Botulismo
INTRODUÇÃO• O botulismo é uma doença neuroparalítica grave, deelevada letalidade, porém não contagiosa.• Caracteriza-se   ...
CAUSAS• É uma doença causada pela ingestão de alimentoscontaminados com toxina botulínica, produzida pela bactériaClostrid...
CAUSASBotulismo por ferimentos          Botulismo intestinal                               É o resultado da ingestão de   ...
SINTOMAS  • Os sintomas podem variar de acordo com o tipo da  doença. No caso do botulismo alimentar são comuns  náuseas, ...
SINTOMAS• Uma característica importante no quadro clínico dobotulismo é a preservação da consciência.• Na maioria dos caso...
SINTOMAS• Nas crianças, o aspecto clínico do botulismo intestinal variade quadros com constipação leve à síndrome de morte...
DIAGNÓSTICO• O diagnóstico da doença é feito inicialmente pelo examefísico, que leva em consideração os sintomas e a pesqu...
TRATAMENTO• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença éfundamental para a indicação do melhor tratamento paracada ...
TRATAMENTO• O botulismo pode ser evitado com algumas medidassimples no âmbito alimentar:  Atenção ao consumo de produtos e...
TRATAMENTO• Não utilize o produto caso haja irregularidade naembalagem, como lata enferrujada, estufada ou água turvanos v...
Procure sempre o seu médico.              Fontes:              http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/area. ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Botulismo

8.211 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
3 comentários
16 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.211
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
3
Gostaram
16
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Botulismo

  1. 1. Botulismo
  2. 2. INTRODUÇÃO• O botulismo é uma doença neuroparalítica grave, deelevada letalidade, porém não contagiosa.• Caracteriza-se por manifestações neurológicas egastrointestinais.
  3. 3. CAUSAS• É uma doença causada pela ingestão de alimentoscontaminados com toxina botulínica, produzida pela bactériaClostridium botulinum, e sua transmissão pode ocorrer de trêsformas: Botulismo alimentar Ocorre por ingestão de toxinas presentes em alimentos previamente contaminados, produzidos ou conservados de maneira inadequada. Entre os alimentos mais comumente envolvidos estão conservas vegetais, produtos cárneos cozidos, curados e defumados de forma artesanal, pescados defumados, salgados e fermentados, queijos e pasta de queijos.
  4. 4. CAUSASBotulismo por ferimentos Botulismo intestinal É o resultado da ingestão de alimentos contaminados, seguida Ocasionado pela da fixação e da multiplicação do contaminação de agente no ambiente intestinal, noferimentos pela bactéria qual ocorre a produção e aC. botulinum. É uma das absorção de toxina. Ocorre com formas mais raras de maior frequência em crianças com botulismo. idade entre três e 26 semanas, motivo pelo qual foi inicialmente denominado botulismo infantil.
  5. 5. SINTOMAS • Os sintomas podem variar de acordo com o tipo da doença. No caso do botulismo alimentar são comuns náuseas, vômitos, diarréia e dor abdominal. • Os principais sintomas neurológicos são:Visão duplae embaçada Fotofobia Ptose (aversão à luz) palpebral (queda da Tonturas e pálpebra) boca seca
  6. 6. SINTOMAS• Uma característica importante no quadro clínico dobotulismo é a preservação da consciência.• Na maioria dos casos também não há comprometimentoda sensibilidade, o que auxilia no diagnóstico diferencialcom outras doenças neurológicas.• No botulismo por ferimentos, o quadro ésemelhante, entretanto os sinais e sintomas gastrointestinaisnão são esperados e pode ocorrer febre.
  7. 7. SINTOMAS• Nas crianças, o aspecto clínico do botulismo intestinal variade quadros com constipação leve à síndrome de mortesúbita.• Manifesta-se, inicialmente, por constipação eirritabilidade, seguidos de sintomas neurológicoscaracterizados por dificuldade de controle dos movimentosda cabeça, sucção fraca, choro fraco e hipoatividade.
  8. 8. DIAGNÓSTICO• O diagnóstico da doença é feito inicialmente pelo examefísico, que leva em consideração os sintomas e a pesquisasobre os alimentos ingeridos, além da ocorrência de casos deintoxicação em pessoas próximas, que possam ter consumidoos mesmos alimentos contaminados.• A confirmação do diagnóstico é feita por exames quedemonstram a presença da toxina no sangue ou da bactérianas fezes do paciente.
  9. 9. TRATAMENTO• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença éfundamental para a indicação do melhor tratamento paracada caso.• Somente o especialista poderá orientar o paciente emrelação aos procedimentos adequados e ao uso deremédios.• O êxito do tratamento está diretamente associado àprecocidade com que é iniciado. O processo derecuperação é lento e vai depender da resposta do sistemaimunológico.
  10. 10. TRATAMENTO• O botulismo pode ser evitado com algumas medidassimples no âmbito alimentar: Atenção ao consumo de produtos em conserva;  Enlatados;  Em vidros ou  Embalados a vácuo.
  11. 11. TRATAMENTO• Não utilize o produto caso haja irregularidade naembalagem, como lata enferrujada, estufada ou água turvanos vidros. O preparo de conservas caseiras deve obedecerrigorosamente aos cuidados de higiene para evitar acontaminação.• Além disso, ferva sempre os alimentos enlatados ou emconserva antes de consumi-los.
  12. 12. Procure sempre o seu médico. Fontes: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/area. cfm?id_area=1542 Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ) Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

×