Complemento da aula 12 (espontaneidade das reações) corrosão dos metais - 2º ano

981 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
981
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
614
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Complemento da aula 12 (espontaneidade das reações) corrosão dos metais - 2º ano

  1. 1. * O processo de corrosão dos metais pode ser conceituado como uma oxidação do metal por agentes naturais, como o ar ou a água, ou agentes de origem industrial, como a chuva ácida; * As corrosões alteram profundamente a estrutura dos metais, causando considerável impacto econômico e social; * Aproximadamente, 20% do ferro produzido no mundo é usado para reconstruir estruturas enferrujadas; * A maioria dos metais se oxida na presença do ar porque esses metais apresentam menor potencial de redução que o oxigênio.
  2. 2. * A maioria dos metais encontrados em nosso cotidiano sofre corrosão, em maior ou menor intensidade; * O ouro e a platina são exceções, isso porque eles apresentam maior potencial de redução que o oxigênio; * Em presença de ar úmido, o cobre adquire lentamente uma película esverdeada chamada de azinhavre e a prata forma sobre ela um sulfeto negro (Ag2S).
  3. 3. * Palhas de aço podem ser protegidas da ferrugem se forem guardadas em ambientes secos (como as embalagens) ou, então, recobertas com sabão; * Isso mostra que a corrosão do ferro, necessita de ar úmido, ou seja, de gás oxigênio e vapor de água; * Existem várias técnicas para prevenir a corrosão do ferro, como:
  4. 4. 1) PINTURAS PROTETORAS: • Elas impedem o contato entre o ferro e o ar; • O zarcão (Pb3O4) é uma substância muito utilizada como tinta protetora; • Tintas modernas, à base de películas de polímeros, são mais eficientes que o zarcão, algumas delas, protegem uma estrutura de ferro durante vários anos, sem necessidade de manutenção.
  5. 5. 2) AÇOS ESPECIAIS: • O aço é uma liga de ferro e carbono, em proporções variadas e quando misturado com alguns metais (como crômio, níquel, vanádio e tungstênio) é denominado de aço inoxidável; • Uma placa de aço recoberta com estanho constitui a popular lata de estanho, por ser um metal que sofre oxidação muito lenta, o estanho é usado como proteção para o ferro; • Usadas para embalar alimentos, elas costumam apresentar uma camada protetora de polímeros para evitar que o ácido cítrico dos alimentos ataque o estanho.
  6. 6. 3) PROTEÇÕES CATÓDICAS: * Uma forma eficiente de proteção contra a corrosão consiste em ligar placas de magnésio, ou de zinco, à placa de ferro; • Esses materiais se oxidam mais facilmente que o ferro e são chamados de eletrodos de sacrifício; • O mecanismo é o seguinte: Se um átomo de ferro se oxidar a Fe+2, imediatamente um outro átomo de magnésio ou de zinco, também irá se oxidar e enviar elétrons para reduzir o íon Fe+2 novamente em Fe 0 ; • Isso quer dizer que o eletrodo de sacrifício deve ter maior capacidade de oxidação que o ferro, ou seja, menor potencial de redução; • O ferro revestido por uma camada de zinco é chamado de ferro galvanizado.

×