O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

As inteligências Múltiplas e emocionais

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 32 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Quem viu também gostou (15)

Anúncio

Semelhante a As inteligências Múltiplas e emocionais (20)

As inteligências Múltiplas e emocionais

  1. 1. INSTITUTO DE ESTUDOS E PESQUISAS VALE DO ACARAÚ-IVA CURSO: PEDAGOGIA TURMA: 0619 DISCIPLINA: DESENVOLVIMENTO INFANTIL PROFESSORA: AGLAÊ PRADO MERCADO As Inteligências Múltiplas e Emocionais
  2. 2. Conceituando  Considerando que as inteligências múltiplas tem papel fundamental no desenvolvimento do ser humano, é possível por meio do estímulo das mesmas proporcionar um ensino e aprendizagem prazerosos e significativos, desde a educação infantil, por esta ser o primeiro contato da criança com o cotidiano e o meio escolar.  Ao estimular tais inteligências, prioriza- se não somente a criança, mas o ser humano em si de forma integral.
  3. 3. QUEM É HOWARD GARDNER? Formado no campo da psicologia e da neurologia, o cientista norte americano Howard Gardner causou forte impacto na área educacional com sua teoria das inteligências múltiplas, divulgada no início da década de 1980. Seu interesse pelos processos de aprendizado já estava presente nos primeiros estudos de pós- graduação, quando pesquisou as descobertas do suíço Jean Piaget (1896- 1980). Por outro lado, a dedicação à música e às artes, que começou na infância, o levou a supor que as noções consagradas a respeito das aptidões intelectuais humanas eram parciais e insuficientes.
  4. 4.  Na visão tradicional a inteligência é conceituada como a capacidade de responder a testes de inteligência, o Q.I. Alguns testes realizados demonstram que a "faculdade geral da inteligência" não muda muito com a idade ou com treinamento ou experiência. Gardner procurou ampliar este conceito. A inteligência para ele, é a capacidade de solucionar problemas ou elaborar produtos que são importantes em um determinado ambiente ou comunidade cultural. A capacidade de resolver problemas permite às pessoas abordar situações, atingir objetivos e localizar caminhos adequados a esse objetivo.
  5. 5. LEMBRE-SE:  É preciso abandonar a ideia de se ter um modelo padrão de ensino e apostar mais nos modelos que favorecem o movimento constante de construir e reconstruir, e o professor como mediador deve saber explorar as capacidades cognitivas que cada aluno possui, proporcionando a estes um aprendizado com sentido para suas vidas. Contudo, a estimulação deve ser contínua nesse processo, a fim de propiciar resultados sempre significativos e interessantes para os alunos.
  6. 6. ALGUMAS INTELIGÊNCIAS SEGUNDO HOWARD GARDNER Linguística Musical Lógico/Matemática Espacial Cinestésica Interpessoal Intrapessoal Naturalista
  7. 7. A EDUCAÇÃO INFANTIL ENVOLVE ENTÃO, DOIS PROCESSOS FUNDAMENTAIS: Cuidar Educar
  8. 8. * É um conceito em Psicologia que descreve a capacidade de reconhecer os próprios sentimentos e os dos outros, assim como a capacidade de lidar com eles.
  9. 9. Daniel Goleman (7 de março de 1946) é um psicólogo dos Estados Unidos.
  10. 10.  Viver é um dom divino e maravilhoso. Temos experiências que sempre nos permitem crescer e evoluir como seres humanos.  O nosso desenvolvimento como indivíduos passa pela consciência de quem somos nós, enquanto pessoa, ou seja, desenvolver o autoconhecimento.
  11. 11. MOTIVAÇÃO é um impulso, um sentimento que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos, e é um termo oriundo do latim. Motivação é o que faz com que os indivíduos deem o melhor de si, façam o possível
  12. 12.  Ação ou efeito de persistir. Qualidade do que dura; que persiste.
  13. 13.  É saber se colocar no lugar do outro entender como a pessoa se sente e dentro do limite, tentar ajuda-la
  14. 14. Liderança é a arte de comandar pessoas, atraindo seguidores e influenciando de forma positiva mentalidades e comportamentos.
  15. 15. Os três estilos clássicos de liderança, que definem a relação entre o líder e os seus seguidores, são: Autocrática, Democrática e Liberal (ou Laissez-faire).  Liderança Autocrática: É um tipo de liderança autoritária, na qual o líder impõe as suas ideias e decisões ao grupo. O líder não ouve a opinião do grupo.
  16. 16.  Liderança Democrática: O líder estimula a participação do grupo e orienta as tarefas. É um tipo de liderança participativa, em que as decisões são tomadas após debate e em conjunto.  Liderança Liberal: Há liberdade e total confiança no grupo. As decisões são delegadas e a participação do líder é limitada.
  17. 17. PARA PENSARMOS UM POUCO...
  18. 18. BOA NOITE E MUITO OBRIGADA!!! EQUIPE 6

×