Fibromialgia

1.982 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Fibromialgia

  1. 1. Fibromialgia<br />
  2. 2. INTRODUÇÃO<br /><ul><li> A fibromialgia é uma síndrome dolorosa não inflamatória que se caracteriza por dores musculares generalizadas, muitas vezes associada a cansaço.
  3. 3. Compromete cerca de 5% da população mundial, sendo mais frequente em mulheres entre 35 e 50 anos.</li></li></ul><li>CAUSAS<br /><ul><li> Ainda sem causas estabelecidas, os mecanismos prováveis de origem da fibromialgia seriam as lesões musculoesqueléticas acumuladas através do tempo e traumatismos por causas diversas.
  4. 4. Alguns estudos sugerem que problemas emocionais e alterações hormonais podem desencadear as crises de dor.</li></li></ul><li>SINTOMAS<br /><ul><li> Os sintomas incluem:</li></ul> Dor generalizada, associada ou não a fadiga; Depressão psíquica;<br /> Ansiedade;<br /> Dormência de pés e mãos;<br /> Alterações do humor.<br /><ul><li> É comum o indivíduo queixar-se de sonolência, uma vez que a qualidade do sono também é prejudicada pela dor.</li></li></ul><li>DIAGNÓSTICO<br /><ul><li>A Associação Brasileira de Reumatologia recomenda que sejam excluídas outras doenças ao se proceder ao diagnóstico de fibromialgia:
  5. 5. Em 18 pontos dolorosos a serem avaliados, a incidência em 10 deles confirma o diagnóstico de fibromialgia.</li></ul>miopatias endócrinas<br />hipertireoidismo<br />insuficiência adrenal<br />doença de Parkinson<br />hipotireoidismo<br />efeito colateral de determinados medicamentos (cortocoides, estatina e drogas ilícitas).<br />polimiosites e dermatopolimiosites<br />síndrome da dor miofacial<br />outros reumatismos extra-articulares<br />
  6. 6. TRATAMENTO<br /><ul><li> Procurar um médico com regularidade e, principalmente, aos primeiros sinais da doença é fundamental para que se possa indicar o melhor tratamento para cada caso.
  7. 7. Somente o médico deverá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.
  8. 8. O tratamento da fibromialgia se volta para a redução da dor e a melhora geral das condições de saúde do paciente. Entre os medicamentos aprovados temos os antidepressivos, os analgésicos e os relaxantes musculares. </li></ul> <br />
  9. 9. TRATAMENTO<br /><ul><li> A atividade física moderada é essencial.
  10. 10. A fisioterapia ameniza as dores e o relaxamento colabora para a melhora do estado geral.
  11. 11. Há casos em que a acupuntura pode ser útil. A escolha do tipo de tratamento deve levar em conta a adesão do paciente e a melhora na qualidade de vida.</li></ul> <br />
  12. 12. PREVENÇÃO<br />Em se tratando de um acometimento musculoesquelético não articular que se manifesta na mulher cinco a nove vezes mais que no homem, a atenção se volta mais ao sexo feminino, na observação quanto ao inicio da sintomatologia, quando o atendimento correto pode melhorar de forma significativa a qualidade de vida.<br />
  13. 13. Procure sempre o seu médico.<br />Fontes: <br />Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. <Disponível em>:<br />www.sbot.org.br/portal//PDFs/OrtopediaFamiliar/fibromialgia.pdf<br /> <br /> Dra. Anna Gabriela Fuks (CRM 677680-RJ)<br />Editora médica<br /> <br />Roberto Maggessi (MTE 31.250 RJ)<br />Jornalista responsável<br />

×