, as poesias eram mais voltadas para a realidade, embora ainda mantivessem características da 2ª geração (como a idealização da mulher).
  23. 23. A poesia dessa geração é combativa e prima pela denúncia das condições dos escravos, melhores condições de trabalho e de vida para as pessoas pobres da época.
  24. 24. A ave símbolo da geração é o condor, ave que habita o alto das cordilheiras dos Andes, e que representa a liberdade, daí o nome da geração ser condoeira.

×