Filo annelida

1.104 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.104
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
656
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filo annelida

  1. 1. Quitéria Paravidino Setor B: aula12
  2. 2. Vermes segmentados
  3. 3.  São triblásticos, protostômios e apresentam simetria bilateral.  Primeiros animais dotados de um celoma verdadeiro.  Possuem corpo segmentado (metâmeros).  Os metâmeros são compartimentos do celoma, separados uns dos outros por septos.  Cada metâmero tem um par de estruturas excretoras e nervosas, além de músculos independentes.
  4. 4.  Aumento de tamanho e complexidade do corpo.  Maior flexibilidade do corpo e variação de movimentos.
  5. 5.  Critério: presença e quantidade de cerdas.  Cerdas são projeções laterais, curtas, rígidas e filamentosas constituídas de quitina.  Função: auxiliar na locomoção e trocas gasosas.
  6. 6.  Poucas cerdas.  Encontrados em solo úmido onde escavam galerias sob a terra.  Também podem ser encontrados em água doce.  São monóicos.  Ex. Lumbricus terrestris, Pheretima hawaina, Glossescolex giganteus,... Lumbricus terrestris
  7. 7. Glossescolex giganteus
  8. 8.  São os anelídeos marinhos, móveis ou que vivem em tubos construídos na areia.  Apresentam os parápodes ou parapódios, onde estão implantadas muitas cerdas.  São dióicos.  Ex. Nereis virens, Eunice viridis,...
  9. 9. Eunice aphroditois Bispira sp. Spirobranchus giganteus
  10. 10.  Não apresentam cerdas ou parápodes.  Vivme em água doce ou ambientes muito úmidos.  São monóicos.  Ex. Hirudo medicinalis (sanguessuga)
  11. 11.  Existem espécies de vida livre e ectoparasitas.  Podem ser marinhos, de água doce ou terrestres de umidade.
  12. 12.  Epiderme simples, que secreta uma cutícula fina, transparente e permeável.
  13. 13.  Minhocas: músculos circulares e longitudinais que contraem em relaxam em ondas coordenadas (peristaltismo). As cerdas se distendem aumentando o atrito.  Poliquetos: usam os parápodes para dar mais atrito e também nadam ativamente.  Alguns poliquetos vivem em tubos (tubícolas) e são sedentários.  Sanguessugas: peristaltismo e “andar mede-palmo”.
  14. 14.  São pouco desenvolvidas, resumindo-se a células especializadas na captação de estímulos químicos, mecânicos, térmicos e luminosos.  Poliquetos errantes: olhos localizados na cabeça e tentáculos sensoriais (carnívoros).
  15. 15. Animais de corpo mole
  16. 16.  Triblásticos.  Protostômios.  Celomados.  Não segmentados.  Adaptados ao ambiente terrestre, água doce e marinho.
  17. 17. Classificação GASTROPODA  Estômago localizado sobre o pé musculoso.  Espécies terrestres e aquáticas, com ou sem concha.  O pé é bastante desenvolvido e possibilita a locomoção por deslizamento.  Possuem 4 tentáculos.
  18. 18. BIVALVIA ou PELECYPODA  Apresentam 2 conchas articuladas.  São exclusivamente aquáticos.  Pé em forma de lâmina de machado.  Filtradores.
  19. 19. CEPHALOPODA  Espécies exclusivamente marinhas, com o pé dividido em vários tentáculos, dotados de ventosas.
  20. 20. Sem concha e com 8 tentáculos: polvos
  21. 21. Com concha externa: Náutilus
  22. 22. Argonautas
  23. 23. Com concha interna: lulas e sépias

×