Exercícios rec.com gabarito

1.316 visualizações

Publicada em

Exercícios rec.com gabarito 7º ano

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
168
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exercícios rec.com gabarito

  1. 1. EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 1º BIMESTRE 7º ANO – ENSINO FUNDAMENTAL II DISCIPLINA: Ciências DATA: ____ / ____ / 2015 PROFESSOR: Shirley Correia NOME: ........................................................................................................................................................ Leia o texto a seguir para responder às questões 1 e 2. Vera tem muito medo de baratas. Veja o que ela diz sobre esses insetos. – Parece perseguição, mas, toda vez que chego em um local escuro, acendo a luz e, para meu desespero, as baratas saem correndo! Acho que elas não gostam de mim e por isso correm. Eu vejo essa cena e corro de medo delas também! 1- Qual característica dos seres vivos pode ser percebida quando as baratas saem correndo? a) Ter organização celular. c) Ser capaz de se reproduzir. b) Alimentar-se, nutrir-se. d) Capacidade de responder a estímulos. 2- Vera acha que as baratas não gostam dela, mas, analisando essa situação, qual seria o estímulo para essa resposta nesses insetos? a) O perfume de Vera. c) A luminosidade. b) A imagem de Vera. d) A temperatura do ambiente. 3- Os princípios a seguir relacionados referem-se à teoria da evolução das espécies: I- Adaptação ao meio II- Seleção natural III- Mutação IV- Lei do uso e desuso V- Herança dos caracteres adquiridos Lamarck, em sua teoria, considerou: a) I, II e III. b) II, III e IV. c) I, IV e V. d) II, IV e V. 4- Na classificação dos seres vivos, a nomenclatura binária ou binominal (difundida por Lineu) é empregada quando se quer escrever o nome de: a) Uma espécie. b) Um gênero. c) Uma família. d) Uma ordem. 5- “Todo ser vivo se origina por reprodução de outro ser vivo da mesma espécie”. Esse texto está de acordo com a: a) Teoria da geração espontânea. c) Teoria do criacionismo. b) Teoria da biogênese. d) Teoria autotrófica da origem da vida. 6- Num balão de vidro com gargalo recurvado e aberto, Pasteur ferveu um caldo nutritivo, deixando esfriar lentamente. O caldo permaneceu inalterado por muitos dias. A seguir o gargalo foi removido e, 48 horas depois, era evidente a presença de bactérias e fungos no caldo. Assinale a alternativa correta, referente ao experimento descrito. a) As bactérias e fungos do ar foram incapazes de passar ao longo do gargalo e atingir o caldo nutritivo após seu resfriamento. b) O aquecimento não matou as bactérias e fungos primitivamente existentes no caldo. c) As bactérias e fungos que apareceram no caldo eram de espécies diferentes daqueles que ocorrem no ar. d) Os sinais evidentes da presença de bactérias e fungos no caldo nutritivo foram consequência da multiplicação rápida desses microrganismos.
  2. 2. 7- O nome científico do elefante africano é Loxodonta africana. Essa espécie de ser vivo pertence ao gênero Loxodonta, à família dos elefantídeos e à ordem dos proboscídeos. Qual dessas categorias taxonômicas possui maior quantidade de indivíduos? a) Espécie. c) Família. b) Ordem. d) Gênero. 8- “Mandacaru, umbuzeiro, juazeiro, angico, baraúna. Teiú, tatupeba, cotia, preá, asa-branca, carcará. Espalhados por aproximadamente 800 quilômetros quadrados do território brasileiro, os personagens da flora e fauna catingueira lhe impingem beleza própria. Mas não são só eles. O povo da Caatinga também contribui com sua bravura, resistência e, principalmente, com o orgulho que sente de ser sertanejo (nome típico de seus habitantes) para que ela seja única. [...] Chamada pelos índios de ‘mata branca’, a vegetação retorcida, o solo pedregoso, árido, e o baixo índice pluviométrico da Caatinga não são para qualquer um. A natureza e toda a gente do sertão tiveram de se adaptar. Na ausência das chuvas, que pode se estender por meses a fio, plantas, bichos e gente desenvolveram estratégias para se manterem vivos. [Uma espécie de] peixes anuais, por exemplo, enquanto aguardam a chegada das primeiras águas, enterram seus ovos na areia do leito de lagoas, poças e rios intermitentes (aqueles que desaparecem na estiagem e reaparecem após as ‘cheias’). E, assim que a chuva cai, os ovos eclodem, dando início ao ciclo vital novamente. [...]” (Disponível em: www.revistaecologico.com.br/materia.php - Acesso em: out. 2012.) Sobre esse ecossistema, baseando-se em conceitos ecológicos, assinale o que for correto. a) As plantas de baraúna, pertencentes à mesma espécie, constituem uma população. b) As populações de plantas e de animais catingueiros fazem parte de uma comunidade. c) A cotia e a asa-branca pertencem à mesma população. d) As espécies vegetais presentes na Caatinga ocupam o mesmo bioma. e) O angico e o juazeiro são organismos sem órgãos, e os peixes anuais são organismos que possuem sistemas. f) Vários fatores do ambiente, como a luz, a umidade e a temperatura, denominados fatores abióticos, interagem com os animais e os vegetais. g) Considerando que o índice pluviométrico (chuvas) é baixo, verifica-se, na Caatinga, a sobrevivência apenas dos animais e plantas que desenvolveram adaptações para tais dificuldades. h) Nesse texto, são descritas 12 espécies de animais e plantas. 9- A teoria celular foi formulada no século XIX, como resultado da observação de tecidos animais e vegetais, além de microrganismos como bactérias. Porém, os vírus são a única exceção a essa teoria. Que equipamento seria necessário para que Schwann e Schleiden pudessem conhecer os vírus e incluí- los em seus estudos? a) Microscópio óptico. c) Lupa. b) Microscópio eletrônico. d) Não é necessário o uso de equipamentos. 10- Utilizando microscópios ópticos, cientistas do século XIX observaram que, ao espetar uma célula com uma agulha bem fina, seu conteúdo vazava. Eles não podiam ver o que tinham feito, mas concluíram que haviam destruído alguma estrutura. Quando analisaram o conteúdo que vazou da célula, perceberam que não era quimicamente igual ao meio que cercava a célula. Qual estrutura celular foi destruída? a) O núcleo. c) O citoplasma. b) O material genético. d) A membrana plasmática GABARITO COMENTADO
  3. 3. 1- d. A característica dos seres vivos observada nessa situação é que eles são capazes de responder a estímulos. 2- c. O estímulo para as baratas terem saído foi Vera ter acendido a luz. 3- c. De acordo com a teoria de Lamarck, os princípios que se referem à teoria da evolução das espécies são: I- Adaptação ao meio: Capacidade de sobrevivência (alimentação, abrigo) e reprodução (perpetuação da espécie, gerando descendentes férteis); IV- Lei do uso e desuso: Os órgãos surgem em função de necessidades impostas pelo ambiente, podendo se desenvolver em função do uso ou se atrofiar pelo desuso; V- Herança dos caracteres adquiridos: Capacidade de transmitir os caracteres adquiridos impostos pelo ambiente aos seus descendentes. 4- a. Lineu desenvolveu um sistema para classificação os seres vivos, chamado sistema natural, que é usado até hoje. Esse sistema baseia-se em agrupamentos de espécies de organismos que apresentam características em comum, que ao se cruzarem, produzem descendentes férteis. 5- b. De acordo com a teoria da biogênese, todo ser vivo se origina por reprodução de outro ser vivo da mesma espécie. 6- a. Em seu experimento, Pasteur ferve o caldo nutritivo para matar os microrganismos que podem existir no balão. Ao esfriar, o vapor de água que saiu pelo gargalo se condensa, formando pequenas gotículas nas paredes do gargalo, impedindo assim, que os microrganismos do ar consigam chegar ao caldo e contaminá-lo. 7- b. As categorias propostas por Lineu foram, na ordem de abrangência (do menor para o maior), as seguintes: ESPÉCIE GÊNERO FAMÍLIA ORDEM CLASSE FILO REINO A categoria com o menor quantidade de seres vivos é a espécie. Assim, um conjunto de espécies com características em comum chama-se gênero. Um conjunto de gêneros com características em comum chama-se família. Um conjunto de famílias com características em comum chama-se ordem, que neste exercício representa a categoria com maior quantidade de seres vivos. 8- a, b, d, f, g.
  4. 4. a- População é o conjunto de indivíduos da mesma espécie que habitam determinado ambiente, por isso as plantas de baraúna constituem uma população. b- Comunidade é o conjunto de populações de diferentes espécies que habitam uma região, por isso as populações de plantas e de animais catingueiros fazem parte de uma comunidade. d- Bioma é o agrupamento de diferentes ecossistemas, com características semelhantes e que ocupam extensas áreas, portanto, as espécies vegetais presentes na Caatinga ocupam o mesmo bioma. f) O ecossistema é formado pela comunidade e pelos fatores abióticos da região, por isso os vários fatores do ambiente, como a luz, a umidade e a temperatura, denominados fatores abióticos, interagem com os animais e os vegetais, que representam uma comunidade. g) Dizemos que os organismos estão adaptados em uma região quando são capazes de sobreviver e se reproduzir e para isso é preciso que suas características sejam favoráveis ao meio, por isso, verifica-se, na Caatinga, a sobrevivência apenas dos animais e plantas que desenvolveram adaptações para suportar a baixa quantidade de chuva. Erradas: c- A cotia e a asa-branca não pertencem à mesma população porque são duas espécies diferentes. e- As plantas possuem órgãos como: raízes, caules e folhas, portanto, o angico e o juazeiro são organismos com órgãos, e os peixes anuais são organismos que possuem sistemas. h- Nesse texto, são descritas 13 espécies de animais e plantas e não 12: Mandacaru, umbuzeiro, juazeiro, angico, baraúna, teiú, tatupeba, cotia, preá, asa-branca, carcará, peixes anuais e o homem (povo da Caatinga). 9- b. O microscópio óptico é capaz de ampliar cerca de mil vezes uma imagem, o que permite visualizar, por exemplo, o citoplasma e o núcleo em células animais. Como os vírus são bem menores que uma célula animal, não era possível visualizá-los com o microscópio óptico. Com o desenvolvimento do microscópio eletrônico, capaz de aumentar até um milhão de vezes a imagem, foi possível visualizar um organismo tão pequeno como o vírus. 10- d. A estrutura celular destruída foi a membrana plasmática, pois é uma estrutura muito fina que envolve e protege a célula. Portanto, ao ser destruída, permite o vazamento do conteúdo presente no interior da célula.

×