Alpha gramática aulas 35 e 36 2015. blog ppt

731 visualizações

Publicada em

gramática aulas 35 e 36

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
731
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
337
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alpha gramática aulas 35 e 36 2015. blog ppt

  1. 1. Aulas 35 e 36 Gramática Apostila caderno 2015 TURMA 103 – 01 e 02/09/15 TURMAS 102 e 104 – 01/09/15 TURMA 101 – 02/09/15
  2. 2. Sujeito e predicado 1. Sintaxe: compartimento da gramática que contém as regras de combinação das palavras para formar frases. 2. Frase: enunciado marcado por pausa indicadora de término da sequência. I. Você contou para ela que a amo? II. Você contou para ela que a amo. III. Você contou para ela que a amo!
  3. 3. Sujeito e predicado 3. Oração: enunciado que contém sujeito e predicado ou, no mínimo, predicado. Uma oração nem sempre termina por pausa indicadora de término de sequência. Na última sexta-feira, os alunos do Fundamental II e do Ensino Médio do Alpha participaram de uma bela gincana. Todos se divertiram bastante e a equipe vermelha venceu este ano. Temos: um parágrafo, dois períodos três orações.
  4. 4. Sujeito e predicado 4. Enunciado: termo genérico para indicar sequências de palavras sem levar em conta se se trata defrase ou oração. 5. Análise sintática: divisão da frase em suas partes constituintes para avaliar as suas funções no conjunto. Implica: • detectar relações; • interpretar sentidos.
  5. 5. Sujeito e predicado 6. Sujeito: termo sobre o qual recai a afirmação contida no predicado. 7. Predicado: termo que, contendo sempre um verbo, projeta uma afirmação sobre o sujeito.
  6. 6. Sujeito e predicado Tipos de sujeito I. Determinado Quando existe na oração qualquer palavra explícita desempenhando o papel de sujeito. A noite chegou fria. O sujeito determinado é constituído de: a) substantivo – O Sol se escondeu. b) pronome substantivo – Eles vieram tarde. c) qualquer palavra substantivada – O não é uma palavra traiçoeira.
  7. 7. Sujeito e predicado Tipos de sujeito II. Indeterminado Quando nem a terminação do verbo nem o contexto permitem identificar uma palavra que faça o papel de sujeito. ? Falaram de você. ? Falou-se de você.
  8. 8. Sujeito e predicado Estruturas em que ocorre o sujeito indeterminado: a) com um verbo na 3.ª pessoa do plural, sem referência a nenhum antecedente. Falaram mal de você. b) com verbo transitivo seguido de preposição mais o pronome se; Precisa-se de empregados. ou com verbo intransitivo, mais o pronome se. Vive-se bem aqui.
  9. 9. Sujeito e predicado Tipos de sujeito III. Inexistente Quando o predicado não se refere a elemento algum. •Choverá amanhã. •Haverá reclamações. •Faz quinze dias que vem chovendo. •É tarde.
  10. 10. Sujeito e predicado Tipos de sujeito III. Inexistente O sujeito inexistente pode ocorrer nas seguintes circunstâncias: a) com verbos que indicam fenômenos da natureza. •Chove. •Faz Faz muito calor aqui. •Trovejou.
  11. 11. Sujeito e predicado Tipos de sujeito III. Inexistente b) com o verbo fazer, quando estiver indicando tempo transcorrido. •Faz quinze dias. •Faz três horas. c) com o verbo haver, no sentido de existir . •Houve protestos. (Existiram protestos.)
  12. 12. Sujeito e predicado Tipos de sujeito III. Inexistente d) com o verbo ser na indicação de – tempo: São três horas. – data: São 13 de maio. – distância: São quinze quilômetros.
  13. 13. Sujeito e predicado Tipos de sujeito IV. Simples O sujeito que tem um só núcleo. A caravana passa. V. Composto O que tem mais de um núcleo. A água e o fogo movem máquinas a vapor.
  14. 14. Em Português é mais comum o sujeito ocorrer antes do verbo. Mas pode haver inversões, por vezes bruscas, que, entretanto, não provocam ambiguidades, graças a marcadores de relação entre as palavras da frase. Exemplos: I) Uma boa mãe a um bom filho deseja. lI) A uma boa mãe um bom filho deseja. O sujeito é uma função que não vem marcada por preposição, um termo precedido de preposição não pode ser interpretado como sujeito.
  15. 15. No caso do sujeito, duas pistas são muito importantes para marcá-lo: a concordância e a compatibilidade de sentido.
  16. 16. Exercícios I. Já não existem mais, em nossa televisão, corpo de baile, orquestra própria e cantores contratados. Corpo de baile, orquestra própria e cantores contratados já não existem mais em nossa televisão. II. Falta à maioria dos países do mundo uma legislação rigorosa para controle dos inseticidas. Uma legislação rigorosa para controle de inseticidas falta à maioria dos países do mundo. 1.

×