LJ 05-02-2013 - ano das estrelas

239 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
239
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LJ 05-02-2013 - ano das estrelas

  1. 1. Ano das estrelas, 5 de fevereiro de 2013.Minhas amadas estrelas, Quero compartilhar riso e alegria. Faço-lhes a pergunta que fiz hoje aotempo: “Tempo, se eu vivo em você e você não existe, quem sou eu?” Vocês que-rem me responder? O coração aberto!Sua estrelinha na mão pedindo e dando!O ano da bondade, pois este ano maisdo que nunca é de compartilhar. Porpouco que tenhamos, sempre daremosos 5 minutos. Aquelas pessoas que têm oensinamento e recusam um tratamentosabem que sofrerão as consequênciasda ‘causa e efeito’. Não se trata de umaameaça, é simplesmente porque recebemos: o que se pode esperar de mãos quenada dão! Já lhes falei há muito tempo dos famosos chemtrails (rastros químicos).Olhem ao redor de vocês e vejam como está a sociedade. Continuamos respiran- do todos esses produtos químicos, que vão diretamente ao cérebro e nos contaminam de tal forma que nos fazem esquecer quem somos, de nossa existência, começando pela memória. Esta é a razão pela qual a maioria das pessoas está roboti- zada ou indiferente. Mas não va- mos baixar os braços. Ao contrá- rio, meditação todos os dias! En-chamos nossos corações daquela enorme bondade e generosidade que somos etemos cada dia mais. Vocês estão conscientes disso? A Servidora lhes pode ga-rantir que SIM, que tudo o que vocês pedem se realiza em outra dimensão.
  2. 2. Hoje encontrei com um sermaravilhoso aqui no bosque da minhamontanha e que me disse o seguinte:“Sei que não existo, me chamo Uni-córnio, e as pessoas não acreditamem mim. Se não existo é porque nãoacreditam em mim e, portanto, isso éverdade.” Reflitam, quando vocêsacreditam, tudo se materializa e tudoexiste. Ninguém acredita no Unicórnio, mas todos o admiram, falam sobre ele e,se podem, têm um em casa. Como ficamos? Se acredito, existo e, se não acredito,é o vazio? Minhas queridas sementes, por que no Ensinamento é preciso por os trêsdedos? Os seres humanos se farão a mesma pergunta que o Unicórnio fez. Senão se toca, não existe o Ensinamento. Por isso não se usa como se deveria fazero chacra 6. Tudo o que a maioria da humanidade não vê, dizem que são banali-dades, crendices, lendas. Cada vez mais os cientistas se apoiam nessas provas, no que não podem ver, mas que sabem que existe. O astrônomo e físico Newton disse: “Quando somos jovens e cientis- tas, não acreditamos em Deus; ele não existe. Mas quando ficamos velhos o buscamos porque sabemos que sem Ele não existiríamos.” O que ele quis dizer com isso? Apenas essa faísca de exis-tência e nada mais; e onde pode ser encontrada? Mais uma vez, dentro de nósmesmos. Minhas sementes, vocês são tão grandes e têm um poder infinito. Apenasvocês se fazem essa pergunta e chegam à conclusão de que “não existo porquenão acreditam em mim”. Animem-se! A servidora acredita em vocês! E vocêstêm almas tão grandes! Oxalá um dia possam acreditar nelas.
  3. 3. A Verdade. A verdade é existência que dura uma vida e uma vida é umminuto. Animem-se, minhas estrelas! Vão em frente, minhas sementes! Vocêssabem que podem e, portanto, estejam todos os dias conscientes de sua respon-sabilidade. Não fujam dela, o que vocês não fizerem hoje, terão que fazer ama-nhã. Vale a pena enfrentar. Fora amarras, fora medos, fora covardia! Que ahonra, a força e a coragem sempre os oriente. Com todo o meu amor! La Jardinera

×