SlideShare uma empresa Scribd logo

Ficha de avaliação março

1 de 11
1
Agrupamento de Escolas de Arouca Cód. 151634
Ficha de avaliação de Português - 8º ano
março 2013
………………………………………………………………………………………
GRUPO I – Leitura (60 %)
TEXTO A
Lê atentamente o seguinte texto.
2
1. Responde às questões de uma forma clara e completa.
1.1.Refere a dificuldade que o autor começa por mencionar, neste excerto.
1.1.1. De que forma esta dificuldade poderá estar relacionada com as características do texto
memorialístico?
1.2.“Havia por essas alturas um divertimento muito apreciado nas classes baixas”(l.6).
1.2.1. Por que razão este era um divertimento das classes baixas?
1.3.Explica, por palavras tuas, o sentido da afirmação “Observado a esta distância parecia, e talvez o tivesse
sido por alguns momentos, a idade de ouro”(ll.18-19).
1.4.Pai e filho jogavam e António Barata assistia.
1.4.1. Aponta a atitude de António Barata no decurso do jogo.
1.4.2. O que justifica, na opinião do autor, esta atitude?
1.5.A criança reage intempestivamente e leva duas bofetadas do pai.
1.5.1. O que pensa atualmente o autor da atitude dos dois adultos?
1.6.Identifica o momento em que o autor deixa de falar de si na primeira pessoa.
1.6.1.Aponta uma razão que possa justificar esta opção do autor.
3
TEXTO B - Lê o texto divulgado pelo Gabinete de Comunicação e Imagem – Teatro Municipal da Guarda.
Ciclo Manuel António Pina no Teatro Municipal da Guarda
É poeta, autor de livros para crianças, colunista e tradutor. Foi jornalista, professor e membro
do Conselho de Imprensa. Manuel António Pina, 66 anos, nasceu no Sabugal. A Câmara Municipal
da Guarda, o TMG e o CEI juntam-se agora para divulgar a obra de um dos maiores escritores da
atualidade. A iniciativa incluirá exposições, seminários, teatro e poesia do autor em diversos
espaços da Guarda entre 16 e 22 de janeiro do próximo ano.
O ciclo tem início a 16 de janeiro com a peça “O Escaravelho Contador” da Companhia de
Teatro de Braga que atua no Pequeno Auditório do TMG, às 16.00h, no âmbito da iniciativa
Famílias ao Teatro. «Como uma caixa dentro de uma caixa, dentro de uma caixa, dentro de uma
caixa o escritor escreve as histórias que o escaravelho lhe contou e que o encenador transforma
em imagens no teatro e que por sua vez os atores são os fazedores», explica o texto de
apresentação do espetáculo. Trata-se de uma história baseada no livro “História que me contaste
tu” de Manuel António Pina. É pois um livro «que se transforma em teatro para os mais novos que
por sua vez levarão os mais crescidos a acompanhá-los nestas histórias vivas». A peça é para
maiores de quatro anos e tem a encenação e dramaturgia de José Caldas, cenografia e figurinos de
José António Cardoso, desenho de luz de Fred Rompante e conta ainda com a interpretação de
Carlos Feio, Jaime Soares, Rogério Boane, Solange Sá, Teresa Chaves e Alexandre Sá.
A 18 de janeiro é inaugurada na Galeria do Paço da Cultura uma exposição da autoria da artista
plástica e ilustradora Ilda David’ que reúne as ilustrações do livro “O sábio fechado na sua
biblioteca”, da autoria de Manuel António Pina. A exposição tem entrada livre e ficará patente até
27 de fevereiro.
Sobre o mesmo livro é apresentada uma peça homónima, marcada para o dia 20 no Pequeno
Auditório do TMG. A “História do sábio fechado na sua biblioteca” é apresentada pela companhia
Pé de Vento em duas sessões. A primeira às 10h00 para o público das escolas e a segunda às
21h30 para o público em geral. A peça conta a história de um Sábio que vivia há muitos anos
fechado na sua Biblioteca e sabia tudo. Nada do que existia, e até do que não existia, tinha para
ele segredos. Sabia quantas estrelas há no céu e quantos dias tem o mundo, até ao dia que um
estrangeiro lhe bate à porta. O espetáculo tem encenação de João Luiz, cenografia de João
Calvário e Rui Azevedo, figurinos de Susanne Rösler, música original de Pedro Junqueira Maia,
desenho de luz de Rui Damas e interpretação de Rui Spranger e Sara Paz.(…)
http://www.faroldanossaterra.net/ciclo-manuel-antonio-pina-no-teatro-municipal-da-guarda/, consultado
em 30/12/2011.
4
1.7. Associa os elementos da coluna A aos da coluna B, de modo a obteres frases corretas, de acordo com as
informações.
A B
a) O objetivo desta iniciativa é
1. foi apresentada pela companhia “Pé de
Vento”.
b) O livro História do Sábio Fechado na
sua Biblioteca
2. divulgar a vastíssima obra de Manuel
António Pina.
c) A peça História do Sábio Fechado na
sua Biblioteca
3. estará representado numa exposição e
numa peça teatral.
d) A peça “O Escaravelho Contador” da
Companhia de Teatro de Braga
4. como também escreve poesia, textos para
teatro, entre outros.
e) O autor em destaque não só escreve
livros para crianças
5. teve como fonte “História que me contaste
tu”, de Manuel António Pina.
C - Assinala a opção correta, de modo a relembrares as características do texto dramático.
1. O texto dramático é criado pelo:
a. Dramaturgo
b. Encenador
c. Poeta
d. Romancista
2. Qual das seguintes categorias não está
relacionada com o texto dramático?
a. Narrador
b. Espaço
c. Personagens
d. Ação
3. A ação no texto dramático desenrola-se
através:
a. do diálogo.
b. das falas do autor.
c. do diálogo e da movimentação das
personagens.
d.
4. O texto dramático é constituído pelas:
a. Falas das personagens
b. Falas das personagens e das
didascálias.
c. Didascálias e intervenção do
narrador.
5. Quanto à estrutura externa, o texto
dramático pode dividir-se em:
a. Capítulos.
b. Exposição, conflito e desenlace.
c. Atos e cenas.
6. À grande divisão do texto dramático
chamamos:
a. Capítulo
b. Cena
c. Ato.
7. As falas das personagens podem
apresentar-se sob a forma de :
a. Diálogo, didascálias e aparte.
b. Diálogo, monólogo e silêncio.
c. Diálogo, monólogo e aparte.
8. As informações cénicas, as didascálias
servem para:
a. Informar exclusivamente sobre as
personagens e o espaço.
b. Informar sobre o autor.
c. Informar sobre a movimentação das
personagens, o cenário, a luz,…
9. Qual destes subgéneros não pertence ao
modo dramático?
a. Drama
b. Tragédia.
c. Conto.
d. Comédia.
10.O “Tempo representado” corresponde
ao:
a. Momento em que a peça está a ser
representada.
b. Momento histórico que a peça recria.
c. Número de dias que a peça está em
cena.
11.O “espaço cénico” diz respeito ao:
a. Local em que a peça está em cena.
b. Local onde decorre a ação.
c. Ambiente recriado onde se movem
as personagens.
5
GRUPO II – Gramática (20%)
1. Observa as frases.
a) O Sábio prosseguiu a sua viagem em direção ao Reino das Sombras.
b) O Mendigo foi à aldeia.
c) Honestamente, o Sábio era uma personagem controversa.
d) O público achou a peça muito interessante.
1.1. Identifica as funções sintáticas desempenhadas pelos constituintes sublinhados.
1.3. Indica a classe e a subclasse das palavras “viagem”, “à”, “honestamente”, “interessante.
1.4. Classifica a forma verbal “achou”.
2.Atenta na seguinte tira de banda desenhada.
2.1. Transcreve e classifica:
2.1.1. duas frases complexas com orações coordenadas.
2.1.2. duas frases complexas com orações subordinadas.
6
GRUPO III – Produção escrita (20%)
Seleciona UMA das opções e escreve um texto bem estruturado de 100 a 150 palavras.
A – Dá a tua opinião acerca da representação a que assististe da peça Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett,
no passado dia 21 de fevereiro.
Segue as orientações apresentadas.
Primeiro parágrafo do texto:
*dá a conhecer a tua posição (agrado ou desagrado) acerca da representação;
*Utiliza expressões como na minha opinião, penso que, considero,…
Corpo do texto (desenvolvimento)
*apresenta argumentos para fundamentares a tua posição;
*recorre a exemplos para validares a tua posição;
*serve-te de marcadores discursivos para organizares a informação como em primeiro lugar, de
seguida, posteriormente, além disso, por último,…
Ultimo parágrafo
*Faz a conclusão do teu texto e retoma a posição apresentada no primeiro parágrafo, reforçando-a.
*Utiliza expressões como finalmente, assim, portanto,…
B - Redige a NOTÍCIA para a página da escola sobre a ida ao teatro, para ver a representação da peça Falar
Verdade a Mentir, proporcionada aos alunos do 8º ano.
BOM TRABALHO!
A PROFª: Fátima Carmo

Recomendados

1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigidoildamaria
 
Teste 9 b_auto (1)
Teste 9 b_auto (1)Teste 9 b_auto (1)
Teste 9 b_auto (1)apfandradeg
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Raquel Antunes
 
Teste saga
Teste sagaTeste saga
Teste sagaaersp
 
lab7_teste_avaliacao_6a.docx
lab7_teste_avaliacao_6a.docxlab7_teste_avaliacao_6a.docx
lab7_teste_avaliacao_6a.docxMarisa Miranda
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Felizmente Há Luar- Resumo da Obra
 Felizmente Há Luar- Resumo da Obra Felizmente Há Luar- Resumo da Obra
Felizmente Há Luar- Resumo da Obrananasimao
 
O Texto Expositivo
O Texto ExpositivoO Texto Expositivo
O Texto Expositivo713773
 
O principezinho - resumo
O principezinho - resumoO principezinho - resumo
O principezinho - resumosofiasimao
 
Aquela triste e leda madrugada
Aquela triste e leda madrugadaAquela triste e leda madrugada
Aquela triste e leda madrugadaHelena Coutinho
 
Texto dramático - características
Texto dramático - característicasTexto dramático - características
Texto dramático - característicasLurdes Augusto
 
Nomes coletivos.doc
Nomes coletivos.docNomes coletivos.doc
Nomes coletivos.docElza Melo
 
Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Inês Moreira
 
Sílabas Métricas
Sílabas MétricasSílabas Métricas
Sílabas Métricas713773
 
Ficha avaliação reportagem notícia
Ficha avaliação reportagem notíciaFicha avaliação reportagem notícia
Ficha avaliação reportagem notíciaCarlos Lima
 
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"Profmaria
 
O herói romântico em _Amor de Perdição_ (1).pptx
O herói romântico em _Amor de Perdição_ (1).pptxO herói romântico em _Amor de Perdição_ (1).pptx
O herói romântico em _Amor de Perdição_ (1).pptxSANDRAMARLENEBARBOSA1
 

Mais procurados (20)

Felizmente Há Luar- Resumo da Obra
 Felizmente Há Luar- Resumo da Obra Felizmente Há Luar- Resumo da Obra
Felizmente Há Luar- Resumo da Obra
 
Teste notícia
Teste notíciaTeste notícia
Teste notícia
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Biografia de camilo
Biografia de camiloBiografia de camilo
Biografia de camilo
 
O Texto Expositivo
O Texto ExpositivoO Texto Expositivo
O Texto Expositivo
 
O principezinho - resumo
O principezinho - resumoO principezinho - resumo
O principezinho - resumo
 
Teste a aia 2
Teste a aia 2Teste a aia 2
Teste a aia 2
 
Proposição
ProposiçãoProposição
Proposição
 
Aquela triste e leda madrugada
Aquela triste e leda madrugadaAquela triste e leda madrugada
Aquela triste e leda madrugada
 
Texto dramático - características
Texto dramático - característicasTexto dramático - características
Texto dramático - características
 
A Aia
A AiaA Aia
A Aia
 
Nomes coletivos.doc
Nomes coletivos.docNomes coletivos.doc
Nomes coletivos.doc
 
Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"
 
Sílabas Métricas
Sílabas MétricasSílabas Métricas
Sílabas Métricas
 
Ficha avaliação reportagem notícia
Ficha avaliação reportagem notíciaFicha avaliação reportagem notícia
Ficha avaliação reportagem notícia
 
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Texto dramático
Texto dramáticoTexto dramático
Texto dramático
 
A Crónica - Ficha de trabalho
A Crónica - Ficha de trabalhoA Crónica - Ficha de trabalho
A Crónica - Ficha de trabalho
 
O herói romântico em _Amor de Perdição_ (1).pptx
O herói romântico em _Amor de Perdição_ (1).pptxO herói romântico em _Amor de Perdição_ (1).pptx
O herói romântico em _Amor de Perdição_ (1).pptx
 

Semelhante a Ficha de avaliação março

Revista moin moin_5
Revista moin moin_5Revista moin moin_5
Revista moin moin_5Ariane Mafra
 
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptxintertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptxkeilaoliveira69
 
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docx
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docxAvaliação 1 - formatada para o aluno.docx
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docxSAMARASILVANOGUEIRAP
 
Avaliaçao 3ºano 2015
Avaliaçao 3ºano 2015Avaliaçao 3ºano 2015
Avaliaçao 3ºano 2015Vera Oliveira
 
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...jupaulino
 
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...Pibid-Letras Córdula
 
Panorama do teatro brasileiro
Panorama do teatro brasileiroPanorama do teatro brasileiro
Panorama do teatro brasileiroMaristela Cardoso
 
Os doze de inglaterra - ficha de trabalho
Os doze de inglaterra - ficha de trabalho Os doze de inglaterra - ficha de trabalho
Os doze de inglaterra - ficha de trabalho Lúcio Aguiar
 
re_82072_mpal7_teste6.docx
re_82072_mpal7_teste6.docxre_82072_mpal7_teste6.docx
re_82072_mpal7_teste6.docxCarla Carvalho
 
Segunda aplicação do enem 2009, literatura
Segunda aplicação do enem 2009, literaturaSegunda aplicação do enem 2009, literatura
Segunda aplicação do enem 2009, literaturama.no.el.ne.ves
 
ATIVIDADE REVISE.docx
ATIVIDADE REVISE.docxATIVIDADE REVISE.docx
ATIVIDADE REVISE.docxKniaMachado
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94luisprista
 
Caderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoCaderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoHomero Alves de Lima
 
Ae portugues7 teste_enunciado_mar_2020
Ae portugues7 teste_enunciado_mar_2020Ae portugues7 teste_enunciado_mar_2020
Ae portugues7 teste_enunciado_mar_2020Liliana Santos
 

Semelhante a Ficha de avaliação março (20)

Prova de arte
Prova de arteProva de arte
Prova de arte
 
Literatura 1º-ano
Literatura 1º-anoLiteratura 1º-ano
Literatura 1º-ano
 
Revista moin moin_5
Revista moin moin_5Revista moin moin_5
Revista moin moin_5
 
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptxintertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
 
Live broo
Live brooLive broo
Live broo
 
R3
R3R3
R3
 
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docx
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docxAvaliação 1 - formatada para o aluno.docx
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docx
 
Avaliaçao 3ºano 2015
Avaliaçao 3ºano 2015Avaliaçao 3ºano 2015
Avaliaçao 3ºano 2015
 
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
 
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
 
Panorama do teatro brasileiro
Panorama do teatro brasileiroPanorama do teatro brasileiro
Panorama do teatro brasileiro
 
01_SAS_ENEM_2021.pdf
01_SAS_ENEM_2021.pdf01_SAS_ENEM_2021.pdf
01_SAS_ENEM_2021.pdf
 
Os doze de inglaterra - ficha de trabalho
Os doze de inglaterra - ficha de trabalho Os doze de inglaterra - ficha de trabalho
Os doze de inglaterra - ficha de trabalho
 
re_82072_mpal7_teste6.docx
re_82072_mpal7_teste6.docxre_82072_mpal7_teste6.docx
re_82072_mpal7_teste6.docx
 
Segunda aplicação do enem 2009, literatura
Segunda aplicação do enem 2009, literaturaSegunda aplicação do enem 2009, literatura
Segunda aplicação do enem 2009, literatura
 
ATIVIDADE REVISE.docx
ATIVIDADE REVISE.docxATIVIDADE REVISE.docx
ATIVIDADE REVISE.docx
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
 
Caderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoCaderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redação
 
Sabe reunião out. 2016
Sabe   reunião out. 2016Sabe   reunião out. 2016
Sabe reunião out. 2016
 
Ae portugues7 teste_enunciado_mar_2020
Ae portugues7 teste_enunciado_mar_2020Ae portugues7 teste_enunciado_mar_2020
Ae portugues7 teste_enunciado_mar_2020
 

Mais de Luis Martins (20)

Publicidade
PublicidadePublicidade
Publicidade
 
Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
 
Folhas caidas
Folhas caidasFolhas caidas
Folhas caidas
 
Romance de Rita R
Romance de Rita RRomance de Rita R
Romance de Rita R
 
Relatorio
RelatorioRelatorio
Relatorio
 
Energia solar
Energia solarEnergia solar
Energia solar
 
Publicidade
PublicidadePublicidade
Publicidade
 
Texto descritivo
Texto descritivoTexto descritivo
Texto descritivo
 
O que é a poesia
O que é a poesiaO que é a poesia
O que é a poesia
 
Retrato
RetratoRetrato
Retrato
 
Malhao
MalhaoMalhao
Malhao
 
Outros conteudos
Outros conteudosOutros conteudos
Outros conteudos
 
Teste
TesteTeste
Teste
 
Contrabando
ContrabandoContrabando
Contrabando
 
Ficha de avaliação outubro
Ficha de avaliação   outubroFicha de avaliação   outubro
Ficha de avaliação outubro
 
Comprensao oral diag
Comprensao oral diagComprensao oral diag
Comprensao oral diag
 
Doc1
Doc1Doc1
Doc1
 
Matriz
MatrizMatriz
Matriz
 
Ficha de avaliação dezembro
Ficha de avaliação   dezembroFicha de avaliação   dezembro
Ficha de avaliação dezembro
 
Ficha de avalia+º+úo janeiro
Ficha de avalia+º+úo   janeiroFicha de avalia+º+úo   janeiro
Ficha de avalia+º+úo janeiro
 

Ficha de avaliação março

  • 1. 1 Agrupamento de Escolas de Arouca Cód. 151634 Ficha de avaliação de Português - 8º ano março 2013 ……………………………………………………………………………………… GRUPO I – Leitura (60 %) TEXTO A Lê atentamente o seguinte texto.
  • 2. 2 1. Responde às questões de uma forma clara e completa. 1.1.Refere a dificuldade que o autor começa por mencionar, neste excerto. 1.1.1. De que forma esta dificuldade poderá estar relacionada com as características do texto memorialístico? 1.2.“Havia por essas alturas um divertimento muito apreciado nas classes baixas”(l.6). 1.2.1. Por que razão este era um divertimento das classes baixas? 1.3.Explica, por palavras tuas, o sentido da afirmação “Observado a esta distância parecia, e talvez o tivesse sido por alguns momentos, a idade de ouro”(ll.18-19). 1.4.Pai e filho jogavam e António Barata assistia. 1.4.1. Aponta a atitude de António Barata no decurso do jogo. 1.4.2. O que justifica, na opinião do autor, esta atitude? 1.5.A criança reage intempestivamente e leva duas bofetadas do pai. 1.5.1. O que pensa atualmente o autor da atitude dos dois adultos? 1.6.Identifica o momento em que o autor deixa de falar de si na primeira pessoa. 1.6.1.Aponta uma razão que possa justificar esta opção do autor.
  • 3. 3 TEXTO B - Lê o texto divulgado pelo Gabinete de Comunicação e Imagem – Teatro Municipal da Guarda. Ciclo Manuel António Pina no Teatro Municipal da Guarda É poeta, autor de livros para crianças, colunista e tradutor. Foi jornalista, professor e membro do Conselho de Imprensa. Manuel António Pina, 66 anos, nasceu no Sabugal. A Câmara Municipal da Guarda, o TMG e o CEI juntam-se agora para divulgar a obra de um dos maiores escritores da atualidade. A iniciativa incluirá exposições, seminários, teatro e poesia do autor em diversos espaços da Guarda entre 16 e 22 de janeiro do próximo ano. O ciclo tem início a 16 de janeiro com a peça “O Escaravelho Contador” da Companhia de Teatro de Braga que atua no Pequeno Auditório do TMG, às 16.00h, no âmbito da iniciativa Famílias ao Teatro. «Como uma caixa dentro de uma caixa, dentro de uma caixa, dentro de uma caixa o escritor escreve as histórias que o escaravelho lhe contou e que o encenador transforma em imagens no teatro e que por sua vez os atores são os fazedores», explica o texto de apresentação do espetáculo. Trata-se de uma história baseada no livro “História que me contaste tu” de Manuel António Pina. É pois um livro «que se transforma em teatro para os mais novos que por sua vez levarão os mais crescidos a acompanhá-los nestas histórias vivas». A peça é para maiores de quatro anos e tem a encenação e dramaturgia de José Caldas, cenografia e figurinos de José António Cardoso, desenho de luz de Fred Rompante e conta ainda com a interpretação de Carlos Feio, Jaime Soares, Rogério Boane, Solange Sá, Teresa Chaves e Alexandre Sá. A 18 de janeiro é inaugurada na Galeria do Paço da Cultura uma exposição da autoria da artista plástica e ilustradora Ilda David’ que reúne as ilustrações do livro “O sábio fechado na sua biblioteca”, da autoria de Manuel António Pina. A exposição tem entrada livre e ficará patente até 27 de fevereiro. Sobre o mesmo livro é apresentada uma peça homónima, marcada para o dia 20 no Pequeno Auditório do TMG. A “História do sábio fechado na sua biblioteca” é apresentada pela companhia Pé de Vento em duas sessões. A primeira às 10h00 para o público das escolas e a segunda às 21h30 para o público em geral. A peça conta a história de um Sábio que vivia há muitos anos fechado na sua Biblioteca e sabia tudo. Nada do que existia, e até do que não existia, tinha para ele segredos. Sabia quantas estrelas há no céu e quantos dias tem o mundo, até ao dia que um estrangeiro lhe bate à porta. O espetáculo tem encenação de João Luiz, cenografia de João Calvário e Rui Azevedo, figurinos de Susanne Rösler, música original de Pedro Junqueira Maia, desenho de luz de Rui Damas e interpretação de Rui Spranger e Sara Paz.(…) http://www.faroldanossaterra.net/ciclo-manuel-antonio-pina-no-teatro-municipal-da-guarda/, consultado em 30/12/2011.
  • 4. 4 1.7. Associa os elementos da coluna A aos da coluna B, de modo a obteres frases corretas, de acordo com as informações. A B a) O objetivo desta iniciativa é 1. foi apresentada pela companhia “Pé de Vento”. b) O livro História do Sábio Fechado na sua Biblioteca 2. divulgar a vastíssima obra de Manuel António Pina. c) A peça História do Sábio Fechado na sua Biblioteca 3. estará representado numa exposição e numa peça teatral. d) A peça “O Escaravelho Contador” da Companhia de Teatro de Braga 4. como também escreve poesia, textos para teatro, entre outros. e) O autor em destaque não só escreve livros para crianças 5. teve como fonte “História que me contaste tu”, de Manuel António Pina. C - Assinala a opção correta, de modo a relembrares as características do texto dramático. 1. O texto dramático é criado pelo: a. Dramaturgo b. Encenador c. Poeta d. Romancista 2. Qual das seguintes categorias não está relacionada com o texto dramático? a. Narrador b. Espaço c. Personagens d. Ação 3. A ação no texto dramático desenrola-se através: a. do diálogo. b. das falas do autor. c. do diálogo e da movimentação das personagens. d. 4. O texto dramático é constituído pelas: a. Falas das personagens b. Falas das personagens e das didascálias. c. Didascálias e intervenção do narrador. 5. Quanto à estrutura externa, o texto dramático pode dividir-se em: a. Capítulos. b. Exposição, conflito e desenlace. c. Atos e cenas. 6. À grande divisão do texto dramático chamamos: a. Capítulo b. Cena c. Ato. 7. As falas das personagens podem apresentar-se sob a forma de : a. Diálogo, didascálias e aparte. b. Diálogo, monólogo e silêncio. c. Diálogo, monólogo e aparte. 8. As informações cénicas, as didascálias servem para: a. Informar exclusivamente sobre as personagens e o espaço. b. Informar sobre o autor. c. Informar sobre a movimentação das personagens, o cenário, a luz,… 9. Qual destes subgéneros não pertence ao modo dramático? a. Drama b. Tragédia. c. Conto. d. Comédia. 10.O “Tempo representado” corresponde ao: a. Momento em que a peça está a ser representada. b. Momento histórico que a peça recria. c. Número de dias que a peça está em cena. 11.O “espaço cénico” diz respeito ao: a. Local em que a peça está em cena. b. Local onde decorre a ação. c. Ambiente recriado onde se movem as personagens.
  • 5. 5 GRUPO II – Gramática (20%) 1. Observa as frases. a) O Sábio prosseguiu a sua viagem em direção ao Reino das Sombras. b) O Mendigo foi à aldeia. c) Honestamente, o Sábio era uma personagem controversa. d) O público achou a peça muito interessante. 1.1. Identifica as funções sintáticas desempenhadas pelos constituintes sublinhados. 1.3. Indica a classe e a subclasse das palavras “viagem”, “à”, “honestamente”, “interessante. 1.4. Classifica a forma verbal “achou”. 2.Atenta na seguinte tira de banda desenhada. 2.1. Transcreve e classifica: 2.1.1. duas frases complexas com orações coordenadas. 2.1.2. duas frases complexas com orações subordinadas.
  • 6. 6 GRUPO III – Produção escrita (20%) Seleciona UMA das opções e escreve um texto bem estruturado de 100 a 150 palavras. A – Dá a tua opinião acerca da representação a que assististe da peça Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett, no passado dia 21 de fevereiro. Segue as orientações apresentadas. Primeiro parágrafo do texto: *dá a conhecer a tua posição (agrado ou desagrado) acerca da representação; *Utiliza expressões como na minha opinião, penso que, considero,… Corpo do texto (desenvolvimento) *apresenta argumentos para fundamentares a tua posição; *recorre a exemplos para validares a tua posição; *serve-te de marcadores discursivos para organizares a informação como em primeiro lugar, de seguida, posteriormente, além disso, por último,… Ultimo parágrafo *Faz a conclusão do teu texto e retoma a posição apresentada no primeiro parágrafo, reforçando-a. *Utiliza expressões como finalmente, assim, portanto,… B - Redige a NOTÍCIA para a página da escola sobre a ida ao teatro, para ver a representação da peça Falar Verdade a Mentir, proporcionada aos alunos do 8º ano. BOM TRABALHO! A PROFª: Fátima Carmo
  • 7. 7
  • 8. 8
  • 9. 9
  • 10. 10
  • 11. 11