AULA_PRECIFICACAO_UNIESP

5.021 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Negócios, Carreiras
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.021
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
337
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • ???????
  • AULA_PRECIFICACAO_UNIESP

    1. 1. Aula 12 Uniesp Diadema 05/nov/2009 Laís Carvalho [email_address] Preço
    2. 2. Preço Público PREÇOS E MARKETING MIX FUNDAMENTOS ECONÔMICOS ESTABELECIMENTO DE PREÇOS DESCONTOS PROMOÇÕES REALINHAMENTO DE PREÇOS VALOR E ÉTICA
    3. 3. BIBLIOGRAFIA BÁSICA GIOIA , Ricardo M; et al. Fundamentos de Marketing: Conceitos Básicos. São Paulo: Saraiva. Col. Marketing - Vol. 01, 2006 KOTLER, Philip. Administração de Marketing : Análise, Planejamento e Controle . São Paulo: Atlas. 5 a . ed. Vol. III, 1998 BIBLIOGRAFIA
    4. 4. Não se vende pelo preço. Vende-se o preço. Philip Kotler
    5. 5. Marketing Mix Produto Praça Promoção Preço 4 P’s Geradores de DESPESA Difíceis de Alterar /meses
    6. 6. Marketing Mix Produto Praça Promoção Preço 4 P’s Geradores de RECEITA Fácil alterar / imediata
    7. 7. T odos os componentes do marketing-mix devem ser planejados estrategicamente em conjunto. Isto significa que, após a detecção de uma oportunidade de mercado ou de uma necessidade não satisfeita de um determinado segmento, a empresa deve planejar uma oferta adequada, com um preço adequada ao público-alvo adequado.
    8. 8. Quanto tempo levo para: Lançar um produto? Definir a praça? Elaborar uma promoção?
    9. 9. Quanto tempo levo para: Alterar o preço?
    10. 10. Exemplo_mudança de preço Em tempo REAL
    11. 11. Aumentar o preço Só existem 2 caminhos para a empresa aumentar a sua receita… Aumentar o volume dos produtos vendidos
    12. 12. não é uma boa estratégia em marketing, afinal pode ser fatal quando se trata de estabelecer preços. PALPITE PALPITE PALPITE
    13. 13. O Papel da Precificação Está entre as decisões mais complexas a serem tomadas no desenvolvimento de um plano de marketing…
    14. 14. O que é o preço ???
    15. 15. Preço é o montante de dinheiro pago em troca do uso de um beneficio proporcionado por um produto ou serviço.
    16. 16. Quem deve definir o preço ???
    17. 17. Empresa: Cosméticos/Pesquisa Oportunidade: Nicho Praça: Mulheres elevada educação e poder aquisitivo Produto: Perfume Fragâncias especiais Promoção: Comunicação forma adequada ao estilo de vida
    18. 18. Faz sentido que, após essas considerações mercadológicas o depto financeiro determinasse o preço de venda com base nos custos de fabricação?
    19. 19. Certamente todo o valor que o Perfume transmite não estaria refletido em seu preço Porquê? Benefícios intangíveis Percepção de Status… Sensação de estar perfumada… NÃO SÃO CONTABILIZÁVES !!!! NÃO ENTRAM NOS CUSTOS DE PRODUÇÃO…
    20. 20. Subprecificação ou subapreçamento é a cobrança de um preço menor que aquele que o cliente aceitaria pagar pelo produto.
    21. 21. Quanto estamos dispostos a pagar?
    22. 22. Quanto estamos dispostos a pagar? Relaçao de caro e barato…
    23. 23. Diferenciação…com Prebio composto de fibras prebióticas que contribui para o equilíbrio da flora intestinal.
    24. 24. Diferenciação…Tecnologia
    25. 25. Diferenciação…Tecnologia
    26. 26. Diferenciação…Sem cheiro
    27. 27. Diferenciação…Sem mico
    28. 29. Conceitos Econômicos aplicados ao marketing OFERTA DEMANDA MERCADO
    29. 30. + = MERCADO É o conjunto de ofertantes e Demandantes de uma determinada Categoria de produto . OFERTA É a disponibilidade de bens ou serviços em todos os mercados ou em um mercado especifico, cuja quantidade varia em função do nível de preços. DEMANDA Expressa a busca de produtos por parte dos consumidores para a satisfação de suas necessidades. A quantidade demandada Igualmente varia em função do nível de preços.
    30. 31. 1.Concorrência Perfeita 2.Concorrência Monopolista 3.Oligopólio 4.Monopólio OFERTA = PRODUTO
    31. 32. OFERTA = PRODUTO 1.Concorrência Perfeita: É a estrutura de mercado em que o número de ofertantes é grande o suficiente, de sorte que a entrada ou saída de um não altera o volume a ser oferecido
    32. 33. 1.CONCORRÊNCIA PERFEITA
    33. 34. OFERTA = PRODUTO 2.Concorrência Monopolista: É a estrutura de mercado que implica um pequeno número de ofertantes que concorrem entre si em mercados não necessariamente homogênios; Ou seja, os produtos ofertados possuem diferenciais entre si.
    34. 35. Do grego oligos, poucos + polens, vender OFERTA = PRODUTO 3.Oligopólio: É a estrutura de mercado em que se caracteriza por poucos vendedores de produtos similares capazes de controlar os preços praticados e as quantidades oferecidas
    35. 36. 3.OLIGOPOLIO OFERTA = PRODUTO
    36. 37. OFERTA = PRODUTO 4.Monopólio: É a estrutura de mercado em que só há um ofertante, que a controla seu preço pela administração da oferta
    37. 38. 4.MONOPOLIO OFERTA = PRODUTO
    38. 39. = = = Monopólio Preço=controla o preço Oligopólio Preço=combinado Concorrência Perfeita Preço=estabelecido
    39. 40. PODEMOS AFIRMAR QUE: 1.Quanto MAIOR o preço de um produto MENOR a quantidade ofertada. 2. Quanto MENOR o preço de um produto MAIOR a quantidade ofertada. 3. A inflação restringe o poder de compra dos consumidores, pois com a mesma qtde de dinheiro podem ser comprados menos bens ou serviços.
    40. 41. ELASTICIDADE DE PREÇO Medida da sensibilidade da demanda a mudanças nos preços
    41. 42. Uma pequena mudança de preço resulta no aumento do volume, Ou seja, se o preço Diminui a receita total aumenta Uma pequena mudança de preço resulta no pequena mudança no volume TIPOS DE ELASTICIDADE DE PREÇO Demanda Elástica Demanda In elástica
    42. 43. EXEMPLOS Demanda Elástica Demanda Inelástica
    43. 44. R$ Qtde 15 10 50 150 R$ Qtde 15 10 100 105 REPRESENTAÇÃO GRÁFICA Demanda Elástica Férias Europa Demanda Inelástica Gasolina/Telefone/ Sal
    44. 45. COMO CALCULAR? Elasticidade de Preço da Demanda = % Demanda % Preço Unitário
    45. 46. ? como
    46. 48. PODEMOS AFIRMAR QUE: Demanda Elástica = Quando é MAIOR que 1 Demanda Inelástica = Quando é MENOR que 1
    47. 49. A sensibilidade ao preço AUMENTA quando: 1.Produtos substitutos estão amplamente disponíveis 2.Despesa total é alta 3.Mudanças de preço são observáveis pelos consumidores 4.Comparação de preços entre produtos concorrentes é fácil
    48. 50. 1.Produtos substitutos estão amplamente disponíveis A sensibilidade ao preço AUMENTA quando:
    49. 51. 2.Despesa total é alta A sensibilidade ao preço AUMENTA quando:
    50. 52. A sensibilidade ao preço AUMENTA quando: 3.Mudanças de preço são observáveis pelos consumidores
    51. 53. A sensibilidade ao preço AUMENTA quando: 4.Comparação de preços entre produtos concorrentes é fácil
    52. 54. 1.Consumidores percebem produtos como sendo necessidades 2.Produtos substitutos não estão disponíveis 3.Preços dos produtos complementares diminuem 4.Produtos são altamente diferenciados da concorrência 5. Consumidores são extremamente fiéis a marca 6. Consumidores acreditam que o produto vale o seu preço 7. Consumidores estão em certas situações associadas a pressões de tempo ou riscos de compra A sensibilidade ao preço DIMINUI quando:
    53. 55. Consumidores percebem produtos como sendo necessidades A sensibilidade ao preço DIMINUI quando:
    54. 56. Produtos substitutos não estão disponíveis A sensibilidade ao preço DIMINUI quando:
    55. 57. Produtos são altamente diferenciados da concorrência A sensibilidade ao preço DIMINUI quando:
    56. 58. Consumidores são extremamente fiéis a marca A sensibilidade ao preço DIMINUI quando:
    57. 59. Consumidores acreditam que o produto vale o seu preço A sensibilidade ao preço DIMINUI quando:
    58. 60. Consumidores estão em certas situações associadas a pressões de tempo ou riscos de compra A sensibilidade ao preço DIMINUI quando:
    59. 61. exercício
    60. 62. Calcule a elasticidade _ preço e indique se a demanda é elástica ou inelástica Quando o Carrefour baixou os preços dos pacotes de 250g dos chocolates M&M’s de 2,50 para 1,50 reais, as vendas subiram 65%
    61. 63. COMO CALCULAR? Elasticidade de Preço da Demanda = % Demanda % Preço Unitário

    ×