Alimentação de botequim: a “baixa gastronomia”
A origem do negócio• Apotheka (alemão)• Botica = farmácia• Bottega (italiano)• Bodega (espanhol)• Boteco (português)• Bote...
Comércio de alimentos•   Urbanização sec. XIX•   Imigração•   Hábitos alimentares•   Miscigenação•   O Cortiço – Aluísio A...
Alimento e lazer• Bebidas alcoólicas• Lazer• “Sociabilização”• Bar da Lapa-RJ (1908)• Bar da Lapa-RJ (2009)
A construção da comida de botequim• “O portuga”; bacalhau, azeitona, azeite• “A negra-forro”; dendê, camarão seco, “comida...
A dinâmica da rua e o mercado                 • Comércio ambulante                 • Sub emprego                 • Abastec...
A história do Botequim• Decadência: década  de 70 até 90• O “caso Original”• A explosão de boteco  pé-limpo
Os clássicos• Bracarense – RJ• Bar Jobi - RJ• Bar Léo – SP• Bar do Elídio – SP• Valadares - SP• Bar da lôra – BH• Armazém ...
Os néo-Botecos• Original• Pirajá• Informal• Ao chopp do Gonzaga
Festival Comida di Buteco - MGRabo apertado: rabinho de porco com virado de jiló
Festival Rio Botequim
Comidas de botequim
Mais comidas...
Combustíveis de botequim
Uma forma mais criativa de beber...
Botequim e cultura
Alimentação no Botequim: A Baixa Gastronomia (2010)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Alimentação no Botequim: A Baixa Gastronomia (2010)

998 visualizações

Publicada em

Apresentação criada em 2010 para curso específico.

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Alimentação no Botequim: A Baixa Gastronomia (2010)

  1. 1. Alimentação de botequim: a “baixa gastronomia”
  2. 2. A origem do negócio• Apotheka (alemão)• Botica = farmácia• Bottega (italiano)• Bodega (espanhol)• Boteco (português)• Botequim (no Brasil)
  3. 3. Comércio de alimentos• Urbanização sec. XIX• Imigração• Hábitos alimentares• Miscigenação• O Cortiço – Aluísio Azevedo Rua Santa Tereza - SP (1910)
  4. 4. Alimento e lazer• Bebidas alcoólicas• Lazer• “Sociabilização”• Bar da Lapa-RJ (1908)• Bar da Lapa-RJ (2009)
  5. 5. A construção da comida de botequim• “O portuga”; bacalhau, azeitona, azeite• “A negra-forro”; dendê, camarão seco, “comida de santo”• “O alemão-batata”; einsbein, batata, cerveja• “italiano- cacramano”, massa, legumes, queijos, embutidos, pimenta calabresa• “o galego-espanhol”; frutos do mar, pimentão, embutidos• “o turco”; especiarias, frutas secas
  6. 6. A dinâmica da rua e o mercado • Comércio ambulante • Sub emprego • Abastecimento
  7. 7. A história do Botequim• Decadência: década de 70 até 90• O “caso Original”• A explosão de boteco pé-limpo
  8. 8. Os clássicos• Bracarense – RJ• Bar Jobi - RJ• Bar Léo – SP• Bar do Elídio – SP• Valadares - SP• Bar da lôra – BH• Armazém Vieira – Floripa
  9. 9. Os néo-Botecos• Original• Pirajá• Informal• Ao chopp do Gonzaga
  10. 10. Festival Comida di Buteco - MGRabo apertado: rabinho de porco com virado de jiló
  11. 11. Festival Rio Botequim
  12. 12. Comidas de botequim
  13. 13. Mais comidas...
  14. 14. Combustíveis de botequim
  15. 15. Uma forma mais criativa de beber...
  16. 16. Botequim e cultura

×