* São compostos que, em solução aquosa se ionizam,
produzindo como cátion apenas o íon H+ (Conceito de
Arrhenius);
HCℓ + H...
* Pelo conceito de Arrhenius, um composto só é
considerado ácido se estiver em meio aquoso e formar
o cátion H3O+;
* Os át...
* Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis:
- Monoácidos ou monopróticos (HCℓ): Possuem um
hidrogênio ionizável.
- Diáci...
* Quanto à força:
- A força do ácido é medida através do grau de ionização,
que é representado pela letra alfa (ᾳ);
ᾳ = nú...
* A partir daí podemos definir:
- Ácidos fortes → ᾳ > 50%
- Ácidos moderados → 5% ≤ ᾳ ≤ 50%
- Ácidos fracos → ᾳ < 5%
* Par...
* Quanto à força:
* Hidrácidos:
- Fortes: HCℓ, HBr e HI.
- Moderado ou semiforte: HF.
- Fracos: Os demais (H2S e HCN).
* O...
* Exemplos:
- H2SO4 → m-n = 4-2 = 2 (ácido forte)
- H3PO4 → m-n = 4-3 = 1 (ácido moderado)
- H3BO3 → m-n = 3-3 = 0 (ácido ...
* Quanto à volatilidade:
- Ácidos fixos: Possuem alto ponto de ebulição. Em
condições ambientais são sólidos ou líquidos p...
* Nos hidrácidos o nome é dado usando o sufixo ÍDRICO.
Ácido + Nome do elemento + sufixo ÍDRICO
ligado ao H
* Exemplos:
- ...
* Uma das maneiras mais simples de dar o nome
a esses ácidos é a partir do ácido-padrão de
cada família:
- Grupo 17 (Famíl...
* Com base nessas fórmulas, e de acordo com o
número de átomos de oxigênio, determinam-se
as fórmulas e os nomes de outros...
* Grupo 17 (Família 7 A) → (Cℓ, Br, I)
- HCℓO4: ácido perclórico
- HCℓO3: ácido clórico
- HCℓO2: ácido cloroso
- HCℓO: áci...
* Grupo 16 (Família 6 A) → (S e Se)
- H2SO4: ácido sulfúrico
- H2SO3: ácido sulfuroso
* Grupo 15 (Família 5 A) → (N, P, As)
- HNO3: ácido nítrico
- HNO2: ácido nitroso
- H3PO4: ácido fosfórico
- H3PO3: ácido ...
* Grupo 14 (Família 4 A) → (C)
- H2CO3: ácido carbônico
* Outra nomenclatura pode ser dada pelo grau de
hidratação:
H3PO4-...
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Aula 13 a 15   funções inorgânicas - ácidos - 1º ano
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 13 a 15 funções inorgânicas - ácidos - 1º ano

678 visualizações

Publicada em

Prof. Rodrigo Almeida

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
678
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
353
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 13 a 15 funções inorgânicas - ácidos - 1º ano

  1. 1. * São compostos que, em solução aquosa se ionizam, produzindo como cátion apenas o íon H+ (Conceito de Arrhenius); HCℓ + H2O → H+ + Cℓ - * Hoje sabemos que a reação do ácido com a água (ionização) é reversível e que o íon H+ se associa à molécula de água, formando H3O+, chamado de íon hidrônio.Deste modo, a equação de ionização do HCℓ é mais corretamente representada por: HCℓ + H2O → H3O+ + Cℓ-
  2. 2. * Pelo conceito de Arrhenius, um composto só é considerado ácido se estiver em meio aquoso e formar o cátion H3O+; * Os átomos de hidrogênio presentes na molécula do ácido que são facilmente convertidos em íons H+, em solução aquosa, são denominados de hidrogênios ionizáveis.
  3. 3. * Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis: - Monoácidos ou monopróticos (HCℓ): Possuem um hidrogênio ionizável. - Diácidos ou dipróticos (H2SO4): Possuem dois hidrogênios ionizáveis. - Triácidos ou tripróticos (H3PO4): Possuem três hidrogênios ionizáveis. Os diácidos e triácidos também são chamados de poliácidos por terem dois ou mais hidrogênios ionizáveis. * Quanto à presença de oxigênio: - Oxiácidos: Possuem oxigênio em sua estrutura (HNO3); - Hidrácidos: Não possuem oxigênio em sua estrutura (HI).
  4. 4. * Quanto à força: - A força do ácido é medida através do grau de ionização, que é representado pela letra alfa (ᾳ); ᾳ = número de moléculas que se ionizaram número de moléculas inicialmente dissolvidas - Exemplo: Em certas condições, verifica-se que, de cada 100 moléculas de HCℓ colocadas em água, 92 se ionizaram em H+ e Cℓ -. Logo, temos: ᾳ = 92 → ᾳ = 0,92 ou ᾳ = 92% 100
  5. 5. * A partir daí podemos definir: - Ácidos fortes → ᾳ > 50% - Ácidos moderados → 5% ≤ ᾳ ≤ 50% - Ácidos fracos → ᾳ < 5% * Para avaliarmos a força do ácido pela simples inspeção da fórmula molecular, devemos guardar as seguintes regras práticas:
  6. 6. * Quanto à força: * Hidrácidos: - Fortes: HCℓ, HBr e HI. - Moderado ou semiforte: HF. - Fracos: Os demais (H2S e HCN). * Oxiácidos: - Fortes: Quando m – n > ou = 2. - Moderados ou semifortes: m – n = 1. (Hn – Om) - Fracos: m – n < 1.
  7. 7. * Exemplos: - H2SO4 → m-n = 4-2 = 2 (ácido forte) - H3PO4 → m-n = 4-3 = 1 (ácido moderado) - H3BO3 → m-n = 3-3 = 0 (ácido fraco)
  8. 8. * Quanto à volatilidade: - Ácidos fixos: Possuem alto ponto de ebulição. Em condições ambientais são sólidos ou líquidos pouco voláteis. - Ácidos voláteis: Possuem baixo ponto de ebulição. Em condições ambientais são gases ou líquidos muito voláteis.
  9. 9. * Nos hidrácidos o nome é dado usando o sufixo ÍDRICO. Ácido + Nome do elemento + sufixo ÍDRICO ligado ao H * Exemplos: - HCℓ = Ácido clorídrico - HBr = Ácido bromídrico - Casos Especiais: - HCN = Ácido cianídrico - HNC = Ácido isocianídrico
  10. 10. * Uma das maneiras mais simples de dar o nome a esses ácidos é a partir do ácido-padrão de cada família: - Grupo 17 (Família 7 A → Cℓ, Br e I): HCℓO3 → ácido clórico. - Grupo 16 (Família 6 A → S e Se): H2SO4 → ácido sulfúrico. - Grupo 15 (Família 5 A → N, P e As): HNO3 e H3PO4 → ácido nítrico e ácido fosfórico. - Grupo 14 (Família 4 A → C): H2CO3 → ácido carbônico.
  11. 11. * Com base nessas fórmulas, e de acordo com o número de átomos de oxigênio, determinam-se as fórmulas e os nomes de outros ácidos, com o uso de prefixos e sufixos: Ácido per- (nome do elemento) –ico (+1 oxigênio) Ácido (nome do elemento) –ico Ácido (nome do elemento) –oso (- 1 oxigênio) Ácido hipo- (nome do elemento) –oso (-1 oxigênio)
  12. 12. * Grupo 17 (Família 7 A) → (Cℓ, Br, I) - HCℓO4: ácido perclórico - HCℓO3: ácido clórico - HCℓO2: ácido cloroso - HCℓO: ácido hipocloroso
  13. 13. * Grupo 16 (Família 6 A) → (S e Se) - H2SO4: ácido sulfúrico - H2SO3: ácido sulfuroso
  14. 14. * Grupo 15 (Família 5 A) → (N, P, As) - HNO3: ácido nítrico - HNO2: ácido nitroso - H3PO4: ácido fosfórico - H3PO3: ácido fosforoso - H3PO2: ácido hipofosforoso
  15. 15. * Grupo 14 (Família 4 A) → (C) - H2CO3: ácido carbônico * Outra nomenclatura pode ser dada pelo grau de hidratação: H3PO4--------------- 2H3PO4 – H2O = H4P2O7 Ácido (orto) (ácido pirofosfórico) Fosfórico ---------- H3PO4 – H2O = HPO3 (ácido metafosfórico)

×