SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
Projeto
Atitude Positiva
Objetivos
• Ampliar o CONHECIMENTO sobre as formas de prevenção das
DSTs/AIDS nas escolas;
• Discutir as diversas formas de PRECONCEITOS sociais;
• SENSIBILIZAR a comunidade escolar acerca deste tema.
• APRESENTAÇÕES TEATRAIS, voltadas para crianças e adolescentes de
escolas municipais e seus professores.
• Distribuição de MATERIAL DIDÁTICO;
• Os voluntários da GlaxoSmithKline apóiam na LOGÍSTICA da distribuição
do material didático e da realização das apresentações da escola.
Metodologia
Início: Janeiro 2003
Áreas envolvidas:
•Gerência de RH e Serviço Social (equipe de 2 pessoas
coordenando as atividades);
•Comunicação Corporativa (comunicação interna e assessoria
de imprensa);
•Todas as gerências da companhia (autorizam a participação
dos funcionários);
•Voluntários de todas as áreas da Companhia.
Investimento Matriz GSK: 70 mil libras esterlinas por ano (3 anos).
Resumo da iniciativa
Menino e Menina: Essa é a Hora de Saber - A Cia Teatro Preventivo e
os alunos conversam sobre as dúvidas mais freqüentes e questões reais
do cotidiano. Durante a apresentação os atores relatam suas
experiências pessoais como portadores do vírus HIV. Após o espetáculo
os alunos recebem um caderno do projeto com informações úteis sobre
o assunto.
Apresentações
O Circo da Vida - Utiliza uma linguagem lúdica e leve para debater os
temas afetividade e sexualidade consciente. É direcionado a um
público mais infantil, que recebem ao final um gibi informativo.
Homem e Mulher: Uma Visão Ampliada sobre o Viver com Aids -
Voltado para professores e coordenadores, este espetáculo tem como
objetivo orientar e auxiliar esses educadores em atividades posteriores
à passagem do projeto pelas escolas onde trabalham. São distribuídos
formulários de avaliação para todos os espectadores.
Envolvimento dos stakeholders
---Apresentação dos
resultados e cerimônia
de encerramento
-Avaliação das
apresentações
Análise
pedagógica do
material
Logística
Captação de recursos em forma
de incentivos fiscais
Definição das escolasAgendamento
das escolas
Produção do material
de apoio
Avaliação e aprovação do
projeto
Aprovação do
material didático
Apresentação das
peças
Inscrição e preparação
dos voluntários
Coordenação do processo de
inclusão do projeto na Lei
Rouanet
Aprovação das peças
teatrais
Criação dos
espetáculos
Lançamento anual do
projeto
SESI JPA / MINC – Ministério da
Cultura / Governo Federal e
Lei de Incentivo à Cultura
Prefeitura do RJCia. Teatro
Preventivo
GlaxoSmithKline
(gestão e voluntários)
É na ADOLESCÊNCIA que geralmente se inicia a vida sexual
Os índices de CONTAMINAÇÃO entre jovens e crianças está aumentando
A PREVENÇÃO deve se iniciar o mais cedo possível
Com o Atitude Positiva, o ADOLESCENTE aprende quais são as formas
de PREVENÇÃO das DSTs e AIDS. Através de espetáculos com uma
linguagem própria dos jovens, contribuímos para a redução dos
índices de CONTAMINAÇÃO.
O Ministério da Saúde declarou que a questão da prevenção das DSTs
é de extrema seriedade para o governo. No entanto, ainda não
descobriram a forma que oriente e empolgue tanto os alunos como os
profissionais de ensino.
Impacto e relevância
Todos os alunos do Ensino Médio
(âmbito nacional).
Quantidade: 85 mil espectadores (4 anos de
projeto)
Crianças, adolescentes e professores.
Todo o estado, podendo ainda ser
executado nacionalmente.
Cidade: Rio de Janeiro.
Multiplicadores – companhias
preparadas para fazer o mesmo
espetáculo em diversos locais.
Equipe:1 Companhia teatral – Cia. Teatro
Preventivo.
De acordo com a demanda.Apresentações: 3 espetáculos.
Escolas públicas (municipais e
estaduais) e particulares.
Local: 350 escolas municipais.
Abrangência possívelAtualmente
Abrangência
Outras companhias que queiram investir
em responsabilidade social.
Stakeholder 3 – GlaxoSmithKline.
Parcerias com outras iniciativas privadas.Recursos financeiros - Financiado
GlaxoSmithKline e pela Lei Rouanet
Indefinidamente, enquanto houver
patrocinadores.
Período - Patrocínio inicial do projeto por 3
anos (a partir de 2003).
Voluntários de outras companhias ou não
ligados a alguma instituição específica.
Voluntários – Funcionários da
GlaxoSmithKline
Orgãos afins nos demais municípios e
estados do país.
Stakeholder 2 – Secretaria Municipal de
Educação do RJ.
Companhias teatrais multiplicadoras.Stakeholder 1 – Cia. Teatro Preventivo.
AlternativasAtualmente
Sustentabilidade
“Nossa missão é melhorar a qualidade de vida das pessoas, para
que se possa viver mais, fazer mais e se sentir melhor”
1 - O Projeto Atitude Positiva está diretamente relacionado à missão da
companhia, pois...
• Melhora a qualidade de vida dos funcionários – desperta o sentimento de
solidariedade e sensibiliza quanto às questões sociais.
• Dos alunos participantes – Levam conhecimento para toda sua vida,
multiplicando para seus familiares e amigos.
• E dos seus educadores – Agregam conhecimento sobre DST e levam informação
à comunidade escolar,
2 – A GlaxoSmithKline, como produtora de medicamentos retrovirais, quer
alertar a população de estudantes sobre os riscos de uma contaminação com o
vírus HIV. O conhecimento ainda é a melhor forma de prevenção.
Inserção estratégica
Resultados
2003
47 apresentações
10.500 espectadores
68 voluntários da GSK
2004
90 apresentações
20.980 espectadores
100 voluntários da GSK
2005
116 apresentações
25.910 espectadores
208 voluntários da GSK
2006
110 apresentações
25.000 espectadores
174 voluntários da GSK
Fotos das apresentações
Menino e Menina
O Circo da Vida Homem e Mulher
Fotos das apresentações
Angra dos Reis
Atitude Positiva nas Barcas
Toronto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Seminário Internacional Mais Infância: Dagmar Soares
Seminário Internacional Mais Infância: Dagmar SoaresSeminário Internacional Mais Infância: Dagmar Soares
Seminário Internacional Mais Infância: Dagmar SoaresGoverno do Estado do Ceará
 
Seminário Internacional Mais Infância: Lucivan Miranda
Seminário Internacional Mais Infância: Lucivan MirandaSeminário Internacional Mais Infância: Lucivan Miranda
Seminário Internacional Mais Infância: Lucivan MirandaGoverno do Estado do Ceará
 
Seminário Internacional Mais Infância Ceará: Flavio Cunha
Seminário Internacional Mais Infância Ceará: Flavio CunhaSeminário Internacional Mais Infância Ceará: Flavio Cunha
Seminário Internacional Mais Infância Ceará: Flavio CunhaGoverno do Estado do Ceará
 
Seminário Mais Infância Ceará: Fabiano piúba cultura
Seminário Mais Infância Ceará: Fabiano piúba culturaSeminário Mais Infância Ceará: Fabiano piúba cultura
Seminário Mais Infância Ceará: Fabiano piúba culturaGoverno do Estado do Ceará
 
Crescer & aprender slides
Crescer & aprender slidesCrescer & aprender slides
Crescer & aprender slidesRicardo Schmidt
 
Seminário Internacional Mais Infância: Carolina Bezerra
Seminário Internacional Mais Infância: Carolina BezerraSeminário Internacional Mais Infância: Carolina Bezerra
Seminário Internacional Mais Infância: Carolina BezerraGoverno do Estado do Ceará
 
Crianças com síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika – Alagoas
Crianças com síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika – AlagoasCrianças com síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika – Alagoas
Crianças com síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika – AlagoasPortal da Inovação em Saúde
 
Apresentação do Mais Infância Ceará - Seminário Internacional
Apresentação do Mais Infância Ceará - Seminário Internacional Apresentação do Mais Infância Ceará - Seminário Internacional
Apresentação do Mais Infância Ceará - Seminário Internacional Governo do Estado do Ceará
 
Pão dos Pobres Santo Antônio
Pão dos Pobres Santo AntônioPão dos Pobres Santo Antônio
Pão dos Pobres Santo Antônioppobres
 
Formação Pela Escola , Curso PTE - Atividade Final
Formação Pela Escola , Curso PTE - Atividade FinalFormação Pela Escola , Curso PTE - Atividade Final
Formação Pela Escola , Curso PTE - Atividade FinalJose Arnaldo Silva
 
PANORAMA DAS AÇÕES DE MONITORAMENTO DAS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNITA DO ZI...
PANORAMA DAS AÇÕES DE MONITORAMENTO DAS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNITA DO ZI...PANORAMA DAS AÇÕES DE MONITORAMENTO DAS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNITA DO ZI...
PANORAMA DAS AÇÕES DE MONITORAMENTO DAS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNITA DO ZI...Portal da Inovação em Saúde
 
Folha pág. 4
Folha pág. 4Folha pág. 4
Folha pág. 4Ney Lopes
 

Mais procurados (17)

Seminário Internacional Mais Infância: Dagmar Soares
Seminário Internacional Mais Infância: Dagmar SoaresSeminário Internacional Mais Infância: Dagmar Soares
Seminário Internacional Mais Infância: Dagmar Soares
 
Seminário Internacional Mais Infância: Lucivan Miranda
Seminário Internacional Mais Infância: Lucivan MirandaSeminário Internacional Mais Infância: Lucivan Miranda
Seminário Internacional Mais Infância: Lucivan Miranda
 
Seminário Internacional Mais Infância Ceará: Flavio Cunha
Seminário Internacional Mais Infância Ceará: Flavio CunhaSeminário Internacional Mais Infância Ceará: Flavio Cunha
Seminário Internacional Mais Infância Ceará: Flavio Cunha
 
Seminário Mais Infância Ceará: Fabiano piúba cultura
Seminário Mais Infância Ceará: Fabiano piúba culturaSeminário Mais Infância Ceará: Fabiano piúba cultura
Seminário Mais Infância Ceará: Fabiano piúba cultura
 
Crescer & aprender slides
Crescer & aprender slidesCrescer & aprender slides
Crescer & aprender slides
 
Seminário Internacional Mais Infância: Carolina Bezerra
Seminário Internacional Mais Infância: Carolina BezerraSeminário Internacional Mais Infância: Carolina Bezerra
Seminário Internacional Mais Infância: Carolina Bezerra
 
Crianças com síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika – Alagoas
Crianças com síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika – AlagoasCrianças com síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika – Alagoas
Crianças com síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika – Alagoas
 
Reunião sobre Primeira Infância: Departamento de Ações em Saúde-Atenção Básica
Reunião sobre Primeira Infância: Departamento de Ações em Saúde-Atenção BásicaReunião sobre Primeira Infância: Departamento de Ações em Saúde-Atenção Básica
Reunião sobre Primeira Infância: Departamento de Ações em Saúde-Atenção Básica
 
Apresentação do Mais Infância Ceará - Seminário Internacional
Apresentação do Mais Infância Ceará - Seminário Internacional Apresentação do Mais Infância Ceará - Seminário Internacional
Apresentação do Mais Infância Ceará - Seminário Internacional
 
Pão dos Pobres Santo Antônio
Pão dos Pobres Santo AntônioPão dos Pobres Santo Antônio
Pão dos Pobres Santo Antônio
 
Cartilha do Programa Mais Infância Ceará
Cartilha do Programa Mais Infância CearáCartilha do Programa Mais Infância Ceará
Cartilha do Programa Mais Infância Ceará
 
Formação Pela Escola , Curso PTE - Atividade Final
Formação Pela Escola , Curso PTE - Atividade FinalFormação Pela Escola , Curso PTE - Atividade Final
Formação Pela Escola , Curso PTE - Atividade Final
 
Plano Nacional Pi Apres 2a Semana Senado
Plano Nacional Pi   Apres 2a Semana SenadoPlano Nacional Pi   Apres 2a Semana Senado
Plano Nacional Pi Apres 2a Semana Senado
 
Atendimento domiciliar e desenvolvimento infantil - Liése Serpa
Atendimento domiciliar e desenvolvimento infantil - Liése SerpaAtendimento domiciliar e desenvolvimento infantil - Liése Serpa
Atendimento domiciliar e desenvolvimento infantil - Liése Serpa
 
PANORAMA DAS AÇÕES DE MONITORAMENTO DAS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNITA DO ZI...
PANORAMA DAS AÇÕES DE MONITORAMENTO DAS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNITA DO ZI...PANORAMA DAS AÇÕES DE MONITORAMENTO DAS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNITA DO ZI...
PANORAMA DAS AÇÕES DE MONITORAMENTO DAS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNITA DO ZI...
 
Folha pág. 4
Folha pág. 4Folha pág. 4
Folha pág. 4
 
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
 

Destaque

Portifolio virtual g2 tarde dança
Portifolio virtual g2 tarde dançaPortifolio virtual g2 tarde dança
Portifolio virtual g2 tarde dançaEscolaPedrita
 
Power point tempo integral
Power point tempo integralPower point tempo integral
Power point tempo integralpipcbc
 
Projeto Meio Ambiente
Projeto Meio AmbienteProjeto Meio Ambiente
Projeto Meio AmbienteMarly Correa
 
Propostas Iniciais de Dança
Propostas Iniciais de DançaPropostas Iniciais de Dança
Propostas Iniciais de DançaRodrigo Forneck
 
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFCProjeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFCSafira Oril
 
Complemento de teatro
Complemento de teatroComplemento de teatro
Complemento de teatroneusarocha
 
Bmp serviços educativos 13 14
Bmp serviços educativos 13 14Bmp serviços educativos 13 14
Bmp serviços educativos 13 14IsabelPereira2010
 
Es Informa Mídia - 07 de janeiro de 2014
Es Informa Mídia - 07 de janeiro de 2014Es Informa Mídia - 07 de janeiro de 2014
Es Informa Mídia - 07 de janeiro de 2014Governo ES
 
Borderline - Projeto para teatro
Borderline - Projeto para teatroBorderline - Projeto para teatro
Borderline - Projeto para teatroLeandro Antônio
 
Projeto Teatro Angélica
Projeto Teatro AngélicaProjeto Teatro Angélica
Projeto Teatro AngélicaPedro Canabarro
 
Projeto Alfabetização-Proinfo
Projeto Alfabetização-ProinfoProjeto Alfabetização-Proinfo
Projeto Alfabetização-Proinfoiranieana
 
Jovens de Ação 2015 - FUMCAD
Jovens de Ação 2015 - FUMCADJovens de Ação 2015 - FUMCAD
Jovens de Ação 2015 - FUMCADVocação
 
Resumo pesquisa educacao_integral
Resumo pesquisa educacao_integralResumo pesquisa educacao_integral
Resumo pesquisa educacao_integralCenpec
 

Destaque (20)

Portifolio virtual g2 tarde dança
Portifolio virtual g2 tarde dançaPortifolio virtual g2 tarde dança
Portifolio virtual g2 tarde dança
 
Elementos da dança do teatro e da musica
Elementos da dança do teatro e da musicaElementos da dança do teatro e da musica
Elementos da dança do teatro e da musica
 
Power point tempo integral
Power point tempo integralPower point tempo integral
Power point tempo integral
 
Projeto Meio Ambiente
Projeto Meio AmbienteProjeto Meio Ambiente
Projeto Meio Ambiente
 
Propostas Iniciais de Dança
Propostas Iniciais de DançaPropostas Iniciais de Dança
Propostas Iniciais de Dança
 
D A N Ç A R
D A N Ç A RD A N Ç A R
D A N Ç A R
 
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFCProjeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
Projeto pedagógico do Curso de Dança bacharelado da UFC
 
Projeto Teatro Cecy 2008
Projeto Teatro Cecy 2008Projeto Teatro Cecy 2008
Projeto Teatro Cecy 2008
 
Características borderlines
Características borderlinesCaracterísticas borderlines
Características borderlines
 
Complemento de teatro
Complemento de teatroComplemento de teatro
Complemento de teatro
 
Bmp serviços educativos 13 14
Bmp serviços educativos 13 14Bmp serviços educativos 13 14
Bmp serviços educativos 13 14
 
Es Informa Mídia - 07 de janeiro de 2014
Es Informa Mídia - 07 de janeiro de 2014Es Informa Mídia - 07 de janeiro de 2014
Es Informa Mídia - 07 de janeiro de 2014
 
Brisalenta+book
Brisalenta+bookBrisalenta+book
Brisalenta+book
 
Cidade-Escola
Cidade-EscolaCidade-Escola
Cidade-Escola
 
ProjetodançA
ProjetodançAProjetodançA
ProjetodançA
 
Borderline - Projeto para teatro
Borderline - Projeto para teatroBorderline - Projeto para teatro
Borderline - Projeto para teatro
 
Projeto Teatro Angélica
Projeto Teatro AngélicaProjeto Teatro Angélica
Projeto Teatro Angélica
 
Projeto Alfabetização-Proinfo
Projeto Alfabetização-ProinfoProjeto Alfabetização-Proinfo
Projeto Alfabetização-Proinfo
 
Jovens de Ação 2015 - FUMCAD
Jovens de Ação 2015 - FUMCADJovens de Ação 2015 - FUMCAD
Jovens de Ação 2015 - FUMCAD
 
Resumo pesquisa educacao_integral
Resumo pesquisa educacao_integralResumo pesquisa educacao_integral
Resumo pesquisa educacao_integral
 

Semelhante a Prevenção DSTs e AIDS

Aidscongress.net - Novas Metodologias para Apoio ao Adolescente na Área do H...
Aidscongress.net  - Novas Metodologias para Apoio ao Adolescente na Área do H...Aidscongress.net  - Novas Metodologias para Apoio ao Adolescente na Área do H...
Aidscongress.net - Novas Metodologias para Apoio ao Adolescente na Área do H...Jorge Silva
 
Institucional apresentando o makanudos
Institucional   apresentando o makanudosInstitucional   apresentando o makanudos
Institucional apresentando o makanudosONG MAKANUDOS
 
Projecto de reforço escolar
Projecto de reforço escolarProjecto de reforço escolar
Projecto de reforço escolarRivaldo Francisco
 
Drogas não! saúde em ação
Drogas não! saúde em açãoDrogas não! saúde em ação
Drogas não! saúde em açãoleisarobles
 
Seminário..[1]
Seminário..[1]Seminário..[1]
Seminário..[1]lu4_4lu
 
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESCPROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESCGeh Braga
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaelianabizarro
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaelianabizarro
 
Gaaf ppt
Gaaf pptGaaf ppt
Gaaf pptPESES
 
GAAF
GAAFGAAF
GAAFPESES
 
GAAF
GAAFGAAF
GAAFPESES
 
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância! Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância! Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Caderno - Parceria Educandário Santo Antônio de Bebedouro e Ação Social Coope...
Caderno - Parceria Educandário Santo Antônio de Bebedouro e Ação Social Coope...Caderno - Parceria Educandário Santo Antônio de Bebedouro e Ação Social Coope...
Caderno - Parceria Educandário Santo Antônio de Bebedouro e Ação Social Coope...Higor Paganeli
 
Projecto educativo catl_2013_2016
Projecto educativo catl_2013_2016Projecto educativo catl_2013_2016
Projecto educativo catl_2013_2016aszf fontainhas
 

Semelhante a Prevenção DSTs e AIDS (20)

Aidscongress.net - Novas Metodologias para Apoio ao Adolescente na Área do H...
Aidscongress.net  - Novas Metodologias para Apoio ao Adolescente na Área do H...Aidscongress.net  - Novas Metodologias para Apoio ao Adolescente na Área do H...
Aidscongress.net - Novas Metodologias para Apoio ao Adolescente na Área do H...
 
Meninos de Oiro
Meninos de OiroMeninos de Oiro
Meninos de Oiro
 
Institucional apresentando o makanudos
Institucional   apresentando o makanudosInstitucional   apresentando o makanudos
Institucional apresentando o makanudos
 
Projecto de reforço escolar
Projecto de reforço escolarProjecto de reforço escolar
Projecto de reforço escolar
 
Fases do processo socioeducativo !
Fases do processo socioeducativo !Fases do processo socioeducativo !
Fases do processo socioeducativo !
 
Fases do processo socioeducativo
Fases do processo socioeducativoFases do processo socioeducativo
Fases do processo socioeducativo
 
Drogas não! saúde em ação
Drogas não! saúde em açãoDrogas não! saúde em ação
Drogas não! saúde em ação
 
Seminário..[1]
Seminário..[1]Seminário..[1]
Seminário..[1]
 
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESCPROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
PROJETOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES REALIZADOS E/OU COORDENADOS PELA SIDESC
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escola
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escola
 
Instituto Crescer - Movimento Cidadania e Juventude
Instituto Crescer - Movimento Cidadania e JuventudeInstituto Crescer - Movimento Cidadania e Juventude
Instituto Crescer - Movimento Cidadania e Juventude
 
Gaaf ppt
Gaaf pptGaaf ppt
Gaaf ppt
 
GAAF
GAAFGAAF
GAAF
 
GAAF
GAAFGAAF
GAAF
 
Apresentação oficial da Universidade Metodista de São Paulo
Apresentação oficial da Universidade Metodista de São PauloApresentação oficial da Universidade Metodista de São Paulo
Apresentação oficial da Universidade Metodista de São Paulo
 
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância! Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
 
Caderno - Parceria Educandário Santo Antônio de Bebedouro e Ação Social Coope...
Caderno - Parceria Educandário Santo Antônio de Bebedouro e Ação Social Coope...Caderno - Parceria Educandário Santo Antônio de Bebedouro e Ação Social Coope...
Caderno - Parceria Educandário Santo Antônio de Bebedouro e Ação Social Coope...
 
Pequeno Eco Cidadão
Pequeno Eco CidadãoPequeno Eco Cidadão
Pequeno Eco Cidadão
 
Projecto educativo catl_2013_2016
Projecto educativo catl_2013_2016Projecto educativo catl_2013_2016
Projecto educativo catl_2013_2016
 

Mais de LATEC - UFF

LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONALLATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONALLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISELATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISELATEC - UFF
 
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃOLATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃOLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF
 
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF
 
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUESTLATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUESTLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!LATEC - UFF
 
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUALLATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUALLATEC - UFF
 
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOSLATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOSLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADELATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADELATEC - UFF
 
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃOLATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃOLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃOLATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃOLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADELATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADELATEC - UFF
 
LATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇASLATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇASLATEC - UFF
 
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDELATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDELATEC - UFF
 
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEMLATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEMLATEC - UFF
 

Mais de LATEC - UFF (20)

LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
 
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONALLATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL
 
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISELATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
 
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
 
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃOLATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
 
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
 
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
 
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
 
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUESTLATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
 
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
 
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUALLATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
 
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOSLATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
 
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADELATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
 
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃOLATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
 
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃOLATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
 
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADELATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
 
LATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇASLATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇAS
 
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDELATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
 
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
 
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEMLATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
 

Último

Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 

Último (20)

Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 

Prevenção DSTs e AIDS

  • 2. Objetivos • Ampliar o CONHECIMENTO sobre as formas de prevenção das DSTs/AIDS nas escolas; • Discutir as diversas formas de PRECONCEITOS sociais; • SENSIBILIZAR a comunidade escolar acerca deste tema.
  • 3. • APRESENTAÇÕES TEATRAIS, voltadas para crianças e adolescentes de escolas municipais e seus professores. • Distribuição de MATERIAL DIDÁTICO; • Os voluntários da GlaxoSmithKline apóiam na LOGÍSTICA da distribuição do material didático e da realização das apresentações da escola. Metodologia
  • 4. Início: Janeiro 2003 Áreas envolvidas: •Gerência de RH e Serviço Social (equipe de 2 pessoas coordenando as atividades); •Comunicação Corporativa (comunicação interna e assessoria de imprensa); •Todas as gerências da companhia (autorizam a participação dos funcionários); •Voluntários de todas as áreas da Companhia. Investimento Matriz GSK: 70 mil libras esterlinas por ano (3 anos). Resumo da iniciativa
  • 5. Menino e Menina: Essa é a Hora de Saber - A Cia Teatro Preventivo e os alunos conversam sobre as dúvidas mais freqüentes e questões reais do cotidiano. Durante a apresentação os atores relatam suas experiências pessoais como portadores do vírus HIV. Após o espetáculo os alunos recebem um caderno do projeto com informações úteis sobre o assunto. Apresentações O Circo da Vida - Utiliza uma linguagem lúdica e leve para debater os temas afetividade e sexualidade consciente. É direcionado a um público mais infantil, que recebem ao final um gibi informativo. Homem e Mulher: Uma Visão Ampliada sobre o Viver com Aids - Voltado para professores e coordenadores, este espetáculo tem como objetivo orientar e auxiliar esses educadores em atividades posteriores à passagem do projeto pelas escolas onde trabalham. São distribuídos formulários de avaliação para todos os espectadores.
  • 6. Envolvimento dos stakeholders ---Apresentação dos resultados e cerimônia de encerramento -Avaliação das apresentações Análise pedagógica do material Logística Captação de recursos em forma de incentivos fiscais Definição das escolasAgendamento das escolas Produção do material de apoio Avaliação e aprovação do projeto Aprovação do material didático Apresentação das peças Inscrição e preparação dos voluntários Coordenação do processo de inclusão do projeto na Lei Rouanet Aprovação das peças teatrais Criação dos espetáculos Lançamento anual do projeto SESI JPA / MINC – Ministério da Cultura / Governo Federal e Lei de Incentivo à Cultura Prefeitura do RJCia. Teatro Preventivo GlaxoSmithKline (gestão e voluntários)
  • 7. É na ADOLESCÊNCIA que geralmente se inicia a vida sexual Os índices de CONTAMINAÇÃO entre jovens e crianças está aumentando A PREVENÇÃO deve se iniciar o mais cedo possível Com o Atitude Positiva, o ADOLESCENTE aprende quais são as formas de PREVENÇÃO das DSTs e AIDS. Através de espetáculos com uma linguagem própria dos jovens, contribuímos para a redução dos índices de CONTAMINAÇÃO. O Ministério da Saúde declarou que a questão da prevenção das DSTs é de extrema seriedade para o governo. No entanto, ainda não descobriram a forma que oriente e empolgue tanto os alunos como os profissionais de ensino. Impacto e relevância
  • 8. Todos os alunos do Ensino Médio (âmbito nacional). Quantidade: 85 mil espectadores (4 anos de projeto) Crianças, adolescentes e professores. Todo o estado, podendo ainda ser executado nacionalmente. Cidade: Rio de Janeiro. Multiplicadores – companhias preparadas para fazer o mesmo espetáculo em diversos locais. Equipe:1 Companhia teatral – Cia. Teatro Preventivo. De acordo com a demanda.Apresentações: 3 espetáculos. Escolas públicas (municipais e estaduais) e particulares. Local: 350 escolas municipais. Abrangência possívelAtualmente Abrangência
  • 9. Outras companhias que queiram investir em responsabilidade social. Stakeholder 3 – GlaxoSmithKline. Parcerias com outras iniciativas privadas.Recursos financeiros - Financiado GlaxoSmithKline e pela Lei Rouanet Indefinidamente, enquanto houver patrocinadores. Período - Patrocínio inicial do projeto por 3 anos (a partir de 2003). Voluntários de outras companhias ou não ligados a alguma instituição específica. Voluntários – Funcionários da GlaxoSmithKline Orgãos afins nos demais municípios e estados do país. Stakeholder 2 – Secretaria Municipal de Educação do RJ. Companhias teatrais multiplicadoras.Stakeholder 1 – Cia. Teatro Preventivo. AlternativasAtualmente Sustentabilidade
  • 10. “Nossa missão é melhorar a qualidade de vida das pessoas, para que se possa viver mais, fazer mais e se sentir melhor” 1 - O Projeto Atitude Positiva está diretamente relacionado à missão da companhia, pois... • Melhora a qualidade de vida dos funcionários – desperta o sentimento de solidariedade e sensibiliza quanto às questões sociais. • Dos alunos participantes – Levam conhecimento para toda sua vida, multiplicando para seus familiares e amigos. • E dos seus educadores – Agregam conhecimento sobre DST e levam informação à comunidade escolar, 2 – A GlaxoSmithKline, como produtora de medicamentos retrovirais, quer alertar a população de estudantes sobre os riscos de uma contaminação com o vírus HIV. O conhecimento ainda é a melhor forma de prevenção. Inserção estratégica
  • 11. Resultados 2003 47 apresentações 10.500 espectadores 68 voluntários da GSK 2004 90 apresentações 20.980 espectadores 100 voluntários da GSK 2005 116 apresentações 25.910 espectadores 208 voluntários da GSK 2006 110 apresentações 25.000 espectadores 174 voluntários da GSK
  • 12. Fotos das apresentações Menino e Menina O Circo da Vida Homem e Mulher
  • 13. Fotos das apresentações Angra dos Reis Atitude Positiva nas Barcas Toronto