Apostila: Cap. 4
 Em uma comunidade, nenhuma espécie vive isolada Há uma contínua interação entre as espécies Interação: Maior força est...
INTERAÇÕES (RELAÇÕES , ASSOCIAÇÕES) INTRAESPECÍFICAS: indivíduos da mesma espécie INTERESPECÍFICAS: indivíduos de espéci...
RELAÇÕES INTRAESPECÍFICAS HARMÔNICASCOLÔNIA Indivíduos ligados fisicamente entre si Profundo grau de interdependência P...
Caravelas : colônias móveis,heteromorfas, ocorreespecialização de funçõesFlutuação;Alimentação;Defesa.
SOCIEDADE Indivíduos independentes fisicamente Organização cooperativa Divisão do trabalho Separação em castas sociais...
AbelhasA rainha é a única fêmea fértil (2n), responsável pela reprodução epostura de ovosAs operárias são fêmeas diplóides...
GREGARISMO Indivíduos vivem juntos Sem organização social ProteçãoEx.: peixes que vivem em cardumes, manadas de animais
RELAÇÕES INTRAESPECÍFICAS DESARMÔNICASCOMPETIÇÃO INTRAESPECÍFICA Indivíduos competem por recursos do meio Recursos não s...
CANIBALISMO “Predatismo intraespecífico” O indivíduo canibal se alimenta de outro da mesmaespécie Pode ocorrer quando e...
RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS HARMÔNICASPROTOCOOPERAÇÃO Indivíduos se beneficiam mutuamente Associação NÃO É OBRIGATÓRIA
PROTOCOOPERAÇÃOCaranguejo eremita e anêmonas domar
MUTUALISMO OU SIMBIOSE Indivíduos se beneficiam mutuamente Associação é OBRIGATÓRIA Dependência entre os indivíduosLiqu...
Micorrizas = (raízes de plantas +fungos)Plantas• Pinheiros, tomateiros, orquídeas• Fotossíntese• Produção de compostos org...
Bactérias Rhizobium e raízes deleguminosas• Fixação biológica no nitrogênio
Microrganismos que vivem no intestino de cupins e animaisruminantes e digerem a celulose ingerida por eles
COMENSALISMO Uma espécie é beneficiada e a outra é indiferenteBenefício pode ser:1. Restos de alimentos2.Transporte (For...
INQUILINISMOEPIFITISMOObs: NÃO HÁ PARASITISMO!!
PLANTAS EPÍFITASSão tipos de vegetais que não enraízam no solo, fixam-se em outras árvores.Têm porte discreto, se fixam no...
RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS DESARMÔNICASCOMPETIÇÃO INTERESPECÍFICA Ocorre superposição de nichos ecológicos Espécies compe...
RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS DESARMÔNICASPREDAÇÃO (PREDATISMO) Animais carnívoros matam e devoram animais deoutras espécies...
HERBIVORIA Animais herbívoros Prejuízos ou benefícios???
PARASITISMO Um indivíduo vive às custas de outro, causando-lheprejuízos O parasita não necessariamente provoca a morte d...
HOLOPARASITAS HEMIPARASITAS• Raízes sugadoras (haustórios)atingem o xilema• Retirada da seiva bruta• Parasita precisa real...
AMENSALISMO OU ANTIBIOSE Um dos indivíduos é capaz de produzir substâncias quepodem inibir o desenvolvimento do outro ou ...
AMENSALISMO OU ANTIBIOSE Algas protistas (pirrófitas) de cor avermelhada e produtorasde substâncias altamente tóxicas apr...
ESCLAVAGISMO OU SINFILIA Uma das espécies se beneficia das atividades ou do “trabalho”de outra espécie Pássaros que bota...
 Adaptações evolutivas Dificultar a captura pelos predadoresMIMETISMO  padrão imitativo em relação a outros seres vivos...
Erythrolamprus aesculapiiCoral falsaMicrurus brasiliensisCoral verdadeira
CAMUFLAGEM  padrão imitativo em relação ao ambiente
MÚSICA: RELAÇÕES HARMÔNICAS E DESARMÔNICASPROF. PAULO ALEXANDREAS RELAÇÕES PODEM SERPRA GANHAR OU ENTÃO PRA PERDEREXISTIND...
Interações ecológicas lara 1ano
Interações ecológicas lara 1ano
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Interações ecológicas lara 1ano

2.199 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.199
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.732
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Interações ecológicas lara 1ano

  1. 1. Apostila: Cap. 4
  2. 2.  Em uma comunidade, nenhuma espécie vive isolada Há uma contínua interação entre as espécies Interação: Maior força estabilizadora dentro dascomunidades Mecanismos naturais de controle das densidadespopulacionais
  3. 3. INTERAÇÕES (RELAÇÕES , ASSOCIAÇÕES) INTRAESPECÍFICAS: indivíduos da mesma espécie INTERESPECÍFICAS: indivíduos de espécies diferentes HARMÔNICAS (+/+ ou +/0): benefícios para um ouambos os associados DESARMÔNICAS (+/-): prejuízos para pelo menosum dos associados
  4. 4. RELAÇÕES INTRAESPECÍFICAS HARMÔNICASCOLÔNIA Indivíduos ligados fisicamente entre si Profundo grau de interdependência Pode ou não ocorrer divisão do trabalho Pode ser móvel ou fixaEx.: corais, esponjas, fungos, bactérias, algas
  5. 5. Caravelas : colônias móveis,heteromorfas, ocorreespecialização de funçõesFlutuação;Alimentação;Defesa.
  6. 6. SOCIEDADE Indivíduos independentes fisicamente Organização cooperativa Divisão do trabalho Separação em castas sociaisEx.: abelhas, cupins, formigasZangãoRainhaOperária
  7. 7. AbelhasA rainha é a única fêmea fértil (2n), responsável pela reprodução epostura de ovosAs operárias são fêmeas diplóides (2n) e estéreis. Encarregadas dedefenderem a colméia, obter alimento, produzir a cera e o melOs zangões são machos férteis haplóides (n) e sua principal função éfecundar a rainha
  8. 8. GREGARISMO Indivíduos vivem juntos Sem organização social ProteçãoEx.: peixes que vivem em cardumes, manadas de animais
  9. 9. RELAÇÕES INTRAESPECÍFICAS DESARMÔNICASCOMPETIÇÃO INTRAESPECÍFICA Indivíduos competem por recursos do meio Recursos não suficientes para todos
  10. 10. CANIBALISMO “Predatismo intraespecífico” O indivíduo canibal se alimenta de outro da mesmaespécie Pode ocorrer quando espaço e alimento são limitadosEx.: escorpiões, peixes, aranhas, planárias etc.
  11. 11. RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS HARMÔNICASPROTOCOOPERAÇÃO Indivíduos se beneficiam mutuamente Associação NÃO É OBRIGATÓRIA
  12. 12. PROTOCOOPERAÇÃOCaranguejo eremita e anêmonas domar
  13. 13. MUTUALISMO OU SIMBIOSE Indivíduos se beneficiam mutuamente Associação é OBRIGATÓRIA Dependência entre os indivíduosLiquens = (algas + fungos)Algas• Fotossíntese• Produção de compostos orgânicos usados pelofungoFungos• Absorção de água e sais minerais para as algas
  14. 14. Micorrizas = (raízes de plantas +fungos)Plantas• Pinheiros, tomateiros, orquídeas• Fotossíntese• Produção de compostos orgânicos usados pelofungoFungos• Absorção de água e sais minerais para a planta
  15. 15. Bactérias Rhizobium e raízes deleguminosas• Fixação biológica no nitrogênio
  16. 16. Microrganismos que vivem no intestino de cupins e animaisruminantes e digerem a celulose ingerida por eles
  17. 17. COMENSALISMO Uma espécie é beneficiada e a outra é indiferenteBenefício pode ser:1. Restos de alimentos2.Transporte (Forésia)3. Moradia (Inquilinismo/ Epifitismo)
  18. 18. INQUILINISMOEPIFITISMOObs: NÃO HÁ PARASITISMO!!
  19. 19. PLANTAS EPÍFITASSão tipos de vegetais que não enraízam no solo, fixam-se em outras árvores.Têm porte discreto, se fixam nos tecidos superficiais dos troncos e galhos parareceber luz solar e umidade com mais facilidade do que diretamente no solo.Dispõem de sistemas específicos para absorver umidade do ar e extrair suaalimentação mineral da poeira que recai sobre si; necessitam de grandequantidade de umidade e de luz.As epífitas jamais buscam alimento nos organismos hospedeiros. Suas raízessuperficiais não absorvem a seiva da planta hospedeira, não há qualquer relaçãode parasitismo. Ou seja, a presença de epífitas não prejudica a árvore ouarbusto onde elas vegetam.No caso das bromélias, existem as epífitas e as não epífitas, todas têm seucálice em forma de rosa no ponto onde as folhas se juntam, chamada dedisposição rosácea; este mecanismo faz com que recebam água da chuva,poeira e pequenos insetos mortos, que decompostos pela água e misturados àpoeira serão aproveitados em sua nutrição.As orquídeas têm as raízes revestidas com uma espécie de velame, este é umtecido formado por células mortas que atuam como uma esponja absorvendo aumidade e nutrientes.
  20. 20. RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS DESARMÔNICASCOMPETIÇÃO INTERESPECÍFICA Ocorre superposição de nichos ecológicos Espécies competem por recursos do meio Corujas, cobras e gaviões são predadores que competementre si pelas mesmas espécies de presas (ratos, preás, coelhosetc...) Árvores de diferentes espécies crescendo umas muitopróximas das outras competem entre si pelo espaço para ascopas das árvores se desenvolverem e assim obterem mais luzsolar para realizarem a fotossíntese Períodos de estiagem ou seca prolongada: animais de diversasespécies passam a competir pela água que ainda resta empequenas poças d´água
  21. 21. RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS DESARMÔNICASPREDAÇÃO (PREDATISMO) Animais carnívoros matam e devoram animais deoutras espécies Relação Predador/ Presa: controle populacional
  22. 22. HERBIVORIA Animais herbívoros Prejuízos ou benefícios???
  23. 23. PARASITISMO Um indivíduo vive às custas de outro, causando-lheprejuízos O parasita não necessariamente provoca a morte de seuhospedeiro Coadaptação: equilíbrio das relaçõesparasita/hospedeiroEctoparasitas Endoparasitas
  24. 24. HOLOPARASITAS HEMIPARASITAS• Raízes sugadoras (haustórios)atingem o xilema• Retirada da seiva bruta• Parasita precisa realizarfotossíntese• Ex.: erva-de-passarinho• Raízes sugadoras (haustórios)atingem o floema• Retirada da seiva elaborada• Parasita não precisa realizarfotossíntese• Ex.: cipó-chumbo
  25. 25. AMENSALISMO OU ANTIBIOSE Um dos indivíduos é capaz de produzir substâncias quepodem inibir o desenvolvimento do outro ou mesmo causar suamorte A substância produzida pela espécie inibidora pode não terefeito letal sobre a espécie amensal (espécie cujodesenvolvimento é inibido) Fungos e bactérias produzem substâncias – os antibióticos –que interrompem o crescimento de populações de outrosmicrorganismos Fungo Penicilium notatum é o responsável pela produção domais antigo antibiótico: a penicilina.
  26. 26. AMENSALISMO OU ANTIBIOSE Algas protistas (pirrófitas) de cor avermelhada e produtorasde substâncias altamente tóxicas apresentam intensaproliferação, formando enormes manchas vermelhas no oceano.Com isso, a concentração dessas substâncias tóxicas aumenta,provocando um fenômeno conhecido como “maré vermelha”.
  27. 27. ESCLAVAGISMO OU SINFILIA Uma das espécies se beneficia das atividades ou do “trabalho”de outra espécie Pássaros que botam seus ovos no ninho de outras espécies,que os chocam como se fossem seus.“O chupim - bota ovos muito parecidos com os do tico-tico, edentro do ninho do tico-tico; a fêmea do tico-tico - vai chocandoos ovos de chupim junto com os dela própria. Não bastasse essasituação "desleal", os filhotes de chupim nascem em prazo menordo que os de tico-tico, e vão logo tomando conta do pedaço:chegam a jogar fora os ovos de tico-tico, matando-os - ou, então,bem mais fortes, jogam para baixo os próprios tico-tiquinhos quetenham nascido; e a mãe adotiva ainda os alimenta com tododesvelo. Quando ficarem adultos, esses mesmos chupinzinhoschegarão a uns 23cm e serão imponentes - os machos, negros ebrilhantes, com reflexos avermelhados; as fêmeas, de um castanhobem escuro, quase preto.”Fonte: Revista Meu Sítio - Guia Rural - Editora Abril
  28. 28.  Adaptações evolutivas Dificultar a captura pelos predadoresMIMETISMO  padrão imitativo em relação a outros seres vivosMonarcaimpalatávelVice-reipalatável
  29. 29. Erythrolamprus aesculapiiCoral falsaMicrurus brasiliensisCoral verdadeira
  30. 30. CAMUFLAGEM  padrão imitativo em relação ao ambiente
  31. 31. MÚSICA: RELAÇÕES HARMÔNICAS E DESARMÔNICASPROF. PAULO ALEXANDREAS RELAÇÕES PODEM SERPRA GANHAR OU ENTÃO PRA PERDEREXISTINDO OU NÃO HARMONIAISSO É O QUE DEVEMOS SABER. (REFRÃO)ELA TERÁ HARMONIASE NÃO HOUVER PREJUÍZOE SE ALGUMA DAS PARTESTIVER ALGUM BENEFICIO.COLÔNIA TEM INDIVÍDUOS,PODEM TER CORPOS LIGADOS.SÃO BACTÉRIAS, CORAISOU ALGUNS PROTOZOÁRIOS.SOCIEDADE É MARCANTEOS CORPOS SÃO SEPARADOS.ORGANIZADOS EM FUNÇÕESCOMO AS ABELHAS JÁ SÃO.O CROCODILO E O PALITONA PROTOCOOPERAÇÃO.AJUDA NÃO OBRIGATÓRIAFALTANDO NÃO MORRERÃO.PORÉM NO MUTUALISMOA UNIÃO É VITAL.ALGAS E FUNGOS SÃO LÍQUENSPROTOZOÁRIO E CUPIM.COMENSALISMO, UM GANHAOUTRO NÃO TÁ NEM AÍO LEÃO DEIXAPRA HIENAE ELA MORRE DE RIR.INQUILINISMO EM ORQUÍDEASQUE APOIADAS CRESCERÃOPEIXE ENTROUNO HOLOTÚRIAQUE SERVIU DE PROTEÇÃO.FINALIZANDO HARMONIACABRA, PRESTE BEM ATENÇÃOSE VOCÊ NÃO SE LIGAR..É BOMBA OU RECUPERAÇÃO(REFRÃO)MAS SE HOUVER PREJUÍZODESARMONIA JÁ ÉUM GANHA E O OUTRO SE FERRAE ASSIM NÃO VAI DAR PÉ.COMPETIÇÃO É DANADAO RECURSO FALTARÁDISPUTA É SEMPRE ACIRRADAE O MAIS FORTE VENCERÁ.NO AMENSALISMO, PRODUTOSE FATORES INIBIRÃOQUE A ESPÉCIE AMENSAL CRESÇAANTIBIOSES SERÃO.O PREDATISMO APRESENTAA PRESA E O PREDADORO VEADINHO DEU MOLEE O LEÃO ABOCANHOU.CANIBALISMO APARECEDENTRO DA MESMA ESPÉCIEMATOU E TEVE MOTIVOEM PEIXES ISSO ACONTECE.PARASITISMO FAMOSOVIVENDO ÀS CUSTAS ALHEIAÉ O PARASITA NA BOAE O HOSPEDEIRO ESPERNEIAPRA ACABAR COM A DESARMONIACABRA, PRESTE BEM ATENÇÃOSE VOCÊ NÃO SE LIGAR“CÊ” VAI TOMAR.. NO PREJUÍZO.

×