Quitéria Paravidino
Aulas 16 e 17
 São animais triblásticos, enterocelomados,
deuterostômios, metamerizados, com
simetria bilateral e sistema digestório
co...
Apresentam, pelo menos em sua fase
embrionária: notocorda, tubo nervoso dorsal e
fendas faringianas.
 Presente em todos os embriões dos cordados
é uma estrutura cilíndrica localizada entre o
tubo nervoso e o tubo digestóri...
 Origina-se da ectoderma da região dorsal do
embrião.
 Nos cordados vertebrados (peixes, anfíbios,
répteis, aves e mamíf...
 Fendas localizadas nos dois lados da faringe.
 Nos cordados aquáticos origina as brânquias.
 Nos cordados terrestres a...
 Não possuem tecido
cartilaginoso nem
ósseo.
 Não possuem crânio
nem vértebral.
 A notocorda pode
permanecer no adulto
...
 Anfioxo.
 Notocorda permanece no adulto e é o
principal órgão de sustentação.
 Esta notocorda se estende ao longo do
c...
 Ascídia.
 Notocorda presente na cauda da larva e
ausente no adulto.
 Corpo com forma de pequeno barril.
A ascídia é recoberta por uma túnica espessa, que dá
sustentação. Daí o outro nome do grupo – Tunicado.
 Compreendem a maioria dos cordados atuais.
 A notocorda é envolvida ou substituída pela
coluna vertebral (conjunto de p...
 Sem mandíbula, de corpo cilíndrico alongado
e esqueleto cartilaginoso.
 Pele lisa e sem escamas.
 Não apresentam nadad...
 Encontradas apenas no norte e no sul dos
oceanos Atlântico e Pacífico.
 Tem crânio cartilaginoso e a notocorda
perdura ...
 Ectoparasitas de
peixes.
 A notocorda dura
por toda vida e,
sobre ela,
existem
vértebras
rudimentares.
 Pele lisa, sem...
Superclasse Pisces
 Formada por animais aquáticos, com
nadadeiras pares e ímpares, são providos de
mandíbula (gnathos).
...
 Representados atualmente por 850 espécies
de tubarões, cações, raias e quimeras.
 Esqueleto totalmente cartilaginoso.
...
Estrutura externa de um tubarão
 5 a 7 pares de fendas branquiais.
 As fendas branquiais são desprotegidas.
Órgãos internos de um tubarão
Características exclusivas
 Corpo recoberto por
escamas de constituição
dermoepidérmica,denomi-
nadas escamas placoides.
...
 O esqueleto é predominantemente ósseo.
 Trata-se de um grupo bem diversificado, com
mais de 20 mil espécies descritas.
...
Estrutura externa de um osteícte
Estrutura interna de um osteícte
Características exclusivas
 Corpo coberto por escamas dérmicas, que
são recobertas por uma fina epiderme.
 4 pares de fe...
 Possuem linha lateral bem mais desenvolvida
que os condrictes.
 Apresentam bexiga natatória,
órgão hidrostático, que pode
encher ou esvaziar-se de
gases provenientes do
sangue.
 Provo...
 Respiração branquial.
 Coração com 2 cavidades:
 1 átrio e 1 ventrículo.
 Circulação simples.
 Peixes ósseos primitivos possuíam bexiga
natatória que funcionava como pulmão primitivo.
 Nos atuais peixes actinopterí...
Celacanto
Cordados
Cordados
Cordados
Cordados
Cordados
Cordados
Cordados
Cordados
Cordados
Cordados
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cordados

1.156 visualizações

Publicada em

3º ano | Profª Quitéria

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.156
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
601
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cordados

  1. 1. Quitéria Paravidino Aulas 16 e 17
  2. 2.  São animais triblásticos, enterocelomados, deuterostômios, metamerizados, com simetria bilateral e sistema digestório completo.  Endoesqueleto,sistema circulatório fechado e coração ventral.
  3. 3. Apresentam, pelo menos em sua fase embrionária: notocorda, tubo nervoso dorsal e fendas faringianas.
  4. 4.  Presente em todos os embriões dos cordados é uma estrutura cilíndrica localizada entre o tubo nervoso e o tubo digestório.  Origina-se da mesoderma.  Funções: eixo esquelético na fase embrionária e sustentar o tubo nervoso.  Na maioria dos cordados, acaba sendo substituída nos adultos pela coluna vertebral.
  5. 5.  Origina-se da ectoderma da região dorsal do embrião.  Nos cordados vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos) a parte anterior do tubo dorsal expande-se e diferencia-se no encéfalo.  A porção restante forma a medula espinal.
  6. 6.  Fendas localizadas nos dois lados da faringe.  Nos cordados aquáticos origina as brânquias.  Nos cordados terrestres as fendas faringianas se fecham e desaparecem no decorrer do desenvolvimento embrionário.
  7. 7.  Não possuem tecido cartilaginoso nem ósseo.  Não possuem crânio nem vértebral.  A notocorda pode permanecer no adulto ou restrita ao período larval.  São 2 subfilos: Cefalocordados e Urocordados.
  8. 8.  Anfioxo.  Notocorda permanece no adulto e é o principal órgão de sustentação.  Esta notocorda se estende ao longo do corpo, da extremidade anterior até a cauda.
  9. 9.  Ascídia.  Notocorda presente na cauda da larva e ausente no adulto.  Corpo com forma de pequeno barril.
  10. 10. A ascídia é recoberta por uma túnica espessa, que dá sustentação. Daí o outro nome do grupo – Tunicado.
  11. 11.  Compreendem a maioria dos cordados atuais.  A notocorda é envolvida ou substituída pela coluna vertebral (conjunto de peças cartilaginosas ou ósseas – as vértebras).  O tubo neural diferencia-se em encéfalo e medula espinhal, sendo protegidos, respectivamente, pelo crânio e pela coluna vertebral.  A cabeça é bem desenvolvida, contendo o encéfalo e órgãos sensoriais.
  12. 12.  Sem mandíbula, de corpo cilíndrico alongado e esqueleto cartilaginoso.  Pele lisa e sem escamas.  Não apresentam nadadeiras pares.  Boca circular.
  13. 13.  Encontradas apenas no norte e no sul dos oceanos Atlântico e Pacífico.  Tem crânio cartilaginoso e a notocorda perdura na fase adulta, ausência de vértebras.  Se alimentam de anelídeos poliquetos e de peixes vivos ou mortos.  São monóicos, mas apenas um dos sexos e funcional em cada indivíduo. Peixes-bruxas
  14. 14.  Ectoparasitas de peixes.  A notocorda dura por toda vida e, sobre ela, existem vértebras rudimentares.  Pele lisa, sem escamas.  Existem somente no hemisfério norte. Lampréias
  15. 15. Superclasse Pisces  Formada por animais aquáticos, com nadadeiras pares e ímpares, são providos de mandíbula (gnathos).  A maioria tem a pele com escamas.  Notocorda reduzida e coluna vertebral bem desenvolvida.  O único anexo embrionário é o saco vitelínico.  São heterotermos ou pecilotermos.  Duas classes: Chondricthyes e Osteicthyes
  16. 16.  Representados atualmente por 850 espécies de tubarões, cações, raias e quimeras.  Esqueleto totalmente cartilaginoso.  Presença de nadadeiras pares (peitorais e pélvicas) e ímpares (dorsais e caudal).
  17. 17. Estrutura externa de um tubarão  5 a 7 pares de fendas branquiais.  As fendas branquiais são desprotegidas.
  18. 18. Órgãos internos de um tubarão
  19. 19. Características exclusivas  Corpo recoberto por escamas de constituição dermoepidérmica,denomi- nadas escamas placoides.  Possuem linha lateral.  Não apresentam bexiga natatória, órgão hidrostático.  Apresentam cloaca.  Fecundação interna. Desenvolvimento direto. Ovíparos ou ovovivíparos.
  20. 20.  O esqueleto é predominantemente ósseo.  Trata-se de um grupo bem diversificado, com mais de 20 mil espécies descritas.  São encontrados tanto em água doce quanto em água salgada.
  21. 21. Estrutura externa de um osteícte
  22. 22. Estrutura interna de um osteícte
  23. 23. Características exclusivas  Corpo coberto por escamas dérmicas, que são recobertas por uma fina epiderme.  4 pares de fendas branquiais, localizadas em câmaras protegidas por um opérculo.  Apresentam ânus separado da abertura urogenital.  A fecundação pode ser externa ou interna.  Podem ser ovíparos (maioria) ou ovovivíparos.  Desenvolvimento pode ser indireto (maioria) – larva denominada alevino – ou direto.
  24. 24.  Possuem linha lateral bem mais desenvolvida que os condrictes.
  25. 25.  Apresentam bexiga natatória, órgão hidrostático, que pode encher ou esvaziar-se de gases provenientes do sangue.  Provoca variações de densidade, permitindo que o peixe suba ou desça.  A capacidade é superior nos peixes de água doce.
  26. 26.  Respiração branquial.  Coração com 2 cavidades:  1 átrio e 1 ventrículo.  Circulação simples.
  27. 27.  Peixes ósseos primitivos possuíam bexiga natatória que funcionava como pulmão primitivo.  Nos atuais peixes actinopterígeos a bexiga natatória perdeu esta função.  Nos peixes sarcopterígeos a bexiga natatória permaneceu com esta função e nadadeiras pélvicas e peitorais lobadas.  Acredita-se que a partir deste grupo tenha surgido o ancestral dos anfíbios atuais.
  28. 28. Celacanto

×