Meningite<br />
INTRODUÇÃO<br /><ul><li> A meningite é uma infecção causadora de inflamação das membranas que envolvem o cérebro e a medul...
 No Brasil, qualquer forma de meningite é doença de notificação compulsória, ou seja, cada vez que um médico faz o diagnós...
CAUSAS<br /><ul><li> A doença geralmente se desenvolve no inverno e afeta principalmente pessoas com menos de 30 anos de i...
 Segundo o Ministério da Saúde, 70% das infecções ocorrem em crianças menores de 5 anos.
 Existem alguns tipos menos comuns de meningite viral que são mais graves.</li></li></ul><li>SINTOMAS<br /><ul><li> A meni...
 A maioria dos pacientes é internada 24 horas após o aparecimento dos primeiros sintomas. </li></li></ul><li>SINTOMAS<br /...
DIAGNÓSTICO<br /><ul><li> A suspeita diagnóstica deve ser feita o mais precoce o possível e a punção lombar, executada ime...
 Tão importante quanto o diagnóstico da meningite é saber a causa, isto é, o agente que está infectando o paciente para de...
 Esta confirmação do agente causador é dada pela cultura do liquor, que, apesar de demorada, é essencial. </li></li></ul><...
 Apesar dos importantes avanços no diagnóstico e no tratamento, a meningite ainda se mantém como uma das doenças mais preo...
 Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.</li></li><...
 Ele deve ser iniciado o mais rápido possível com antibióticos administrados por via endovenosa, pois o risco de vida é al...
PREVENÇÃO<br /><ul><li> As vacinas são fundamentais para prevenir alguns tipos de meningite. Entre elas estão disponíveis ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Meningite

22.485 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
43 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.485
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
655
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
43
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meningite

  1. 1. Meningite<br />
  2. 2. INTRODUÇÃO<br /><ul><li> A meningite é uma infecção causadora de inflamação das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, podendo ser viral ou bacteriana.
  3. 3. No Brasil, qualquer forma de meningite é doença de notificação compulsória, ou seja, cada vez que um médico faz o diagnóstico de meningite ele é obrigado a notificar. É desta forma que pode se identificar uma epidemia de meningite.</li></li></ul><li>CAUSAS<br /><ul><li>As bactérias que causam a meningite incluem: </li></li></ul><li>CAUSAS<br />Meningite bacteriana aguda<br />É uma doença muito grave e deve ser tratada imediatamente para prevenir danos permanentes.<br />Meningite viral<br />É menos grave e mais frequente do que a bacteriana.<br />
  4. 4. CAUSAS<br /><ul><li> A doença geralmente se desenvolve no inverno e afeta principalmente pessoas com menos de 30 anos de idade.
  5. 5. Segundo o Ministério da Saúde, 70% das infecções ocorrem em crianças menores de 5 anos.
  6. 6. Existem alguns tipos menos comuns de meningite viral que são mais graves.</li></li></ul><li>SINTOMAS<br /><ul><li> A meningite é um quadro grave e agudo. O período de incubação é, em média, de três a quatro dias.
  7. 7. A maioria dos pacientes é internada 24 horas após o aparecimento dos primeiros sintomas. </li></li></ul><li>SINTOMAS<br /><ul><li> O quadro típico é de:</li></ul>Febre alta Vômitos<br />Rigidez da nuca Dor de cabeça intensa<br />ProstraçãoManchas avermelhadas pelo corpo <br /><ul><li> Os quadros graves podem evoluir para choque.</li></ul>(petéquias)<br />
  8. 8. DIAGNÓSTICO<br /><ul><li> A suspeita diagnóstica deve ser feita o mais precoce o possível e a punção lombar, executada imediatamente.
  9. 9. Tão importante quanto o diagnóstico da meningite é saber a causa, isto é, o agente que está infectando o paciente para determinação do antibiótico adequado e do tempo de tratamento.
  10. 10. Esta confirmação do agente causador é dada pela cultura do liquor, que, apesar de demorada, é essencial. </li></li></ul><li>DIAGNÓSTICO<br /><ul><li> Exames de sangue, como hemograma completo e PCRt, também são importantes para o diagnóstico.
  11. 11. Apesar dos importantes avanços no diagnóstico e no tratamento, a meningite ainda se mantém como uma das doenças mais preocupantes devido ao risco de complicações graves, podendo deixar sequelas.</li></li></ul><li>TRATAMENTO<br /><ul><li> Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é fundamental para a indicação do melhor tratamento para cada caso.
  12. 12. Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.</li></li></ul><li>DIAGNÓSTICO<br /><ul><li> O tratamento das meningites agudas é considerado uma emergência grave, principalmente se a suspeita for bacteriana.
  13. 13. Ele deve ser iniciado o mais rápido possível com antibióticos administrados por via endovenosa, pois o risco de vida é alto e pode deixar sequelas graves nestes casos.</li></ul>          <br />
  14. 14. PREVENÇÃO<br /><ul><li> As vacinas são fundamentais para prevenir alguns tipos de meningite. Entre elas estão disponíveis no calendário de vacinação da criança:
  15. 15. As vacinas contra a meningite meningocócica estão disponíveis para controle de epidemias.</li></ul>BCG<br />Previne contra meningite tuberculosa.<br />Tetravalente <br />Contra a meningite por Haemophilusinfluenzaetipo b, além de coqueluche, difteria e tétano. <br />
  16. 16. PREVENÇÃO<br /><ul><li> Pessoas que tiveram contato prolongado com indivíduo doente devem receber antibióticos específicos para não desenvolverem a doença.
  17. 17. O diagnóstico e o tratamento precoces são formas de prevenir as complicações da doença.
  18. 18. Outras formas de prevenção incluem evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados.</li></li></ul><li>Consulte sempre o seu médico.<br />Fontes: <br />bvsms.saude.gov.br/html/pt/.../103meningite.html.<br />www.fmt.am.gov.br/manual/meningite.htm.<br />www.saude.sc.gov.br/.../sala.../meningite2.htm.<br />  <br />Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)<br />Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)<br />

×