SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
Os Desafios da Publicação
Verônica Feder Mayer, D.Sc.
LATEC
Universidade Federal Fluminense
Verônica Feder Mayer, D.Sc.
• Doutora em Administração pelo COPPEAD/UFRJ – extensão na
University of Illinois at Urbana-Champaign.
• CPCL pela Harvard Business School – USA.
• Mestre e especialista em Administração e Marketing pelo
COPPEAD/UFRJ.
• Professora Adjunta da Universidade Federal Fluminense.
• Professora convidada na Escola de Marketing Industrial, no
COPPEAD/UFRJ e no Ibmec.
• Atuação: Cia. Vale do Rio Doce, Petrobras, Souza Cruz, Sebrae,
Petróleo Ipiranga, Infoglobo, Bovespa, Ampla, Light, Grupo
Telefonica, Telemar, Embratel, Fundação Getúlio Vargas.
O Significado da Publicação
• Seu artigo se torna permanente – passa a integrar
um corpo de conhecimento onde será consultado
por outros pesquisadores.
• Seu artigo é melhorado – por meio da intervenção
de editores, reviewers e redatores especializados.
• Seu artigo é promovido - torna-se disponível para
uma grande audiência.
• Suas idéias são legitimadas – outros especialistas
da área consideram o material de boa qualidade.
“Publish or Perish”
Publicar ou Perecer
A Publicação como um
Indicador de Produtividade
• Universidades
• Faculdades
• Departamentos
• Professores
• Alunos
• Visibilidade
• Relacionamentos
acadêmicos
• Influência
• Obtenção de verbas
de pesquisa
Tendências
• Maior competitividade
– Mais pesquisadores em busca de espaço nos
principais periódicos nacionais e internacionais
• Maior exigência por parte dos periódicos
• Aumento da quantidade de autores por artigo
• Surgimento de novos periódicos
Como Publicar Mais e com Mais Qualidade?
• Foco
– Atuar de forma consistente em uma linha de pesquisa
– Desenvolver um conjunto de temas relacionados
– Ter sempre pesquisas sempre em andamento
• Cooperação
– Buscar a interação com pesquisadores de diferentes instituições e
países
– Desenvolver parcerias e grupos de pesquisa
• Prospecção
– Manter-se informado sobre assuntos emergentes em sua área de
pesquisa
– Identificar lacunas que precisam ser preenchidas (ex. estado da arte
internacional versus estado da arte no Brasil)
Como Publicar Mais e com Mais Qualidade?
• Organização
– Processo de trabalho estruturado e detalhado: para que seja possível
dividir o trabalho com outros pesquisadores e coordenar o trabalho
de alunos de forma efetiva
• Conexão
– Usar a tecnologia a seu favor: conferências via Internet, colaboração
via e-mail, etc.
• Captação de Verbas de Pesquisa
– Para pesquisar mais e melhor é necessário investimento.
– Muitos órgão de fomento têm dificuldade de encontrar bons projetos.
• Estabelecer objetivos!
Estabelecer Objetivos!
• Quais são os principais eventos acadêmicos nacionais e
internacionais que contemplam a sua área de
conhecimento?
• Quais são os principais periódicos nacionais e
internacionais que contemplam a sua área de
conhecimento?
• Temas mais valorizados?
• Interesse atual?
• Padrões de avaliação e publicação?
Conhecer o terreno.
Escolher os alvos.
Ser realista.
Estabelecer Objetivos!
• Ler artigos e pesquisas publicadas no periódico ou
congresso escolhido
• Conhecer e seguir as diretrizes definidas – escopo do
trabalho; tipo de artigo; tamanho do documento; estilo
de referências; padrões de formatação.
• Encontrar os caminhos e formas de submissão
– Em algumas situações pode ser enviado um abstract
para avaliação preliminar
– Respeitar todos os critérios de submissão (blind
review; cópias adicionais; etc)
Muitos artigos são rejeitados
simplesmente porque não
cumprem os requisitos do
periódico.
Eles nem chegam ao processo de
review.
Editores e reviewers procuram por …
• Originalidade – o que é novo sobre o tema, o tratamento dos
dados ou sobre os resultados.
• Relevância e extensão do conhecimento existente.
• Metodologia de pesquisa – as conclusões são válidas e
objetivas?
• Clareza, estrutura e qualidade da redação – o artigo comunica-se
bem com o leitor?
• Progressão lógica e fundamentada dos argumentos.
• Implicações teóricas e práticas
• Relevância a atualidade das referências bibliográficas.
• Aderência a linha editorial e aos objetivos do periódico
A Estrutura Essencial de um
Artigos Acadêmico
• Propósito do artigo e Introdução
• Revisão da Literatura – exame crítico do que foi feito antes
• Referencias:
– Consistentes com o estilo usado no periódico
– Citadas ao longo do texto e incluídas na lista de
referências (em alguns casos, o que não for citado ao
longo do texto pode ser incluído como “leituras
recomendadas”)
• Descrição da metodologia usada – os “comos e porquês”
(indicar o caminho para outros pesquisadores)
• Resultados encontrados e discussão dos resultados
• Conclusão – retoma os objetivos; resume as principais
descobertas; discute as implicações teóricas e gerenciais;
avalia as limitações da pesquisa e indica caminhos para
pesquisas futuras.
A Importância do Resumo / Abstract
• Propósito da pesquisa
• Design – Metodologia/como foi
realizado/escopo do estudo
• Resultados encontrados
• Principais conclusões
• Originalidade/contribuição do trabalho
Pedido de Revisão
• Um pedido de revisão (pelo periódico) de um
artigo é uma boa notícia.
• Significa que o artigo entrou no processo de
publicação e tem chances de ser aceito.
• Não se deve levar comentários rígidos e
desanimadores para o lado pessoal.
• Trabalhar para melhorar artigo é o caminho
mais sensato.
• Esse processo pode ser muito enriquecedor.
Se o Artigo for Rejeitado…
Troque informações e ajude seus colegas!
• Espírito colaborativo
• Abertura a críticas a sugestões
• Humildade para aprender com rivais e com alunos
• Sinceridade no feedback
• Envolvimento e dedicação de tempo
“É dando que se recebe”
Orientação e Colaboração
Científica
Desafios e Oportunidades
CentrosCentros
de Pesquisade Pesquisa
Comunidade
Acadêmica
CongressosCongressos
CientCientííficosficos
PeriPerióódicosdicos
AcadêmicosAcadêmicos
PeriPerióódicosdicos
EspecializadosEspecializados
Livros TLivros Téécnicoscnicos
MMíídia de Massadia de Massa
Profissionais
FascFascíículosculos
PopularesPopulares
Público Geral
Ciclo de Vida: Produção e Difusão de
Conhecimento em Administração
É preciso desenvolver um
Pipeline
Tempo de semear,
Tempo de crescer,
Tempo de colher.
Compromisso com a Qualidade
• Estudo constante das ferramentas metodológicas:
professores e alunos
• Metodologia aplicada
• Estabelecimento de padrões de qualidade
conhecidos e aceitos pelo corpo docente da
instituição – para cada metodologia
• Acompanhamento e apoio as pesquisas em
desenvolvimento
• Espírito de equipe
Recomendações
• www.anpad.org.br
• Emerald – resources for authors (acesso
via http://www.periodicos.capes.gov.br)

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a LATEC - UFF. OS DESAFIOS DA PUBLICAÇÃO

SEMINARIO DE PESQUISA
SEMINARIO DE PESQUISA SEMINARIO DE PESQUISA
SEMINARIO DE PESQUISA Karlla Costa
 
Work shop sobre escrever artigo
Work shop sobre escrever artigoWork shop sobre escrever artigo
Work shop sobre escrever artigoSamuel Lincoln
 
Aulaposdoaçâoetx16 mar2013
Aulaposdoaçâoetx16 mar2013Aulaposdoaçâoetx16 mar2013
Aulaposdoaçâoetx16 mar2013Paolo Salvalaggio
 
Administração estágio 1 ESTÁGIO- Introdução ADM (1).ppt
Administração estágio 1 ESTÁGIO- Introdução ADM (1).pptAdministração estágio 1 ESTÁGIO- Introdução ADM (1).ppt
Administração estágio 1 ESTÁGIO- Introdução ADM (1).pptLizeGESilvaPlcido
 
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...Leandro Benevides
 
Apresentação metodologia da pesquisa
Apresentação   metodologia da pesquisaApresentação   metodologia da pesquisa
Apresentação metodologia da pesquisaEduardo Becker Jr.
 
12th CONTECSI USP - Guia para publicar Andre Jun Emerald
12th CONTECSI USP - Guia para publicar  Andre Jun Emerald12th CONTECSI USP - Guia para publicar  Andre Jun Emerald
12th CONTECSI USP - Guia para publicar Andre Jun EmeraldTECSI FEA USP
 
O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e Doutorado
O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e DoutoradoO Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e Doutorado
O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e DoutoradoManoel Mendonca
 
Pesquisa e Publicação Classe Mundial
Pesquisa e Publicação Classe MundialPesquisa e Publicação Classe Mundial
Pesquisa e Publicação Classe Mundialengemausp
 
ELABORACAO-DO-TEMA-PROBLEMA-JUSTIFICATIVA-OBJETIVOS-HIPOTESES-E-REVISAO-DE-LI...
ELABORACAO-DO-TEMA-PROBLEMA-JUSTIFICATIVA-OBJETIVOS-HIPOTESES-E-REVISAO-DE-LI...ELABORACAO-DO-TEMA-PROBLEMA-JUSTIFICATIVA-OBJETIVOS-HIPOTESES-E-REVISAO-DE-LI...
ELABORACAO-DO-TEMA-PROBLEMA-JUSTIFICATIVA-OBJETIVOS-HIPOTESES-E-REVISAO-DE-LI...858969
 
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentesComo elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentesHelena Degreas
 
Educação e pesquisa em engenharia: inovações na busca e uso da informação
Educação e pesquisa em engenharia: inovações na busca e uso da informação Educação e pesquisa em engenharia: inovações na busca e uso da informação
Educação e pesquisa em engenharia: inovações na busca e uso da informação Elisabeth Dudziak
 
Guia Para Publicar: artigos científicos em revistas de qualidade
Guia Para Publicar: artigos científicos em revistas de qualidadeGuia Para Publicar: artigos científicos em revistas de qualidade
Guia Para Publicar: artigos científicos em revistas de qualidadeAndre Jun
 
AULA DE Redação de trabalho científico.pptx
AULA DE Redação de trabalho científico.pptxAULA DE Redação de trabalho científico.pptx
AULA DE Redação de trabalho científico.pptxPedro Luis Moraes
 
Apresentacao Eduardo Susan Dignart
Apresentacao Eduardo Susan DignartApresentacao Eduardo Susan Dignart
Apresentacao Eduardo Susan DignartRodrigo Andrade
 

Semelhante a LATEC - UFF. OS DESAFIOS DA PUBLICAÇÃO (20)

Sage Research Methods 2019
Sage Research Methods 2019Sage Research Methods 2019
Sage Research Methods 2019
 
SEMINARIO DE PESQUISA
SEMINARIO DE PESQUISA SEMINARIO DE PESQUISA
SEMINARIO DE PESQUISA
 
Work shop sobre escrever artigo
Work shop sobre escrever artigoWork shop sobre escrever artigo
Work shop sobre escrever artigo
 
Aulaposdoaçâoetx16 mar2013
Aulaposdoaçâoetx16 mar2013Aulaposdoaçâoetx16 mar2013
Aulaposdoaçâoetx16 mar2013
 
Administração estágio 1 ESTÁGIO- Introdução ADM (1).ppt
Administração estágio 1 ESTÁGIO- Introdução ADM (1).pptAdministração estágio 1 ESTÁGIO- Introdução ADM (1).ppt
Administração estágio 1 ESTÁGIO- Introdução ADM (1).ppt
 
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
 
Como escrever teses
Como escrever tesesComo escrever teses
Como escrever teses
 
Apresentação metodologia da pesquisa
Apresentação   metodologia da pesquisaApresentação   metodologia da pesquisa
Apresentação metodologia da pesquisa
 
Projeto LITEA
Projeto LITEAProjeto LITEA
Projeto LITEA
 
Programa de capacitação de editores, revisores e equipes
Programa de capacitação de editores, revisores e equipesPrograma de capacitação de editores, revisores e equipes
Programa de capacitação de editores, revisores e equipes
 
12th CONTECSI USP - Guia para publicar Andre Jun Emerald
12th CONTECSI USP - Guia para publicar  Andre Jun Emerald12th CONTECSI USP - Guia para publicar  Andre Jun Emerald
12th CONTECSI USP - Guia para publicar Andre Jun Emerald
 
O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e Doutorado
O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e DoutoradoO Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e Doutorado
O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e Doutorado
 
Pesquisa e Publicação Classe Mundial
Pesquisa e Publicação Classe MundialPesquisa e Publicação Classe Mundial
Pesquisa e Publicação Classe Mundial
 
ELABORACAO-DO-TEMA-PROBLEMA-JUSTIFICATIVA-OBJETIVOS-HIPOTESES-E-REVISAO-DE-LI...
ELABORACAO-DO-TEMA-PROBLEMA-JUSTIFICATIVA-OBJETIVOS-HIPOTESES-E-REVISAO-DE-LI...ELABORACAO-DO-TEMA-PROBLEMA-JUSTIFICATIVA-OBJETIVOS-HIPOTESES-E-REVISAO-DE-LI...
ELABORACAO-DO-TEMA-PROBLEMA-JUSTIFICATIVA-OBJETIVOS-HIPOTESES-E-REVISAO-DE-LI...
 
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentesComo elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
Como elaborar um projeto de pesquisa: elementos componentes
 
Educação e pesquisa em engenharia: inovações na busca e uso da informação
Educação e pesquisa em engenharia: inovações na busca e uso da informação Educação e pesquisa em engenharia: inovações na busca e uso da informação
Educação e pesquisa em engenharia: inovações na busca e uso da informação
 
Guia Para Publicar: artigos científicos em revistas de qualidade
Guia Para Publicar: artigos científicos em revistas de qualidadeGuia Para Publicar: artigos científicos em revistas de qualidade
Guia Para Publicar: artigos científicos em revistas de qualidade
 
AULA DE Redação de trabalho científico.pptx
AULA DE Redação de trabalho científico.pptxAULA DE Redação de trabalho científico.pptx
AULA DE Redação de trabalho científico.pptx
 
Apresentacao Eduardo Susan Dignart
Apresentacao Eduardo Susan DignartApresentacao Eduardo Susan Dignart
Apresentacao Eduardo Susan Dignart
 
Ética na publicação científica
Ética na publicação científicaÉtica na publicação científica
Ética na publicação científica
 

Mais de LATEC - UFF

LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONALLATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONALLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISELATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISELATEC - UFF
 
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃOLATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃOLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF
 
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF
 
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUESTLATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUESTLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!LATEC - UFF
 
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUALLATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUALLATEC - UFF
 
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOSLATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOSLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADELATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADELATEC - UFF
 
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃOLATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃOLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃOLATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃOLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADELATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADELATEC - UFF
 
LATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇASLATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇASLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDELATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDELATEC - UFF
 
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEMLATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEMLATEC - UFF
 

Mais de LATEC - UFF (20)

LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
 
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONALLATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
 
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISELATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
 
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
 
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃOLATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
 
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
 
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
 
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
 
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUESTLATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
 
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
 
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUALLATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
 
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOSLATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
 
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADELATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
 
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃOLATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
 
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃOLATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
 
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADELATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
 
LATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇASLATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇAS
 
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDELATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
 
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
 
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEMLATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
 

Último

Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaanapsuls
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 

Último (20)

Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 

LATEC - UFF. OS DESAFIOS DA PUBLICAÇÃO

  • 1. Os Desafios da Publicação Verônica Feder Mayer, D.Sc. LATEC Universidade Federal Fluminense
  • 2. Verônica Feder Mayer, D.Sc. • Doutora em Administração pelo COPPEAD/UFRJ – extensão na University of Illinois at Urbana-Champaign. • CPCL pela Harvard Business School – USA. • Mestre e especialista em Administração e Marketing pelo COPPEAD/UFRJ. • Professora Adjunta da Universidade Federal Fluminense. • Professora convidada na Escola de Marketing Industrial, no COPPEAD/UFRJ e no Ibmec. • Atuação: Cia. Vale do Rio Doce, Petrobras, Souza Cruz, Sebrae, Petróleo Ipiranga, Infoglobo, Bovespa, Ampla, Light, Grupo Telefonica, Telemar, Embratel, Fundação Getúlio Vargas.
  • 3. O Significado da Publicação • Seu artigo se torna permanente – passa a integrar um corpo de conhecimento onde será consultado por outros pesquisadores. • Seu artigo é melhorado – por meio da intervenção de editores, reviewers e redatores especializados. • Seu artigo é promovido - torna-se disponível para uma grande audiência. • Suas idéias são legitimadas – outros especialistas da área consideram o material de boa qualidade.
  • 5. A Publicação como um Indicador de Produtividade • Universidades • Faculdades • Departamentos • Professores • Alunos • Visibilidade • Relacionamentos acadêmicos • Influência • Obtenção de verbas de pesquisa
  • 6. Tendências • Maior competitividade – Mais pesquisadores em busca de espaço nos principais periódicos nacionais e internacionais • Maior exigência por parte dos periódicos • Aumento da quantidade de autores por artigo • Surgimento de novos periódicos
  • 7. Como Publicar Mais e com Mais Qualidade? • Foco – Atuar de forma consistente em uma linha de pesquisa – Desenvolver um conjunto de temas relacionados – Ter sempre pesquisas sempre em andamento • Cooperação – Buscar a interação com pesquisadores de diferentes instituições e países – Desenvolver parcerias e grupos de pesquisa • Prospecção – Manter-se informado sobre assuntos emergentes em sua área de pesquisa – Identificar lacunas que precisam ser preenchidas (ex. estado da arte internacional versus estado da arte no Brasil)
  • 8. Como Publicar Mais e com Mais Qualidade? • Organização – Processo de trabalho estruturado e detalhado: para que seja possível dividir o trabalho com outros pesquisadores e coordenar o trabalho de alunos de forma efetiva • Conexão – Usar a tecnologia a seu favor: conferências via Internet, colaboração via e-mail, etc. • Captação de Verbas de Pesquisa – Para pesquisar mais e melhor é necessário investimento. – Muitos órgão de fomento têm dificuldade de encontrar bons projetos. • Estabelecer objetivos!
  • 9. Estabelecer Objetivos! • Quais são os principais eventos acadêmicos nacionais e internacionais que contemplam a sua área de conhecimento? • Quais são os principais periódicos nacionais e internacionais que contemplam a sua área de conhecimento? • Temas mais valorizados? • Interesse atual? • Padrões de avaliação e publicação? Conhecer o terreno. Escolher os alvos. Ser realista.
  • 10. Estabelecer Objetivos! • Ler artigos e pesquisas publicadas no periódico ou congresso escolhido • Conhecer e seguir as diretrizes definidas – escopo do trabalho; tipo de artigo; tamanho do documento; estilo de referências; padrões de formatação. • Encontrar os caminhos e formas de submissão – Em algumas situações pode ser enviado um abstract para avaliação preliminar – Respeitar todos os critérios de submissão (blind review; cópias adicionais; etc)
  • 11. Muitos artigos são rejeitados simplesmente porque não cumprem os requisitos do periódico. Eles nem chegam ao processo de review.
  • 12. Editores e reviewers procuram por … • Originalidade – o que é novo sobre o tema, o tratamento dos dados ou sobre os resultados. • Relevância e extensão do conhecimento existente. • Metodologia de pesquisa – as conclusões são válidas e objetivas? • Clareza, estrutura e qualidade da redação – o artigo comunica-se bem com o leitor? • Progressão lógica e fundamentada dos argumentos. • Implicações teóricas e práticas • Relevância a atualidade das referências bibliográficas. • Aderência a linha editorial e aos objetivos do periódico
  • 13. A Estrutura Essencial de um Artigos Acadêmico • Propósito do artigo e Introdução • Revisão da Literatura – exame crítico do que foi feito antes • Referencias: – Consistentes com o estilo usado no periódico – Citadas ao longo do texto e incluídas na lista de referências (em alguns casos, o que não for citado ao longo do texto pode ser incluído como “leituras recomendadas”) • Descrição da metodologia usada – os “comos e porquês” (indicar o caminho para outros pesquisadores) • Resultados encontrados e discussão dos resultados • Conclusão – retoma os objetivos; resume as principais descobertas; discute as implicações teóricas e gerenciais; avalia as limitações da pesquisa e indica caminhos para pesquisas futuras.
  • 14. A Importância do Resumo / Abstract • Propósito da pesquisa • Design – Metodologia/como foi realizado/escopo do estudo • Resultados encontrados • Principais conclusões • Originalidade/contribuição do trabalho
  • 15. Pedido de Revisão • Um pedido de revisão (pelo periódico) de um artigo é uma boa notícia. • Significa que o artigo entrou no processo de publicação e tem chances de ser aceito. • Não se deve levar comentários rígidos e desanimadores para o lado pessoal. • Trabalhar para melhorar artigo é o caminho mais sensato. • Esse processo pode ser muito enriquecedor.
  • 16. Se o Artigo for Rejeitado…
  • 17. Troque informações e ajude seus colegas! • Espírito colaborativo • Abertura a críticas a sugestões • Humildade para aprender com rivais e com alunos • Sinceridade no feedback • Envolvimento e dedicação de tempo “É dando que se recebe”
  • 19. CentrosCentros de Pesquisade Pesquisa Comunidade Acadêmica CongressosCongressos CientCientííficosficos PeriPerióódicosdicos AcadêmicosAcadêmicos PeriPerióódicosdicos EspecializadosEspecializados Livros TLivros Téécnicoscnicos MMíídia de Massadia de Massa Profissionais FascFascíículosculos PopularesPopulares Público Geral Ciclo de Vida: Produção e Difusão de Conhecimento em Administração
  • 20. É preciso desenvolver um Pipeline Tempo de semear, Tempo de crescer, Tempo de colher.
  • 21. Compromisso com a Qualidade • Estudo constante das ferramentas metodológicas: professores e alunos • Metodologia aplicada • Estabelecimento de padrões de qualidade conhecidos e aceitos pelo corpo docente da instituição – para cada metodologia • Acompanhamento e apoio as pesquisas em desenvolvimento • Espírito de equipe
  • 22. Recomendações • www.anpad.org.br • Emerald – resources for authors (acesso via http://www.periodicos.capes.gov.br)