HTTP://WWW.LARZARABATANA.ORG.BR/
AMOR - CARIDADE - SINCERIDADE
JUNHO DE 2014 – MÊS DE HOMENAGENS A
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIE...
Era uma vez... o dia 26 de novembro de 1977.
Uma pequena multidão se reúne sob a frondosa
árvore e aguarda para ouvir a pa...
E.S.E.; CAPÍTULOV, item 10:
“Os Espíritos não podem aspirar à felicidade perfeita
senão quando são puros...”
... toda manc...
“Aquele, pois, que sofre muito ,deve reconhecer que muito
tinha a expiar, e se regozijar de ser logo curado.”
“Depende del...
http://www.youtube.com/watch?v=f70KYzb5uMg
Do minuto 2:15 ao minuto 3:16 do áudio: “Começam as
considerações de Chico, sob...
A LEI DE CAUSA
E
EFEITO
“Reflexões sobre o
renascimento
e também sobre
o suicídio e o
homicídio
premeditado,
e suas
conseq...
Ao desencarnarmos, nossa
CONSCIÊNCIA é o nosso juiz.
Do minuto 6:00
ao minuto 6:47 do áudio
“A culpa vai engendrando em nó...
Reflexões sobre os sofrimentos dos
bebês e crianças.
Do minuto 6:50 ao minuto 8:24 do áudio
“Resgate planejado em nós, por...
“Nós podemos abordar o além com
muitos amigos à nossa espera... mas
se nos sentirmos enodoados por culpas
que sombreiam a ...
“Sentimos aquela necessidade de criar em
nós o mérito devido para suportar
a presença daqueles amigos; a amizade
daqueles ...
“Nenhum de nós pode
se fazer exceção nisso,
porque ou estamos
resgatando ou ajudando
outros a resgatarem.”
“Entes amados
n...
fim
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

20 06 - 2014 COM CHICO À SOMBRA DO ABACATEIRO

257 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

20 06 - 2014 COM CHICO À SOMBRA DO ABACATEIRO

  1. 1. HTTP://WWW.LARZARABATANA.ORG.BR/ AMOR - CARIDADE - SINCERIDADE JUNHO DE 2014 – MÊS DE HOMENAGENS A FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER NASCIMENTO: 02 DE ABRIL DE 1010 – PEDRO LEOPOLDO DESENCARNAÇÃO : 30 DE JUNHO DE 2002 – UBERABA
  2. 2. Era uma vez... o dia 26 de novembro de 1977. Uma pequena multidão se reúne sob a frondosa árvore e aguarda para ouvir a palavra de Chico. O tema da tarde é o item 10 do Capítulo V, “Bem aventurados os aflitos”, de O Evangelho Segundo o Espiritismo.
  3. 3. E.S.E.; CAPÍTULOV, item 10: “Os Espíritos não podem aspirar à felicidade perfeita senão quando são puros...” ... toda mancha lhes interdita a entrada nos mundos felizes e ditosos.” “São como os passageiros de um navio atingido pela peste, aos quais a entrada em uma cidade é interditada até que estejam purificados.” “É nas suas diversas existências corporais que os Espíritos se despojam, pouco a pouco, de suas imperfeições.”
  4. 4. “Aquele, pois, que sofre muito ,deve reconhecer que muito tinha a expiar, e se regozijar de ser logo curado.” “Depende dele, pela sua resignação, tornar esse sofrimento proveitoso, e não perder-lhe os frutos com as suas impaciências, sem o que terá que recomeçar.” “As provas da vida adiantam, quando bem suportadas, como expiações e lhes apagam as faltas e purificam; são o remédio que limpam a chaga e curam o enfermo; quanto mais grave é o mal, mais o remédio deve ser enérgico.” Com a palavra: Chico Xavier
  5. 5. http://www.youtube.com/watch?v=f70KYzb5uMg Do minuto 2:15 ao minuto 3:16 do áudio: “Começam as considerações de Chico, sob a orientação de Emmanuel”
  6. 6. A LEI DE CAUSA E EFEITO “Reflexões sobre o renascimento e também sobre o suicídio e o homicídio premeditado, e suas consequências.” Do minuto 3:16 ao minuto 5:58 do áudio
  7. 7. Ao desencarnarmos, nossa CONSCIÊNCIA é o nosso juiz. Do minuto 6:00 ao minuto 6:47 do áudio “A culpa vai engendrando em nós as motivações para os distúrbios e enfermidades que nos esperam em futuro muito próximo.”
  8. 8. Reflexões sobre os sofrimentos dos bebês e crianças. Do minuto 6:50 ao minuto 8:24 do áudio “Resgate planejado em nós, por nós mesmos.”
  9. 9. “Nós podemos abordar o além com muitos amigos à nossa espera... mas se nos sentirmos enodoados por culpas que sombreiam a nossa mente....” “... nós pedimos, com o tempo, as provas compatíveis com as nossas necessidades de auto resgate. Do minuto 8:25 ao minuto 9:29 do áudio
  10. 10. “Sentimos aquela necessidade de criar em nós o mérito devido para suportar a presença daqueles amigos; a amizade daqueles irmãos e benfeitores que nos abraçam....” “Muitas vezes somos abraçados por aqueles mesmos a quem nós ofendemos e nós nos sentimos envergonhados...” “Nós desejamos MERECER aquele perdão.” Do minuto 9:30 ao minuto 11:10 do áudio
  11. 11. “Nenhum de nós pode se fazer exceção nisso, porque ou estamos resgatando ou ajudando outros a resgatarem.” “Entes amados nos ajudam também em nossos resgates.” “De modo que a imagem do navio, carregado de doentes, é muito própria para a maioria das criaturas que estão “viajando” na Terra.” Do minuto 11:10 ao 11:58 do áudio
  12. 12. fim

×