Mononucleose

4.458 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.458
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mononucleose

  1. 1. Mononucleose<br />
  2. 2. INTRODUÇÃO<br /><ul><li> Mononucleose é uma síndrome infectocontagiosa comum causada por um vírus e que acomete principalmente adolescentes e adultos jovens.</li></li></ul><li>CAUSAS<br /><ul><li>Os vírus Epstein-Barr (VEB) e citomegalovírus (CMV) são os que mais frequentemente causam mononucleose.
  3. 3. A infecção é adquirida por contato da saliva contaminada com a mucosa da boca e da garganta de um indivíduo que não teve contato anterior com este vírus.
  4. 4. Pode-se contraí-la também, embora raramente, por transfusão de sangue ou contato sexual. Esta característica, junto com a faixa etária de acometimento, responde pelo apelido conferido de “doença do beijo”.</li></li></ul><li>SINTOMAS<br /><ul><li> Os três sintomas mais comuns (tríade clássica) incluem:
  5. 5. Mas outros sintomas como mal-estar, falta de apetite, dores musculares, calafrios, náuseas, desconforto abdominal, tosse, vômitos e dores articulares podem estar presentes.
  6. 6. O período de incubação é de cerca de duas a três semanas.</li></ul>Dor de garganta<br />Febre<br />Ínguas pelo corpo (linfoadenomegalias), principalmente no pescoço<br />
  7. 7. DIAGNÓSTICO<br /><ul><li>O diagnóstico é clínico, feito por meio dos sintomas e achados que o médico faz durante o exame clínico. A confirmação pode ser feita, quando necessário, por exames de sangue em que se detecta a presença de anticorpos.</li></li></ul><li>TRATAMENTO<br /><ul><li> Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é fundamental para a indicação do melhor tratamento para cada caso;
  8. 8. Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios;
  9. 9. Como a maioria das doenças causadas por vírus, não há um tratamento específico para a mononucleose. O objetivo principal é aliviar os sintomas, com a administração de analgésicos e antitérmicos.</li></li></ul><li>PREVENÇÃO<br /><ul><li>A doença confere imunidade permanente, sendo muito raro apresentar manifestações de uma segunda infecção.
  10. 10. Embora exista uma vacina disponível, ainda não há este recurso com a eficiência e a segurança recomendáveis.</li></li></ul><li>Consulte sempre o seu médico.<br />Fontes: <br />Manual Merck. Biblioteca Online<br />MayoClinic. http://wwwmayoclinic.com<br />http://www.abcdasaude.com.br<br />Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)<br />Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)<br />

×